Dilma cresce, mas Serra é duro na queda | Fábio Campana

Dilma cresce, mas
Serra é duro na queda

Do blog do Noblat

Para explicar resultados diferentes, os donos de institutos repetem o ensinamento consagrado de que pesquisas de intenção de voto não podem ser comparadas – salvo se elas tiverem sido aplicadas por um mesmo instituto.

Assim, uma pesquisa Ibope só pode ser comprada com outra pesquisa Ibope. Uma pesquisa Datafolha com outra pesquisa Datafolha – e por aí vai.

Faz sentido a justificativa oferecida para isso. Cada instituto tem sua própria metodologia.

O Ibope, por exemplo, entrevista os eleitores em suas casas. O Datafolha prefere entrevistá-los nas ruas.

O tamanho das amostras varia de instituto para instituto. Quanto maior o número de entrevistados, menor a margem de erro.

Por oportunismo políticoe com o objetivo de engabelar os eleitores, as facções em luta pela cadeira de Lula deram para comparar o que não poderia ser comparado.

Resgato resultados recentes de pesquisas. Em seguida farei algumas observações.

Ibope (6 a 9 de fevereiro em curso)

Primeiro turno

Serra 36
Dilma 25
Ciro 11
Marina 8

Datafolha (14/18 de dezembro último)

Serra 37
Dilma 23
Ciro 13
Marina 8

Vox Populi (14/17 de janeiro último)

Serra 34
Dilma 27
Ciro 11
Marina 6

Sensus (25/29 de janeiro último)

Serra 33,2
Dilma 27,8
Ciro 11,9
Marina 6,8

1. Observação – Os números apurados pelo Datafolha em dezembro e pelo Ibope em fevereiro são praticamente os mesmos (Serra, 37 e 36; Dilma 23, 25; Ciro, 13 e 11; Marina, 8 e 8).

2. Observação – Os menores índices de Serra foram apontados em janeiro pela Vox Populi e a Sensus (34 e 33,2), assim como os maiores índices de Dilma (27 e 27,8).

3. Observação – Se fosse o caso de mandar às favas a regra de não comparar pesquisas aplicadas por institutos diferentes, poder-se-ia então dizer que Serra subiu e Dilma caiu na mais recente pesquisa Ibope, levados em conta os resultados obtidos pelos dois nas pesquisas de janeiro da Vox e da Sensus.

4. Observação – Respeitada a regra de só comparar pesquisas aplicadas por um mesmo instituto, Dilma passou no Ibope de 17 para 25 entre dezembro e fevereiro; e Serra de 38 para 36. Ela cresceu muito além da margem de erro da pesquisa. Serra caiu dentro da margem de erro.

Examinemos os resultados da simulação de segundo turno entre Serra e Dilma.

Ibope (6 a 9 de fevereiro em curso)

Serra 47
Dilma 33

Datafolha (14/18 de dezembro último)

Serra 49
Dilma 34

Sensus (25/29 de janeiro último)

Serra 44
Dilma 37,1

PS: a Vox Populi não divulgou simulação de segundo turno.

1. Observação – O Ibope mais recente (fevereiro) repete com pequenas diferenças os números do Datafolha de dezembro. Dilma sobe 1 ponto, Serra cai 2.

2. Observação – A comparar os resultados do Ibope com os da Sensus, Serra teria subido e Dilma caído.

Os partidários da candidatura de Dilma chegaram a celebrar um “empate técnico” entre ela e Serra quando a Sensus divulgou sua pesquisa de janeiro.

Nela, Serra aparecia no primeiro turno com 33,2 contra 27,8 de Dilma. Como a margem de erro era de 3 pontos para mais ou para menos, Serra poderia estar com 30,2 e Dilma, 30,8.

A mais recente pesquisa Ibope põe Serra no primeiro turno com 11 pontos na frente de Dilma (36 a 25). A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.

Se quiserem, os partidários de Serra poderão dizer que ele talvez tenha 38 contra 23 de Dilma.

De tudo isso extraio duas conclusões que me parecem irrefutáveis:

a) Dilma está crescendo de forma consistente – o que não deveria espantar ninguém. Ela ainda não atingiu o tradicional patamar de votos do PT – algo em torno de 30%. Mas isso é só uma questão de tempo. A pergunta cuja resposta vale 1 bilhão de dólares é: que percentual de votos Lula transferirá para Dilma?

b) Serra está se revelando mais duro na queda do que imaginavam e gostariam seus adversários. E olha que ainda não se apresentou como candidato, não desfruta do mesmo índice de exposição de Dilma, e não tem ao seu lado um cabo eleitoral como Lula.


24 comentários

  1. marcio
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:20 hs

    Otima comparaçao. AGORA VAMOS VER AS FICHAS DOS DOIS AI A COISA VAI FICAR FEIA PARA DAMA DE FERRO.

