Alvaro Dias desanca o PT | Fábio Campana

Alvaro Dias desanca o PT

De Eliano Jorge

Mais uma decisão do governo federal promete esquentar os ataques mútuos entre PT e PSDB. As reações dos oposicionistas surgiram imediatamente ao anúncio de que o presidente Lula retirou, da lista de projetos com suspeita de irregularidades feita pelo Tribunal de Contas da União, quatro obras da Petrobrás, nesta quinta-feira, 28.

Ouvido por Terra Magazine, o vice-líder tucano no Senado, Alvaro Dias (PR), disparou, de cara: “Isso vem na esteira de outras atitudes que consagram a improbidade administrativa”.

— Se este governo fosse perfeito em todas as outras áreas, ele teria que ser condenado por ser tão adepto a corrupção, por passar a mão na cabeça dos desonestos e por instalar um regime corrupto no País – conclui.

O tucano tenta firmar uma pecha de corrupção no governo Lula. “Num primeiro momento, ele dominou de forma absoluta a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobrás para evitar uma investigação e acobertar irregularidades. Depois avançou sobre o TCU, num esforço incomum, procurando limitar sua capacidade de fiscalizar. E agora passa, de uma só vez, sobre o Tribunal de Contas e o Congresso Nacional, liberando obras superfaturadas”, historia.

Em meio ao bate-boca eleitoral antecipado, Dias aponta um motivo para a medida polêmica: “Isso significa consagrar a imoralidade na administração pública, com viés eleitoreiro, porque o objetivo é manter as obras durante a campanha eleitoral”.

As palavras do parlamentar do PSDB têm o tom até acima do que vinha sendo empregado pela oposição. “A Petrobrás é uma empresa que tem um caixa significativo, expressivo, de valores gigantescos, essas obras consomem bilhões. Só numa delas, a de Abreu e Lima, há previsão de superfaturamento da ordem de 2 bilhões de dólares. E o presidente fecha os olhos, não dá a menor importância à questão ética, escancara as portas do governo para a corrupção. Isto é um mal enorme ao País”, afirma Alvaro Dias.

– Este estímulo à corrupção, à impunidade, é que faz hoje ser possível fazer três vezes mais o que fazem com o mesmo dinheiro – detona.

Legal

Consultada por Terra Magazine, a Controladoria Geral da União confirmou a legalidade do ato presidencial.

Dias não adiantou se a oposição pensa em tomar alguma medida contra a atitude do presidente. “Sob o ponto de vista da legalidade, eu tenho dificuldade de questionar e discutir. Agora, sob o ponto de vista da moralidade, não tem dúvida nenhuma. Nem tudo que é legal é moral. É deplorável usar estes artifícios da legislação para abrir portas à corrupção”.

Diante das estratégias eleitorais de comparação entre as gestões tucanas e petistas desde 1995 no Palácio do Planalto, parece claro que a oposição se apegará à suposta permissividade governista com a corrupção. Como indica Alvaro Dias: “Foi o governo (do PT) quem rasgou de forma definitiva a bandeira da ética e jogou na lata do lixo da história”.

Terra Magazine

Alvaro Dias: ‘Lula escancarou as portas para a corrupção e a impunidade’

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) disse nesta quarta-feira (3) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva escancarou as portas da administração pública para a corrupção e para a impunidade, ao vetar o anexo da Lei Orçamentária que lista as obras consideradas superfaturadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), paralisadas e impedidas de receber recursos públicos. Para o senador, o veto de Lula é inconstitucional por não atender aos dispositivos contidos no artigo 66, que dão respaldo à medida, e se constitui num “deplorável exemplo” para as administrações municipais e estaduais.

– As razões do veto não abordam objetivamente os indícios de irregularidades graves apontados pelo TCU [Tribunal de Contas da União] e reconhecidos pelo Congresso Nacional – disse o senador.

Tais indícios, afirmou Alvaro Dias, recomendavam, nos termos do artigo 95 da Lei 12.017/09 (LDO 2010), “a paralisação cautelar da execução física, financeira e orçamentária de empreendimentos sob a responsabilidade da Petrobras e subsidiárias, mediante a inclusão dos respectivos contratos no Anexo VI do projeto de lei orçamentária encaminhado à sanção”.

