Novos ministros tomam posse em 1º de abril | Fábio Campana

Novos ministros tomam posse em 1º de abril

Do R7, com informações de Christina Lemos e Cláudia Gonçalves, da TV Record

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou para 1º de abril a posse de dez novos ministros que integrarão o governo. Os atuais ocupantes dos cargos sairão para concorrer nas eleições de outubro. O prazo de desincompatibilização se encerra no dia 3 de abril.

A posse dos novos ministros acontecerá durante uma cerimônia no Palácio do Itamaraty. Quase todos os novos chefes das pastas são os atuais secretários-executivos.

Dez nomes estão confirmados para deixar o governo: Dilma Rousseff, da Casa Civil, Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional, Reinhold Stephanes, da Agricultura, Carlos Minc, do Meio Ambiente, José Pimentel, da Previdência, Patrus Ananias, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Edison Lobão, de Minas e Energia, Hélio Costa, das Comunicações, Alfredo Nascimento, dos Transportes, e Edson Santos, da Secretaria da Igualdade Racial.

Foto de reunião ministerial: Foto: Ricardo Stuckert/PR


7 comentários

  1. Reinoldo Hey
    sábado, 20 de março de 2010 – 11:15 hs

    Em primeiríssima mão mão: EU serei o ministro da Casa Civil.
    Acesse esse blog no dia 1º de abril.

  2. sábado, 20 de março de 2010 – 11:21 hs

    E o bobão do Nelson Jobin fica?????
    Ah! Tem a compra dos aviões,já tinha esquecido….
    É muita responsabilidade para deixar para outro decidir…

  3. joão APENAS UM CIDADÃO
    sábado, 20 de março de 2010 – 12:59 hs

    …não poderia ser em data melhor…e tenho dito…

  4. LEONEL TUCUNARÉ
    sábado, 20 de março de 2010 – 18:14 hs

    Prezado Fábio : vou aproveitar o teu espaço e transcrever a linda crônica que foi escrita pelo Dr, Affonso Antoniuk e publicada na revista mensal do Clube Curitibano.

    CARTA AOS FILHOS

    Queridos filhos,

    O dia que este homem já não seja o mesmo, tenham paciência e compreendam-me.

    Quando derramar café na camisa e esquecer de arrancar os cordões dos meus sapatos, lembrem-se das horas que passei ensinando-os a amarrá-los e a dar o nó na gravata.

    Quando conversarem comigo e eu repetir as histórias que já sabem de cor como terminam, não me interrompam e escutem-me. Lembrem-se que, quando eram pequenos, eu contava mil vezes o mesmo conto, até que o sono chegasse.

    Quando me virem inútil e ignorante, frente aos avanços tecnológicos, que nunca entenderei, tenham paciência e não me lastimem com sorrisos debochadores. Lembrem-se que fui eu quem lhes ensinou a comer e vestir e os educou para enfrentarem a vida e vencerem os obstáculos, como muito bem o fazem agora.

    Quando demore muito para sair do templo, porque me foi difícil encontrar a saída, tenham paciência e saibam que dezenas de vezes me dirigi a este local santo, para pedir ao Criador que nunca faltasse nada aos meus queridos filhos.

    Quando me faltarem as pernas para andar, dêem-me suas mãos para ajudar-me a trocar os passos, como eu fiz com vocês para ensiná-los a caminhar.

    Se por infortúnio eu molhe as roupas íntimas, não me censurem, pois inúmeras vezes ajudei sua santa mãe, que já nos deixou, a trocar suas fraldas.

    Finalmente e muito importante, perdão pelas constantes ausências. Ir e voltar do trabalho deixando-os e encontrando-os dormindo doía muito. Deveu-se a luta pela subsistência e para dar-lhes o melhor.

    Quando me ouvirem dizer que não quero mais viver, não fiquem zangados, pois algum dia entenderão que o que eu digo não contradiz o carinho e o amor que sempre tive e tenho por vocês.

    Não fiquem tristes ao verem como me vêem, dêem-me seus corações, compreendam-me e me apoiem como eu fiz quando vocês começaram a viver.

    Como eu os acompanhei ao iniciarem suas caminhadas, acompanhem-me ao terminar a minha. Dêem-me amor e paciência e eu lhes devolverei gratidão e sorrisos pelo imenso amor que sinto por vocês.

    E, se eu os esqueço, por amor de Deus, não se esqueçam de mim.

    Seu Pai.

  5. JUSTICEIRO
    sábado, 20 de março de 2010 – 18:19 hs

    Só podia ser 1° de abril …

  6. Vigilante do Portão
    domingo, 21 de março de 2010 – 8:25 hs

    Para um governo que gosta de mentiras, é um dia apropriado. KKK

  7. ELEITOR PETISTA, DE MINAS
    sábado, 27 de março de 2010 – 18:33 hs

    Pena que o presidente Lula tenha que dividir o seu governo com partidos que não têm nada a ser com a sua proposta de melhorar as condições sociais do povo e só pensem em seus próprios negócios, de levar vantagem em tudo.
    O eleitor votou no Lula, mas votou também nos seus adversários como Sarney, Renam, Michel Temer, Gedel Vieira, Hélio Costa e tantos outros. Assim, eles querem sempre mais um pedaço do governo. Daqui a uns dias, o Sarney ou o Temer, por exemplo, poderá chegar à frente do presidente Lula e dizer: saia daí que agora quem vai sentar aí na sua cadeira sou eu, porque o povão me elegeu com milhões de votos e eu quero o seu lugar.
    Só falta isso.
    Curioso é que nos governos demos e tucanos do Sarney e do Fernando Henrique nunca ouvi dizer que tivesse um petista num ministério deles. Eram todos demos e tucanos e amigos inseparáveis.
    Assim, no governo chamado petista quem manda são os outros. Na Câmara quem manda é o Michel Temer e o Sarney manda no Senado. Fora os estados, onde a maioria é de demos e tucanos. Nunca vi isso. Mas, enquanto o povão votar em pessoas, e não em partidos, a situação será esta, de díficil governar.
    Só tem uma saída: depois que a Ministra Dilma ganhar as eleições, o presidente Lula mandar a Polícia Federal apurar a corrupção deles e expulsá-los do governo. Aí, o presidente vai mostrar que sabe de tudo, de toda a corrupção que eles dizem que o governo Lula acoberta.
    Eles estão brincando com fogo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*