PT referenda indicação de Dilma Roussef à Presidência neste sábado | Fábio Campana

PT referenda indicação de Dilma Roussef à Presidência neste sábado

Camila Campanerut no UOL Notícias

Filiados e delegações do PT de todo país confirmam a indicação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, como pré-candidata única do PT ao Planalto nas eleições deste ano. O referendo acontece neste sábado (20), em Brasília, no terceiro dia do 4º Congresso do Partido dos Trabalhadores, que acontece em Brasília.

A apresentação da candidatura sem concorrência interna repete a receita de 2006, quando não havia dúvidas de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sairia novamente pela legenda para apostar na reeleição.

No que se refere à rejeição do eleitorado à ideia de Dilma como candidata, a última pesquisa da CNT/Sensus identificou que este índice caiu: em novembro passado era de 34,4%, e em janeiro apontava 28,4%. Segundo o levantamento, houve uma redução pela metade na diferença entre ela e o possível pré-candidato do PSDB, o governador de São Paulo, José Serra: de 10,1% em novembro para 5,4% em janeiro. O tucano registrou 33,2% e a ministra teve 27,8% das intenções de votos na última pesquisa.

A candidata escolhida por Lula não terá de passar pelo mesmo que Lula viveu em 2002. Ele teve de ser submetido a uma prévia dentro do partido, em que concorreu com o senador por São Paulo, Eduardo Suplicy – que angariou cerca 15% dos votos.

Suplicy, que tem se envolvido em polêmicas nos últimos anos, foca no momento em uma outra briga: sair como pré-candidato ao governo de São Paulo. Podem fazer frente a ele nomes como o da ex-mulher e ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, do senador Aloizio Mercadante e do ex-ministro da Fazenda e deputado federal, Antônio Palocci. Também não estão descartados o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, e o ministro da Educação, Fernando Haddad.
Uma possibilidade ainda não rejeitada para ter apoio do partido em São Paulo é a do deputado da base aliada, Ciro Gomes (PSB-CE) que, em caso de apoiar a candidatura de Dilma em nível nacional, poderia ser o candidato do PSB para o governo paulista.

“Todos aceitaram a Dilma em consenso e, eu, em especial”, revelou o senador Eduardo Suplicy (SP). “Da minha parte, eu disse a Dilma Rousseff que compreendo os méritos que a fizeram ser a escolhida. E ela compreendeu a minha parte e o meu programa renda cidadã foi aprovado como emenda de aperfeiçoamento ao programa Bolsa-Família, pelo programa do PT”, completou.

O deputado federal José Genoíno, no entanto, ressaltou que “o programa do PT não é o programa de Dilma”, e sim parte dele.

Sobre a candidatura única, o deputado federal Ricardo Berzoini alegou que não houve inscritos e o consenso do partido fechou com o nome da ministra.

“Ela [Dilma] tem histórico de militância de esquerda, participou dos principais feitos do governo Lula. A candidatura única é uma mostra expressiva da unidade do PT”, defendeu Genoino.

Biografia
A mineira de Uberaba, Dilma Vana Rousseff, ocupou a cadeira de ministra-chefe da Casa Civil desde a demissão de José Dirceu, em 2005, acusado de envolvimento no suposto mensalão pago por dirigentes do PT a parlamentares da base aliada do governo.

Ainda no governo Lula, foi ministra de Minas e Energia de 2003 a junho de 2005. Antes de filiar-se ao Partido dos Trabalhadores, em 2001, Dilma era do PDT. Nas décadas de 1980 e 1990 atuou no governo do Rio Grande do Sul, nas secretárias da Fazenda e de Energia, Minas e Comunicações, e nos governos de Alceu Collares (PDT) e Olívio Dutra (PT).

Na juventude, participou da luta armada contra a ditadura militar. Teve atuações como militante no Polop (Política Operária), no Colina (Comando de Libertação Nacional), e no VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária Palmares). Foi torturada e ficou presa por quase três anos.


19 comentários

  1. Estadista do século.
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 11:32 hs

    Quem defendia o Estado fraco e omisso quebrou a cara

    Os setores da sociedade que defendiam um Estado fraco, frágil e omisso “quebraram a cara”, afirmou o presidente Lula em entrevista concedida às emissoras de rádio Globo e Transamérica, logo ao chegar a Governador Valadares (MG). Segundo Lula, o mercado não atende às pessoas mais pobres do País, cabendo ao Estado suprir essa demanda.

