O urubu e o candidato | Fábio Campana

O urubu e o candidato

palavradobó

O entretenimento hoje em Antonina foi a visita do candidato governador Requião, para entregar duas obras de seu governo à comunidade. Um trapiche que levou quatro anos para ser reformado e uma pequena peixaria.

A turma do “cordão” estava bem diminuta, pois dentro de quinze dias o governador deixa o cargo para se candidatar ao senado: “Rei deposto é rei morto”.


10 comentários

  1. Divanir
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 18:40 hs

    Governador inaugurando peixaria, isto é o fim, nada contra a peixaria, mas quem não tem o que inaugurar é difícil, um votinho aqui, outro ali, e vai ficar poraí. Desta vez não vai dar para empregar seus parentes, só se alguém que lhe deva algum favor o fizer.

  2. Valdomiro Guimarães
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 19:31 hs

    Que deprimente o final do desgoverno requião (minúsculo mesmo): deslocar-se quase 100 km da Capital para inaugurar uma banca de peixe de 5x7m? É muita falta do que fazer!

  3. FILET MIGNON
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 19:45 hs

    Ele ainda teve a INSANIDADE de ir inaugurar as obras em Antonina….A mesma cidade que, diante dos desmandos do METRALHA 2-EDUARDO VOVÓ NANÁ quando superintendente da APA de Paranaguá, boicotou as exportações pelo Porto Ponta do Felix e deixou um monte de famílias desempregadas e sem sustento…
    Aliás, a obra do TRAPICHE, quanto o INSANO lá foi para anunciar as reformas, um grupo de antoninense apresentava uma faixa cobrando urgência nas obras, foi destratado, chamados de “bichas, boiolas, cornos”, e a obra já terminou? Há bom o anúncio foia há quase dois anos…
    Se bem que não é novidade não, as “obras” deste DESGOVERNO deveriam passar pelos “TRATAMENTOS DE ESGOTOS DA SANEPAR”, aliás, o DESGOVERNO REIQUIÃO E A SANEPAR, devriam uzar como via de transporte os mesmo tubos que ligam “os tratamentos de esgôtos”…
    Cai fora INSANO!
    Desapareça!
    É o começo do teu fim!
    GRACIAS A DIÓS!!!

  4. SERGIO
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 21:16 hs

    vai tarde

  5. Jacarezinho
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 21:46 hs

    Enquanto isso, o Hospital Santa Rita deixa de atender o SAS. Os barnabés do Noroeste tão phodidos e mal pagos. O mal pagos é literalmente e generalizadamente. Planos de saúde agradecem.

  6. FILET MIGNON
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 22:11 hs

    Uai! O INSANO foi inaugurar uma obra inciada a quase quatro anos?
    O trapiche?
    Pois é… No lançamento da obra, quando o INSANO lá esteve para anunciar o início das obras (quatro anos…), um grupo de jovens antinenses se fez presente cobrando com urgência a reforma do TRAPICHE (O antigo estava interditado)…, portando um faixa…
    O “ISANO” desancou em cima dos manifestantes (novidade, não é?), e, usando de palavras ofensivas (melhorou Fabio?) quanto è sexualidade dos manifestantes, além de comentários sobre comportamento sexual das esposas dos manifestantes, fora do casamento (melhorou Fabio?)…
    Foi um vexame!

  7. Cap. Nascimento
    terça-feira, 16 de março de 2010 – 22:43 hs

    Imagino que o nepotão de mello e silva, ao discursar nas inaugurações em Antonina, deva ter afirmado que este é o “maior” programa de peixarias e trapiches do Brasil, quem sabe do mundo e do universo, e que o trapiche levou 4 anos para ser recuperado por causa da “herança maldita” do governo anterior.
    Ei reiquejão, pede prá sair. Mas já!

  8. Juca
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 0:36 hs

    “Escolinha de Governo”, 16 de março de 2010.
    “Esta noite eu sonhei que estava montando um cavalo, como monto toda manhã. E eu era D. Pedro I, e dizia ao povo que fico”. Roberto Requião.

    Alguém assiste esta b o s * * * de escolinha?

    Começou quase 9 da noite, são 00:36 e lá está rodando a maldita “escolinha”.

    Salvem a PR Educativa

  9. Alexandre
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 9:19 hs

    14 DIAS!!!!!!!!

  10. Ramos
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 10:35 hs

    Mais alguns dias passará de rei..quião a réu..quiao. Hehehe….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*