Novo Datafolha acentua a lulodependência de Dilma | Fábio Campana

Novo Datafolha acentua
a lulodependência
de Dilma

Do blog do Josias de Souza

Saiu do forno uma nova pesquisa do Datafolha. Expõe dois fenômenos: a resistência de José Serra e a lulodependência de Dilma Rousseff.

No intervalo de um mês, a dianteira de Serra, que havia se reduzido a quatro pontos percentuais, foi dilatada para nove pontos.

Dilma, que percorria curva ascendente, estacionou. É a primeira pesquisa na qual ela não pontua para o alto.

O candidato tucano foi de 32% para 36%. Retorna aos patamares de dezembro, mês em que amealhara 37%.

A presidenciável petê escorregou um ponto percentual. Oscilou de 28% para 27%. Manteve-se abaixo do patamar historicamente atribuído ao PT: 30%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos –para mais ou para menos. Significa dizer que Serra teve crescimento real. E Dilma ficou onde estava.

Os dados são quentes como pães do dia. Os pesquisadores do Datafolha foram às ruas na quinta (25) e na sexta (26).

A sondagem do mês passado deixara nos lábios do petismo o doce sabor da perspectiva de ultrapassagem.

Ficara-se com a impressão de que, carregada por Lula e superexposta nos pa©mícios, Dilma estava na bica de assumir a dianteira.

O petista mais pessimista dava de barato que Dilma obteria na pesquisa seguinte, no mínimo, o empate técnico. Deu-se o oposto.

A despeito de frequentar uma vitrine menor –de dimensão estadual— e de ter demorado a assumir-se como candidato, Serra recuperou terreno.

A sete meses da eleição, os números ainda prenunciam uma briga renhida. Serra vai ao ringue armado de sua biografia. Dilma sacode o manto da continuidade.

Na próxima semana, o embate ganha novos ares. Os contendores terão de deixar os cargos de governador e de ministra.

A nova fase tende a estabelecer um cenário de paridade de armas. Gradativamente, Dilma terá de descer dos ombros de Lula.

No dizer do próprio presidente, a candidata terá que provar-se capaz de “caminhar com as próprias pernas”.

Surge, então, a pergunta: conseguirá Dilma livrar-se da “lulodependência”? O sucesso está atrelado à resposta.

Parecer da Advocacia-Geral da União autoriza Dilma a manter os pés nos pa©lanques até junho, quando sua candidatura será aprovada em convenção. Porém…

Porém, a Justiça Eleitoral, normalmente cega, emite sinais de que achou a lente de contato. Já impôs a Lula um par de multas: R$ 5 mil e R$ 10 mil.

Há ainda três ações da oposição pendentes de julgamento no TSE. Na semana que vem será protocolada uma quarta.

A manutenção da tática de converter atos oficiais em pantomimas eleitorais impõe, além do custo monetário, o risco da desmoralização política.

O PT esboça reação. Ameaça inundar o TSE com ações contra Serra. Mas já assimilou a ideia de que terá de refrear o escracho.

Lula não vai esconder a musculatura. Usará, nos limites do possível, o tônus da popularidade para erguer sua candidata.

Emerge, então, a segunda pergunta-chave: até onde vai a capacidade de transferência de prestígio do líder superpopular?

Em conversa com o repórter, um dirigente do PT foi buscar na oposição argumentos para sustentar o raciocínio de que Dilma está como que condenada a  crescer.

Chamou a tese de “efeito Gilberto Kassab”. Disse: “Na eleição de 2008, o prefeito do PFL [DEM] tinha 3% nas pesquisas e uma gestão bem avaliada…”

“…À medida que a campanha foi avançando, o percentual do candidato encostou no índice de avaliação do prefeito. E ele venceu a eleição…”

“…Pelas mesmas razões, o percentual de intenções de voto da Dilma tende a se aproximar dos índices de aprovação do governo Lula”.

O argumento, por lógico, não é negligenciável. Mas parece esbarrar, por ora, numa diferença: na sucessão presidencial, a candidata é Dilma, não Lula.

Por mais que o cabo-eleitoral ajude, a candidata terá de socorrer a si própria, livrando-se do vício da dependência.

De resto, só o tempo dirá se vai funcionar a estratégia de Serra. Está escorada em dois pilares: o confronto de biografias e o reconhecimento do óbvio.

A segunda estaca passa pelo reconhecimento dos êxitos de Lula. Serra dirá: o que é bom será mantido. E tenho mais experiência para aperfeiçoar e avançar.