  2. henry
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 11:36 hs

    PRONTO… A QUADRILHA DO pt (partido do trambique) JÁ TEM UMA QUADRILHEIRA COMO CANDIDATA… Viva o Brasil!!!

  3. Estadista do século.
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 11:53 hs

    “Entendo o ódio que eles têm do PT, lembro que na crise que nos chamavam de raça, de bando, e diziam que queriam acabar com essa raça e aqueles que queriam acabar com a gente estão quase acabando”
    – Luis Inácio Lula da Silva, Presidente do Brasil

  4. Anônimo
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 12:15 hs

    É o começo do fim, ou, pode ser o fim do começo, como disse Churchill… esta senhora disfarçada de boa moça, logo mostrará porque escolheu o caminho do terrorismo nos idos da ditadura… loba em pele de ovelha… com um programa de governo dirigido pelo sábio dos sábios de porão. Marco Aurélio Garcia, mais conhecido como Black Teeth, o governo da ex-terrorista aprofundará ainda mais as asneiras patrocinadas pelos aloprados de Lula… além de tolerar dólares na cueca e mensaleiros, este governo abrigou terroristas internacionais; apoiou lunáticos chapeludos que ouviam vozes do além e raios israelenses; flertou como loucos furiosos iranianos que patrocinam o terrorismo internacional e desejam a bomba para exterminar os infiéis; apoiaram o carniceiro sudanês de Darfour; deu as mãos ao Mussolini bolivariano de Caracas, que logo será pendurado pelos pés em praça pública; visitou e abraçou todas as ditaduras do oriente médio, onde vigora a repressão, a censura e uma religião de Estado, mas nunca visitou a única democracia da região, Israel; distribuiu indenizações à ex-terroristas e seus familiares e a intelectuais de Ipanema; promoveu a coronel um desertor e assassino monstruoso, só faltando mandar inscrever seu nome no panteão de heróis nacionais…. imaginem o que vem pela frente…

  5. Este é o nosso Mestre Prof Hari Prado
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 12:21 hs

    r Hariovaldo Almeida Prado
    19 fevereiro 2010
    Nação não se engana com a candidata fantoche de Lula
    Arquivado em: Eleições 2010 — Hariovaldo @ 22:12

    Dilmalá

    Em mais uma entrevista triste, o usurpador do cargo de presidente da nação tenta enganar mais uma vez a todos com a velha ladainha de sempre, na tentativa de ludibriar o povo com a sua candidata fantoche, a qual representa simplesmente a continuidade das barbaridades bolchevistas cometidas em seu (des)governo em nome do marxismo atroz. Porém, qualquer homem bom do país já sabe que essa candidata, serva do comunismo, nada mais é que o apedeuta de saias, pronta a fazer tudo que o seu líder supremo mandar e o seu amante caribenho-bolivariano pedir.

    Além da nódoa comunista e de todos os defeitos peculiares aos elementos oriundos da gentalha, ela é uma mulher, ou seja, um ser destinado ao pecado e a perdição desde o primórdios dos tempos no Jardim do Éden, somente este fato já representaria uma subversão à Ordem Divina estabelecida e um grave atentado à família cristã, cujo o homem é a cabeça, além de uma grave ofensa aos homens em geral pois até nas classes mais baixas quem canta de galo sempre é o homem e nunca a mulher. Por isso mesmo, fica claro que nenhum homem do Brasil aceitará mais essa afronta petista, ninguém votará em um candidato do sexo feminino, nem mesmo as mulheres boas que sabem que o comando da nação sempre foi e sempre será de um audaz varão.

  6. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 12:48 hs

    DILMA A CANDIDATD DE LULANÁTICO

    Também conhecida como a Mãe da Mentira, a candidata Dilma Rousseff, posta em banho-maria pela vontade dos estrategistas do Planalto, a julgar pelo andar da carruagem pode afundar o barco das pretensões lupetistas em permanecer no poder por vias interpostas, provavelmente uma jogada manhosa articulada nos intestinos do Foro de São Paulo. Se o esquema dos ideólogos comunistas deu certo na Argentina dos Kirchner, por que não por essas bandas?

