Está difícil o casamento do PDT com o PT | Fábio Campana

Está difícil o casamento do PDT com o PT

Do newsletter do PDT

Faca Amolada – O propalado acordo entre o PDT e o PT para a disputa do governo estadual paranaense está ainda indefinido. O senador pedetista Osmar Dias analisa se a parceria com o Partido dos Trabalhadores renderá mais votos do que poderá perder, já que em sua seara eleitoral, há resistências consideráveis para uma virada para a esquerda.

Seria hilário ver o senador Osmar Dias trocando abraços com os carbonários do PT. É certo também, que com a participação em sua campanha de seu irmão, o senador Alvaro Dias (PSDB), adversário histórico do PT, vai ser quase impossível que todos falem a mesma língua.


32 comentários

  1. P T - Pobres Trabalhadores
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 12:17 hs

    Só o Paraná tem 2 dias fortes, esse pt, deixou os pobres elitores deles, numa merda de da dó.
    Pobres Trabalhadores, o novo partido.
    Osmar só tem dinheiro do povo neste partido, o resto fede.

  2. José Marildo Gassini
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 12:32 hs

    E agora Osmar Dias a coisa ficou preta para o seu lado, coligar com o PT, afunda de vez sua carreira politica no Paraná, caso seja candidato a governo contra o Beto Richa, vai perder feio, então e agora, tá dificial desenrolar esse dilema só o futuro vai esclarecer, mas vai ser tarde!

  3. O ARAPONGA
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:18 hs

    ESSE É O GRANDE DESEJO DA TURMA DO BETINHO,TÃO COM MEDINHO, HE,HE,HE.

  4. Dagmar Servia
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:29 hs

    É Campana já estão mudando o foco das coisas não é?

    Todo mundo sabe que o mais importante é a eleição para Presidência da República, e os iludidos do PSDB (deputados sem voto) ficam querendo insistir com o Beto Micha para governo.

    Ou a turminha do prefeito vai querer brigar com a cúpula do partido em Brasília? Dá um tempo, manda quem pode e obedece quem tem juízo.

    Essa turma tem mais é que colocar as barbas de molho. O candidato no Paraná se chama Osmar Dias e ponto final. É a única opção para viabilisar a eleição de José Serra. Se os Dias se bandearem para outro lado ou correrem sozinhos, abre-se a brecha para a terrorista fazer a festa aqui no Sul.

  5. Dagmar Servia
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:31 hs

    Em tempo:
    Parece que estes deputadozinhos se esqueceram de 2006, quando solicitaram e conseguiram com que o Diretório Nacional do PSDB melasse a coligação com o Requeijão.

  6. alerta
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:40 hs

    Quem atira para todo lado, dá nisso.
    Votei no Osmar, e acredito que ele perderá muito se aceitar essa união.
    O eleitorado esta cada vez mais preparado e nao aceita ver coisas opostas unidas.
    Vai dar a eleiçao de graça para o Beto.

  7. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:43 hs

    Como azaram o frentão.
    Em cada momento uma fofoca.
    Mas OSMAR sem o PT e o PMDB não ganha.
    Ele sabe disso e seus apoiadores também.

    Política não se faz com salamaleques: eu gosto, eu não gosto.
    Faz-se para ganhar e por interesses.

    Em relação ao Alvaro, caso apoie o irmão o PSDB vira-lhe as costas.
    O guardião da “ética política” (mas comprar pesquisa pode)
    mais uma vez vai revelar a sua ética política”.

    No mais, é parar com babaquice (pois isso é com o Guerra) e acelerar a construção do frentão.

    Ai ai ai ai ta chegando a hora
    A DILMA já deve tá na frente meu bem
    E o Serra ta indo embora

  8. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:55 hs

    Esses Dias têm que se aposentar. Tá certo o delirante Requião. Ficaram ricos fazendo carreira política, nas costas do povo do Paraná. E o Osmar, judicação, ora defende a UDR, ora defende o MST. Afinal, qual é a dele? Tira de Deus e dá ao Diabo, tira do Demo e dá aos Céus… E quer ser governador do Paraná. Continuar mamando nas tetas do Povão do Paraná, descarada e desavergonhadamente. Os Manos Dias são os parasitas do Paraná. Já deveriam ter sido expurgados. E os dois querem o Palácio Iguaçu… Alvaro ficou rico como governador. Munca mais trabalhou na vida. Ganhou cargo até de presidente da então Telepar. Viorou Senador e continua mamando, além de receber salários vitalícios pelos cargos que ocupou. É o Brasil, cada vez mais Brasil… Onde o povo critica por criticar, mas não faz nada!!! E no Paraná elegem e reelegem esses Dias Parasitas. Ah! Só defendem esses parasitas os que usufruem ou usufruíram, direta ou indiretamente, do poder que o povo burro lhes dá… Muda tudo, Paraná… Abaixo Bob Req, chega de Osmar, acaba com o Alvaro… Dá lugar e espaço para novos parasitas, porque esses já estão podres há muito…

  9. pequeno agricultor do oeste do
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 13:55 hs

    é NISSO QUE DÁ, FICOU LAMBENDO A BUNDA DO LULA LÁ NO SENADO,,, ESCUTOU O CANTO DA SEREIA E AGORA ELA VAI ABRAÇA-LO E LEVÁ-LO AO FUNDO

  10. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:02 hs

    Não por muito tempo.

