Esposa mandou matar prefeito de Rio Branco do Sul | Fábio Campana

Esposa mandou matar prefeito de Rio Branco do Sul

Foto: Joseane Portes Rutz com os pais do ex-prefeito de Rio Branco do Sul, Adel Rutz

Denise Mello e Antonio Nascimento na Banda B

O prefeito de Rio Branco do Sul, Adel Rutz, foi assassinado a mando da esposa, Joseane Portes Rutz, que já está presa. O crime teria custado R$ 25 mil e os assassinos teriam recebido apenas a primeira parcela de R$ 15 mil. A motivação foi passional. A informação foi repassada pelo governador Roberto Requião nessa madrugada (4) por meio do Twitter.

Ontem(3), Joseane chegou a ser ouvida pela polícia, mas a informação oficial era de que ela havia sido liberada. Na cidade, uma multidão aguardava a prisão dos responsáveis pelo assassinato do prefeito de apenas 36 anos. Nas conversas, já se falava que o casal não vivia bem. Eles estavam separados há duas semanas e há 10 dias, Rutz já teria sido vítima de um atentado na estrada do Assungui, zona rural de Rio Branco.

Joseane é descrita como uma mulher muito ciumenta que sofria com notícias de casos extra-conjugais do marido, não se sabe se confirmadas ou não. Testemunhas contaram para a polícia que há quatro meses, ela teria dito que iria matar Rutz e familaires foram avisados das decalarações. Ela compareceu ao velório do marido e chegou a discutir com oficiais do Corpo de Bombeiros que por não concordar que o corpo fosse levado para a Câmara Municipal.

Joseane Rutz é irmã do vereador Joerison Portes, o mais votado nas últimas eleições em Rio Branco do Sul. Os dois eram filhos do ex-prefeito Pedro Portes de Barros – o ‘Pedro Cristiano’ – afastado do cargo por ter feito doações de cestas básicas. No lugar dele, assumiu o segundo colocado, Amauri Johnsson, que também foi cassado em 2007. Pedro Cristiano sofreu um atentado enquanto estava no cargo. Ele ficou muito abatido com o afastamento do cargo e morreu meses depois.

A Secretaria de Segurança Pública ainda não confirma a informação do governador. Investigadores da delegacia de Rio Branco do Sul informaram à Rádio Banda B que Joseane e outros envolvidos no crime foram transferidos para uma delegacia de Curitiba durante a madrugada.

O prefeito Adel Rutz foi assassinado com cinco tiros na noite de segunda-feira (1ª) dentro do carro. Rutz tinha dois filhos com Joseane, um de 15 e outro de 5 anos.


19 comentários

  1. quinta-feira, 4 de março de 2010 – 8:52 hs

    (IMPRENSA) Assungu…

    ( AÇUNGUÍ ) …AI O PREFEITO QUE ÉH CAIPIRA!!!

  2. alirton
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 8:58 hs

    nao sao os pais dele, porque o pai dele ja e falecido amais de 10 anos

  3. Silvano Andrade
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 9:38 hs

    Qndo Mulher dá para ser vagaba…nem o capeta segura…

    Adoro Mulher: mas nunca confiei plenamente nelas…

    As Mulheres que realmente confio são Minha Mãe e minha Filha…

    Por mim mandante e pistoleiros deveriam ser linchados pela população de RBS.

  4. quinta-feira, 4 de março de 2010 – 10:00 hs

    Se for verdade haja sangue frio.
    Essa mulher não merece ser chamada de mãe, pois fazer oque ela fez não existe justificativa.
    Se estava sendo traída porque ela não fez o serviço, pegasse ele na fraga e ai sim, mais contratar assassino ai e demais.

  5. GUARACY RIBAS
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 11:00 hs

    bom.

  6. Antonio Moreira
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 11:01 hs

    Como diria o Alborgheti se vivo fosse, tremenda vagaranha.

