Em nota oficial, PT enquadra Requião | Fábio Campana

Em nota oficial, PT enquadra Requião

A Executiva do PT do Paraná divulga Nota Oficial, nesta quinta-feira (25) sobre as declarações do governador Roberto Requião em relação ao ministro Paulo Bernardo. É o que segue:

A Executiva do Partido dos Trabalhadores do Paraná vem manifestar ao povo paranaense seu repúdio às acusações feitas pelo governador Roberto Requião contra o ministro Paulo Bernardo no último dia 22, através da TV Educativa.

Tais afirmações são absolutamente desprovidas de qualquer vínculo com a verdade e em nada contribuem para a união de forças necessárias em defesa dos interesses paranaenses.

Matéria divulgada pela própria Agência Estadual de Notícias, no dia 07 de fevereiro de 2007 (http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=26216&tit=Parana-quer-incluir-trecho-ferroviario-no-PAC), desmente as afirmações do governador Roberto Requião.

A verdade que o governador Roberto Requião omitiu é que o ministro Paulo Bernardo reuniu-se com ele por determinação do Presidente Lula e em consideração à solicitação do próprio Governo do Estado de que a construção do ramal ferroviário tivesse outro traçado e que fosse construído com recursos da União, buscando beneficiar a Ferroeste.

Três anos depois, em ano eleitoral, o governador vir a público com insinuações e afirmações falsas a respeito do conteúdo das tratativas é um comportamento inadequado, injusto e desrespeitoso para com seus aliados e principalmente para com o Governo Federal.

Importante destacar que o governador, com estas atitudes, demonstra parecer não dar importância devida aos necessários esforços de articulação e ação coordenada com os agentes políticos do Estado para atrair mais investimentos ao Paraná.

Por fim, conclamamos o Governo do Estado a assumir posição de liderança das iniciativas destinadas a aumentar os investimentos em infraestrutura e nas áreas sociais em nosso Paraná, ao tempo em que renovamos nosso convite aos líderes do PMDB a prosseguirmos no esforço pela construção aqui no Paraná de uma coligação das forças aliadas que governam o País.

Curitiba, 25 de fevereiro de 2010.

Executiva do Partido dos Trabalhadores do Paraná


24 comentários

  1. Luiz
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 16:36 hs

    Nem assim a PTzada larga o isso. Sinceramente é muita cara de pau . Que convicções tem esse partido?

  2. MUTUKA
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 17:11 hs

    Tem que acionar Bob Req Judicialmente.

  3. Antonio Moreira
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 17:13 hs

    É mas nessa eu fico com o governador, pois o pt é o rei dos rolos, tá metido em tudo quanto é sujeira. Deu sujeira tá lá o pt (dirceu e cia).

  4. Um Réquiem aos Requiões
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 17:25 hs

    Bom Requi, agora é o grande momento, chegou a hora de provar o que falou/escreveu contra o Ministro e o PT.
    Se não, feche a boca para sempre, para todo o sempre.
    Acusar e não provar, é como não tivesse acontecido o tagarelou pelo mundo afora.
    Sua estratégia de minar o seus oponentes é mais manjada do que o seu sistema de rifa de seu apoio político.
    É chegou o seu fim, cadeia para você é pouco.

  5. ridiculo
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:16 hs

    Pior é que esse ridiculo vai ganhar p/ senador.
    Além de ridiculo é louco e mentiroso, Ainda há tempo de banilo da politica. …
    Chega dos Mesmo. É hora de renovação,

  6. Austragésilo
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:20 hs

    Uma nota branda. Pela gravidade do assunto, a entonação deveria ser diferente. Bem diferente. Mas, parece que a resposta está mais preocupada em por panos quentes do que chamar às falas!
    Ou o PT ainda tem esperanças em fazer uma “ponte” para Dilma também via PMDB de Requião? Por isso, não cuta o balde…

  7. claudemir
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:22 hs

    ESTES PETISTAS SÃO MESMO MUITO CARA DE PAU ESTA NO GOVERNO BATENDO PALMINHA QUANDO ESTE FALAVA DO GOVERNO PASSADO O QUE ESTA ERRADO AGORA SÓ PORQUE MUDOU DE LADO, PORQUE NESTA MESMA NOTA PORQUE O PT NÃO ENTREGOU OS CARGOS QUE TEM NO GOVERNO DO ESTADO OU ESTES NÃO E DO PT

  8. Zangado
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:35 hs

    Desculpem – mas isso aí chama-se panos quentes ou panos frios, como quiserem. O detrimento do Estado e os prejuízos á sociedade em nada se alteraram, graças à importância dada a este disque disque de quarta categoria. Onde estamos nós que não apuramos responsabilidades daqueles que exercem mandados e cargos públicos e fazem um monte de malfeitorias ?

