Clóvis Rossi: Serra aponta seu problema na eleição | Fábio Campana

Clóvis Rossi: Serra aponta seu problema
na eleição

Via Josias de Souza

Com o brilho que lhe é próprio, o repórter Clóvis Rossi levou às páginas um artigo que resume o drama de José Serra.

Antes de chegar ao texto de Rossi, abra-se um parêntese.

No Brasil, duas evidências permitem a um presidente detectar a chegada da síndrome do fim do mandato:

1. De uma hora pra outra, o inquilino do Planalto começa a beber cafezinho frio.

2. De repente, o presidente se dá conta de que os aliados estão desembarcando.

Sob Lula, tudo acontece às avessas. O cafezinho que chega da copa queima-lhe a língua. Legendas como o PMDB o bajulam como nunca.

Se quiser desperdiçar a sua hora, basta à oposição passar a campanha martelando os defeitos da gestão Lula.

Pode levar ao caldeirão, por exemplo, a encrenca do descontrole nos gastos públicos. Ou a falta de reformas estruturais. Porém…

Porém, a platéia parece estar noutra. O velho e bom “choque de gestão” tucano não é mercadoria que faça sucesso na gôndola sucessória.

Para seduzir eleitores que dão a Lula índices de popularidade divinais, o tucanato terá de providenciar algo que se pareça com um sonho novo. Fecha parênteses.

Retorne-se a Clóvis Rossi. No seu texto, disponível na Folha, o repórter enxerga na última entrevista de José Serra o drama eleitoral de José Serra. Leia abaixo:

“Ao assumir sua candidatura à Presidência com aquele jeito José Serra de ser, o governador paulista disse o seguinte:

“O Lula fez dois mandatos, está terminando bem o governo. O que nós queremos para o Brasil? Que continue bem e até melhore”.

Em três frases, Serra conseguiu, ao mesmo tempo, ser honesto na avaliação do governo do adversário, ser também óbvio e, por fim, definiu a imensa dificuldade que terá para vencer a disputa.

De fato, é muito difícil encontrar quem ache que Lula está terminando mal o governo.

Mas uma das principais características do mundo político é a oposição negar-se sempre a reconhecer os fatos quando os fatos são favoráveis ao governo. Serra não caiu nessa tentação.

O problema é o item seguinte, a torcida para que o Brasil “continue bem e até melhore”. É o óbvio.

Salvo um ou outro tarado, não há nunca quem não queira que o país melhore. O problema para Serra será provar que ele é a pessoa indicada para fazer o Brasil melhorar.

Imagino que a massa de eleitores se fará a seguinte pergunta: se está bem com Lula, como admite até o candidato a candidato da oposição, para que mudar?

A resposta de Serra será (ou foi) esta: “Pesam as ideias, as propostas e o passado, o que cada um fez, como foi provado na vida pública”.

Pode até ser que tais fatores pesem. Mas pouco. Vamos ser sinceros: ideias e propostas servem para debate entre especialistas.

A massa é guiada pela emoção e/ou pelo sentimento pessoal de cada qual. E o sentimento predominante, repito, é o tal ‘feel good factor’, o sentir-se bem que predomina na população/eleitorado.

Passado conta? Talvez. Mas pode contar contra também. Afinal, todas as pesquisas mostram que a maioria do eleitorado está hoje mais contente do que quando Serra fazia parte do governo”.


13 comentários

  1. VLemainski - Cascavel
    domingo, 21 de março de 2010 – 13:35 hs

    Achei tendenciosa a matéria. O país deve estar muito bom para o Rossi. É só verificar os principais índices que demonstram desenvolvimento e veremos que, de concreto, a qualidade decaiu, quer na segurança, saúde, educação, infra-estrutura, etc… Claro que no assistencialismo a coisa prosperou…. Colocar número na casa de favelado e dizer que deixou de ser favela e passou a ser comunidade, é golpe baixo. É engodo.
    Discute-se quem terá mais capacidade de administrar o país e tradição democrática. Decidir-se-á nos debates e na internet. Tanto o FHC quanto o Lulla farão parte do passado….

