De vícios, bingos e ludopatas | Fábio Campana

De vícios, bingos
e ludopatas

Requião não conseguiuu nenhuma vitória contra o pedágio, que prometeu acabar desde que assumiu o segundo mandato. Também deu combate ao bingo, e encerrou seu governo vendo os bingueiros reorganizados e a Câmara dos Deputados cuidando de renovar a atividade, apreciando novo projeto sobre a matéria.

Na esteira do renascimento dos bingos e suas promessas de pelo menos 250 mil empregos, descobvre-se um vocábulo:ludopata. Vem do latim – ludus -, o jogo; pata, do grego, dependente. Quer dizer viciado em bingo.

Contra o ludopata, a Associação Brasileira de Bingos promete,em nota publicada nos jornais, manter séria vigilância, criando até uma lista de dependentes dos bingos.

A pergunta que fica: nossas velhinhas aposentadas, boa parte delas viúvas, entrarão na lista negra, ganhando o estigma de ludopatas? A essa altura da vida…


9 comentários

  1. Antonio Moreira
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 17:22 hs

    ESSES VAGABUNDOS, PICARETAS, DONO DE BINGO QUE VÃO TRABALHAR QUE GANHAM MAIS, ELES E A POPULAÇÃO POIS NÃO TERÃO QUE SE PREOCUPAR COM A CONSEQUENCIA DESTAS JOGATINAS POIS TODOS SABEM A O MALEFÍCIO DISTO AO PAÍS. COMO NA CÃMARA JÁ DIZIA O LULA TEM 500 E TANTOS PICARETAS NÃO É DE SE ADMIRAR QUE ESTE PROJETO PASSE JÁ QUE O QUE VEM DE BRASÍLIA NUNCA É COISA QUE PRESTE.

  2. Samuel Sobral
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 17:32 hs

    Não, desde que assumiu o primeiro mandado…….

  3. ildo baldo
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 18:38 hs

    A OPOSIÇÂO USA ISSO COMO UM TROFEU QUANDO DEVERIA TER VERGONHA DA PALHAÇADA QUE FIZERAM COM AS RODOVIAS E O POVO PARAENSE
    DEVERIAM TER VERGONHA O ROSSONI O BETO RICHA O ELIO RUSCH O DURVAL AMARAL O LITRO O LUIZ ACORSI O CUSTODIO DA SILVA O CLEITON KIELSEM O NELSON GARCIAS O ADEMAR TRAIANO O CARLOS SIMOÊS PLAUTO MIRO NELSOM TURK SESAR SELONE DUILIO GENARI FERNANDO R CARLI EDNO GUIMARAÊS GERALDO CARTARIO LUIZ CARLOS MARTINS DIVANIR BRAS PALMAS RICARDO MAIA
    TAKAIAMA MILTINHO PUPI ANTONIO BELINATI AQLBORGUETI JA MORREU GRAÇAS A DEUS MOISEIS LEONIDAS
    E AGORA VEM DAR ESSAS RESPOSTAS COMO TROFEU

    FABIO EROU QUANDO POS ESSE COMENTARIO
    O REQUIÂO VALE POUCO EU CONCORDO MAS ESSA CORJA VALE MENOS AINDA
    VAMOS VER SE O BETO VAI TER SUSSEÇO SO AQUI NA CAPITAL QUE ESSE POVO É MEIO TAPADO
    VEREM A CIDADE SEM RUAS MAS O INTERIOR SABE QUANTO CUSTA 12.90 DE PEDAGIO NAS PRAÇAS A PRODUÇÂO FICA MAIS CARRA ÂO LEVAR PARA O PORTO
    E ELES DEIXAM DE GANHAR
    ELES SABEM QUE O BETO VOTOU PARA VENDER O BANESTADO A SANEPAR
    E QUERIAM VENDER A COPEL E SE GANHAREM VÂO TENTAR DENOVO ESSE É O LEMA DO PSDB
    O SERRA É ASSIM NÂO SUÇEGOU ATÉ NÂO VENDER TUDO O QUE SÂO PAULO TINHA NÂO VAI POR A MULHER DELE A VENDA PORQUE É UMA COROA VELHA E FEIA MAS POR DINHEIRO ELES FAZEM TUDO

  4. FILET MIGNO
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 18:41 hs

    Requião se faz de “protetor” dos LUGOPATAS…
    Porque não se faz também protetor dos “BICHOPATAS”?
    A propósito, diz aí ô FABIO CAMPANA, o significado da paravra “BICHOPATAS”, por favor.