  9. 31 de março.
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:50 hs

    Manifesto tímido !
    E daí ? Tudo continua na mesma ? Aí parece que tem coisa !

  10. quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 18:51 hs

    Está bom, mas cade a saida do PT do governo do Estado?

    Abaixo, reproduzo o que escrevi na minha página, se o Campana me autorizar.

    O governador Roberto Requião acusa o Ministro Paulo Bernardo de fazer proposta de obra superfaturada para ele, em reunião junto com ex assessor da Casa Civil.
    O Requião está muito magoado com o esforço e o empenho de nossos petistas em sair em aliança com o Osmar Dias, do PDT e irmão do “cara de louça” Alvaro Dias.
    Lembro que em 2006 o Requião ganhou por apenas 10 mil votos mais que o segundo colocado Osmar Dias. O PT paranaense balançou bandeira e pediu voto para Requião, impedindo naquela ocasião a vitória de Osmar.
    Por outro lado, o Requião noivou e quase casou com o PSDB local, só não o fez porque o PSDB do Beto Richa Lernner deixou Requião na porta da igreja, e aí teve que se contentar com o Pessuti, seu atual vice.
    No grande comício que o presidente Lula fez na “Boca Maldita” em 2006 o Requião covardemente não compareceu, deixano o Lula sozinho pedindo voto para ele.
    Entendo que como o nosso eleitorado paranaense é muito parecido com o paulista, ou seja, na maioria não são politizados, e portanto não sabem votar, o Requião ficou no muro: casa com o PT e a noite dá uma escapadinha e mantém relação carnal com o PSDB.
    Hoje o PT paranaense tem umas centenas de cargos no governo estadual. Deveriam em solidariedade ao Paulo Bernardo largar tudo e se preparar para a campanha da Dilma.
    Afinal seria muito mais digno por parte de nossos petistas largar os cargos no governo. Não o fazendo, a situação do partido fica no minimo esquisita: fica com os cargos de Requião e faz campanha para o Osmar!

    http://www.joaozinhosantana.blogspot.com

  11. justiceiro
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 19:20 hs

    Um fato que precisa ser rigorosamente esclarecido é com relação a verba de R$ 550 milhões oferecida por Paulo Bernardo, ainda nebuloso, para a construção de ramal ferroviário: Como é que o superfaturamento poderia ocorrer se a destinação de tal verba para a construção de ramal ferroviário, seja através da ALL ou da FERROESTE, ou qualquer que fosse a concessionária escolhida para esplorar o trecho?. Certamente, esta teria que a realizar uma licitação pública para a escolha da empresa que iria fazer a obra. A sobra da verba resultante da licitação teria que ser devolvida ao Ministério dos Transportes e não ao Paulo Bernardo, salvo se a concorrência fosse realizada de forma fraudulenta.
    Caso a escolhida fosse a ALL, ao término da concessão de 30 anos o ramal teria que ser revertido ao patrimonio da concedente, assim como toda a malha ferroviária. Por outro lado, Reiquião vem investindo pesado na Ferroeste, inclusive com novas contratações. O caso da FERROPAR ainda não está decidido na Justiça. O STJ, numa decisão surpreendente, proveu o Agravo de Instrumento nº 1.090094 em 13/11/09, determinando ao TJPR a subida do Recurso Especial para ser julgado. Isso acontece no momento em que Reiquião, por pura ideologia, busca expandir a FERROESTE para o Sul do País e por isso vem gastando pesado no custeio e manutenção dessa ferrovia, inclusive com novas contratações, atividade essa onde existe iniciativa privada suficientemente desenvolvida para explorar tal concessão. Esses recursos bem que serviriam para a construção de mais hospitais e sua manutenção, além de outras necessidades da qual o povo é carente.Como ficam os investimentos já feitos na ferrovia, se o STJ prover o Recurso Especial dando ganho de causa ao antigo concessionário, ou seja, a FERROPAR?

