Dilma e as finanças de campanha | Fábio Campana

Dilma e as finanças de campanha

Do Bem Paraná

O comando da campanha petista encontrou um imóvel para abrigar o comitê eleitoral de Dilma Rousseff, mas ainda não fechou o negócio porque está pechinchando o valor do aluguel. O prédio fica bem próximo ao Diretório Nacional do PT, no Setor Comercial Sul, em local de grande movimento na capital da República.

O aluguel pedido é de R$ 42 mil mensais, mas o PT tenta reduzir o valor para R$ 30 mil, sob a alegação de que o metro quadrado da sede do Diretório, perto dali, é mais barato. Além disso, os três andares a serem ocupados (térreo, sobreloja e primeiro piso) também precisam de reforma. O PT ainda tem R$ 40 milhões de dívida, herança da época do tesoureiro Delúbio Soares – o único expulso do partido, em 2005, no rastro do escândalo do mensalão.

O atual tesoureiro, João Vaccari Neto, é apontado pelo Ministério Público de São Paulo como responsável por desvio de recursos na Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop). Ex-presidente da Bancoop, ele nega que o dinheiro da entidade tenha migrado para campanhas do PT, mas, de qualquer forma, a volta do assunto ao noticiário criou agenda negativa para Dilma dias após sua aclamação como candidata à cadeira do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A indicação de Vaccari para a Secretaria de Finanças do PT, no mês passado, passou pelo crivo de Lula. O presidente conhece Vaccari desde a época em que era sindicalista. Trata-se de homem da sua confiança. Detalhe: Lula é o mais ilustre cooperado da Bancoop e espera há anos a entrega de uma cobertura que comprou, mas não levou, na praia das Astúrias, no Guarujá (SP).

A campanha de Dilma, porém, terá outro tesoureiro. Dirigentes do PT tentam convencer o ex-prefeito de Diadema José di Filippi Júnior a assumir a tarefa, mas ele tem recusado. Candidato a deputado federal, Filippi cuidou do comitê financeiro de Lula, em 2006.

Além do comitê central, que será inaugurado somente em julho, o PT vai alugar uma casa e um escritório para Dilma despachar. O partido também pagará um salário para a candidata, de cerca de R$ 10 mil mensais.

Coordenada pelo presidente do PT, José Eduardo Dutra, a equipe da campanha ganhou reforço. Clara Ant, que chefia o gabinete de apoio à Presidência desde 2003, será deslocada para o comitê. O secretário-geral do PT, José Eduardo Martins Cardozo, não disputará novo mandato de deputado e também foi escalado para o time.

Desde o ano passado, um núcleo composto por ministros e dirigentes do PT se reúne semanalmente com Dilma e o marqueteiro João Santana. Do grupo fazem parte o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel e o deputado Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda.

Palocci terá a missão de aproximar a candidata dos empresários. Pimentel, amigo de Dilma, cuida dos bastidores, mas quer entrar na corrida ao governo de Minas. O desfecho da novela mineira sobre a escolha de um nome do PT ou PMDB à sucessão do governador tucano Aécio Neves é hoje o principal desafio para o casamento de papel passado entre os dois partidos.


5 comentários

  1. ▄▀▄†Ψ REQUEIJÃOΨ†▄▀▄™
    domingo, 14 de março de 2010 – 11:00 hs

    A Nestlé vai pagar tudo, em troca não vai existir reforma agraria

  2. domingo, 14 de março de 2010 – 11:36 hs

    Pois então, cabe ao TRE ou ao Supremo acompanhar desde o início esta bagunça,depois não adianta vir cobrar os investimentos faraônicos nas campanhas.
    Como neste país ninguém é precavido,eles deixam o barco correr para depois terem seus 15 minutos de fama,pois, passam de dois em dois anos no ostracismo.
    A farra já está começando,e, os bois já estão sendo lançados nas ruas,mas, aqui não é a Espanha ou muito menos Santa Catarina pois é uma questão de cultura, esta farra do boi é daqueles dos mais caros do mundo,onde, o que está em jogo é o boi BRASIL .
    Os verdes da reserva já mandam seu recado que, pasto contaminado não vinga neste país,ainda, que a reserva não dorme continua alerta.Então aquele(a)s que tem um passado marcado por ações suspeitas por seus delitos,olho vivo o jogo vai ser duro pra vocês.
    Lembrem-se 2010 é o ano da revanche do povo,vamos derrubá-los no voto de cabo a rabo.Anarquista e terrorista NÃO,pau neles…
    E por falar em desequilíbrio não esqueçam do Duce e sua família,as últimas vaias dadas a ele o balançaram ,tanto é que logo em seguida conclamou todos os sectários para esta segunda-feira, as nove horas da manhã,no Palácio das Araucárias, uma reunião que vai ferver o caldeirão.Segundo as paredes do Palácio das Araucárias o homem não agüentou a repúdia dos opositores,ele esqueceu que tem opositores e parece que quer jogar a toalha.Os que não viram com bons olhos o Beto dar autógrafos e ser agradado por todos na festa,quase ofuscando a presença do barbudo mór e o outro passou desapercebido junto com a da peruca.
    Não reelejam deputados federais e estaduais ,vamos varrer estes corredores, a bancada federal ainda está com o título de pior bancada de estado dos últimos tempos,vamos fazer uma peneira…

  3. Borduna
    domingo, 14 de março de 2010 – 12:34 hs

    Folha de São Paulo hoje na página A10: Marina constrói “liberalismo sustentável” onde dá dicas de seu Plano de Governo Verde em elaboração. Viro a página e na A12 “Tesoureiro do PT é acusado de cobrança de propina”. Mais adiante Mensalão do DEM e Arruda pra ser solto a qualquer momento. Serra nem précandidato é e DILMA só faz avançar na sua escarrada campanha ilegal. Pô, chega dessa sacanagem e robalheira da PTzada e da DEMOTucanalha, âmbos irmãos siameses. Já decidi meu voto. O próximo presidente do Brasil deve usar saias e não se chama Dilma. É MARINAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

  4. Louise
    domingo, 14 de março de 2010 – 18:22 hs

    O que me interessa mesmo é saber de onde vai sair o dinheiro que eles vão dar ao Osmar Dias… Alguém aí sabe???

  5. HENRY
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 11:10 hs

    pechinchar? COM OS REAIS DESVIADOS, ELES PODEM COMPRAR QUALQUER IMÓVEL. Ñ PRECISA NEM ALUGAR.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*