Lula deixará conta de R$ 35 bi para sucessor | Fábio Campana

Lula deixará conta de
R$ 35 bi para sucessor

O Globo

O governo atual deixará para o próximo uma conta estimada em R$ 35,2 bilhões, referente a obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) contratadas entre 2007 e 2010 e que não serão executadas nem pagas na atual gestão. Usado pelo governo Lula para turbinar a candidatura da ministra Dilma Rousseff (PT), o PAC tem problemas de gestão que se refletem na execução das obras, como mostra a reportagem de Regina Alvarez na edição do O GLOBO deste domingo. Como não consegue cumprir prazos de execução, o governo acumula uma conta bilionária que o sucessor de Lula terá de assumir. Os chamados “restos a pagar” do PAC já somavam R$ 25 bilhões na primeira semana de março, mas devem crescer ainda mais até o fim do mandato.

Focado no PAC-2 – um pacote de obras para o período 2011-2105 que será anunciado dia 29, às vésperas da saída da ministra do governo e do início, de fato, de sua pré-campanha à Presidência – o governo tem procurado minimizar os atrasos na execução do PAC-1. O balanço de três anos divulgado em fevereiro está cheio de malabarismos e maquiagens que escondem o que a execução do Orçamento da União mostra com clareza.

Em 2010, o PAC tem disponíveis no Orçamento R$ 30,3 bilhões, valor que deve subir para R$ 33,5 bilhões com créditos extraordinários, mas a execução até a primeira semana de março era de 5,5%. Apenas R$ 1,66 bilhão tinha sido executado, incluindo despesas do ano e restos a pagar de anos anteriores. A dificuldade para a execução do Orçamento é maior em anos eleitorais, por conta das restrições que a lei impõe entre julho e outubro para a assinatura de novos convênios.
Atrasos no Arco Rodoviário do Rio

A conta para o próximo governo foi calculada pelo GLOBO a partir de dois dados: o estoque atual de restos a pagar (R$ 25 bilhões) e uma previsão de execução de empenhos em 2010 equivalente à média de 2008 e 2009. De 2007 a 2009, o governo empenhou (contratou) despesas de R$ 60,3 bilhões e executou R$ 33,2 bi (55,2%), incluídos restos a pagar. Nos últimos dois anos, o ritmo de execução foi acelerado, ficando, na média, em 65% dos valores contratados. Se conseguir manter em 2010 a execução de 65% do valor empenhado, já incluindo os restos – mesmo com restrições do ano eleitoral – o governo chegará ao fim do ano com despesas executadas no valor de R$ 18,7 bilhões, restando um estoque de despesas contratadas e não pagas de R$ 35,2 bilhões.


22 comentários

  1. salete cesconeto de arruda
    domingo, 21 de março de 2010 – 12:20 hs

    Essa conta não é do Lula – querido Fábio.
    É CONTA QUE O BRASIL TINHA E AINDA TEM COM POVO BRASILEIRO – MAIS POBRE!
    Tiro no pé do GLOBO.
    Simples assim:
    O POVO AINDA TEM MUITO MAIS PARA RECEBER DE TODOS OS GOVERNOS.
    Lula está só começando a PAGAR o Brasil deve aos MAIS POBRES!
    Elejam Dilma que ela PAGA SEM MEDO DE SER FELIZ!

  2. TO LIGADO!
    domingo, 21 de março de 2010 – 12:51 hs

    É melhor ninguem assumir então, avisem o Serra e a Dilma que é fria……….

  3. Daniel - Cvel Pr
    domingo, 21 de março de 2010 – 13:35 hs

    Chega ser uma vergonha o que os colonistas do PSDB tem feito, o PAC é programa de estado e não de governo e deve perdurar por muitos anos, agora vemos criticas ao governo que teve coragem de investir no Brasil e não nas multinacionais através de privatizações.
    PSDB a vergonha do Brasil

  4. VLemainski - Cascavel
    domingo, 21 de março de 2010 – 13:55 hs

    Salete: Tome um Doril que a febre passa…. Para de delirar…

  5. jaferrer
    domingo, 21 de março de 2010 – 15:05 hs

    Nossa Salete! O que você andou bebendo? Tudo bem, entendi, ela deve ser do Paiol (Partido dos que Amam, Idolatram e Ovacionam Lula), gente sem cérebro.

  6. c lima
    domingo, 21 de março de 2010 – 15:59 hs

    ok, 35 bi…e sera que algum sabe com quanto de dividas ele pegou o brasil? concerteza o valor é maior

  7. Alemão
    domingo, 21 de março de 2010 – 16:13 hs

    Fora a conta dos desvios e o dinheiro usado na corrupção nè?