  5. Jango
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 19:05 hs

    Pedágio vem de “pedaticum”, derivado do Latim “pedis”; significando, originalmente, o direito de pôr o pé, de pisar em determinado lugar, e correspondia à taxa cobrada sobre pessoas, animais ou mercadorias para passar por uma ponte ou por uma estrada.

    Requião alargou-lhe o significado para compreender além da cobrança da taxa pela passagem rodoviária, também pelos seus aumentos e sobretudo pelo superveniente passivo judicial milionário a ser cobrado do erário público sem responsabilização do causador deste rombo nos cofres públicos.

    Conforme este blog já divulgou em 08/06/2009:

    “Somente com as empresas de pedágio, as ações, quando julgadas, resultarão numa dívida mínima de R$ 300 milhões, sem correção, segundo cálculos da Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias (ABCR). Neste montante, está um volume de 83 processos de ambas as partes. Porém, as ações foram desmembradas e já somam cerca de 180 dos dois lados (empresas de pedágio e governo), segundo a ABCR. Somente as empresas são autoras de 43 ações em andamento, entre elas, várias que pedem o equilíbrio financeiro, provocado por ações do governo.

    Os procedimentos judiciais das concessionárias questionam inclusive prejuízos materiais causados por invasões e depredações das praças de cobrança, os dias em que as cancelas foram mantidas abertas por manifestantes, desequilíbrios contratuais (obras extras, por exemplo) que não foram revistos por Requião e os dias que as empresas deixaram de aplicar os reajustes tarifários por falta de autorização do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).”

    É a pedagiopatia galopante. Aquela que o pedagiopata sai-se isento de consequências, galopando para outras plagas e deixa o povo com a fatura na mão. Se não é loucura deveria ser improbidade pública, mas as ditas autoridades de controle pública se fazem de desapercebidas e a sociedade tomada pela anomia reinante faz-se de otária e é capaz de dar mais um mandato ao pedagiopata. É ruim ou quer pior ?

  6. PEDRAO
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 19:59 hs

    Não obteve vitória nenhuma, pois a cambada do jaime lerner fizeram contratos bem amarrados e inescrupulosos. E são esses, que na grande maioria estão com o Beto Richa, por trás dos panos, se dependesse do governo estadual, teria baixado, mas os gordões impediram. Esses , que daqui poucos dias, subiram em palanques, vomitando bastante, mas com certeza terão uns troquinhos do pedágio. Eh, gente a thurma do lerner e companhia vai voltar e com sede…………….e muita……..vamos ver se vai baixar o pedágio…….duvidoooooooooo

  7. Marcos Calonga
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 8:46 hs

    Esses deputados com certeza devem levar algum dos bingos, assim como do pedágio. Por isso não legislam em benefício do povo; mas sim contra!!!

  8. tata
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:04 hs

    Duas coisas:
    porque o Requião não divulga que boa parte dos carros de policia comprados durante o seu governo foram feitas através do dinheiro que é recolhido do pedágio.
    Porque a fúria contra os bingos, será que o dinheiro recebido deles antes da campanha foi tão pouco assim para iniciar esse ódio secular ?
    Daqui um século, nos livros de história do Paraná, O Jaime Lerner vai ser lembrado como um prefeito que criou coisas em Curitiba para o bem estar da população e o Requião vai ser apenas um lembrete do quanto ele lutou por empregos para a família, Nepotista de Ouro.

  9. renato
    sábado, 8 de maio de 2010 – 12:48 hs

    creo que, no es solo poner una lista de personas supuestamente son ludopatas, pero si presentar una ayuda siquiatrica con especialista y apoyado por un sicologo en grupos de ayuda, por que eso es un vicio que padece muchas personas mas de lo que parece, destruye familias por el poder del vicio que representa, es igual o peor que la droga, uno pierdo la plata que tiene luego la que no tiene la de la familia, se termina robando y vendiendo lo de la casa para poder jugar, no jueguen con el tema es algo serio no aislen las personas de a sociedad con una lista de nombres ayuden por favorj

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*