    Seria uma boa para o País livrar-se da impertinente chefe da Casa Civil, figura instável e de má catadura, embora observadores das artimanhas comunistas estimem, com boa dose de percuciência, que a “Companheira de armas” (metralhadoras, fuzis, granadas e artefatos do gênero) foi lançada candidata à presidência da República como uma espécie de balão de ensaio. Se a candidatura colasse, muito bem, o barco continuaria a navegar. Caso contrário, como ora se evidencia, o presidente de nove dedos partiria para execução do “plano b”, que é o dele mesmo candidatar-se ao 3º mandato tão logo Álvaro Uribe, na Colômbia, abra o caminho e se pronuncie pela segunda reeleição presidencial.

    (Neste caso, na disputa com Serra, o Insosso, Lula, o Malandrinho, liquidaria mole a fatura e teríamos mais quatro anos de intensa corrupção, tempo seguro para a definitiva instalação do “Socialismo do Século XXI” e, por conseqüência, o apodrecimento geral e irrestrito das instituições do Estado e da própria coletividade nacional. Por enquanto, estamos no meio do caminho).

    Com efeito, a candidata Dilma, de formação marxista-leninista, ex-integrante do grupo terrorista Var-Palmares, mente de modo compulsivo, mesmo quando proclama verdade aparente. E não poderia ser de outro modo. A mentira sempre foi arma predileta dos marxistas leninistas – antes, durante e depois da tomada do poder. Como se sabe Marx, um “filodoxo” por natureza, mentia em tudo e sobre tudo, a começar pela mentira da “mais-valia” (teoria econômica amplamente desmoralizada pelo austríaco Bohm-Bawerk na análise das valorações subjetivas) e o seu “devir” revolucionário.

    Lenin, por sua vez, um lixo moral, fanático por vocação, tinha a mentira por ato de fé. Ele próprio, depois da fracassada revolta russa de 1905 (na qual Nicolau II saiu fortalecido), prescreveu o seguinte, num “comunicado” aos membros da cúpula bolchevique: “Camaradas, devemos estimular sem tréguas a mentira e a violência como armas da revolução, sob pena de novas derrotas”

    Em retrospecto, as mentiras de Dilma tornaram-se mais vexatórias quando ela, instada pelo senador José Agripino (DEM-RN) se mentia ao explicar-se sobre a sua vida pregressa de revolucionária e o “dossiê” de gastos excedentes preparado pela Casa Civil contra o melífluo FHC e sua mulher, Dona Ruth, declarou sob argüição da verdade à Comissão de Infra-Estrutura do Senado: “Me orgulho de ter mentido porque salvei companheiros da tortura dos militares”.

    A resposta ao senador foi uma mentira dupla, pois a atual candidata de Lula, presa como terrorista em 1970, entregou à repressão, de bandeja, o operário Natael Custódio Barbosa que, trinta anos depois da traição, em Londrina, Paraná, afirmou ao repórter Luís Marklouf : “Acho que ela me entregou porque eu era da base operária (Var-Palmares) e não tinha como aumentar o prejuízo”. (Aqui, sem querer, o “inocente” Natael deixa entrever o que todos sabemos: a “elite revolucionária” só vê o operário como pretexto e massa de manobra).

    Em julho deste ano descobriu-se que as informações do currículo acadêmico de Dilma eram falsas. Ao contrário do que se informava, inclusive nos sites do governo e da Petrobras (onde faz parte do Conselho de Administração e ganha invejável bolada mensal), ela não é “Mestre em Teoria Econômica” e muito menos “Doutorada em Economia Monetária e Financeira”. A própria Universidade de Campinas, onde se dizia ter a ministra de Lula conquistado os tais títulos, contestou em nota a informação inverídica – embora, verdade seja dita, graduar-se pela UNICAMP em economia não seja propriamente motivo de orgulho.

    Mais recentemente, ao rol das mentiras sistemáticas da “Companheira de armas”, soma-se a escandalosa denúncia da ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira, que confirmou no Senado ter a chefe da Casa Civil do governo solicitado, em entrevista clandestina, para que ela “agilizasse a investigação contra o filho de Sarney – este, por sua vez, indiciado em inquérito na Polícia Federal por formação de quadrilha, gestão financeira fraudulenta, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Dilma negou o encontro e o Planalto destruiu as gravações que poderiam comprovar a verdade dos fatos. Neste caso, pergunto: por que não submeter a chefe da Casa Civil a um detector de mentiras?

