Justus anuncia medidas corretivas na Assembleia | Fábio Campana

Justus anuncia medidas corretivas na Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nelson Justus, do DEM, abriu e em seguida suspendeu a sessão de hoje. Convocou todos os parlamentares para uma sessão secreta no Salão Nobre da Casa para tratar das respostas às denúncias apresentadas pela RPC e o jornal Gazeta do Povo contra a sua administração.

Finda a reunião ele anunciou que todas as denúncias serão apuradas e adiantou as medidas imediatas que vai tomar:

– Fica instituído o recadastramento anual dos servidores ativos e inativos;

– Os servidores ativos e inativos deverão se recadastrar anualmente no mês do respectivo aniversário;

– Neste ano, o recadastramento deve acontecer até o dia 17 de maio.

– Os deputados Durval Amaral e Edson Praczycki ficaram encarregados de tomar as providências de implantação do Diário Online da Assembléia.


14 comentários

  1. Sou do litoral
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 8:23 hs

    NÃO É A TOA QUE TEM FUNCIONÁRIOS DA CASA ANDANDO DE BMW ZERO POR AÍ

  2. Guaratubano
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 8:31 hs

    Nelson Justus, tem “testa de ferro” na Prefeitura de Guaratuba e na Câmara Municipal da cidade. Dizem que até seu filho está empregado na Câmara de Guaratuba, só falta estar recebendo também da Assembléia.
    Vejam matéria publicada no final de 2009 em uma coluna.

    Outro que está mandando na Prefeitura é Jean Colbert Dias, Procurador do Município preso recentemente pela PF, acusado de envolvimento com o vice prefeito da cidade, seu pai e o Chefe da Ciretran local Mordecai Oliveira na quadrilha de palmiteiros

    Ex-secretário de Cássio Taniguchi comanda prefeitura de Guaratuba
    Carlos de Carvalho fora um dos principais operadores do ex-prefeito de Curitiba.

    O prefeito de fato de Guaratuba, município do litoral paranaense, é o ex-secretário de Desenvolvimento Urbano de Curitiba, Carlos Alberto Carvalho.

    Carlos de Carvalho é o atual secretário de Infraestrutura e Urbanismo de Guaratuba e é quem manda de fato na prefeitura. É o prefeito não eleito, que faz de gato e sapato a gestão municipal, que ameaça e persegue os funcionários da administração.

    A prefeita pró-forma chama-se Evani Justus (PSDB), cunhada do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Nelson Justus (DEM).

    Durante a gestão de Cássio Taniguchi (DEM), Carvalho foi denunciado pela empresária Silvia Pfeiffer, então sócia dele na Aeromídia, de “transformar a empresa em ‘verdadeira máfia’ destinada a utilizar a empresa como fachada para desviar dinheiro público para fins privados”.

    O ex-secretário de Cássio Taniguchi fora acusado pela mesma ex-sócia, Silva Pfeiffer, de fazer caixa 2 para a campanha do ex-prefeito. Tudo isso foi parar na Polícia Federal.

    Taniguchi ainda responde no Supremo Tribunal Federal por cinco processos daquela época em que (des)governou Curitiba.

    Um atento observador político do PMDB não perdeu a oportunidade para dar uma sapecada no deputado Nelson Justus, presidente da Assembleia, membro ativo do comitê anticrise, deveria prestar mais atenção na gestão da cunhada ao invés de ficar vendendo a ilusão de que o governador Roberto Requião estará no mesmo poleiro do prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB).

  3. Chico Santos
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 8:44 hs

    Alguém viu algum deputado sair em defesa do povo contra este roubo na assebleia….eu não vi pois todos estão ligados a este desvio…mas duvido que vai dar em alguma coisa pois a RPC queria e atingiu o coração de Justus que seria o vice na chapa de Beto Richa ao governo …

  4. Marcos Calonga
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 9:14 hs

    “Toma povo burro” votamos nessa corja!!!

  5. Jose Carlos
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 9:56 hs

    Que a imprensa da quinta comarca mudou seus padrões, não há dúvida, embora esta notícia venha perdendo força dia a dia, mas, o que dizer da sociedade da roça paranaense…. quieta, muda, acomodada, intimidada, apavorada… não fosse por duas ou três instituições – as mesmas de sempre – que falaram comedidamente sobre o caso, o resto calou-se, ou por medo ancestral e atávico de enfrentar os “nhôs-nhôs”, os “sinhô-dotô-coroné” da roça, ou por costume e indiferença, afinal a coisa pública é irrelevante para a massa ignara… chapéu na mão e cabeça baixa em sinal de respeito aos donos do poder… onde estão os sindicatos, as associações, os partidos políticos, etc, etc, etc…. é roça paranaense e seus jecas cagões e subservientes… cada povo tem os governantes que merece…

  6. CADEIA PARA TODOS CORRUPTOS
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 10:23 hs

    OS ÓRGÃOS COMPETENTES DA JUSTIÇA DEVERIA SEGUIR O EXEMPLO DO DISTRITO FEDERAL QUE COLOCOU O LADRÃO DO DINHEIRO PÚBLICO NA CADEIA INDEPENDENTE DO CARGO PÚBLICO QUE OCUPA.

