Lula diz, em programa de rádio do PT, que Dilma tem a "cara de São Paulo" | Fábio Campana

Lula diz, em programa de rádio do PT, que Dilma tem a “cara de São Paulo”

Do Globo, foto de Anne Warth, da Agência Estado

“O PT estreou nesta sexta-feira nas emissoras de rádio de São Paulo uma inserção da propaganda partidária tendo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazendo as vezes de ‘cabo eleitoral’ da ministra Dilma Rousseff, a pré-candidata do PT a presidente da República (na foto, em evento com a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy).

Depois que a ministra diz na propaganda do PT de 30 segundos que ‘São Paulo tem tudo para ser a terra do avanço tecnológico e do desenvolvimento humano’, Lula elogia a ministra, dizendo que ela é uma ‘mineira que tem a cara de São Paulo’.”


18 comentários

  1. beru bolo
    sábado, 13 de março de 2010 – 19:15 hs

    SÃO PAULO É MUITO MAIS BOINTA QUE ESSA MULHER ARROGANTE E GROSSA ” A GOVERNANTA DO LULA” É MUITIO FEIA PARA SER COMPARADA COM SAMPA.

  2. Borduna
    sábado, 13 de março de 2010 – 19:20 hs

    Dilma com cara de São Paulo? Vou dizer a cara que ela tem… Pensando bem, melhor não. Afinal, vai ser a próxima presidenta e eleita em primeiro turno. Vamos respeitar…

  3. CLAUDEMIR
    sábado, 13 de março de 2010 – 19:33 hs

    SERA QUE ELA VAI MANDAR O POVO RELACHAR E GOZAR COM ESTA CARA

  4. ERNESTO
    sábado, 13 de março de 2010 – 19:46 hs

    SOU OBRIGADO A CONCORDAR COM LULA PELA PRIMEIRA VEZ.
    DILMA TEM A CARA DE SÃO PAULO ,OU SEJA, SÃO PAULO ANDA LAVADA PELA CHUVA ULTIMAMENTE!

  5. Benhur
    sábado, 13 de março de 2010 – 20:05 hs

    Só falta o Lula e a Dilma pistoleira querer dar a bandeirada na largada da Indy, ele de mão dadas é claro!!

  6. Nhengo
    sábado, 13 de março de 2010 – 20:08 hs

    de SP não, o povo de SP não é tão feio assim, tá mais p/ cara do cão.

  7. xumbinho
    sábado, 13 de março de 2010 – 21:06 hs

    A Sinistra Dilma tem cara de guerrilheira assaltante de bancos.

  8. Cap. Nascimento
    sábado, 13 de março de 2010 – 22:29 hs

    É verdade! A dilminha tem a cara de um engarrafamento na marginal Tietê numa sexta-feira (dia 13 é claro) depois da enchente.
    Ei reiquejão, pede prá sair. Mas já!

  9. Louise
    domingo, 14 de março de 2010 – 0:47 hs

    Pelo visto o Lula não conhece São Paulo…

  10. domingo, 14 de março de 2010 – 6:35 hs

    Deve ter mesmo, mas somente em dias de enchente

  11. Cana Mansa
    domingo, 14 de março de 2010 – 8:39 hs

    Essa é a Dilma!Terrorista dos anos 60/70. Na clandestinidade atendia pelos cognomes de “Estela”, “Luiza”, “Patrícia” e “Wanda”.
    >
    >
    > Dilma nasceu em 1947. Aos 20 anos começou a militar na organização marxista Política Operária – POLOP. Foi recrutada pelo noivo e depois marido Cláudio Galeno de Magalhães Linhares, (“Aurélio” e “Lobato”). Com as primeiras prisões de terroristas, abandonou o POLOP e com o marido aderiu ao Comando de Libertação Nacional – COLINA. Participou da organização de assaltos a bancos e quartéis. Acompanhou a fusão do COLINA com a Vanguarda Popular Revolucionária, que deu origem à Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-P), liderada pelo desertor e terrorista Carlos Lamarca.
    >
    >
    > Depois que o marido se asilou em Cuba, em 1970, tornou-se companheira de Carlos Franklin Paixão de Araújo, militante da VAR, advogado e ex-deputado estadual pelo PDT gaúcho. Com ele foi viver e militar no Rio Grande do Sul e, logo depois, em São Paulo, onde foi presa em 1970. Condenada em três processos, ficou presa no presídio Tiradentes. Em depoimento ao “Tortura Nunca Mais”, disse ter sido torturada durante 22 dias, um caso raro que não se sabe porque não foi incluído até hoje no Guiness, pois conseguiu sobreviver durante 528 horas aos diferentes tipos de tortura a que alega ter sido submetida.
    >

  12. Dagmar Servia
    domingo, 14 de março de 2010 – 9:56 hs

    Lulla respeite o estado de São Paulo, vc só tomou poeira lá, e agora vem dizer que esta Terrorista é a cara da cidade.
    Daqui a pouco ele vai dizer também que ela é a cara do Rio de Janeiro. kkkkkkkkkkkkkk
    Pior, vai dizer que é a cara do Sul do País, onde ele só tomou porrada na última eleição.
    Se concentre lá no Norte e Nordeste, lá sim tem tudo a ver com vc e com esta merd@, que chega a dar pena das outras mulheres importantes neste país em ser comparadas a ela.