    Num país civilizado, ou nem isso, seria impossível uma figura com o currículo de Dilma Rousseff, somando assaltos à mão armada, roubo de bancos e tráfico de armas, chegar à Presidência da República. Mas no Brasil da Era Lula, país que perdeu o senso dos valores éticos e a mentira tornou-se um dado de valor social, tal anomalia é perfeitamente plausível.

    Sim, amigos, apesar dos percalços éticos, Dilma Rousseff, ex-terrorista, ainda pode chegar lá. Para que isso ocorra, basta que Lula aumente os impostos, abra as torneiras e solte mais grana para políticos, juízes, artistas, empresários, universidades, funcionalismo, mídia, etc. e, lá no fim, para fazer alarde nos programas políticos, solte alguma laminha para os “excluídos”. Ou seja, corrompa ainda mais.

    Por fim, sejamos objetivos, quem conta com uma tropa de choque altamente escolada, capaz de tudo e mais alguma coisa, gente do porte de um Zé Dirceu, Sarney, Renan Calheiros, Romero Jucá, Collor de Mello, Ricardo Berzoíni, Tarso Genro, Requião, Jaques Wagner, Marco Aurélio Garcia ( “Mac, o Fanático”), Celso Amorim (o “Celsinho da Embrafilme”), Aluízio Mercadante, Sérgio Cabral, etc.,

    FORA VELHOTA DILMA
    FORA LULANÁTICO
    FORA QUADRILHEIROS DO PT/MST

  7. Do Blog Cidadania.com
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 13:02 hs

    O Sacrifício de Serra

    por Eduardo Guimarães

    A relutância do governador José Serra em assumir sua candidatura à Presidência não é jogo de cena nem estratégia eleitoral. O fato é que, apesar de termos passado todo esse tempo vendo manchetes sobre como ele seria eleitoralmente forte, disputar com a candidata de Lula a sucessão presidencial será quase um suicídio para o tucano (…)

    Por outro lado, a desistência de Serra seria fatal para a oposição de centro-direita (PSDB e DEM). O ex-PFL está praticamente morto. Desde 2002, vem se desidratando ao ponto de ter tido que mudar de nome para prolongar o processo de apodrecimento da legenda. Já o PSDB, sem um nome forte à sucessão de Lula e com a perspectiva de seus caciques do Norte e Nordeste nem se reelegerem, certamente encolheria muito.

    A oposição que hoje está perdida, sem discurso e ultra-radicalizada ainda tem número no Congresso para causar problemas ao governo. Contudo, sem um cabeça-de-chapa em condições de ser o anti-Lula da vez – e, ao menos na próxima eleição, é o que será o candidato que polarizar com o PT –, nem mais isso a oposição terá.

    Não sei até que ponto é bom para a democracia que um só grupo político consiga tal hegemonia, mas há que ressaltar que, se ela se concretizar, decorrerá não da ação do governo Lula e das forças que o apóiam, mas da estratégia burra e autoritária de seus adversários (…)

    Concluo que Serra não tem mais como recuar. Terá que ir para o sacrifício disputando a eleição do ano que vem com a candidata de Lula para manter a oposição viva. Aécio Neves seria um fiasco ainda maior, em minha opinião. É um mero cacique regional que não vejo deslanchar.

  8. joão
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 16:38 hs

    Caro redator. Após essa manifestação do PT aprovando essas medidas anunciadas pelas rádios e com certeza estarão sendo divulgadas nos jornais de amanhã, como disse outro comentarista anterior ” ´é o começo do fim do Brasil LIVRE e DEMOCRÁTICO”. Esse grupo utilizará a novata democracia brasileira para tomar o poder. Porém a eleição será em outubro de 2.010, e até lá, tem tempo para o eleitor refletir e buscar a melhor proposta eleitoral. Há necessidade de as lideranças dos partidos politicos buscarem o consenso com rapidez, pois o rolo compressor do PT está aquecendo os motores. Após os primeiros a tombarem não será mais possível o retorno. Que DEUS nos ajude e nos livre desse mal. Atenciosamente.

  9. OSSOBUCO
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 16:55 hs

    Ave Dilma!
    Adiós Sierra!

  10. salete cesconeto de arruda
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 17:15 hs

    Um dia que ficará para sempre na história.
    NUNCA ANTES NESTE PAÍS – UM HOMEM E UM PARTIDO TIVERAM TANTO RESPEITO PELAS MULHERES!
    Lula será – mais uma vez – lembrado para sempre.
    Aguardem!
    É MARAVILHOSO SER MULHER!
    Novos tempos.

