O livro de João | Fábio Campana

O livro de João

Se João Elídsio Ferraz de Campos será candidato a cargo eletivo, ou se assumirá a coordenação da campanha de Beto Richa, pouca certeza há.

O certo é que a partir de 6 de abril João Elísio, governador por dez meses, de 86/87, ganhará amplo perfil biográfico, assinado pelo jornalista Aroldo Murá G. Haygert, trabalho feito em tempo recorde de 45 dias.

Outros profissionais do jornalismo envolveram-se com Aroldo na recuperação de um tempo fértil que foi o Governo de João Elísio. E pacífico. E o resultado é o livro “Seu Nome é João”, a ser lançado naquela data, quando o ex-governador, despedindo-se da presidencia da Federação dos Seguradores, em Curitiba, entregará o livro durante encontro festivo.

Dias depois, quando receber o título de Cidadão Benemérito do Paraná, “Seu Nome é João” será entregue aos que forem prestigiar o evento e ao coquetel que Elísio oferecerá depois num buffet de Curitiba.


4 comentários

  1. Anônimo
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 22:33 hs

    João Elísio devia ter uma estátua em Caiobá. tudo que foi feito, lá foi ele que fez… a prodigiosa e útil obra da Alexandra-Matinhos foi a salvação de Caiobá e realizada em tempo recorde. Álvaro Dias colocou apenas a placa de inauguração, horrorosa que está la. Só esta obra teve mais significado econômico para o litoral, do que todas as obras dos três governos ruinosos e pífios de Roberto Requião, o Nulo… Salve João Elísio…

  2. ildo baldo
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 10:43 hs

    OLHA ESSE LIVRO FEITO EM TEMPO RECORDE COMO DIZEM NÂO PODERIA TER DEMORADO MAIS POIS SUA HISTORIA É CURTA E SEM EXPREÇÂO JÁ QUE GOVERNOU O PARA POR DEZ MESES E AINDA NOMEADO E FOI UM PECIMO GOVERNADOR
    DEVERIAS TER ESCRITO UM LIVRA DA QUERIDA MÂE DELE
    QUE SOFREU MUITO PARA CRIA-LO E NÂO DEU EM NADA

  3. Geraldo
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 12:41 hs

    Isso aí, Anônimo, o João Elísio, em 10 meses de governo fez muito mais do que o despotazinho que está na porta da saída, após 7 anos e pico de desgoverno. Louros também à competente equipe que tinha J.E., começando pelo seu chefe da Casa Civil, o finado José Olímpio de Paula Xavier, ilustríssmo ponta-grossense

  4. Geraldo
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 21:17 hs

    Comece lendo um pouco mais, tentando se instruir. Expreção com ce cedília é pra matar, e pécimo com C aí é pra arrasar meu irmão. Não diga asneiras (será com s ou c cedília) pois pelo visto não conheces o João Elísio. Como disse não sei quem recentemente: PORQUE NO TE CÁLAS???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*