  13. LEONEL TUCUNARÉ
    domingo, 14 de março de 2010 – 13:44 hs

    Vejam a carta que o escritor Mario Vargas Llosa escreveu sobre a viagem de Lula à Cuba.

    A decepcionante visita de Lula

    A minha capacidade de indignação política atenua-se um pouco nos meses do ano que passo na Europa. Suponho que a razão disso seja o fato de que, lá, vivo em países democráticos nos quais, independentemente dos problemas de que padecem, há uma ampla margem de liberdade para a crítica, e a imprensa, os partidos, as instituições e os indivíduos costumam protestar de maneira íntegra e com estardalhaço quando ocorrem episódios ultrajantes e despresíveis, pricipalmente no campo político.

    Entretanto, na América Latina, onde costumo passar de tres a quatro meses ao ano, esta capacidade de indignação volta sempre, com a fúria da minha juventude, e me faz viver sempres temeroso, alerta, desassossegado, esperando (e perguntando-me de onde virá desta vez) o fato execrável que, provalvelmente, passará despercebido para a maioria, ou merecerá o beneplácito ou a indiferença geral.

    Na semana passada, experimentei mais uma vez esta sensação de asco e de ira, ao ver o risonho presidente Lula do Brasil abraçando carinhosamente Fidel e Raúl Castro, no mesmo momento em que os esbirros da ditadura cubana perseguiam os dissidentes e os sepultavam nos calabouços para impedir que assistissem ao enterro de Orlando Zapata Tamoyo, o pedreiro pacifista da oposição, de 42 anos, pertencente ao Grupo dos 75, que os algozes Castristas deixaram morrer de inanição, depois de submete-lo em vida a confinamento, torturas e condená-lo com pretextos a mais de 30 anos de cárcere, depos de 85 dias de greve de fome.

    Qualquer pessoa que não tenha perdido a decência e tenha um mínimo de informação sobre o que acontece em Cuba espera do regime Castrista que aja como sempre fez. Há uma absoluta coerência entre a condição de ditadura totalitária com Cuba e um política terrorista de perseguição a toda forma de dissidência e de crítica, a violação sistemática dos mais elementares direitos humanos, de falsos processos para sepultar os opositores em prisões imundase submetê-los a vexames até enlouquecê-los, matá-los ou impeli-los ao suicídio. Os irmãos Castro exercem há 51 anos esta política, e somente os idiotas poderiam esperar deles um comportamento diferente,

    DESCARAMENTO

    Mas de Luiz Inácio Lula da Silva, governante eleito em eleições legítimas, Presidente constitucional de um país democrático como o Brasil, seria de esperar, pelo menos, uma atitude um pouco mais digna e coerente com a cultura democrática que teoricamente ele representa, e não o descaramento indecente de exibir-se, risonho e cúmplice, com os assassinos virtuais de um dissidente democrárico, legitimando com a sua presença e seu proceder a caçada de opositores desencadeada pelo regime no mesmo instante em que ele era fotografado abraçando os algozes de Zapata.

    O presidente Lula sabia perfeitamente o que estava fazendo. Antes de viajar para Cuba, 50 dissidentes lhe haviam pedido uma audiência durante a sua estadia em Havana para que intercedesse perante as autoridades da ilha pela libertação dos presos políticos martirizados, como Zapata, nos calabouços cubanos. Ele se negou a ambas as coisas.Não os recebeu nem defendeu sua causa em suas duas visitas anteriores à ilha, cujo regime liberticida sempre elogiou sem o menor eufemismo.

    Alem disso, este comportamento do presidente brasileiro caracterizou todo o seu mandato. Há anos que, em sua política exterior, ele desmente de maneira sistemática sua política interna, na qual respeita as regras do estado de direito, e, em matéria econômica, em vez das receitas marxistas que propunha quando era sindicalista e candidato, dirigismo econômico, estatizações, repúdio dos investimentos estrangeiros etc. promove uma economia de mercado e da livre iniciativa como qualquer estadista social-democrata europeu.

