Goinski consegue nova licitação para obra em Tamandaré | Fábio Campana

Goinski consegue nova licitação para obra em Tamandaré

O prefeito Vilson Goinski, de Almirante Tamandaré, conseguiu superar uma dificuldade que pesava sobre sua administração. Depois de um longo processo agravado pelo não cumprimento do contrato pelas empreiteiras vencedoras da primeira licitação, sai o novo edital para a pavimentação da avenida Vereador Wadislau Bugalski.

A obra é reclamada pela população e sua interrupção gerou protestos, enquanto a Prefeitura trabalhava para cancelar os contratos anteriores e vencer os obstáculos legais e burocráticos.

O Prefeito Vilson Goinski comemora o lançamento do tão esperado edital de licitação: “Trabalhamos muito para que esta pavimentação tivesse continuidade. Quando iniciamos a obra não imaginávamos que fossem ocorrer tantos problemas, causados pelas empreiteiras. Mas conseguimos cancelar os contratos anteriores, aplicar as penalidades devidas às empresas e iniciar o novo processo para a licitação. Agora, além de darmos continuidade ao processo licitatório deste primeiro trecho, estamos aguardando a liberação o mais rápido possível do próximo trecho para também lançarmos o Edital”, disse o Prefeito Goinski.

Após todos os trâmites legais a que são obrigados a se submeter os processos de obras públicas, em todas as esferas de governo, obedecendo a Lei 101/2000 – Lei de Responsabilidade Fiscal e Lei 8666/93 – Lei de Licitações e Contratos, e após todos os problemas enfrentados pela administração municipal de Almirante Tamandaré, com o não cumprimento do contrato pelas empreiteiras vencedoras da primeira licitação para a execução da obra de pavimentação da Avenida Vereador Wadislau Bugalski, trazendo muitos transtornos não só à população da região, mas também à administração municipal, a Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré publicou (nos jornais de 25/02/2010) nos seguintes veículos de comunicação: Jornal Folha de São Paulo, Jornal do Estado, Jornal Gazeta do Povo, Jornal O Estado do Paraná e Jornal Tribuna do Paraná, além do órgão oficial de publicações do Município – Folha de Tamandaré, o EDITAL DE LICITAÇÃO para o primeiro trecho das obras.

O processo, que teve um longo trâmite na esfera estadual, já que os recursos para a execução da obra foram alavancados via empréstimo através do SEDU – Paranacidade (recursos do Fundo de Desenvolvimento Urbano – FDU), bem como na esfera federal (Secretaria do Tesouro Nacional), após um exaustivo trabalho da equipe do Prefeito Goinski, da Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Habitação, Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos e Secretaria Municipal da Fazenda junto a todos os setores estaduais e federais chegou agora na fase do lançamento do Edital de Licitação, que saiu através da SEDU-Paranacidade, como determina a legislação.

O valor máximo constante do Edital deste primeiro trecho (que vai da Ponte do Taboão até a Rua João Vicki, no Jardim Buenos Aires) é de R$ 3,4 milhões. Um segundo lote já encontra-se aguardando o parecer final da STN – Secretaria do Tesouro Nacional e corresponde ao trecho que completa a obra até o centro de Almirante Tamandaré.


Um comentário

  1. terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 – 21:29 hs

    caro prefeito goinski, aqui nas proximidades da escola piekas no jd alto pinheiro ja teve muitos acidentes de transito, e agora q começou as aulas vamos nos manefestar bloqueando a pista melhor vc tomar providencias

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*