Juiz anulou convenção do PMDB, lembra Stephanes | Fábio Campana

Juiz anulou convenção do PMDB, lembra Stephanes

O juiz José Roberto Pinto Junior, da 8ª Vara Civel de Curitiba, anulou a convenção do PMDB realizada em outubro a pedido do deputado Reinhold Stephanes Junior(foto).

Significa que o PMDB terá que realizar nova convenção e até lá o partido não tem direção em Curitiba. Ou seja, o presidente Doático Santos não presidente, informa Stephanes, que lembra também que o partido não pode pagar despesas judiciais ou qualquer outra feita pelo cidadão Doático Santos.

Esta pendenga promete capítulos novos nas próximas horas.


12 comentários

  1. SACERDOTE
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 14:38 hs

    Já vai tarde. É um absurdo o Requião impor este fantoche na presidência do PMDB!

  2. sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 15:05 hs

    Campana, agora vc está fazendo campanha pra esse piá passando, filho daquele infiel do PMDB?

  3. CLOVIS PENA -
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 16:37 hs

    Creio que o momento partidário de Stephanes Jr está para chegar.
    É que o totalitarismo do “modebra” velho de guerra dissipa-se, por desnecessário, em uma nova realidade democrática.
    O povo já consagrou as linhas que deseja para a coordenação do modelo do Estado.
    Por certo as eleições darão mais uma depurada nos perfis indesejáveis e alargarão espaços para a juventude que se prepara para o novo. Daí, veremos as caras reais de Beto, Gustavo, Jorge Samek, e de outros como o aguerrido Stephanes, que terá de Júnior só o nome.

  4. Vigilante do Portão
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 16:41 hs

    O Doático diz que não, pois um embargo, com efeito suspensivo, foi concedido pela justiça.
    Como o Doático é um MENTIROSO de carteirinha, fico com a versão do Stephanes.

    O Campana poderia explicar melhor a situação.

  5. Democrata
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 18:13 hs

    Eu … Eu … Eu … O Doático se deu MAL !!!!
    ahahahaha

  6. emerson palhares
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 19:06 hs

    Hoje sou apenas um cidadão comum que participou da ultima eleiçao municipal, e sem recursos financeiros ,fiz uma campanha limpa, e com a ajuda de muitos fiz meus votos! com a soma de meus votos tem dois vereadores eleitos, Algaci Tulio e Noemia Rocha, que tem ambos a obrigação de atender a mim e a meus eleitores! agora com toda franquesa se o PMDB, rachar saio de lá na mesma hora, sou filho de fundador do velho MDB de guerra, e tenho um sonho de ver este partido muito melhor, não posso aceitar ver pessoas traindo meu partido, e apoiando gente de outra sigla ! quem é PMDB, tem QUE ser PMDB e PONTO final !

  7. Calunga
    sábado, 20 de fevereiro de 2010 – 19:48 hs

    Esse tal de Doático, candidato a vereador, mesmo com o apoio do governador, levou uma surra nas urnas, que moral político ele tem para presidir um partido? Fora “sem voto”

  8. cida
    domingo, 21 de fevereiro de 2010 – 1:42 hs

    FORA DOÁTICO SEU MALANDRO!

  9. coronel Kurtz
    domingo, 21 de fevereiro de 2010 – 18:12 hs

    coitado do Stephanes não leva uma pois os Romanellis e Requioes que controlam a Executiva Estadual do PMDB vão nomear o Doatico novamente presidente da CE provisória de Curitiba.

  10. parana vigilante
    domingo, 21 de fevereiro de 2010 – 23:03 hs

    Até que enfim justiça.O PMDB tem que expulsar o João Arruda o Romanelis ,Doaticos urgente, pois estes são trairas e entregadores do partido…

  11. ZUADU
    segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 – 12:43 hs

    OS GATES DY RICHA ESTÃO TRABALHANDO…

    BETIM JAMAIS TRABAIA…É APENAS UM FANTOCHE…DE MARKETEIROS EMPREITEIROS..E DEMAIS…..

    ELES ODEIAM OS DE ESKERDA MESMO…

    FAZEM DI TUDO PRA DINYGRYR A IMAGEM E CARATER DE SEUS OPOSITORES

  12. CLOVIS PENA -
    segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 – 17:37 hs

    Este assunto de fato promete novos capítulos como anuncia o Fábio.
    Stephanes Junior conquistou muitos pontos, ampliando sua credibilidade política, sem alarmes.

    A curiosidade é saber quantos destes atuais “bem mandados” serão ainda comissionados depois de 3 de abril. Alguns, é certo estão sob risco de perder o cargo e o que é pior, começar a pagar as despesas de representação e custas judiciais do próprio bolso.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*