    Em tempo:

    A centésima pesquisa do Instituto Sensus, realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra que a diferença entre o governador de São Paulo, José Serra (PSDB) e pré-candidata petista Dilma Rousseff caiu de 10,1% para 5,4% – dentro dos 3% da margem de erro da pesquisa. O tucano aparece com 31,8% e a ministra, 27,8%. Neste cenário, o deputado federal Ciro Gomes (PSB) aparece com 11,9%. Marina Silva (PV) subiu de 5,9% para 6,8%. No segundo turno, a diferença entre Serra e Dilma cai de 18,6% para 6,9%.

    No primeiro cenário, Serra cresce de 31,8%, em novembro de 2009, para 33,2% em janeiro deste ano; Dilma subiu de 21,7% para 27,8%; Ciro Gomes (PSB), caiu de 17,5% para 11,9%; e Marina Silva (PV) subiu de 5,9% para 6,8%.

    Com Ciro está fora da disputa, Serra cresce 0,2 pontos percentuais, com 40,7% em janeiro. Dilma sobre para 28,5% – tinha 23,5% em novembro. Marina também cresce, de 8,1% para 9,5%, Brancos e nulos caíram de 13,8% para 11,4%.

    Na pesquisa espontânea, o presidente Lula lidera com 18,7%, mesmo sem poder disputar um terceiro mandato. Dilma Rousseff ultrapassa Serra pela primeira vez – 9,5% a 9,3%. Aécio Neves tem 2,1%, seguido de Marina Silva, com 1,6% e Ciro Gomes, 1,2%. Outros, 1,9%; branco e nulo, 2,6%.

    Na simulação para um eventual segundo turno, Serra tem 44% contra Dilma, com 37,1%. Em novembro de 2009 os números eram 46,8%, 28,2%, respectivamente.Nos outros dois cenários, Ciro Gomes perde tanto para Serra (47,6% a 26,7%) como para Dilma (43,3% a 31%).

  11. Miro
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:05 hs

    É evidente que o Osmar não tem nada a ver com a ideologia do PT. Seria ridículo ver o Osmar usando o boné do MST e seu eleitorado jamais aceitaria isso. Entretanto, a ambição pessoal de Osmar, Beto e Álvaro está colocando tudo a perder. Todos querem ser governador e só há uma vaga. Se o Álvaro for candidato a Governador, Osmar a Senador e Beto continuar na Prefeitura, a vitória será fácil. Qualquer outra alternativa será ruim para o Paraná.

  12. FICA BETO
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:09 hs

    O seguinte. è melhor para o Osmar aliança com o PT. pelo simples detalhe de que o Partido dos trabalhadores trabalha unido e quando fecha uma aliança trabalha de verdade. já o PSDB é sempre dividido. Lembram da ultima eleiçao para o governo. Metade dos tucanos foi de Requiao e a outra metade de Osmar. PSDB nao existe enqauanto partido no Paraná.

  13. Lenin
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:11 hs

    Dizem que na política até boi voa, vaca toma café e burro anda de carroça…
    O cenário de 2010 para Osmar Dias se complica, se ele sai candidato para enfrentar o Beto e perde, fica sem mandato, sem moral e sem parceiros…
    Aqui quatro anos terá que disputar com o irmão a vaga para o Senado, e ai ele abrirá mão ou o irmão?
    A eleição este ano valerá por duas, até porque as consequências desta eleição refletirá na próxima…quem correr o bicho pega, quem ficar o bicho come…

  14. Tobias
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:14 hs

    Podem o senhores ficarem calmos, pois não será meios intrigueiros, que prejudicarão esta aliança

  15. Ernesto
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:17 hs

    O agronegócio paranaense está melhor com a política agricola do governo Lula, que é do PT. Portanto não tem dificuldade para o senador, explicar a aliança ao PT nativo.

  16. Salvador
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:19 hs

    Isso é medo tucano. Nada mais!!