No mais, é preciso saber que jogo pretende jogar Ciro Gomes (PSB). Em dezembro, tinha 13%. No mês passado, cravou 12%. Agora, dispõe de 11%.

Se Ciro abandonar o ringue, crescem as chances de uma definição em primeiro turno. Terá mais chances quem for capaz de capturar-lhe os votos.

Quanto a Marina Silva (PV), estacionada em 8% desde dezembro, parece fadada ao papel de figurante.


36 comentários

  1. Paulo Roberto Stockler
    sábado, 27 de março de 2010 – 11:31 hs

    Só não desprezando o fato, de que na espontânea, Dilma subiu de 10 a 12%, enquanto Serra ficou com os mesmos 8%.
    Complicado explicar, não??

  2. Buzela Campo Mourão
    sábado, 27 de março de 2010 – 11:35 hs

    Tudo indica que acabou o gás, deu uma disparada e agora é só cairrrrrrrrrrr

  3. PSDB
    sábado, 27 de março de 2010 – 11:44 hs

    Sempre disse:

    Serra 45
    Beto 45
    Arns 456
    Fruet 4545
    Galdino 45.021

  4. Calunga
    sábado, 27 de março de 2010 – 12:00 hs

    Quando a pesquisa favorece a tal de Dilma a pesquisa é honesta; quando a pesquisa desfavorece não tem credibilidade. Petezada, o Serra é o próximo presidente.

  5. sábado, 27 de março de 2010 – 12:50 hs

    Lacrem os bolsos , se armem e aguardem as greves, dossiês e violência generalizada. Os PTistas estão apavorados e prometendo horrores, salve-se quem puder.

  6. henry
    sábado, 27 de março de 2010 – 13:42 hs

    ACREDITO QUE O POVO BRASILEIRO, (salvo algumas excessões) Ñ É TÃO IGNORANTE AO PONTO DE VOTAR E ELEGER UMA QUADRILHEIRA COMPROVADA. AÍ SERIA O FIM DA PICADA PARA UMA NAÇÃO FORTE COMO A NOSSA.
    “Deus… livrai-nos DESSE mal…” Amém

  7. Alerta
    sábado, 27 de março de 2010 – 14:37 hs

    Issi porque o Serra é muito ético e ainda náo fez campanha.

    Foi só ele dizer que vai ser candidato e anunciar que vai renunciar o governo de Sao Paulo, que ele já começou a crescer.

    Imaginem quando ele tiver tempo para visitar outros estados e mostrar-se realmente como presidenciavel?

    Acho que a Dilma perde até para o Ciro.

    Serra presidente, Beto governador.

  8. RST
    sábado, 27 de março de 2010 – 14:55 hs

    O que o DATA-SERRA não mostra.

    DILMA 24%
    Serra 8%

    Pesquisa Data/Folha de São Paulo
    25-26/03/2010

    Dilma continuou sua curva ascendente no levantamento espontâneo.

    Tinha 8% em dezembro, passou a 10% em fevereiro e
    agora chegou a 12%

    Lula obteve o percentual de 8%

    Houve também 3% para “candidato do Lula” e

    1% para “no PT/candidato do PT”.

    TOTAL: 12 + 8 + 3 + 1 = 24%

    Serra pontuou 8%, o mesmo percentual de dezembro de 2009.

    Além disso, Serra e Ciro são os mais rejeitados (25% e 26%)

  9. Parreiras Rodrigues
    sábado, 27 de março de 2010 – 15:05 hs

    E Serra não tem que se preocupar com vice: Tem Jarbas, tem Tasso no Nordeste. Todos somam…

  10. Divanir
    sábado, 27 de março de 2010 – 15:18 hs

    Chora Ptzada, começa a hora do despencar. Dilma subiu o que pode nas costas de Lula, ancorado nas pesquisas sob aqueles que dependem de assistêncialísmo, no entanto, ha muita gente neste país que trabalha, e felizmente é a maioria, Agora começa a campanha de Serra, a Campanha de quem trabalha pelo país, não importa se fez tudo o que pode, mas já fez, ao contrário de Dnilma que nada fez, a não ser ter aprontado muito em sua vida de quadrilheira. É hora da verdade.

