Expulsão de Paulo Octávio do DEM será pedida no dia 23 | Fábio Campana

Expulsão de Paulo Octávio do DEM será pedida no dia 23

Do Josias de Souza

Ameaçado de impeachment no Legislativo e de intervenção federal no STF, Paulo Octávio (DEM) ganhou um problema novo.

O deputado Ronaldo Caiado e o senador Demóstenes Torres, ambos do DEM de Goiás, formalizarão o pedido de expulsão de Paulo Octávio do partido.

A petição será levada à próxima reunião da Executiva nacional do DEM. Ocorreria nesta quinta (18). Mas foi adiada para terça (23) da semana que vem.

“Além da expulsão do Paulo Octávio, vamos requerer a destituição do diretório do DEM no DF”, disse Caiado, em entrevista ao blog.

A providência pode chegar tarde. No comando do governo do DF desde que José Roberto Arruda foi preso, Paulo Octávio administra o imponderável.

Investigado no mesmo inquérito que levou Arruda à ruína política, Paulo Octávio passou a considerar a hipótese de renunciar ao cargo.

Com ou sem renúncia, Caiado afirmou, a expulsão “será solicitada de qualquer jeito”. Vai abaixo a entrevista:

– O pedido de expulsão de Paulo Octávio será formalizado?

Sem nenhuma dúvida. A expulsão dele será efetivamente solicitada. Não tem mais rodeios. Chega.

– O que os levou a essa posição?

Nós não podemos mais ficar sangrando. Não dá mais.

– Quando será apresentado o pedido?

No primeiro momento em que a Executiva do partido se reunir. Seria nesta semana. Mas foi adiado para a próxima terça-feira. Avaiou-se que, na volta do Carnaval, poderia não haver quórum.

– O pedido já foi redigido?

Não há dificuldades para redigir. Já tínhamos elaborado o do Arruda. Não muda grande coisa –nem nos fatos motivadores nem na justificativa.

– Além do sr. e do senador Demóstenes Torres, alguém mais vai subscrever?

Não deixaremos de ouvir os demais integrantes da Executiva. Mas o pedido será formulado de qualquer maneira.

– Acha que Paulo Octávio solicitar o desligamento do partido antes de ser expulso, como fez Arruda?

Acho que pode. Não creio que haja no partido muita gente disposta a pagar essa fatura política. E ele sabe disso.

– Acredita que a Executiva aprova a expulsão?

Creio que sim. Ou encaremos o problema com a responsabilidade que ele exige ou vamos acabar tomando o caminho que o PT tomou no mensalão, salvando todos, fazendo ouvidos moucos para tudo e aderindo ao faz-de-conta. Ou agimos ou vamos ter lidar com a meia verdade, a meia gravidez, coisas que não existem.

– Acha que o DEM errou ao não incluir Paulo Octávio no mesmo processo que levou à escusão de Arruda dos quadros da legenda?

Deveríamos pelo menos ter destituído o diretório de Brasília, presidido pelo Paulo Octávio. E tínhamos de ter exigido, antes da prisão do Arruda, que todos os filiados do partido se desligassem do governo do DF. Não ter tomado essas providências foi um erro.

– Já conversou com o presidente do DEM, Rodrigo Maia?

Ainda não. A última vez que falei com ele foi no dia em que o Arruda foi preso [quinta-feira da semana passada].

– Acha que ele pode se opor ao pedido de expulsão de Paulo Octávio.

Não creio.

– De onde vem a convicção?

Depois que o Arruda foi preso, o partido exigiu que todos os filiados se desvinculem do governo. De repente, o governador, que assumiu o governo por ser o vice, é do DEM. Como podemos conviver com essa situação? Se decidíssemos que ele pode, então todos os demais também poderiam. Não dá. É Absurdo. Seria um tiro n’água.

– E se Paulo Octávio renunciar ao governo?

A expulsão dele será solicitada de qualquer jeito. Além da expulsão do Paulo Octávio, vamos requerer a destituição de todo o diretório do DEM no DF. As medidas que adotamos até agora foram paliativas. Não resolveram o problema integralmente. Temos que curar essa ferida. E não haverá cura enquanto não interrompermos a novela.

– Para ficar claro: qual será o teor da petição à Executiva?

Ponto um: dissolve o diretório de Brasília e desliga todos do governo. Ponto dois: a exclusão do Paulo Octávio dos quadros do partido. Para mim, a eventual renúncia dele ao governo não resolve mais. Ou expulsamos ou seremos todos arrastados para capítulos sucessivos de um enredo que se desenrola em Brasília e que não é nosso. A cada novo desdobramento, vem a menção ao mensalão do DEM. Passou da hora de darmos um basta. O Paulo Octávio não deveria nem ter assumido o governo. E já deveria ter renunciado ao comando do diretório do DF.