  17. TÍBERO SILVÉRIO
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 14:24 hs

    Não se iluda Campana.
    Álvaro Dias está mais para Osmar do que para Beto Richa.
    O PMDB também irá compor com Osmar.
    E o apoio do PT Nacional é uma avalanca nada desprezível.
    É uma aliança infinitamente menos indigesta que Osmar teve com o bando do Jaime Lerner na eleição passada.
    Tecnicamente, a aproximação PDT-PT já está consumada, assim como o discurso de Álvaro, para justificar seu afastamento da candidatura de Beto Richa.
    Requião faz papel de louco, mas para bobo não serve. Oportunista, talvez. Mas isso não é nenhum crime entre as hostes do poder vigente. Pelo contrário, é uma “virtude”. Otário, entre eles, é quem não consegue se eleger.
    A postura do Requião agrada ao Beto Richa. Ele faz “críticas” ao PT (oposição, não).
    Requião também agrada ao PT, pois mantém em seu governo uma porção de petistas em cargos comissionados e tem trânsito livre entre uma corrente influenciável do partido, liderada pelo sr. Jorge Samek (cotado para ser o vice de Osmar).
    Requião “amarrou” de alguma forma o PT.
    A candidatura do Pessuti, por outro lado, não representa nenhum risco para Osmar ou Beto. Se se consumar, será apenas um palanque eletrônico para Requião, que poderá se utilizar do Pessutão para divulgar seus “feitos” como governador.
    De quebra, ainda sobra negociações mais objetivas para o segundo turno. Com quem negociar no segundo turno? Depende de quem estiver melhor colocado, é claro.
    E até lá, esperam os requianistas, Requião já terá sido entronado como senador. Apoio, aliás, que qualquer um dos candidatos a governador (até mesmo a presidente) irá querer,
    Como está havendo uma polarização entre Requião e Gleici, não fica difícil imaginar que a posição de Requião vai ganhar muita força – primeiro porque ele seria senador eleito; depois, porque uma possível vitória de Gleici, ocupando uma das duas cadeiras, transformaria o poder de fogo do eleito senador Requião uma peça-chave principalmente para Beto Richa (Osmar já teria o apoio natural de Gleici, passando-se, então, a disputar-se os votos puxados por Requião).
    Então, é balela dizer que Requião está enfraquecido. A não ser que o Beto lance um candidato ao Senado com condições reais de desbancar Requião ou Gleici, o que não ocorre até o momento.
    Requião vai “solteiro” para o campo de batalha, procurando levar com ele um monte de candidatos a deputado (federal e estadual), a influência do seu voto como potencial eleito senador e o “respeito” tanto de Beto como de Osmar – este costurado via PT.
    Já o acordo PDT-PT não é um jogo de dogmas e escrúpulos. O PT mira num foco mais acima, chamado Dilma Roussef.
    De um lado é ministro tentando segurar seu cargo, do outro presidente de binacional tentando ficar por lá ou dar um pulo mais pro lado (mas no mesmo andar), e na sequência um agrupamento tomado pelo fisiologismo pela disputa de cargos (no partido e nas estatais).
    Che Guevara vai ser pouco para o compañero Osmar Dias. Sua barba será uma antologia dos grandes ícones revolucionários. Seu discurso dará o toque de modernidade, de resolução, para os problemas do campo e da cidade, ampliando o discurso quebra-barraco dos petistas. Um Neo-PT, uma simbiose do getulismo com o lulismo, uma correção histórica do trabalhismo fascista com o ideário esquerdista do PT. Um meio termo suportável para a sociedade que aprendeu com o Lula que petista não come criancinha.
    Este é o Paraná. Um provincianismo sem retoques.

  18. Juventude
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 15:14 hs

    A juventude do PT e contra a aliança com esse cara da direita. Temos história e potencial vamos com candidatura própria. Tenho certeza que os petistas de verdade não votarão no Osmar muito menos vão participar da campanha. Essa aliança e mandar a história do partido dos trabalhadores pelo ralo.

  19. mandar as favas
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 15:26 hs

    O PT deveria mandar Osmar as Favas. Osmar vai perder com o PT ou sem o PT.
    É bom mesmo que não faça aliança com o PT, Assim se perder não vai culpar o PT pelo fracasso.
    Ele que fique com o irmão e MAUS DIAS,para eles.

  20. Osmar 100pt
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 16:15 hs

    PALAVRAS DO MINISTRINHO guido mantega: “Certamente o Brasil teve um bom presidente antes de Lula, que contribuiu para o sucesso de agora”… PT e PSDB são farinha do mesmo saco!!!

  21. Prof João Pedro
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 16:45 hs

    Senador sua armadilha não esta dando certo, a tentativa de enfraquecer a Cleice e tirar ela do pareo para senadora já falhou.
    Ela vai derrotar voce nas proximas eleição com certeza, Apoia o Mano para Governador.

