PMDB do Paraná não vai à convenção nacional | Fábio Campana

PMDB do Paraná não vai à convenção nacional

O PMDB do Paraná não vai à convenção nacional do partido antecipada para este sábado em Brasília. A informação é do deputado Waldyr Pugliesi, presidente estadual e líder do PMDB na Assembleia Legislativa.

O PMDB paranaense é um dos subscritores, junto com os diretórios de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e de São Paulo, da representação na Justiça do Distrito Federal pela manutenção da data original do encontro marcado para 10 de março.

“Como entrei com a ação junto com companheiros de outros estados, contra a antecipação da convenção, não tem porque o Paraná participar”, disse Pugliesi.

O PMDB do Paraná defende a candidatura
própria à presidente, registrou como pré-candidato o governador Roberto
Requião, e um plano de governo que estabeleça a primazia da produção e
do trabalho frente ao rentismo e o capital especulativo.

A proposta do diretório paranaense será levada à convenção de junho. A
pré-candidatura de Requião conta com o apoio dos diretórios do Rio
Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul,
Goiás e Piauí.


15 comentários

  1. Tchê
    quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 – 21:41 hs

    Não vai fazer falta tambem !

  2. Laertes
    quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 – 22:02 hs

    Bah…que pérola!

    “Como entrei com a ação junto com companheiros de outros estados, contra a antecipação da convenção, não tem porque o Paraná participar”, disse Pugliesi.

    Eu também não concordo com o horário de verão!!!!!!!!!!
    Não vou mais participar. =/

    Não concordo também com a antecipação do calendário escolar. Meus filhos vão ficar em casa. Não concordo e não concordo!!!

    Antecipação de feriados? Ninguém me consultou. Sou contra. Vou trabalhar e ninguém me segura!

    Hahahaha…não tem site de humor melhor que esse aqui.

  3. quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 – 22:16 hs

    Requião detona nacionalmente o PMDB do Paraná.
    O que terá reflexos nas eleições aqui na terra.
    E nenhum pmdebista paranaense vai contra a sua própria detonação.

    Parece que só estão esperando Requião sair do governo.
    Por que Pessuti não irá querer ser o novo Moreira.
    Pessuti tem muitos defeitos, mas é sério.
    Não vai fazer o jogo de Zé Bushinininho e Serra.

    Mas Requião vai.
    O caminho da vergonha é o de Requião apoiar Serra e fazer o jogo de Zé Bunitinho com a candidatura Pessuti.
    É inacreditável!

    Não será eleito. E a política do Paraná dará um grande salto.

  4. Filet Mignom
    quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 – 23:25 hs

    Nossa!!!!
    O Dinossauro lambe-botas de REIQUIÃO está nervoso?
    Entre no GARDENAL de seu chefete, ô cara!
    O PMDB nacional deve estar preocupadíssimo com vocês aqui da Quinta Comarca, ou melhor, Quinta Coluna, ou melhor ainda, com a CATERVA DE REIQUIÃO!!!
    Só risos!!!!!

  5. Francisco
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 0:22 hs

    O PMDB do Paraná é uma vergonha. Sem representatividade alguma no cenário nacional, só ficou forte quando o BORBA era líder do governo. Esta é a grande verdade. Triste porque aqui, deveríamos estar participando do de lá, mas pensamos só no umbigo próprio, que aliás é muito pequeno.

  6. sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 1:29 hs

    Apesar de não ser filiado ao PMDB, concordo plenamente com a decisão. O que vemos a nível nacional é o PMDB diga-se Cúpula do Norte do país, decidir ficar sempre lambendo as botas do Executivo para ganhar cargos e dominar o Legislativo e não lançar candidato próprio. Se é o maior partido na país como dissem, então devem obrigatóriamente colocar a cara para o povo.

    O PMDB nacional deve criar vergonha na cara….vocês viram quantos cargos os apaniguados do Arruda tinham no Governo do Distrito Federal? e os demais partidos? uma vergonha nacional…

    Tenho dito.

  7. Agenor
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 2:31 hs

    Só o próprio PMDB ainda não se deu conta que é um partido em extinção… Coitados.

  8. CLOVIS PENA -
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 5:42 hs

    Temer lá, Requião cá.
    Requião está para Temer, como Gustavo Fruet esteve para Requião.
    ——————————
    A briga mais perigosa é a que ocorre dentro da trincheira, pois nela sempre perdem todos.
    O ataque mais inconseqüente, vem daquele que está acuado e ficando sem alternativa.
    Estamos diante de uma provável situação de perigo e de inconseqüência.

  9. ofaxineiro
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 8:46 hs

    Não vai mesmo, não foram convidados………Michel $ Temer….precisa de tranquilidade para as negociações…….

  10. Borduna
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 8:58 hs

    Não é só o “não concordo então não vou”. Ao não ir evitam a retumbante e humilhante derrota que terão. O PMDB é um partido fisiológico, com zero de ideologia, e vai se agarrar nas saias da Dilma pra permanecer no poder, usufruir de suas benesses e ponto final.

  11. Andre
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 10:10 hs

    Que pena. Acho que quando o pessoal do PMDB Nacional ficar sabendo, vão cancelar a convenção. O PMDB do Paraná é muito forte, tem uma liderança a nivel nacional espetacular. Sem o PMDB/PR a convenção mela. kkkkkkkkkk

  12. sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 10:34 hs

    O requião esta sentindo o gosto do mesmo veneno que ele planta. Ele vai querer fazer o que o Temer esta fazendo com ele, a mesma forma contra o Pessutão. Só que ele tem que lembrar que rei posto rei morto. Em 94 ele saiu do governo e bateu chapa com o Mario Pereira, simplesmente levou uma surra.

  13. PABUFE
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 12:06 hs

    LEVARAM UM FUMO SEM TAMANHO, SEM LUTAR NESTA GUERRA QUE ELES DECLARARAM ? VÃO A LUTA SEUS MALANDROS.

  14. Carlos
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 13:46 hs

    Quem perde com isto é o povo do Paraná e o Candidato Pesuti.
    Esta cupula do PMDB do paraná parece que esta contra o Pesuti e contra o povo do PR.
    Deveriam ir sim e coligar com o PT a nivel Nacional e estadual.
    A nivel nacional já sabemos que o candidato do PT será eleito, e que com uma coligação no Paraná o Pesuti seria eleito.
    Não entendo esta turma do PMDB do PR.

  15. CLAUDIO
    sábado, 12 de junho de 2010 – 21:46 hs

    O PMDB, tem que dar continuidade as políticas sociais junto com o PT, e dar todo apoio que a Dilma precisar para dar continuidade ao governo começado com o presidente Lula, agora virá a segunda parte do governo que será enfrentar os banqueiros, os juros altos, os ganhos excessivos, os abusos nos juros de cheque especial, cartões de créditos no Brasil etc. No Paraná tem que sair o Pessuti junto ao PT e vamos botar pra quebrar nessa campanha, pois estamos no caminho certo, seja na educação, saúde, segurança pública evidentemente que tem muito a melhorar ainda, mas confiamos muito na decência do Pessuti para conduzir nosso estado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*