  11. sábado, 27 de março de 2010 – 15:23 hs

    hehehehe..Ptzada, parece que o sonho começou a acabor…São 9 pontos por enquanto, na hora que começar a discussão de qualidade de candidatos ( Serra x Dilma) e de possiveis proposições dos mesmo a coisa tende a piorar…Basta lembrar a população que a guerrilheira é adepta da ditadura, da censura imprensa, de acabar com o direita a propriedade onde os “santinhos” do MST podem invadir o que quiserem e o PT vai dizer se o dono legal pode ou não entrar na justiça, do aborto, do casamento entre homosexuais, contra pesquisas que ela julge ser importante…enfim, Dilma e o PT propõe uma volta ao regime ditatorial, claro que com eles dizendo as normas….Temos que nos livrar dessas tralhas no voto…

  12. me responda
    sábado, 27 de março de 2010 – 16:01 hs

    Seria essa já uma manifestada intenção de não eleger a (des) continuidade das atrocidades feitas por esse governo e nunca dantes vistas pois a censura enredava os editoriais? Ou seria por acaso uma forma de dizer não a uma possível perda de tudo o que dantes foi conquistado? De qualquer forma, responda quem não têm “rabo preso”.

  13. Diego
    sábado, 27 de março de 2010 – 16:07 hs

    A coisa mais importante numa pesquisa é a representação na hora do voto. Você tem 4 canditados, digite o número.

    Serra 36%
    Dilma 27%

    fim de papo

  14. campanha eleitoral
    sábado, 27 de março de 2010 – 16:14 hs

    Será que alguém duvida que o comentário postado
    em 27/março 11:44 – psdb- é do proprio prof galdino?

    Campanha eleitoral antecipada?

  15. TÁ TUDO ERRADO
    sábado, 27 de março de 2010 – 16:45 hs

    Espera aí.
    Foi só o Serra dar um peido(avisando que será candidato) para a filha dilma, cair.
    E quando a campanha começar?

  16. Só dá DILMA!
    sábado, 27 de março de 2010 – 17:05 hs

    Acabei de analisar os números apresentados. Como sempre a interpretação dada pelo pessoal da Folh é tendenciosa.

    O verdadeiro ‘chefe’ deles os cobrou e foi atendido: a pesquisa mostra uma tendência de alta, mas esconde a verdade: A Dilma lidera na espontânea com 50% de diferença sobre o Zé Pedágio.

    E quem vem atrás dela? O próprio Lula. Nessa altura do campeonato com quase 6 meses para o 1º turno é o que conta.

  17. OSSOBUCO
    sábado, 27 de março de 2010 – 17:21 hs

    E o Serra batendo nos professores em SP?
    Aprendeu com quem?
    Ou será modus operandi do PSDB?
    Imaginem esse cara na presidência, o que irá fazer com os professores?

  18. JOSE DE CASCAVEL
    sábado, 27 de março de 2010 – 17:28 hs

    Então o PACMANIA da Boneca bárbie, começou a desandar. A mionese e o tomate já estão cheirando ruim. Ah, e esta semana, sai de cena com seu LULINHA, vai só andar por conta, aí que vamos ver…….As ilusões estão acabando, e o seu OSMAR que vá colocando as barbas de molho, porque o táxi que você uer andar acho que está com o motor fundindo e vai ficar sem gasolina. Dá-lhe BETO e SERRA……

  19. ELHOIN
    sábado, 27 de março de 2010 – 17:39 hs

    Enquanto Serra tem certidão negativa a outra canidata tem folha corrida. Essa e a diferença.

  20. sábado, 27 de março de 2010 – 19:08 hs

    Dilma achava-se a última coca gelada do deserto.Hahahahaha ….

  21. Anderson
    sábado, 27 de março de 2010 – 19:39 hs

    RST e o auto-engano.

    O eleitor, em grande parte, não sabe quem é o candidato do Lula.

    O eleitor, em grande parte não sabe absolutamente nada, tanto é que escolhe o inelegível Lula.

    O eleitor, em grande parte, não sabe quem é o candidato do PT e nem quem é ou o que é o PT.

    O fato é que o Nordeste prefere Dilma e o Sudeste e o Sul preferem Serra. Seria porque o bolsa-esmola é mais importante para eles?

  22. Laertes
    sábado, 27 de março de 2010 – 19:40 hs

    NA PESQUISA ESPONTÂNEA OS SERRISTAS CAIRAM DO CAVALO!

    DILMA 24%
    Serra 8%

    Pesquisa Data/Folha de São Paulo
    25-26/03/2010

    Dilma continuou sua curva ascendente no levantamento espontâneo.

