Bernardo critica baixaria de Requião no twitter | Fábio Campana

Bernardo critica baixaria de Requião no twitter

Há pouco, na cerimônia de assinatura do convênio para construção de nova pista no Aeroporto Afonso Pena, o ministro Paulo Bernardo falou sobre o bate boca que mantém com o governador Requião através do twitter.

Disse que não está disposto a trocar insultos. Só entra para defender o governo Lula. E criticou o uso que Requião faz do twitter.

“O twitter é apenas uma ferramenta de comunicação. Não tenho nenhuma intenção de confronto ou polêmica com o Requião. A polêmica, quando feita com respeito, é bem vinda. O que não pode é descambar para baixaria e falta de respeito”, afirmou.


9 comentários

  1. Carlos-Curitiba
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 12:03 hs

    Eu ate hoje nao sei pra que serve esse tal de twitter!

  2. ze verdade
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 13:35 hs

    muito bem ministro …..essa atitude do gov e medo de cair no esquecimento ….(de quem a gente tava falando mesmo .)

  3. cejota
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 13:53 hs

    Serve para pessoas educadas se comunicarem.
    Quando um mal educado descobre este brinquedinho , e soube que o Obama utilizou o Twitter na campanha vitoriosa, o Mello e Silva começou a usar, esquecendo que o Norte Americano deve ter usado com educação e inteligencia

  4. Borduna
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 14:17 hs

    Um governador e um ministro se comunicando por essa M de Twitter, só por que os assessores de Obama usaram na campanha dele. Querem ser moderninhos os dois daqui? Pô, se um governador quer falar com o Ministro ou vice-versa, pega o telefone e liga, caraca. Ficam esses caras, do alto de seus cargos gastando seu tempo que deveria ser precioso mas parece não ser, com brinquedo de interneuta viciado. Por essa entre outras, e mais depois do programa q vi ontem na TV, VOTO MARINA.

  5. Jonas de Souza
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 15:17 hs

    Isso mesmo, defenda o governo Lula, porque do Paraná, o senhor e sua dignissima esposa, não estão nem aí. Vá de retro… O Requião tem razão, sai capeta.

  6. Pé Vermelho
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 15:26 hs

    Tuiti, Carlos, é prá uns e outros que se acham bãbãbãs, avisar que foram jantar no Lelis Tratoria, que desceu pro Jurerê Internacional e para certo governador mostrar que a educação doméstica é falha, é insuficiente.

  7. Vergilho
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 15:57 hs

    Carlos, deve ser um instrumento muito importante, pois levou a Tessália ao BBB! KKKKKK

  8. ZÓIO
    sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 – 23:32 hs

    O que aocntece é que o Requião está vendo que vai perder a aleição para o Senado e está babando o seu ódio para aquelas pessoas que ajudaram o Paraná e ainda irão ajudar. Esperem para ver em outubro. A eleição para governo era cantada em verso e prosa que seria ganha no primeiro turno. Quase perdeu no segundo e até hoje não se conforma. Aguardemos.

  9. sábado, 6 de fevereiro de 2010 – 12:02 hs

    Não sei do assunto desentendimento Paulo Bernardo e Requião, a verdade é que este negocio de diplomacia é só pra bagre ensaboados, de uma coisa eu admiro no Governador Roberto Requiao, é que não tem sangue de barata, o negocio é que respeito se deve ter em todos os lugares, principalmente o respeito com o povo, que são lambaris, peixe grande feito o Paulo Bernardo, que se diga de passagem considero até razoavel como ministro, outro peixe grande como Roberto Requião, tem é que falar na lata, se não os vao tomando espaço e acoisa não sai do lugar, o Governador Requião eu fala as coisas que eu gostaria de falar, este negócio de ser negociador em tudo, e não mudam em nada a situacao da populacao. Ora vejam vi uma entrevista com a presidenta da Caixa Economia Federal Maria Fernande, dizendo que vai liberar, os fundos de garantias para as vitimas das regiões onde houve catastrofes climaticas, isto ta fazendo a mando do governo e de algum ministro, então um negocio deste não deveria ser feito, tirar o fundo de garantia de que esta agonizando, nestes situacoes o governo tem mais e socorrer imediatamente com recursos financeiros, sem mexer no FGTS, porque só tem saldo em conta de fundo de garantia que derramou suor, e no suor alheio não se enxuga com diplomacia e incompetencia.
    Abraços
    Governador Roberto Requião

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*