  8. jose
    domingo, 21 de março de 2010 – 16:18 hs

    Salete, a conta é nossa…os políticos fazem proselitismo e a conta é nossa…lembra sempre: o governo não gera dinheiro, toma-o de nós tods na forma de impostos e gasta muito e mal.

    A dilma não paga nada, quem paga somos nós!!!

    Vamos fazer uma campanha? Pelo fim dos cargos comissionados, pela redução do número de ministérios e secretarias!!!! Já!!!!

  9. Borduna
    domingo, 21 de março de 2010 – 17:54 hs

    Mais um motivo pro Serra não se candidatar, a herança maldita.

  10. justiceiro
    domingo, 21 de março de 2010 – 18:27 hs

    É bom lembrar que o brasil possui ainda, um alto índice de desemprego e muita miséria que não é divulgado pela mídia.
    Foi no Governo FHC que se reestruturou as finanças do país..
    Lula assumiu o mandato com a economia perfeitamente ajeitada.
    Foi por causa das providencias então tomadas pelos economistas de FHC é que as taxas de juros começaram a baixarem até o patamar que se encontram hoje.
    Todo brasileiro sabe que lula só viaja e desfruta de todo o conforto do mandato de Presidente. Quando chega ao Brasil só inaugura obras e não pára de tagarelar na imprensa. Faz discursos como se fosse ele o santo milagroso e não os outros, os responsáveis pelas realizações..

  11. Vigilante do Portão
    domingo, 21 de março de 2010 – 19:19 hs

    E nem começamos as obras para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016.

    Estádios, reformas nos sistemas viários, viadutos, pontes, melhorias e amplições nos aeroportos. NADA, NADINHA. Vão deixar o abacaxi para o próximo governo .

    O Lula é bom para fazer “oba-oba”.
    Recomendo a leitura da Folha de São Paulo, edição de hoje, mostra que de 22 obras, inauguradas recentemente pela duplinha, Lula/Dilma, 13 não estão prontas. São inaugurações eleitoreiras, apenas para aparecer na TV e ganhar alguns votinhos.

    No Paraná não é diferente. a propósito, aquele Terminal de Alcool, lá de Paranaguá, já está funcionando?

  12. brajak
    domingo, 21 de março de 2010 – 20:11 hs

    Salete, o pior cego político é aquele que, ungido pela natureza de todos os dotes físicos quanto à visão, docilmente deixa-se cegar pela violência da venda ideológica. Parece ser o seu caso, a menos que estejas nomeada em algum carguinho comissionado … Mas aí já é caso de cafajestice, não de cegueira … Acorda moça!

  13. salete cesconeto de arruda
    domingo, 21 de março de 2010 – 20:19 hs

    He! He!
    O que será que leva o Serra/PSDB a querer a herança que dizem maldita?
    Sei.
    Comprar um terceiro mandato no tapetão!
    Criar um novo MENSALÃO!
    Ora.
    Se o governo Lula não tivesse começado a pagar a CONTA estaríamos todos na mira das armas dos mais pobres – engatilhadas pelos médios medíocres que vivem boiando nas águas das elites burras.
    Quantos são?
    20% !
    Não mais.
    Já que os outros aprovamo jeito de governar do Lula.
    Será que não percebem que a DÍVIDA é do Brasil?
    QUANTO O BRASIL DEVE PARA TODOS OS IRMÃOS DE PÁTRIA QUE VIVERAM E VIVEM AINDA NA MISÉRIA?
    -sem comida;
    -sem emprego;
    -sem lazer…
    E pensar que tem BABACAS que não enxergam que a própria gravata e o vestido da madame custam mais do que um salário mínimo.
    Acorda.
    Vamos dar IBOPE para o Fábio.
    Viram quantos se acharam no direito de dar “piteco”?
    Fica a pergunta?
    Preferem a PAGAR A DÍVIDA ou ter a arma que foi por nossa burrice engatilhada – apertada na nossa própria cabeça?
    Escolham senhores!
    E se não estão felizes joguem SORTE DE TEATRO na MEDUSA do Centro Cívico. Dizem que os estudantes estão programando esse belo protesto.
    A roda girou!
    Façam suas apostas!
    Em tempo: não pode fazer comício!
    Ou já pode?

  14. Vigilante do Portão
    domingo, 21 de março de 2010 – 21:39 hs

    Gente sonhadora, acham que dinheiro brota em árvores.