    Tinha 8% em dezembro, passou a 10% em fevereiro e
    agora chegou a 12%

    Lula obteve o percentual de 8%

    Houve também 3% para “candidato do Lula” e

    1% para “no PT/candidato do PT”.

    TOTAL: 12 + 8 + 3 + 1 = 24%

    Serra pontuou 8%, o mesmo percentual de dezembro de 2009.

    Além disso, Serra e Ciro são os mais rejeitados (25% e 26%)

  23. ildo baldo
    sábado, 27 de março de 2010 – 20:10 hs

    HENRY
    A IGINORANÇIA DE PESSOAS QUE SE ACHA ACIMA DE TUDO PARA CHAMAR NÓS DE IGINORANTES QUE TEU VALOR
    ATÉ MESMO EM SUA CASA DEVE SER A PIOR DE TUDO
    NÂO ESTAMOS PEDINDO RESPEITO SÓ QUE VOCE SEJA MAIS EDUCADOS
    PORQU DIGO A VOCE QUE VOTO NA DILMA POR NÂO SUPORTAR ESSA CORJA DO ANTIGO PDS ARENA E VOCE É UM DELES
    PODE IR CURTIR SEU BODE DEPOIS DE OUTUBRO
    PORQUE A DILMA VAI GANHAR SIM
    E TEU DEFUNTO SERRA NÂO SOBRARA NEM A CAVERA

  24. cinara picini
    sábado, 27 de março de 2010 – 21:06 hs

    Com certeza o serra é muito melhor, a Dilmá, quem é ela oq ela sabe fazer o povo sabe escolher o melhor, não queremos uma boneca fabricada, e o pior pro PT q só sobrou essa mulher o resto dos companheiros envolvidos até os cabelos com problemas de corupção, e com resto quem q se preocupa. é SERRA LÁ E BETO AQUI

  25. Duval Simões Araújo-Londrina
    sábado, 27 de março de 2010 – 23:43 hs

    E O DINHEIRO VEM DONDE?
    DO ZÉ DIRCEU?
    Ex-ministra, Dilma terá salário de R$ 17,8 mil no PT
    Ricardo Stuckert/PR

    O PT prepara a estrutura para recepcionar sua candidata à sucessão de Lula.
    Vai gastar, até junho, pelo menos R$ 350 mil.
    Deve-se a informação ao repórter Diego Escosteguy, de Veja.
    Na semana que vem, Dilma deixará o cargo de ministra para pleitear o emprego de presidente.
    Suas despesas passam a ser bancadas pelo partido.
    Terá dinheiro na conta, casa, comitê, carro e jatinho no hangar. Eis os números:
    1. Salários de Dilma: R$ 17,8 mil mensais.
    2. Salários de cinco assessores: R$ 55 mil por mês.
    3. Aluguel de casa para a candidata: R$ 12 mil.
    4. Aluguel de sede do comitê de campanha: R$ 30 mil.

    Resta definir o custo do aluguel de carros para Dilma e para o comitê, e dos jatinhos em cujas asas voará a candidata.
    Embora Dilma tenha informado que vai ter um tesoureiro que possa chamar de seu, o ordenador de despesas é, por ora, João Vaccari ‘Bancoop’ Neto.
    Escrito por Josias de Souza às 05h52

  26. domingo, 28 de março de 2010 – 0:01 hs

    Hoje dão o resultado das pesquisas de Lula.

    É o maior indice de um presidente desde o início da existência do
    datafraude. Mais o resultado da espontânea.
    Só acredita nesta pesquisa que é loca.

    Será que a turma do PDT é tão boba assim?
    Aí pessoal, jogar contra o Serra tem que ter estômago.
    O cara é mau e faz qualquer negócio,
    como a DATAFRAUDE e o GLOBOPE estão fazendo.

  27. Rossby
    domingo, 28 de março de 2010 – 0:25 hs

    E o teleguiados da arruaça já começaram a armar o circo…. Em SP a APEOESP, aquele sindicato de professores que queima livros em praça pública começou a baderna política, pois de campanha salarial aquilo não tem nada….
    Logo mais são os “cumpanheros” do MST que vão armar os “abril, maio, junho, julho e o que mais for vemelhos” com invasões e depredações a fazendas produtivas.
    Prezados e prezadas… essa campanha será para quem tiver estômago forte, pois a petralhada não vai querer largar as tetas facilmente…

  28. OSSOBUCO
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:52 hs

    Nada justifica o serra ter mandado a polícia bater em professores, aqui no PR nós já conhecemos o final dessa história. Adeus, Serra!