Alvaro Dias assinalou que a paralisação das obras foi determinada após frustrados os esforços para esclarecer ou regularizar as pendências verificadas pelo TCU. Segundo ele, ficou constatado que mesmo que a paralisação possa causar prejuízos à sociedade e ao erário, prosseguir na execução das obras pode ter como consequência a consolidação de danos iguais ou superiores àqueles que se pretende evitar.

– O presidente da República, ao vetar, justifica dizendo que há prejuízo na paralisação das obras. Consideramos o argumento infeliz e inconsistente. A CPI da Petrobras investigou a aplicação de recursos na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e buscou parâmetros em obras do gênero em várias partes do mundo. A conclusão foi de que aquela refinaria apresentará ao final um superfaturamento que pode superar US$ 2 bilhões – frisou.

O senador Raimundo Colombo (DEM-SC) disse, em aparte, que o presidente Lula tenta desmoralizar o TCU desconsiderando estudos técnicos. Para ele, é a democracia que está sendo desrespeitada. Colombo manifestou temor de que o mesmo processo em curso na Venezuela comece também no Brasil. O senador José Agripino (DEM-RN) disse que o TCU defende o interesse do povo brasileiro, que quer ver seus impostos serem bem utilizados.

– O veto do presidente é uma agressão àqueles que se aliam à ética. Não votaremos nada até que se encontre uma saída para proteger o dinheiro público – afirmou Agripino.

O senador Antonio Carlos Junior (DEM-BA) disse que participou da reunião da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) em que foi aprovado o relatório do deputado Carlos Meles, apontando as obras irregulares, e refutou o argumento de que as obras não podem parar comparando-o com o clichê “rouba, mas faz”. Antonio Carlos apoiou a decisão de suspender qualquer votação até que o veto presidencial seja derrubado no Congresso Nacional.
Da Redação / Agência Senado


18 comentários

  1. salete cesconeto de arruda
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 11:57 hs

    Álvaro é um menino tão inocente…
    Ainda não sabe quem gerou o filho mensalão!
    Já o povo que não é bobo – SABE SIM!

  2. jovem brasileiro
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 12:03 hs

    MAIS CURUPTO DOQUE O PERUCÂO DIAS QUE DIZ TER AS OBRAS MAIS BARATAS FEIS ASFALTO QUE ANTES DE TERMINAR JA TINHA QUE MANDAR FAZER DE NOVO VAI TE CATA PERUCÂO NÂO TEM O QUE FALAR FECHE A BOCA QUE VOCE VIRA LOCUTOR COM ZIPER NA BOCA
    SE TU FOSSE BOM ESTARIA SENDO INDICADO PARA CANDIDATO ÂO GOVERNO VOCE NÂO PODE COM O
    ROSSONI VAI PODER COM O LULA SE ENCHERGUE SUJEITO

  3. Salvador
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 12:09 hs

    O que esse quer, todos $$$$$$abem. Demagogo.

  4. Tina
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 12:27 hs

    Bravo Senador! Fique no senado para fazer a oposição que vem fazendo ao governo federal.O sr e um dos poucos que sabe fazer a oposição que estamos precisando.

  5. Carlos
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 13:33 hs

    O Álvaro não quer o bem do povo brasileiro e nem do Brasil e por pensar só em si próprio e no seu partido PSDB não quer que nenhuma obra do governo Federal seja realizada este ano.
    Fora Álvaro e seu partido PSDB que é um dos piores partidos do Brasil juntamente com o DEM.

  6. OSSOBUCO
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 14:42 hs

    Em seu artigo, Fernando Henrique lembra que Dutra, que já presidiu a Petrobrás, reconheceu que votaria contra uma eventual proposta de volta ao monopólio do petróleo, tema defendido por muitos anos pelo PT.

    Dutra confirmou essa posição e disse também que já elogiou outra medida tomada pelo governo FHC, hoje alvo de críticas dos próprios tucanos. “Um dos grandes motivos para o crescimento da Petrobrás foi a agilidade que ela ganhou a partir do momento em que não teve mais de cumprir a 8666 (Lei de Licitações).

    Agora o TCU bombardeia esse decreto, que é do governo FHC, e a oposição fica do lado do TCU.”