  7. adriane
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 12:24 hs

    ela não sabia de traiçoes dele,a verdade é que o filho do casal de 15 anos xou ela com outro na cama enquanto adel estava fora….
    o filho esta revoltado com a mãe e por isso morava com o pai

  8. "TENHA DISCERNIMENTO CEZAR"
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 13:08 hs

    é lamentável que certas pessoas aqui iniciam seu raciocinio até bem ponderados e de repente se descambem para o lado da imbecielidade até a conclusão de seu pensamento;;;;”ela caso traida deveria solicitar sua separação e seus direitos na aréa civil…e nunca querer investir contra a vida do que até então era seu cônjugue “

  9. NÃOMEDIGA
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 13:08 hs

    O viuvo deixou uma gostosa dando mole na praça. Só tem que ser corajoso para encarar ela. Afinal ela não perdoa mata….

  10. juca cipó
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 15:49 hs

    O caso dos dois era de bala trocada,ou seja, chifre trocado. O casamento deles era uma vergonha,tanto ela quanto ele tinham casos extra conjugais mesmo antes dele entrar p/ a politica.Se ela encomendou o crime não foi só por ciumes mas tbm pela ganância.O que mantia o casamento, era os bens!!!

  11. juca cipó
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 16:05 hs

    oHH adriane ela não sabia de traições?? por favor rubranco intero sabia que ela pegou ele (adel) na praia com uma amiga que se dissia personal stailler até a mesma esta grávida e não sabe se o filho é do falecido ou marido!! por este motivo as más linguas contão da traição dela com o maquinista de patrola!! sem contar da surra que ela deu numa bágua de loira,dentro de um banco da cidade. há tem +, mas chega né!!

  12. Cabeça de Cobra
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 19:19 hs

    É, muita gente vai ter que apagar o fogo por uns tempos aí em Rio Branco com os dois fora de circulação.

  13. POLENTA
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 11:21 hs

    COMO CONFIAR EM UM BICHO QUE SANGRA TODO MÊS E E NÃO MORRE

  14. Observador
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 13:40 hs

    Quanto será que ela tem de CAIXA…
    REPAREM NO DECORTE
    Se perguntarem pra mim se ela tem peito pra mandar matar o marido. Diria que sim.

    ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . ) ( . Y . )

    hauhauhauhau

  15. eu
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 15:29 hs

    conte mais juca cipó

  16. carlinha
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 19:17 hs

    sera mesmo qe foi uma vingança ou teria ai uma qestao politica por tras dos panos… nunca se sabe neh shoahsoshoa

  17. vilma campo comprido
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 22:01 hs

    nao precisava mandar matar pq isto neem um crime e perfeito

  18. claudia
    sábado, 24 de abril de 2010 – 20:14 hs

    eu nao acredito q joseane mandou matar o seu ex; marido, até porq e´facil as pessoas sairem condenando as pessoas sem mesmo as conhece-las………….

  19. 171
    quinta-feira, 2 de setembro de 2010 – 9:42 hs

    Pois é,,, deram autoridade a pessoa errada, não tinha as minimas condições de governar a cidade Rio Bnco este pobre coitado, as pesssoas que deram podem a este podre tem participação no morte deste,, será que pensou que após as eleições ficou mais bonito, o desenformado não intendia que as mulheres “vagabunda” estavam atráz dele por causa de dinheiro, cargos, poder.

    O ababado pensou que irria ser inmortal, pois da forma que agia dava a entende que era isso, não fazia nada para a cidade, simplesmente usava o dinheiro publico para o seu proprio bem estar, é claro divido com a classe podre da camara de vereadores que nunca fizeram nada, mas o povo de Rio Bnco tem sofrer para ver se aprender a não se corromper por caixas de agua, telhas, gasolina, até lipo estão paganda,, sofram turma de imcopetente, eu tenho minha consiencia limpa, nunca me corrompi, sempre analizo em quem votar, se caso não encontro uma pessoa correta voto em branco…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*