  12. fortunato
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 19:31 hs

    NESSA HISTÓRIA QUEM TÁ COM A VERDADE É O REQUIÃO.
    NO PT TODO MUNDO TÁ SURRUPIANDO OS RECURSOS PÚBLICOS, ATÉ A MULHER DO PRESIDENTE COM O USO DO CARTÃO CORPORATIVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. NASSIB YÁSBEK
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 21:09 hs

    Parada dura essa: PT x REQUIÃO.
    Difícil saber qual é o maior mentiroso. Já que ambos o são.
    Só sei que nesse imbróglio, o povo, mais uma vez, está perdendo.

  14. Calunga
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 21:30 hs

    PT a tua hora vai chegar. O Serra vem ai. Adeus incompetentes.

  15. Pé Vermelho
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 21:55 hs

    Fortunato: Tá na hora de lavar os pés prá dormir. E enxugue bem entre os dedos, por causa da frieira. Para o chulé, Polvilho Antiséptico Granado.

  16. quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 23:23 hs

    LEÃO NÃO COME LEÃO….ALGUÉM QUER ALGUMA COISA….

    ALGUÉM ESTÁ SEM CAIXA PARA A CAMPANHA…SERÁ????

  17. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 23:52 hs

    INVEJA DE MULHER!
    Freud explica!

  18. vai feder!
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 23:57 hs

    melhor o PT ficar quieto, se não vai feder , o povo logo esqueçe, o pt esta botando a mão cheia de açucar no formigueiro! requião sempre tem razão !

  19. Creteus
    sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 0:26 hs

    Só falou agora Requião?
    Por que não falou antes?
    Por que abrigou os petistas no governo, inclusive gente da turma do Paulo Bernardo?
    Com a palavra o Requião!

  20. L.A.K. - CONTENDA/Pr
    sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 0:35 hs

    Sigam em Frente Requião e Arruda… a vitória nas urnas os espera, pelas mãos das pessoas de bem…

    Srs. Vejamos…

    Primeiramente… afirmar que Contenda é do Justus e do Lupion é uma tremenda falta de informação, eis que a mais votada fora a Dep. Estadual Rosane Ferreira e o Dep. Federal Gustavo Fruet, com esmagadora vantagem contra os dois…
    Segunda, Contenda é dos Contendenses, que trabalham sol a sol, diariamente eu busca da ganha-pão.
    Já em relação à entrega da ambulância e da Kombi da Apae, uma questão de desencontro de agendas culminou no ocorrido. Não havendo a tal ira do João Arruda.
    Neste caso, com em outros, que vem sendo noticiados, não passam de calúnias feitas por um funcionário da Prefeitura Local, Invejoso na essência e completamente frutrado profissionalmente, que mesmo estando com mais de 40 não se firmou perante a sociedade do Baranufka.
    O João Arruda vem fazendo para Contenda, muito mais que Deputados e outras pessoas, trabalhando Firme, imaginem como Deputado Federal.
    Pergunto? o que os outros deputados trouxeram para Contenda, acho que nem 10 centavos.
    Contenda já recebeu do Governo do Estado, pelas mãos do Governador Requião uma frota de ônibus escolares, 2 ambulâncias, recape asfáltico de 1.º Categoria, UM TERMINAL RODOVIÁRIO, Caminhões para readequação das estradas rurais, a Readequações das Prs-501 e 502, enfim diversas outras.
    Certo que o Gov. Requião não trabalhou somente para Contenda, e sim para todos os 399 Municípios do Paraná.
    Esperamos que a Democracia sempre prevaleça, e as urnas continuem a demonstrar a vontade popular, aqui em Contenda, assim aconteceu, e a oposição engole o gostinho amargo da DERROTA até hoje, sem poder fazer muita coisa, pois Contenda hoje é uma cidade PARA TODOS, e não só dos 45…
    A OPÇÃO PREFERENCIAL PELOS POBRES é a marca do Governo do Estado, observada em nosso Município, até os pobres de espírito são bem atendidos, sem nenhum tipo de perseguição.
    Sigam em Frente Requião e Arruda… a vitória nas urnas os espera, pelas mãos das pessoas de bem…