  29. OSSOBUCO
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:53 hs

    Kátia Abreu (DEM) recebeu 25 vezes mais dinheiro do Governo do que o MST. Ela ataca o MST porque só ela quer continuar recebendo!

  30. OSSOBUCO
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:53 hs

    Vinte e sete milhões e trezentos mil brasileiros ultrapassaram a linha de extrema pobreza. O índice de moradores do País nesta situação baixou – entre 1990 e 2008 – de 25,6% para 4,8%, uma redução de 81%.

    Com isso, o País supera o primeiro e principal Objetivo de Desenvolvimento do Milênio (ODM), que estipulou como meta para o mundo erradicar a fome e reduzir pela metade, até 2015, a extrema pobreza registrada em 1990.

    Os resultados revelam também que o Brasil foi além, e ultrapassou a própria meta estipulada pelo País de diminuir em 75% a taxa de extrema pobreza. Os dados constam da quarta edição do Relatório Nacional de Acompanhamento do ODM, que tem outros sete objetivos: Universalizar a educação primária; Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; Reduzir a mortalidade na infância; Melhorar a saúde materna; Combater o HIV/AIDS, malária e outras doenças; Garantir a sustentabilidade ambiental, e Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.

    O documento, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e divulgado nesta quarta-feira (24/3), descreve que, de 1990 a 2008, enquanto a população brasileira cresceu de 141,6 milhões para 186,9 milhões, a população extremamente pobre (que vive com até 1,25 dólar por dia) decresceu de 36,2 para 8,9 milhões de pessoas. “A pobreza extrema no Brasil, hoje, é menos de um quinto da pobreza extrema de 1990. A desigualdade caiu bastante e pode cair ainda mais”, informa o relatório. E acrescenta: “Se o ritmo da redução se mantiver nos próximos anos, a pobreza extrema será erradicada do Brasil por volta de 2014.”

    Para o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, essa conquista do País é resultado dos investimentos do governo de presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Só o nosso ministério terá um orçamento de R$ 39 bilhões este ano, dinheiro destinado aos pobres. Além do MDS, outras ações com o Pronaf ( Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar), Luz para Todos e Economia Solidária estão fazendo a diferença”, ressaltou o ministro.

  31. Márcia
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:56 hs

    OS PROFESSORES SÃO PERSEGUIDOS, HUMILHADOS, BOICOTADOS, DESVALORIZADOS E AINDA POR CIMA NO PAÍS DA “D, PARA SEU ACÚMULO DE RIQUEZAS E VITALICIDADE NO PODER. DEMOCRACIA” OUTROS TRABALHADORES, NO CASO A POLÍCIA ,QUE É FANTOCHE NAS MÃOS DESSE OPOSITOR DA LIBERDADE, JÁ QUE OS GRANDES SALÁRIOS E VANTAGENS SÃO DA ALTA CÚPULA(AQUELA QUE NÃO VAI À RUA COMBATER BANDIDO, MAS QUE FICA NA SALA COM AR CONDICIONADO LIGADO E A BUNDA COLADA NA CADEIRA GIRATÓRIA), É USADA PARA ABAFAR A VERDADE, VERDADE ESSA QUE A MÍDIA NÃO MOSTRA, NÃO DEBATE, NÃO INFORMA. A POLÍCIA ESQUECE QUE TAMBÉM É CLASSE TRABALHADORA E QUE DEVE APOIAR OS COMPANHEIROS. PROFESSORES, ESSA É A HORA!! POVO DE SÃO PAULO, DO BRASIL EXPULSEM ESSE ABUTRES, ESSES SANGUESSUGAS, ESSES ENCARNADOS DO MAL!! PARABÉNS MAGISTÉRIO PAULISTA!! TEMOS ORGULHO!

  32. Laertes
    domingo, 28 de março de 2010 – 16:01 hs

    Tentativa de negociação do Magistério termina com 16 feridos

    O protesto de professores na região do Palácio dos Bandeirantes foi reprimido com jatos de spray de pimenta disparados por um helicóptero da PM contra a multidão, que enfrentou também bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e cassetetes.

    Há pelo menos 16 feridos; entre eles os professores de História Severino Honorato da Silva e Luis Cláudio de Lima, atingidos por uma bala de borracha.

