Guerra adia de novo a decisão do PSDB | Fábio Campana

Guerra adia de novo
a decisão do PSDB

O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, adiou mais uma vez a decisão sobre a candidatura do PSDB ao governo do Paraná. Em reunião que terminou há pouco, em Brasília, de Guerra com Alvaro Dias e Beto Richa, Alvaro insistiu em não acatar qualquer decisão tomada hoje.

Guerra pediu paciência a Beto Richa e 24 horas de prazo para falar com o presidenciável José Serra. Mas a maioria no diretório estadual do PSDB já não acredita que a definição saia amanhã e está em pé-de-guerra.

O presidente estadual do PSDB, Valdir Rossoni, e o secretário geral, Affonso Camargo, estão convencidos de que a executiva estadual deve tomar posição hoje ou será tarde demais. Alvaro Dias se mexe no plano nacional para tirar Richa da disputa. Continua a oferecer como trunfos ao PSDB a desistência de seu irmão, Osmar, candidato do PDT, e a simpatia da família Requião no PMDB.

Ora, pois, adiamento, postergação, protelação, indefinição são coisas que combinam com a cultura política dos tucanos. Mas desta vez, Beto Richa terá que mostrar que tem condições de se impor.


5 comentários

  1. joao pereira
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 – 16:25 hs

    O Destino de nossa cidade, do nosso estado e do PSDB Parananense tem que ser decidido aqui, caso contrario tragam o Sergio Guerra pra pedir votos e coordenar a campanha do seu candidato, chega de perder tempo, DEMOCRACIA se faz respeitando a opiniao da maioria, a maioria absoluta do PSDB e da Populaçao Paranaense ja decidiu querem BETO RICHA pra seu Governo

  2. salete cesconeto de arruda
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 – 17:29 hs

    Em tempo:
    Se o candidato do PSDB for anunciado hoje – terá feito o jogo do adversário.
    Vai virar vidraça!
    Muito cedo.

  3. Wilson
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 – 18:45 hs

    Cara Laís a aliança PSDB/PPS é igual a que ocorreu na Itália entre os democratas cristãos e o PCI (eurocomunista). O PSDB foi formado pelos antigos membros do PDC (José Richa, Montoro, etc.) e estes já caminhavam juntos com os antIgos membros do PCB, que seguia a linha eurocomunista, desde o MDB. O PPS foi formado pelos antigos seguidores da linha eurocomunista (sociais democratas) que um dia fizeram parte do PCB.

  4. Rock
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 – 18:55 hs

    De que paranaenses voce esta falando sr. João Pereira, eu sou um deles e não quero BetoInri nem para vereador, fale por voce menino.

  5. Laís
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 – 19:27 hs

    Wilson, Itália fica na Europa, o Brasil é aqui!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*