    Visão pueril a da Salete, “o povo ainda tem muito mais para receber dos governos”
    Acontece, amiga Salete, que a conta vai ser paga por esse mesmo povo.
    Na forma de:

    A maior taxa de juros do mundo civilizado;
    Gasolina, das mais caras do mundo;
    Os maiores tributos do mundo (fora Israel e as monarquias Árabes);
    Falência do SUS, hospitais caindo aos pedaços;
    Milhões de brasileiros sem água encanada e sem esgoto doméstico.

    Enquanto isso, nosso “Estadista”, presidente Lula, posa de lider mundial, faz prosetismo no Oriente Médio, perdoa dívidas de outros países, “empresta” dinherio ao FMI.
    Pior, estamos comprando quade U$20Bilhões em aviões, navios atômicos e helicópiteros, tudo para equipar nossas forças armadas.

    Está sobrando Dinheiro?
    Essa grana vai fazer falta, principalmente para implementar um programa abrangente de saneamento básico.

  15. Polêmico
    domingo, 21 de março de 2010 – 21:53 hs

    Méritos do Lula e do PT por esta divida estar somen te em 35 Bi.
    Se o PSDB estivesse no poder e sta divida estaria acima de 400 Bilhões.

  16. jose
    domingo, 21 de março de 2010 – 22:04 hs

    Salete, vc tem razão, a dívida é do Brasil e o Brasil somos nós, que trabalhamos, geramos impostos e riqueza.

    Veja a quantas anda a dívida pública. Sim aumentou e muito e vc sabe o que isto signiifca? Que teremos que pagar esta conta também…

    E quanto àquela burrice da “gravata mais cara que um salário mínimo”, lembro a vc que alguém cultivou o algodão, o linho ou a seda, alguém produziu o tecido, alguém vendeu para um lojista e este lojista vendeu para alguém que, com seu trabalho, juntou dinheiro para comprar algo de seu agrado. Isto não é pecado, muito menos crime, é direito.

    E quero sim ter o direito de comprar o que eu quiser, cumpro a minha parte, com meus impostos. Quem não cumpre a sua parte é o governo, seja este o anterior ou o próximo. Mudança é bom e necessário e o pt provou que é só mais do mesmo…vide mensalão, dólares na cueca, aloprados, privatização de rodovias, aumento de impostos e agora o escandalo bancoop…

    Não gosta de ouvir críticas a vc? Mude pra Cuba…

  17. jose
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 8:38 hs

    Para quem achava que não tínhamos dívida externa…está em:

    http://www.portugaldigital.com.br/noticia.kmf?cod=9422967&indice=0&canal=158

    Dívida externa brasileira é estimada em US$ 202,5 bilhões

    A dívida de médio e longo prazos soma atualmente US$ 171,930 bilhões, equivalentes a 84,9% da dívida total.

    Da Redação, com agência

    Brasília – O Banco Central (BC) estima que a dívida externa do Brasil tenha chegado a US$ 202,5 bilhões no encerramento de 2009, com redução de US$ 2,407 bilhões em relação à posição estimada no mês anterior e aumento de US$ 4,165 bilhões na comparação com os US$ 198,340 registrados no final de 2008.

    Os números foram divulgados quarta-feira (20) pelo chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, ao apresentar o Relatório do Setor Externo referente ao mês de dezembro. Ele disse que “houve sensível melhora” no alongamento da dívida ao longo do ano passado.

    A dívida de médio e longo prazos soma atualmente US$ 171,930 bilhões, equivalentes a 84,9% da dívida total, enquanto os compromissos de curto prazo (até 12 meses) somam US$ 30,575 bilhões, ou 15,1% do total. No final de 2008, essas relações percentuais eram, respectivamente, de 81,62% e 18,38%.

    Altamir disse que o alongamento da dívida, no mês passado, ocorreu principalmente por negociações de agências governamentais, no valor de US$ 3,3 bilhões, e pela redução, na dívida de curto prazo,das obrigações em moeda estrangeira dos bancos comerciais, relativas a financiamento comercial.

    Pelas contas do BC, as reservas internacionais brasileiras cresceram US$ 32,248 bilhões no ano passado: passando de US$ 206,806 bilhões, em dezembro de 2008, para US$ 239,054 no final de 2009. O aumento deveu-se basicamente às compras de dólares, pelo BC, no mercado à vista, à valorização do real em relação à moeda norte-americana e ao retorno de operações de empréstimo em moedas estrangeiras. As informações são da ABr.