    Mas, quando se trata do exterior, o Presidente Lula se despe de suas vestimentas democráticas e abraça o comandante Chavez, Evo Morales, o comandante Ortega, ou seja, com a escória da América Latina, e não tem o menor escrúpulo em abrir as potas diplomáticas e econômicas do Brasil aos sátrapas teocráticos integristas do Irã.

    O que significa esta duplicidade? Que Lula nunca mudou de verdade? Que é um simples mascarado, capaz de todas as piruetas ideológicas, um político medíocre sem espinha dorsal cívica e moral? Segundo alguns, os desígnios geopoliíticos para o Brasil do presidente Lula estão acima de questiúnculas como Cuba ou a Coréia do Norte, uma das ditaduras onde se cometem as piores violações dos direitos humanos e onde há mais presos políticos.

    O importante para ele são coisas mais transcendentes como o Porto de Mariel, que o Brasil está financiando com US$ 300 milhões, ou a próxima construção pela Petrobras de uma fábrica de lubrificantes em Havana. Diante de realizações deste porte, o que poderia importar ao ¨estadista ¨brasileiro que um pedreiro cubano qualquer, e ainda por cima negro e pobre, morresse de fome clamando por ninharias como a liberdade? Na verdade, tudo isto significa, infelizmente, que Lula é um típico mandatário ¨democrático¨ latino-americano.

    Quase todos eles são do mesmo feitio, e quase todos, uns mais, outros menos, embora quando não tem mais remédio, praticam a democracia no seio dos seus próprios países, mas, no exterior, não têm nenhuma vergonha, como Lula, em cortejar ditadores e demagogos, porque acham, coitados, que deste maneira os tapinhas amistosos lhes proporcionarão uma credencial de ¨progressistas¨ que os livrará de greves, revoluções e de campanhas internacionais acusando-os de violar os direitos humanos.

    Como lembra o analista peruano Fernando Rospiglioso, em um artigo admirável : ¨Enquanto Zapata morria lentamente, os presidentes da América Latina, entre eles o algoz cubano, reuniam-se no México para criar uma organização, mais uma, regional.Nem uma palavra saiu dali para exigir a liberdade ou um melhor tratamento para os mais de 200 presos políticos cubanos¨. O único que se atreveu a protestar, um justo entre o fariseus, foi o presidente eleito do Chile, Sebastian Piñera.

    De modo que a cara de qualquer um deste chefes de Estado poderia substituir a de Luiz Inácio Lula da Silva, abraçando os irmãos Castro, na foto que me revoltou o estômago ao ver os jornais da manhã.

    Estas caras não representam a liberdade, a limpeza moral, o civismo, a legalidade e a coerência na América Latina. Estes valores estão encarnados em pessoas como Orlando Zapata Tamoyo, nas Damas de Branco, Oswaldo Payá, Elizardo Sanchez, a blogueira Yoani Sanchez, e em outros cubanos e cubanas que, sem se deixarem intimidar pelas pressões e humilhações cotidianas de que são vítimas, continuam enfrentando a tiranis Castrista. E se encarnam ainda, em primeiro lugar, nas centenas de prisioneiros políticos e, sobretudo, no jornalista independente Guillermo Fariñas, que, enquanto escrevo este artigo, há oito dias está em greve de fome em Cuba para protestar pela morte de Zapata e exigir a libertação dos presos políticos.

    O curioso e terrível paradoxo é que no interior de um dos mais desumanos e cruéis regimes que o continente conheceu se encontram hoje os mais dignos e respeitáveis políticos da América Latina.

    MARIO VARGAS LLOSA.

  14. Alemão
    domingo, 14 de março de 2010 – 13:57 hs

    Não, realmente não tem a cara de SP e nem de outro lugar qualquer. Só combina com a cara de desvios, corrupção, mentiras, do “não sei de nada”, mensalão e outras “coisitas mas” do Lulababá e seus 40 ladrões.

  15. Jacarezinho
    domingo, 14 de março de 2010 – 20:46 hs

    Dentro de alguns anos, Lula será lembrado como a maior enganação política já empurrada goela abaixo dos brasileiros e do mundo inteiro. Viverei para ver. Ai haverá choro e ranger de dentes.

  16. OSSOBUCO
    domingo, 14 de março de 2010 – 20:47 hs

    Dilma tem a cara do Brasil que livrou o país da ditadura!

  17. ELHOIN
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 12:14 hs

    Se a Dilma tem a cara de São Paulo com certeza a boca e do RIO TIETÈ.

  18. Oi
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 13:52 hs

    Ela so tem cara de sequestradora, bandida e feia pra caramba… Sao Paulo é uma cidade LINDA, ja a DILMA tem a cara do Haiti, parece que teve um terremoto na cara dela…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*