  22. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 17:36 hs

    Bah! mas o PT está esperando a sobra e pelo jeito não vai sobrar nada…..quá…quá…..ninguém quer saber dos petebas….quá…quá…quá…

  23. Xisburgue
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 18:10 hs

    Esperto o comentário do Lenin.

    Realmente, se Osmar sair este ano a governador, corre um risco muito grande da avalanche beto richa o deixar sem mandato no senado.

    E daqui a quatro anos, o que faria ele? Disputar com o Irmão outra vaga ou tentar o governo (o que caso Beto Richa ganhe seria dificil, já que reeleição é o que ocorre com 80% de qm tá no executivo).

    E tentar o governo aliado ao PT, isso chega a ser uma piada caustica, visto que PT é partido de mst, cut essas porra de safado todos, e que ele era pró-alckmin em 2006.

  24. Carlos
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 18:14 hs

    O PT deveria de vez coligar com o Pesuti para Governador e indicar um vice, o Osmar além de fraco não sabe nem o que fazer.
    Fora Osmar.
    Fora Dias.
    Fora PSDB.
    Dilma Presidente e Pesuti governador.

  25. pedro
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 18:21 hs

    Osmar vai de PT vc ja é barbudo ja esta em casa falta cortar o dedo.

  26. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 20:07 hs

    ´JÁ FALEI……..VAI DAR BETOOOOOOOO. OSMAR E ALVARO SE APOSENTEM………..TÁ NA HORA……….É MUITO PERFUME…………

    FALAM A BOCA PEQUENA QUE O PESSUTÃO NAO VAI MAIS SAIR CANDIDATO…………..ELE NÃO SOBE………DEVE SER O PESO DA BARRIGA……….E DO PUXA SACO DO GRECA….HEHEHEDHEHEH.

  27. politico jovem
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 20:44 hs

    O Osmar Dias está muito calmo nos ultimos dias, qualquer das situacoes sao boas, claro que uma aliança com o PSDB seria mais facil, mas caso contrario nao será dificil! Osmar terá toda a militancia do PT, professores, sindicatos, e principalmente as pessoas mais humildes desse nosso paraná. A candidatura do Osmar virá com o grande apoio da maquina presidencial, e num segundo turno com apoio da maquina estadual, pois o PMDB vai com Osmar no segundo turno, é inevitavel quem está na rua sabe, no interior o povo é osmar, pesquisa de opiniao nao passa nas pequenas cidades do interior, por isso que na ultima eleicao o requiao aparecia 5 pontos na frente. E como fica o beto? perde para o osmar, em 2012 nao pode concorrer a prefeitura, em 2014 alvaro dias estara com o PSDB nas maos, sera candidato com apoio do irmao, que entao será candidato ao senado. Fica beto, fica na prefeitura, um dia voce será governador, mas tentar agora é meio arriscado

  28. anônimo
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 – 21:16 hs

    Aqui em Matinhos o PDT e o PT estão juntos pelo menos nos aut door da av atlantica de Caiobá.(Area Publica) um é propaganda do hotel do prefeito(pdt),outro é propaganda politica do deputado Vaioni(pt) e são varios autdoor espalhados pela orla maritima. Cadê o PATRIMONIO DA UNIÃO,o TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL, MINISTÉRIO PÚBLICO.CADÊ A VERGONHA NA CARA !!!

  29. PCBR
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 – 8:32 hs

    ESSES 03 ILUSTRES CANDIDATOS ESTÃO CONTANDO COM OVO ANTES DA GALINHA BOTAR , ELES NÃO SABEM AINDA , QUE NO DIA 02 DE ABRIL DO ANO DE 2010 O NOSSO GOVERNADOR SERÁ O SENHOR ORLANDO PESSUTI QUE TEM UM POTENCIAL NAS MÃOS PARA ALAVANCAR SUA CANDIDATURA AO GOVERNO DO PARANÁ E ELE PODE CONTAR COM OS QUE AINDA PREZAM ALGUMA IDEOLOGIA.
    UMA COISA É CERTA PARA OS oPTantes OU É PESSUTI 15 OU É NULO SEMPRE.

  30. cai fora tucanos
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 – 11:46 hs

    no governo parana menos os tucanos, qual quer ummmmmmmmmm

  31. pedro
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 – 16:06 hs

    vixe quanta preocupação com a candidatura do osmar,da pra ve que não se chuta cachoro morto.

  32. PSDB 45
    quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 – 10:10 hs

    meu deus tem louco pra tudo dizer que o pessuti vai fazer alguma coisa em 4 meses antes da eleiçao 8 anos de de mamata nao fez nada para o povo.

    ADESIVO DO PESSUTI
    GOVERNADOR PESSUTI 15
    VICE GLEICI HONFMAM
    O PEDAGIO BAIXA OU ACABA
    CAMINHOS DA LIBERDADE

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*