  2. claudemir
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:23 hs

    É ISTO AI VAMOS DERRUBAR ESTES XIITAS E DITADORES DO PODER PETISTAS LADROES

  3. quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:28 hs

    Tô vendo q

  4. Xisburgue
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:50 hs

    Eu gostei da rejeição 35% nao votam na dilma e 29% no serra. esses 29% do serra devem ser em maioria aqueles petistas roxos de carterinha.

    Já os 35% que votam na dilma, uma desconhecida do publico que só agora aparece. Isso é que nem arrancar o carro sem ter a terceira marcha. até a segunda vai bem, mas depois…

    e isso que nem começou a campanha massiva de diulgação da biografia criminosa da sequestradora, que a hr que ocmeçarn na internet, o bixo vai pegar. mta gente vai dexar de votar a hr q ver o que ela fe.z

  5. "BETO RACHA"
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:56 hs

    Ééééé´…. a Dona Dilma está crescendo!!!!…… e os Tucanos do Paraná RACHANDO!!!! Deixando o PT levar a melhor se unindo com o OSMAR!!! A Tucanada vai levar outra no lombo!!!!

  6. OSSOBUCO
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 15:57 hs

    Comentário do NOBLAT?
    Dá um tempo né, Campana!

    A manchete do Estadão online, que dizia que Dilma está “estagnada”, sumiu da capa. Junto com o assunto. Nas internas, sim, o jornal dá a notícia corretamente.

    Já a Folha simplesmente esconde que Dilma subiu 8 pontos: “esquece” de comparar a pesquisa com os números anteriores do próprio Ibope.

    E olha que estamos falando em números do sr. Montenegro, aquele que acha que José Serra está eleito.

    Estagnada (e com forte tendência de queda), está a credibilidade dos jornalões.

    Em queda(com tendência a aumentar), está a audiência dos “informativos” da tv, um mais manipulador que o outro. Em alta apenas a candidatura DILMA e a auto estima dos brasileiros de bem.

    A direitinha vai ter que conformar-se em ficar conspirando na oposição por mais quatro anos.

  7. Laís
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 16:03 hs

    Na verdade, o que o NOBLAT, quer esconder, é que o Serra é difícil de subir e a Dilma só tende a crescer.

  8. Ronei
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 16:04 hs

    Agora deu!!! (como diz minha mãe) Não bastassem manipularem as notícias agora querem mudar a matemática: um “estagna” de 17% para 25%, enquanto outro “estagna” de 38 para 36%.

  9. Borduna
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 16:28 hs

    Essa polarização entre esses dois ainda vai mudar. Do jeito que tá, é a troca da privataria pelo mensalão, OU SERIA O CONTRÁRIO? O Brasil não pode mais ficar entre o diabo e a caldera. Ha de se optar pelo novo, pela mudança que nenhum dos dois representa. VOTO MARINA.

  10. quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 16:48 hs

    Só mais um, Fabio Campana, eu sei que vc é um especialista em campanha e pesquisas, por isso o admiro, mais não tem como tampar o sol com a peneira, o Serra não vai mesmo (nem em São Paulo, onde ele deveria ter mais de 50%) ele não chega á 40%) e olha que a petezada é ruim por lá, a Dilma, ainda não está em campanha real, aos olhos do povão, na o hora que o Lula sair para a campanha não tem pra ninguem.
    Acho até que o Serra acaba não saindo candidato, preferindo uma reeleição (não tão facil), mais segura, do que se aventurar (velhinho que está) perder o maior PIB do Brasil. Eu seria Aécio desde pequenininho, com certeza teria mais chances de ganhar com Aécio e Ciro de Vice, mataria a situação do desconforto e avalanche do Nordeste, fecharia minas, e o resto é campanha.

  11. Cleo
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 17:10 hs

    Grande comporação pra boi durmir….. Nehuma pesquisa apontou crescimento do Serra , aliás ele tá serrra abaixo…. como São Paulo que administra….. mas claro que isso é a causa das forças climáticas e não de politicas públicas para o Estado… enfim o problema das enchentes em São Paulo ( Estado) e São Paulo ( Capital) é admisnistrada com louvoures pela dupla dinamica Batmann e Robin

  12. Carlinhos
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 17:12 hs

    Subindo.

  13. Beto
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 17:42 hs

    Do blog do Claudio Humberto…

    http://www.claudiohumberto.com.br

    Bonca Geral

    Além da cobra e o pau, os números

    Prezado Sérgio Masso, as vezes a temática dos pagamentos da Dívida Pública enche o saco, com certeza o meu está furado e vou sempre defender a Cidadania.
    Com relação ao pagamento de Juros da Dívida, foi pago pelo FHC:
    1995-R$ 16,76 Bilhões,
    1996-R$ 19,49 Bilhões,
    1997-R$ 21,03 Bilhões,
    1998-R$ 30,81 Bilhões,
    1999-R$ 45,35 Bilhões,
    2000-R$ 38,47 Bilhões,
    2001-R$ 52,27 Bilhões,
    2002-R$ 54,7 Bilhões.