  2. Alessandro
    domingo, 21 de março de 2010 – 13:55 hs

    TIME QUE ESTÁ GANHANDO NÃO SE MEXE, DILMA NELES.

  3. Da Poltrona
    domingo, 21 de março de 2010 – 17:19 hs

    Clovis Rossi fez uma análise do problema de Serra na eleição próxima. Mas, será que Dilma não tem nenhum problema ? Ela não é Lula. Esse é seu problema. Outros aparecerão.

  4. Marcos Pop
    domingo, 21 de março de 2010 – 19:11 hs

    Queremos saber do Brasil para o futuro. E se o Governo Lula foi bom e melhor que o também bom governo de FHC do plano real, Lula se equivocou em apostar numa candidatada sem história, sem preparo e com um passado bastante comprometedor. O brasileiro pode votar em gente simples e sem muito estudo, como Lula. Mas repugna em votar em gente que assaltava e matava no passado, como a candidata radical que Lula nos apresentou.

  5. Julio
    domingo, 21 de março de 2010 – 19:42 hs

    O problema da democracia brasileira é o conceito de maioria. E quando essa maioria dedica-se mais a carnaval e futebol, deixando de participar da vida política do País, temos um quadro perigoso de alienação. Na Grécia antiga, berço da democracia, só podia votar o cidadão que participava das reuniões das praças, onde os filósofos tratavam dos mais diverso temas da cidade. Aqui no Brasil, a maioria dos que votam não têm a menor idéia do que seja a Nação, os poderes que governam, a função que será exercida pelos candidatos eleitos e tudo o mais que se refira à cidadania. Por essa razão, o nosso quadro político é dos piores, basta ver o mar de corrupção e bandidagem que tomou conta da política.

  6. ofaxineiro
    domingo, 21 de março de 2010 – 20:23 hs

    O grande erro do PSDB no Brasil é só ouvir quem tem mandado, os que não tem mandato, não tem valor e estes eram os operários do partido, pararam de trabalhar e estão deixando os deputados e senadores com a responsabilidade da eleição, como todo mundo que trabalha com eleição, sabe que deputado, senador e governador só cuida da sua, o Serra tem problemas e grandes……

  7. Divanir
    domingo, 21 de março de 2010 – 22:28 hs

    VLemainski – Cascavel, eu não acho, tenho certeza que esta matéria é tendenciosa. Uma coisa é a aprovação de Lula pelos brasileiros, isto prova que nosso país é feito pela sua maioria esmagadora de pessoas humildes, que ganham pouco e dependem dos impostos dos demais, outra coisa é a Estela, desculpe acho que é Dilma, a qual não tem passado algum prestativo ao país, a não ser, ter seu nome elvolvido como quadrilheira, ou será que é isso que o povo brasileiro deseja para governá-los.

    KIT DO BRASILEIRO

    Vai transar?*
    O governo dá camisinha.

    *Já transou?*
    O governo dá a pílula do dia seguinte.

    *Teve filho?*
    O governo dá o Bolsa Família.

    Tá desempregado?*
    O governo dá Bolsa Desemprego.

    *Vai prestar vestibular?*
    O governo dá o Bolsa Cota.

    *Não tem terra?*
    O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.

    Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!*

    “Trabalhe duro, pois milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família, sem trabalhar, dependem de você”

  8. segunda-feira, 22 de março de 2010 – 7:58 hs

    PARA UM BRASIL PRA FRENTE ,,, SERRA PRESIDENTE,,, O LULA E O FHC JA FAZEM PARTE DA HISTORIA,,O CONFRONTO E ENTRE SERRA, DILMONA. CIRO E MARINA,,, POR ISSO MINHA GENTE VAMOS PARAR DE QUERER ELEGER ICONES,, QUE JA SE FORAM,, VOCES ACHAM QUE QUEM TEM MAIS CONDIÇOES DE FAZER UMA ADMINISTRAÇAO SERENA E RUMANDO AO FUTURO DOS NOSSOS FILHOS,, CLARO QUE O SERRA A DILMONA QUE SE CANDITATE A GOVERNADORA EM ALGUN ESTADO E COMECE A ADQUIRIR EXPERIENCIA POLITICA PARA NO FUTURO EVENTUALMENTE DISPUTAR A PRESIDENCIA