  7. Jurandir
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 10:44 hs

    Independente das denúncias sobre a ALP, que devem ser apuradas, estas abafaram a denúncia do Requião contra o Paulo Bernardo, o que trouxe desgastes para o governo federal e as campanhas da Dilma e da Gleisi.

    O Requião afirmou que entrará com uma denúncia contra o Paulo Bernardo e o Bernardo Figueiredo no MP:

    “Requião leva denúncia contra Bernardo ao Ministério Público

    Do Eduardo Schneider no Hora H News

    Quem pensa que Requião esqueceu a acusação de uma proposta de construir uma ferrovia superfaturada por Paulo Bernardo pode ir tirando o trenzinho da chuva.

    Requião prometeu na escolinha desta terça-feira, 16, levar a acusação ao Ministério Público. Disse ter contado o caso a de Lula e Dilma Rousseff, no final de semana, quando passaram por Curitiba.

    Como não tem certeza que Lula e Dilma tomarão alguma providência a respeito do caso decidiu levar sua denúncia ao MP. Ou seja, nem processos, nem ameaças estão inibindo o governador de continuar o caso.

    Tem quem aposte que vai ser um dos temas quentes da campanha. O trenzinho do PT.”

    Quem deve estar feliz com toda está confusão são os petistas pelo fato da mesma abafar o escândalo envolvendo o Paulo Bernardo e o governo Federal no caso das ferrovias denunciado pelo Requião.

    Não sou nenhum fã do Requião e acredito que ele denunciou tardiamente, o que é prevaricação, mas ninguém faria uma denúncia com tal gravidade sem estar armado com provas. A conduta do PT no governo, onde o TCU embargou 41 obras do PAC por estarem sob suspeitas de superfaturamento, não é novidade:

    “A crise entre o governo e o TCU teve início após o embargo, pelo tribunal, de 41 obras, sendo 13 incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por indícios de irregularidades. Desde então, o governo vem buscando alternativas, incluindo ações de ministérios, órgãos de consulta da Presidência – como o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) – e debates com a base aliada no Congresso, para diminuir o poder de ação dos órgãos fiscalizadores do Estado.” …

    Qual o critério do milionário investimento publicitário do Governo Federal, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entre outras estatais nos veículos de comunicação do grupo RPC?

    Vamos ver no que dá!

  8. Silvano Andrade
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 10:48 hs

    CADÊ A CPI “NOBRES” dePUTAdos???

  9. ofaxineiro
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 11:07 hs

    O cadastramento será feito pessoalmente ou poderá ser a distância……via internet….

  10. jose nascimento
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 11:12 hs

    meucaro fabio, louvavel o papelda imprensa, em levar a publico estes fatos lamentaveis, cometidos por pessoas, que deveria ser espelho para nossa formaçao etica emoral. porem infelismente, os nossos filhos ds maracutais dos politicos \ beneficiarios dos programas sociais,comoleitinhos das criança,luz fraterna, bolsa familia, sem terra, sem teto, sem emprego, sem justiça e presos mantidos nas cadeias, paramanter o sistema\ llegitimaram estes fatos,fazendo voltar ao poder, os mesmos politicos, ou os seusfamiliares.

  11. Joana Prado
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 11:15 hs

    Por que vc, Fabio Campana não aborda o assunto com maior enfase??

    É uma vergonha o que esta acontecendo…deve-se afastar o diretor geral, e investigar pq cargos administrativos da assembleia são ocupados por filhos de funcionarios.

    Alias a RPC deve anunciar os comissionados lotados na area médica e da imprensa que constam na folha de pagamento da Assembleia.

    Por que não há concurso publico para Assembleia.

    Campana voce como um jornalista de renome e prestigio, por favor aborde o assunto com mais interesse.

  12. claudemir ribeiro
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 11:26 hs

    cade o imposto de renda destes ladrões,será que só o salarios da para comprar fazenda de 50,000.000.00 ou é herança (maldita)Leia Curi.

  13. Credito
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 21:23 hs

    Tá bão…medidas…credito….ele até agora não sabia de nada….

  14. BATE QUE EU GOSTO
    sexta-feira, 26 de março de 2010 – 22:10 hs

    ESPERO SO UM POUCO QUE EU VOU DAR UMA PORRADA NA MINHA CARA POR TER VOTADO NESSA CORJA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*