    Pelo Lula:
    2003-R$ 63,47 Bilhões,
    2004-R$ 74,17 Bilhões,
    2005-R$ 88,84 Bilhões,
    2006-R$ 151,03 Bilhões,
    2007-R$ 140,05 Bilhões,
    2008-R$ 110,14 Bilhões,
    2009-R$ 123,99 Bilhões,

    no Total em moeda nacional R$ 1.030.621.129.870,12 ou seja R$ 1,03 Trilhão!

    Pode votar no Gmail, Hotmail, Eimail…, só não vote no Serra ou Dilma, aí a farra dos juros continua! Fim 500 caracteres.

    Arabutan Rocha
    Maceió – AL

  14. Valéria
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 17:48 hs

    Mas não era para a Dilma estar com uns 30%? Vai ser difícil se concretizar a previsão do FHC. Ele superestimou a guerrilheira!

  15. TUNICÃO
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 18:05 hs

    QUERO AQUI PARABENIZAR PELA BRILHANTE ANÁLISE DAS PESQUISAS. RESULTADO: A DILMA TEM QUE TIRAR O PÉ DA CHÃO E O SERRA TEM QUE SE AGARRRAR FIRME NA ESCADA EM QUE ESTÁ.

  16. Osmar Santos
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 18:12 hs

    Duro de cair…. kkkkkkkkkkkkkkkk. O careca de Sampa vai cair igual ao careca de Brasília…..

  17. Carlos
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 18:21 hs

    Uma coisa é certa comparando os dois prés candidatos que estão na frente podemos ver que enquanto o Serra mostra que não tem competência de governar a Dilma ainda não governou e dela sim podemos esperar que faça uma boa adm inistração igual a que Lula esta fazendo sem ter governado antes.
    Além do Serra ser o candidato do PSDB e DEM piores partidos que temos no Brasil enquanto que a Dilma é do Partido dos Trabalhadores.
    Não tenho duvida que a Dilma só tem a subir nas pesquisas enquanto o Serra só tem a cair.

  18. quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 18:22 hs

    …não tem um cabo eleitoral como Lula, NEM UM MOTOR DE ARRANQUE DE MAIS DE 12 MILHÕES DE CARTÕES BOLSA FAMÍLIA, que distribuiu em 2009, algo em torno de 12,4 Bilhões para 45 milhões de bocas alimentadas por Lula com o nosso dinheiro. Mas a BOLSA FAMÍLIA TEM PAI… Ele se chama FHC… Anota aí, Campana… O próximo candidato a Presidente da República é o FHC… Serra fica na busca pela reeleição… FHC na Dilma… É o único que deixa Lula louquinho quando fala… FHC VEM AÍ… O Povão do Paraná já tá em campanha… FHC 2010… E o resto é só empulhação e papo furado…

  19. Tina
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 18:29 hs

    Deus,tende piedade de nos!!!!!!!!! Livrai-nos dessa terorista ,assaltante!!!!!!!!!!!!

  20. ▄▀▄†Ψ REQUEIJÃOΨ†▄▀▄™
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 19:21 hs

    QUERO AQUI PARABENIZAR PELA MENTIROSA E LUCRATIVA PESQUISA.
    Pode votar no Gmail, Hotmail, Eimail…, só não vote no Serra ou Dilma, aí a farra dos juros continua! Fim 500 caractere! VOTE REQUIÃO

  21. Ronaldo
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 – 23:35 hs

    Comentado por Francisco Ávner em 18/02/2010 – 17:41h:

    LF,

    Para mim vai ser assim:
    Se ficar o Ciro come, se correr a Dilma pega!!!
    E ainda tem o caixão de defunto sem alças, chamado FHC, que Zé dos Pedágios vai ter que carregar. KKKKKKk…

    Essa tá no papo!!! Só vai dar a Coroa.

    DILMA NELES JÁ NO 1º TURNO!

    Postado por Oni Presente às 17:04:00 Li

  22. sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 – 0:12 hs

    Não esqueçam, nesta pesquisa 42% não tem candidato. Na hora que esta turma descobrir que o lula é dilma, o serra vai para a rabeira.

    js

  23. sarna
    sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 – 9:53 hs

    pai nosso que estás no céu, livrai-nos DA mal, amém

  24. Divanir
    sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 – 17:21 hs

    Não interessa se Dilma fará 30%, o que importa é que para ser eleito, basta 50% dos votos válidos mais um. Porque tanto medo assim do PSDB, se vcs acham que a Dilmona já ganhou, então nem discutam. Aguardem para ver quando começar a campanha pela TV. O que não presta do PT vai aparecer, e o que não presta do PSDB já apareceu, pois desde de que Lula iniciou seu governo (7 anos), foi só criticando FHC, não tem oputra coisa a fazer, ou tem medo?.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*