MPF pede que Sarney devolva salário acima do 'teto' | Fábio Campana

MPF pede que Sarney devolva salário acima do ‘teto’

Do Josias de Souza

A maioria dos brasileiros, submetida a salários miúdos, está como que condenada a um final do mês eternamente antecipado.

José Sarney vive situação inversa. Patriarca de uma família rica, o presidente pemedebê do Senado acumula três salários.

Além do estipêndio de senador, belisca duas aposentadorias. Uma de ex-governador do Maranhão. Outra de ex-servidor do Tribunal de Justiça maranhense.

Há sete meses, os repórteres Fernanda Odilla e Hudson Corrêa informaram que, somada, a remuneração de Sarney alçava à casa de R$ 52 mil.

Soube-se, então, que uma ilegalidade pingava mensalmente na conta bancária de Sarney.

Reza a Constituição que o Estado não pode pagar a nenhum brasileiro, mesmo àqueles que Lula considera “incomuns”, salários acima do teto.

Em agosto do ano passado, quando a notícia viera à luz, o teto era de R$ 24.500. Hoje, está fixado em R$ 26.723,13.

Pois bem, o procurador da República Francisco Guilherme Bastos, lotado em Brasília, decidiu levar Sarney à Justiça.

Em ação protocolada nesta segunda (29), o procurador Francisco pede que o Judiciário obrigue Sarney a devolver a pecúnia recebida ilegalmente.

Antes, o procurador requisitara informações salariais ao próprio Sarney e ao governo do Maranhão, comandado pela filha do senador, Roseana.

Os dados não foram fornecidos. Para o procurador, “houve o reconhecimento acerca do pagamento de valores a título de pensão especial…”

Valores que, “quando acumulados com a remuneração do cargo de senador da República, extrapolam flagrantemente o teto remuneratório previsto na Constituição”.

Protocolada na 21ª Vara da Justiça Federal no DF, a ação do procurador inclui um pedido para que o Judiciário requeira novamente os dados salariais de Sarney.

Só então, argumenta o procurador Francisco, será possível calcular o valor total a ser devolvido à Viúva pelo grão-pemedebê Sarney.

Tomado pelas justificativas de sua assessoria, Sarney não cogita devolver coisa nenhuma.

Alega que o acúmulo de vencimentos, no seu caso, não é ilegal. Por quê? No entendimento do senador, a Constituição não proíbe o acúmulo de aposentadorias.

– Serviço: pressionando aqui, você chega à íntegra da ação movida pelo procurador Francisco.


18 comentários

  1. xumbinho
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 23:27 hs

    Acho que o procurador vai perder o emprego.

  2. Curitiboka
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 5:31 hs

    Mas que injustiça estão cometendo com esse “pobre coitado”, lhe retirar esses rendimentos é desumano. Como é que ele vai dar mignon aos seus cães? E que venha a guerrilheira para nos abater!!

  3. quarta-feira, 31 de março de 2010 – 7:59 hs

    Vai dar em nada…..

  4. Marcos Calonga
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 8:40 hs

    Neste paízinho de M…!

  5. Polêmico
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:24 hs

    O Sarney não é o único que recebe valores acima do teto!
    Até aqui no Paraná tem varias pessoas que também recebem acima deste teto.
    Não defendo o Sarney mas acho que a Lei tem que ser para todos.

  6. Roy
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:33 hs

    Honorável Bandido.

  7. Mãe Diná
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:00 hs

    Esperamos que o MP Estadual tenha a mesma atitute em relação aos salários da Assembléia Legislativa do PR que estrapolam o teto. Será?

  8. quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:20 hs

    Esses amigos de lulla são de lascar e ainda quer que a gente acredite nesse desgoverno ?

  9. TIÃO DO MORRO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:22 hs

    Ah, vai devolver………só se ir buscar os trocos que o seu filho mandou para fora do Brasil. Acho que seria interesssante fazer uma dupla Sarney/Arruda e companhia……..uma sociedade privada, queria ver quem seria o mais ligeiro…..ia dar um prejuízo……..

  10. Dagmar Servia
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:31 hs

    A notícia não é verdadeira, pois omite as outras aposentadorias que o senador tem, como por exemplo a de ex-Presidente da República, e outras cujo jornalistas não tiveram acesso, como se eu não me engano como Presidente da Petrobrás, na época da ditadura.

    Este sujeitinho é tão crápula que é bem possível que seja aposentado do INSS.

  11. NEWTON GUSSO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:45 hs

    Esse individuo Sarney, Coronel no Maranhão, Senador pelo Amapa, explorador do Brasil, atraves da sua familia, não tem um resquicio de carater, é da linha de que os meios justificam os fins, assim, imaginen do que é capaz, pois o que tem aparecido é só a ponta, de um monstro iceberg que ao longo do seu coronelismo manten no nosso pais. Entendo tambem que alguem que foi Presidente da Republica, o mais alto posto do Pais, teria que no minimo, ter um pouco de condecêndencia com o seu povo, maldida ganância.

  12. jaja
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:55 hs

    só morrendo mesmo pra acabar a mamata

  13. Austragésilo
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 12:08 hs

    Estes são os donos do Poder. Aliás, falou em bandalheira, pode apostar que Sarney está dentro! Acredito que seria interessante um estudo mais detalhado do DNA dessa família.
    Sarney está comemorando 80 anos de vida, dos quais 50 na vida pública, como representante do Estado do Maranhão e há uns 20, também do Amapá.
    Passou duas gerações e ele não conseguiu melhorar a qualidade de vida dos maranhenses. Hoje o estado mais miserável do país! E o tal chegou à Presidência da República.
    A sua vida pessoal e familiar está maravilhosa, rica, afortunada, nababesca. Enquanto o povo vive com esgoto a céu aberto.
    Seria ele um desalmado?

  14. Vicente Ferreira
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 12:27 hs

    Fábio,

    No Paraná temos 3 casos flagrantes de fura-teto:

    LUIS CARLOS DELAZARI, ouvidor-geral. Recebe quase 40.000 reais líquidos. É OUVIDOR GERAL DO ESTADO, recebe aposentadoria como Procurador de Justiça e é isento de imposto de renda, porque, segundo ele, TEM CARDIOPATIA GRAVE, doença que deveria impossibilitá-lo de trabalhar.

    JAIR BRAGA.

    MUNIR KARAM – Presidente da Paraná Previdência com salário de quase QUINZE MIL REAIS mais salário de aposentado no TJ – quase 20 mil. Dá quanto?

  15. joana
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:54 hs

    E o Lula,não vai devolver a pensão de perseguido político, aposentadoria de deputado federal, aposentado por invalidez e depois será aposentado como presidente.?

  16. Roy
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:18 hs

    A pior notícia do dia: após cirurgia Sarney passa bem e deve ter alta…

  17. Rock
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 21:55 hs

    O ACM, já deve estar preparando o parte que cabe ao seu companheiro de roubo no panelão la do Bicho Chifrudo.

  18. ro
    quinta-feira, 1 de abril de 2010 – 19:02 hs

    E enquanto isso, uma menina pobre, agonizava no corredor de um hospital na cidade maranhense de Imperatriz, por sofridos e longos oito dias vítima de meningite. E descançou, morreu e tudo bem… MALDITO SARNEY.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*