    A Cavalaria, a Tropa de Choque e a Força Tática da Polícia Militar foram mobilizadas para impedir que os professores chegassem aos portões do Palácio dos Bandeirantes. “Foi horroroso. Os policiais vieram com muita violência. Foi bomba para todo lado”, lamenta Carlos Ramiro.

    Em greve desde o dia 8 de março, os professores e funcionários do Magistério Paulista decidiram nesta sexta-feira (26/03) manter a paralisação. “Os líderes dos professores foram levados em viatura ao Palácio dos Bandeirantes e lá foram informados que não havia negociação. É um absurdo chamar para dizer que não existe diálogo”, conta a deputada Maria Lúcia Prandi, presidente da Comissão de Educação da Assembleia.

    A deputada também revoltou-se com a violência gratuita contra os trabalhadores. “Foram muitas bombas e estava difícil respirar por causa das bombas de gás lacrimogêneo. A passeata só andou um quarteirão. Estávamos distante do Palácio dos Bandeirantes. Tentamos negociar com a Tropa de Choque, mas foi muita violência”, lamenta a deputada, que é professora aposentada.

  33. Duval Simões Araújo-Londrina
    domingo, 28 de março de 2010 – 18:32 hs

    Aqui no Paraná o movimento não era político e era de todos os professores. Mas o governador da época ainda é senador. Lá em SP a presidente do sindicato que organiza a greve está subindo no palanque de Dilma. Não tem credibilidade. Ossobuco pode ir largando o osso do cargo em comissão que ganha sem trabalhar e voltar a trabalhar na invasão de terras e organização de greves nas empresas e nos governos contra o PT. Quem sabe o Lula volte daqui 4 anos, depois do Serra, e vc volta pra mamata.

  34. OSSOBUCO
    domingo, 28 de março de 2010 – 18:49 hs

    Fala Durval! Vc tá mal informado, pelo jeito só lê a Veja!
    Que pena, de trabalho, honesto, vc não deve entender nada mesmo!
    Para sua lembrança quem não trabalha nada é tucano como vc!
    Não sou comissionado, sou profissional liberal e voto em Dilma, mas não é preciso vc ofender os outros que não concordam com as suas opiniões!

  35. Luzia - SP
    domingo, 28 de março de 2010 – 18:55 hs

    Não senti, como já li em outros sites, que usam esta greve como ataque político, pois em nenhum momento foi feito propaganda da Dilma, mas sim críticas a este governo que achatou a qualidade da educação no Estado e o salário dos funcionários estaduais, em especial os professores.
    Tenho tantos relatos do que passamos em sala de aula, e não falo de indisciplina. Há atrasos na entrega de material e adoram culpar os Correios, mas há ocasiões que o material não foi nem enviado. Entretanto, a propaganda aparece na televisão. Há esta progressão continuada, já vi mãe pedir para reprovar o filho e a gestão escolar informar que infelizmente o aluno não tinha falta, então iria para a próxima série, isto não vemos na mídia. Há outros relatos, mas vou deixar para outro desabafo…
    Este governo é o Serra, mas poderia ser qualquer outro. Este governo é do PSDB, mas poderia ser outro. Esta pessoa e este partido querem governar o Brasil. Isso não. Não sou filiada a nenhum partido, entretanto acredito que o Brasil mereça coisa melhor.

  36. Euler - MG
    domingo, 28 de março de 2010 – 18:57 hs

    Cassetete, cães, cavalaria e gás de pimenta, eis o instrumental do diálogo demotucano com professores e demais movimentos sociais. É assim por toda parte cujos governos estejam nas mãos dos demotucanos. Eles não gostam de servidores públicos de baixa renda, especialmente dos professores. Em Minas, por exemplo, que tem o oitavo mais baixo salário para o magistério do país, o governador Aécio Neves deu apenas 10 por cento de reajuste salarial para um piso de R$ 500 reais para professores com curso superior. A questão da Educação, no ensino básico (ensino infantil, fundamental e médio) é uma vergonha nacional. Nem mesmo o piso salarial do magistério aprovado em lei federal é respeitado. Enquanto Serra coloca tropa de choque para reprimir a justíssima greve dos educadores, em Minas Aécio cercou a Cidade Administrativa com polícia, cães e cavalaria no ato público dos servidores realizado no último dia 16. Haverá assembléia no próximo dia 08 de abril em Minas, com indicativo de greve. Os professores da rede municipal de BH já estão em greve. É o retrato do descaso para com a Educação pública no Brasil, descaso que, infelizmente, une na cumplicidade os governos dos diversos partidos e ideologias. Sem exceção.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*