Banco Mundial estuda programa habitacional de Curitiba | Fábio Campana

Banco Mundial estuda programa habitacional
de Curitiba

O Banco Mundial (Bird), um dos principais organismos de financiamento de políticas públicas para países em desenvolvimento, vai estudar os projetos de urbanização, regularização fundiária e de novos assentamentos implantados em Curitiba.

O objetivo é usar a experiência curitibana para fazer a modelagem de novos programas do banco e intensificar sua participação nos centros urbanos.

“A urbanização e regularização de áreas ocupadas de forma irregular e desordenada e a criação planejada de novas áreas para oferta de moradia são desafios para a gestão das cidades. O Banco Mundial quer estimular ações nestas áreas e, para isso, está em busca de bons exemplos”, disse Malcolm D. Childress, especialista em administração territorial do Banco Mundial para a América Latina e Região do Caribe.


3 comentários

  1. Alerta
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:31 hs

    O que é bom se copia.

  2. Parolin
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:36 hs

    Parabéns ao Beto, que ao invés de indicar um aliado político para a presidência da COHAB preferiu escolher um funcionário competente de carreira da Caixa (que já tinha experiência na habitação).
    A população agradece.

  3. Divanir
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 15:52 hs

    Obrigado Beto pelo bom trabalho desempenhado no Tatuquara. Deixe os invejosos que mordam a língua e critiquem, pois a critica faz com que a gente cresça ainda mais. Parabéns ao Luciano Ducci, que sempre apoiou Beto Richa e agora colhe os loros deste trabalho todo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*