  11. Maura Bittencourt
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 18:10 hs

    Sou mulher, mas não sou burra.

    Não faz a menor diferença se o presidente for homem ou mulher, desde que seja honesto, não seja omisso e respeite a sociedade.

    Ter ovários ou testículos não torna ninguém melhor ou pior.

    Se ser mulher fosse alguma garantia de caráter, não teríamos que ter assistido essa desaforada corrupta debochando da Nação:

    http://www.youtube.com/watch?v=nR3f_FZUUMc&feature=related

    E se quiserem comparar respeito às mulheres, avaliem o tratamento dispensado por Fernando Henrique à Ruth Cardoso (mentora e executora do Comunidade Solidária e do Alfabetização Solidária) e o que Lula dispensa à Marisa (fútil dona de casa, com cidadania italiana recém obtida, que gasta seu tempo em clínicas de cirurgia plástica e centros de estética).

  12. Alessandro
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 18:51 hs

    Tucanalhas estão TREMENDO sabem que não tem chances, fora PSDB PARA SEMPRE!!! viva DILMA 2010!!!!

  13. sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 19:03 hs

    http://www.parana-online.com.br/editoria/politica/news/429323/?noticia=LULA+AFIRMA+SER+PRIORIDADE+DO+GOVERNO+ELEGER+DILMA
    Senhores, lendo essa reportagem, chego a conclusão que realmente estamos voltando ao periodo pré-jurássico no país. É lamentável que tenhamos que regredir uns 50 anos por um bando de lunáticos que se aproveitaram da democracia pra se eleger e agora querem simplesmente acabar com ela…Isso chega ao cúmulo do patético..Censura, liberdade vigiada, aberrações sociais e religiosas, como disse o texto: estatização….ainda vem uns malucos que gostam de contar historinhas por aí e acham que isso é uma maravilha, mas esquecem que só contám histórias porque é permitido, daqui um tempo, pra isso vão ter que pedir pra alguma comissão….uma vergonha, ditadura nunca mais….

  14. paranaense C.L.
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 21:05 hs

    Concordo com a Salete, “um dia em que ficará para sempre na história”.
    o dia em que os eleitores brasileiros irão se arrepender amargamente de
    ter, um dia, votado num alcoólatra ( voces não acreditaram na história da doença do Lula,ou coma alcoólica mudou de nome? ), e que a sua possível sucessora é uma guerrilheira.
    POR FAVOR
    Abram os olhos

  15. Fora Vermelhos
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 21:41 hs

    O Lula quer um estado forte para empregar todos os pelegos do PT à custa do contribuinte brasileiro!

    NÃO VOTEI NO CARA E NÂO VOTO NA COROA!

  16. Maura
    segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 – 13:07 hs

    O tratamento dispensado à D. Ruth pelo FHC foram 2 filhos fora do casamento!

  17. anonimo
    quinta-feira, 1 de abril de 2010 – 21:09 hs

    sr presidente Lula sempre votei em vossa excelencia porque semp´re tive admiraçao por sua luta.mas por favor.respeite o povo brasileiro vossa excelencia indicar e dar apoio a uma bandida pra governar o Brasil ai nao.O sr tá com amnesia?

  18. anonimo
    quinta-feira, 1 de abril de 2010 – 21:15 hs

    Sr. Lula tenho orgulho de ter votado em vossa excelencia sempre.sou pai de familia dos mais humildes,sou assalariado e confesso que por nada teria coragem de defender uma mulher do tipo dessa Dilma roussef.por causa de vossa senhoria já fui chamado de louco isso nos anos 80,agora já sinto vergonha .no Brasil nao ha pessoas decentes pra governar esse pais?vou te indicar um Ciro gomes.sou goiano de morrinhos me envergonho de ver que o sr.indica e defende o nome dessa guerrilheira e assaltante.

  19. Diones Duran ****de guajara-mi
    segunda-feira, 1 de novembro de 2010 – 14:03 hs

    Espero que Deus ilumine o coração desta mulher e que cumpra com seus deveres como uma presidente(feminino) e que seja espelho para o nova geração. Nao nos decepicione!!!
    que Deus abençõe!!!

    GUAJARA-MIRIM (RO )01/11/10

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*