  18. jose
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 8:47 hs

    27 de janeiro de 2010 às 11:13
    Dinheiro público: Dívida interna dispara no governo Lula

    Presidente petista repetirá antecessor e deixará “herança maldita” para próximo governante

    Assim que tomou posse em janeiro de 2003, o presidente Lula celebrizou a expressão “herança maldita” numa clara referência ao tamanho da dívida pública (R$ 892,94 bilhões) que recebeu do governo Fernando Henrique Cardoso.

    Pois, se confirmadas as previsões do Tesouro Nacional de que a dívida interna federal pode fechar 2010 em até R$ 1,73 trilhão, Lula repetirá a maldição do antecessor.

    Entregará, muito provavelmente a José Serra (PSDB) ou a Dilma Rousseff (PT), os dois candidatos à sucessão presidencial mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de votos, um débito quase duas vezes maior do que o que recebeu, revela reportagem publicada no Jornal Correio Brasiliense desta quarta-feira (27).

    Crescimento do país comprometido

    “A dívida pública será, sim, uma herança muito ruim a ser herdada pelo próximo presidente da República. Ainda que, a curto prazo, não se dê tanta importância ao assunto, esse endividamento comprometerá a capacidade futura de crescimento do país”, disse o economista-chefe do Banco WestLB, Roberto Padovani. O que está chamando a atenção do mercado é a velocidade com que os débitos vêm crescendo. Em 2009, para um Produto Interno Bruto (PIB) com variação zero, a dívida federal aumentou 7,16%, atingindo o recorde de R$ 1,49 trilhão. Neste ano, conforme o Programa Anual de Financiamento (PAF), a expansão variará entre 6,9% (R$ 1,6 trilhão) e 16% (R$ 1,73 trilhão).

    Repercussão no bolso

    O endividamento crônico do setor público é um grande entrave para o crescimento. Para conseguir quitar os juros da dívida, o governo será obrigado a manter a carga tributária elevada. Ou seja, ao continuarem pagando pesados impostos, as empresas ficarão com menos recursos em caixa para tocar importantes investimentos, que sempre resultam em mais empregos. O problema fica maior porque o Estado também não terá condições de ampliar os desembolsos para a melhoria da educação, saúde, segurança pública e transportes. Mesmo que continue sugando o caixa das empresas e o salário dos trabalhadores com tributos exagerados, terá que destinar mais e mais recursos para os seus credores — estima-se que a conta de juros passará dos R$ 160 bilhões em 2010, quase 14 vezes mais do que o consumido pelo Bolsa Família, que atende mais de 11 milhões de famílias.

    Mas não é só: com a dívida crescente e a dependência do mercado, o governo terá que aceitar pagar juros cada vez maiores aos compradores de seus títulos. Isso significa dizer que haverá limites para que o Banco Central reduza a taxa básica (Selic). E, com a Selic emperrada, o crédito continuará caro.

  19. ildo baldo
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 9:19 hs

    E DEIXARA TAMBEM UMA QUANTIA DE 220 BILHOES EM RESERVAS EM DOLARES QUANDO ASUMIU ERA DE 94 BILHOES
    HA E FORA O QUE EMPRESTOU PRO FMI QUANDO O FHC PEGAVA DO FMI
    QUER SABER MAIS É SÓ POR NOTICIAS POLITICA QUE SABEREMOS DAR AS RESPOSTAS
    ATÉ COMPANHEIROS

  20. ser normal
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 12:44 hs

    Meu Deus, a dívida só aumenta e infelizmente nós eleitores temos pouco acesso a informações corretas, mas que o nosso presidente Lula está arrebentando o crescimento da dívida eu já sabia, pois milagre não existe e a imprensa pouco nos informa.Nós eleitores temos de saber disso, temos de saber que o Lulinha está arrebentando o caixa e que se a Dilma não entrar ele sai e as contas estouradas irão aparecer.

  21. X I M B I K A
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 13:24 hs

    SALETINHA, tu tens tomado o cha do SANTO DAME, em exesso, porque filha ,politico bao, so no REINO UNIDO, da PATAGONI A nao defenda esse ou aquele, porque FHC, e LULINHA, defendem na verdade os grupos economicos. que governam nos bastidores. e o povo OOOOOOO, caçar piolho na cabeça de mico.

  22. Anônimo
    sábado, 15 de maio de 2010 – 18:40 hs

    Essa conta não é do Lula
    É CONTA QUE O BRASIL TINHA E AINDA TEM COM POVO BRASILEIRO – MAIS POBRE!
    .
    Simples assim:
    O POVO AINDA TEM MUITO MAIS PARA RECEBER DE TODOS OS GOVERNOS.
    Lula está só começando a PAGAR o Brasil deve aos MAIS POBRES!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*