  21. O passado e o futuro.
    sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 9:04 hs

    Entrevista de Requião em 2002

    Roberto Requião atribui vitória a apoio do PT no PR 28/10/2002 – 08h44

    da Agência Folha, em Curitiba

    No início da noite de ontem, o senador Roberto Requião (PMDB) atribuiu sua vitória à aliança com o PT no segundo turno. Ele prometeu levar adiante promessas, como a redução de 40% do preço da energia a empresários paranaenses de pequeno porte. Afirmou esperar uma transição tranquila. (MT)

    Pergunta – O sr. já se sente o governador eleito do Paraná?
    Roberto Requião – Nós tivemos tranquilidade em relação ao resultado da eleição. Quando conseguimos fechar a coligação (de segundo turno) com o PT, o PPS, o PL, o PH, o PV e o PC do B, tivemos segurança da vitória. Daí para a frente era só uma questão de trabalharmos e colocarmos com clareza os programas de governo.

    Pergunta – Em que clima o sr. espera a transição de governo com Jaime Lerner?
    Requião – Tranquilo. Como ocorre em qualquer transição. Pretendemos conversar com o Lerner amanhã (hoje). Vou pedir a ele que paralise qualquer tipo de ação que surja dentro do governo que interfira na próxima administração, a começar pelo concurso de professores (que tem processo em curso).

    Pergunta – Seu adversário deu ênfase crítica a sua proposta de redução de 40% no preço da energia a novas empresas que queiram se instalar no Paraná. A proposta será mantida?
    Requião – Não tenho adversário. Tenho um competidor, um candidato que se opôs a mim. A proposta é mais do que possível. O Lerner fez isso com todas as multinacionais. Se o Alvaro tivesse estudado um pouquinho de direito tributário saberia disso.

    Pergunta – Depois de tantas farpas e trocas de acusações na campanha, o sr. acredita que terá em Alvaro Dias um senador aliado?
    Requião – Tenho certeza que o Alvaro deve estar arrependido do nível que ele levou à política do Paraná e que vai trabalhar junto com a gente. Inclusive trabalhar junto com a gente na recuperação da economia do Paraná.

    Pergunta – O sr. pretende tornar públicos os contratos que condenou no governo Lerner, como da instalação das montadoras e das concessionárias do pedágio?
    Requião – E você tem alguma dúvida? Esses contratos jamais poderiam ser secretos. A essência do ato administrativo é a publicidade. Vou publicá-los sim, no primeiro momento que os tiver nas mãos.

    Pergunta – Até que ponto o PT foi fundamental nesta virada do primeiro para o segundo turno?
    Requião – Até o ponto que nos levou à vitória.

    Entrevista do Candidato a Senador Roberto Requião que ficou em terceiro lugar nas eleiçoes de 2010.

    – A que Sr. atribui a sua derrota para o Senado após 3 mandatos de governador e uma de Senador?

    – À falta de votos do PT.

  22. Borduna
    sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 9:23 hs

    Nem Gleise Hoffmann Bernardo, nem Roberto Requião. Nem os deputados que querem ficar em Brasília e só mudar de sala e corredor da Câmara pro Senado tipo Fruet e Ricardo Barros. Chega dos mesmos. Cara nova pra Senador é que devemos votar e eleger….Xou, fora mesmarada.

  23. asshi
    sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 15:47 hs

    Começou as escaramuças. Soldados aliados e inimigos. A frente o front de guerra. As pequenas intrigas, conluios e alianças caminham na sequencia natural da pseudo democracia vivida nos trópicos.
    Aqui fazemos de conta de tudo. Todos tem os direitos o problema é achá-los.
    E agora a eleição…
    Fazer o que né…
    O negócio é rezar e rezar e rezar;;;;;

  24. L.A.K. - CONTENDA/Pr
    segunda-feira, 20 de setembro de 2010 – 14:00 hs

    DEUS ABENÇOE E GUIE SEUS PASSOS, AINDA ACREDITO QUE VOCÊ ENCONTRARÁ SEU CAMINHO, DEIXANDO UM POUCO DE SER TÃO INVEJOSO, FRUTO DE SUA MÍOPE INSIGNIFICÂNCIA. ESTOU REZANDO TODOS OS DIAS POR VOCÊ, PARA QUE ALCANCE O SUCESSO!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*