  9. Do Campo
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 13:29 hs

    Olha, Marcos, primeiro é lamentavel que esse seja teu pensamento, e veja bem a DILMA lutou muito para que tú pudesse estar se manifestando dessa maneira, pois na ditadura isso não era possivel: segundo : Voces parecem que não querem ver o obvio, pqe não falam do Gabeira, que tbem foi revolucionário, que tbem assaltou bancos, e que sequestrou o embaixador americano e que apóia o Serra, isso vcs não falam e divulgam, porque ?:

  10. Do Campo
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 13:34 hs

    Divanir,
    Vocês tem que para de falar asneiras, e admitir que a DILMA vai ganhar aas eleições, que ela é prepaarada, tem carisma, tem conhecimento o suficiente pra conduzir o nosso país. Vocês tem que admitir que os Demo-tucanos e os PPsistas são defensores do estado minimo, que o que lhes interessa é só meia duzia de comprades, (veja o caso de Brasilia), quadrilha existe sim….é só juntar numa sala o PPS, o DEMo e o PSDB

  11. Eduardo Borges
    sábado, 27 de março de 2010 – 17:32 hs

    O choque de gestão tucano só interessa às elites. Apesar das inúmeras conquistas do governo Lula, faltou coragem para taxar os super-ricos. Que Dilma tenha a coragem para fazê-lo.

  12. ademir rocha
    segunda-feira, 16 de agosto de 2010 – 22:01 hs

    o caro, divanir esta mais que correto, nós e que pagamos essa papagaida toda, é bolsa não sei o que é vale num sie o que lá, é minha casa minha vida, eu e minha mulher(cumpanheira), trabalhamos quarenta anos juntos para ter uma casa, não pedimos a ninguém, agora depois de aposentados continuamos pagando bolsa, cesta e invasões de terra, (rainha e tantos outros stedeli, e muitos outros, que depedram o patrimonio dos nossos produtores de grãos que matam a fome do primeiro mundo, que tanto nos criticam e dão palpites nestes govervo sem eira nem beira, que esta chegando ao final, brasileiros uni-vos, o serra não é o melhor o serra é a razão do nosso crescimento e da nossa posição hoje , nas mesas de converssa, nós somos serra porque ele vai cobrar impostos sim, vai taxar pedágios sim, mais vai fazer trabalhar aqueles que estão sob as asas dos senhores, alertai: povo brasileiro, chega de guerilheiros chega de dilmas sem passados construtivos, a hora é essa, vai SERRA, pela moralidade, pela seriedade, pela nobreza do nosso país.eleitor esta em suas mãos o nosso futuro.

  13. ademir rocha
    segunda-feira, 16 de agosto de 2010 – 22:20 hs

    aqui, não vai só elogios ao candidato Serra, aqui vai elogios também a candidata, Marina, aqui vai também elogios a canditada Dilma, a começar pela candidata Dilma, melhorou o visual, disfarçou o ar de arrongante, e quem sabe mais o que?, quanto a candidata Marina, esta figura querida nacionalmente, nossa senadora esta sim tem um curriculum probo, de fazer inveja a qualquer chefe de estado, combatente guerrilheira sim, em suas guerrilhas pelo salvamento das nossas terras e dos nossos povos, o sr. José Serra, este sim foi um combatente , este sim foi um ministro de um governo que estava chegando após vinte e um anos de ditadura, plano real, genéricos. e deixou para o PT essa herança benéfica que esle não soberam adminstrar. VOLTA SERRA COMO PRESIDENTE, para imcrementar mais ainda esta juventude, espero que o nosso povo pense no melhor e decida.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*