– Receia pelos efeitos eleitorais do caso de Brasília?

É evidente que não podemos esquecer que estamos em ano eleitoral. Até por isso, temos que nos diferenciar, tomando medidas duras. Nessa matéria, o DEM não pode fazer o jogo do mais ou menos, como o PT fez. Do contrário, ficaremos eternamente no mundo do faz-de-conta. Esse jogo não pode acabar em empate. Pelo que escuto no partido, a maioria já não suporta o prolongamento da novela.


11 comentários

  1. Fala Arruda
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 13:37 hs

    Os senadores acima agora são os arautos da ética? Que coisa. Ah se o Arruda abre a boca, não fica um mermão.

  2. Cris
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 14:01 hs

    Olha só a cara de louco do Caiado. Bem feito!

  3. Borduna
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 14:53 hs

    E eu que tinha uma péssima igmagem desse Ronaldo Caiado´do DEM de Goias. Mas é o único que tá chutando o balde do DEM, do DF e quer a cabeça dos caras na bandeja. Não teve ter rabo preso. Cresceu no meu conceito…. E o DEM do Parana? Quietinho…………Por que será?

  4. jovem brasileiro
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 16:45 hs

    O CAIADO E DEMOSTENES
    SÓ TOMARAM ATITUDES QUANDO NÂO TINHA MAIS JEITO
    E AGORA CONSERTEZA VÂO EXPULSAR ESSES DEPUTADOS E VÂO AMEAÇAR PARA NÂO SAIR OS PODRES
    MAS JÁ ESTÂO SEM SAIDA ESSE PARTIDO E AI RUSCH COMO VAI O DINHEIRO NA CUECA NAS MEIAS NO PALETO
    POLITICO QUE JULGA POLITICO VIRA EM PIZZA MAS SAI ARANHADO E VOCE ERA O PIOR NO PARANA
    AONDE VAI POR A CARA AGORA E O PLAUTO MIRO SEU PSB E SEUS CUNHADOS NÂO DEIXAM MAIS VOCE FALAR DE CABEÇA ERGUIDA HA QUANTA ERONIA
    PAGARAM CARRO

  5. Borduna
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 20:21 hs

    Ou os DEMOS expulsam esses caras e passam o rodo nessa lama, ou se ainda tem alguem decente nesse partido, vai cair fora. Acho que a ARENA, ou o PDS, digo PFL, ou melhor, o DEM vai ter que achar uma solução inédidta pra eles. Mudar o nome do partido. heheheheheheh E pensar que ainda tem eleitor que vota nesses caras, ou isso muda em outubro??????.

  6. Geraldo
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 21:21 hs

    O Ronaldo Caiado é farinha do mesmo saco. Eles se acostumaram a viver de verbas e perdão de dívidas do gov. Federal.
    Agora que se exdpliquem e que se danem.
    Viva Dilma nossa futura presidente.

  7. MILTON DE PONTA GROSSA
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 21:58 hs

    Então os DEMOS agora estão encurralados, querendo expulsar certos companheirinhos, se fazendo de éticos e moralistas. São exatamente iguais aos outros. Quantgos ARRUDAS tem no Brasil em todos os partidos políticos. Será que o Taniguchi, o Alceni, emais alguns coleguinhas não foram visitar o colega, dar um apoio., ou pelo menos mandaram uma mensgem de apoio, sumiram todos agora. Tá pagando o pato sózinho, cadê o agripino, o maia, o caiado, tão todos com o rabinho no meio das pernas.

  8. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 23:15 hs

    O Arruda vai ser o Jefferson do PSDB.
    Aguardem!

  9. Carlos
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 – 11:50 hs

    Com ou sem expulsão tanto o Octávio quanto o Arruda representam o DEM e aliados do PSDB.

  10. salete cesconeto de arruda
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 – 12:43 hs

    Carlos
    Os aliados do Arruda – que repito não é dos meus graças a Deus – estão apavorados!
    Vai que o Arruda esconda a senha do cofre, o país onde o panetone foi escondido…
    Era PANETONE PARA A CAMPANHA ESTADUAL E PRESIDENCIAL
    A proposta do Serra não era ‘COMPRE UM CARECA E LEVE DOIS”?
    Que importância tinha um cara que ajudou a violar o painel do senado – para chegar a vice do PSDB?
    Você sabe?

  11. Borduna
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 – 13:32 hs

    Pensando bem, Arruda, Paulo Otávio e sua trupe não devem mesmo ser expulsos do DEM. Que fiquem por lá, pois lá é o seu lugar. Vcs não concordam?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*