  7. OSSOBUCO
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 14:45 hs

    Serra segue tática histórica do PSDB para inaugurações

    Nos últimos 4 mandatos, 14 das 15 estações de metrôs concluídas foram inauguradas em ano de eleição

    Agência Estado

    Tamanho do texto? A A A A
    SÃO PAULO – “Daqui pra frente é assim: uma inauguração atrás da outra”. A frase do ator Dan Stulbach que encerra a mais recente propaganda na TV sobre a “temporada” de entrega de novas estações da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) retrata calendário político que tem sido adotado pelos governos do PSDB no Estado desde a gestão Mário Covas (1995-2001): inaugurar as obras em ano eleitoral. Das 15 estações concluídas nos últimos quatro mandatos, 14 foram inauguradas no ano em que o governador esteve em campanha. A última delas – Estação Sacomã da Linha 2-Verde, na zona sul -, foi feita há dez dias pelo governador José Serra, provável candidato tucano ao Planalto.

    Até o fim de março, antes do prazo final para desligar-se do cargo, caso concorra a presidente, Serra pretende inaugurar outras duas estações na Linha 2 e duas da nova Linha 4-Amarela entre as avenidas Paulista e Faria Lima, ambas em fase final de acabamento. Ainda este ano, haverá mais quatro inaugurações.

    Todo cronograma é destacado pela peça publicitária apresentada pelo ator e produzida pela agência do publicitário Duda Mendonça, que tem contrato semestral com o Metrô no valor de R$ 14 milhões. A publicidade das obras e qualidade do transporte subterrâneo é divida com a agência MPM Propaganda, que recebe R$ 11 milhões por seis meses.

    ”Tradição”

    Segundo o historiador Marco Antonio Villa, “é tradição desde o restabelecimento das eleições diretas (1989) deixar tudo (inaugurações) concentrado no período pré-eleitoral e a população já se acostumou com isso”. Para ele, isso faz parte de estratégia política do governante-candidato para tentar conquistar mais votos

  8. BARÃO
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 15:00 hs

    É chegada hora de em nossa Santa Cruzada, contra as atrozes hordas petelhas, de nossos penitentes renascidos em fé, mesmo ainda “sub judice”, estas almas recuperadas, conheceram e privaram em convivio próximo do batraquio hirsuto e seus asseclas. Marina Silva, Cristovão Buarque, Fernando Gabeira, Eduardo Jorge, Roberto Freire e outros, devem em um ato para comprovação real de sua conversão, atacar as hostes do satã barbudo e da perversa terrorista, que ele nos quer impingir. Já temos a Heloisa Helena, mulher de pouca cultura, apedeuta e nordestina, mas é raivosa, agressiva, e odeia o mefisto escarlate, quer ser usada para derrota-lo, em seu próprio campo; lancemos mão de tal Fúria, depois nos livraremos dela com facilidade fazendo-a engolir seu proprio fel.

    Coaduno com sua assertiva: é chegada a hora daqueles que se dizem convertidos (arrolados em sua sacra missiva) demonstrarem, por atos e palavras, sua adesão à causa dos Homens Bons. Logo, deverão Marina Silva (a eco-deísta), Cristóvão Buarque (o eterno candidato de uma nota só: a educação), Fernando Gabeira (aquele que ditou a moda da sunga de crochê quando do retorno à nossa amada Pátria), Eduardo Jorge (tão injustamente caluniado como corrupto nos tempos em que secretariava D. Fernando Henrique Cardoso – O Procriador) e Roberto Freire (que se digna a sair de sua terra natal para auxiliar no Governo de nosso Amado, Ilibado, Cândido, Líder e Presidente de nascença, D. José Chirico I – O Serra), entre tantos outros “cristãos novos” que assumiram a senda do bem, vir a público e denunciar as mazelas, tanto do Apedeuta quanto daquela MULHER que ousa ser mais do que lhe cabe o gênero a que pertence (ser mãe, esposa e guardiã do lar).

    Mais do que isto, poderiam se juntar a outros tantos Homens Bons e reeditar o Movimento “Cansei”, somente com outra conotação: o Movimento poderia se chamar “Beatifiquei”, em prol da beatificação de D. José Chirico I – o Serra. Quem duvidará que o Opus Dei não se engajará nesta Cruzada? Quem duvidará que Homens Bons como Ives Gandra Martins não usarão seu espaço na socieadade para disseminar este movimento? Estou às lágrimas ao imaginar a nossa Amada e Temerosa Regina Duarte a fazer comerciais sobre o Movimento em rede nacional na nossa Vênus Platinada!

    Homens Bons: é chegada a hora!! Ou Serra, ou nada!!!! A IV Frota americana apóia nossa nobre missão.

    Oremos a São Serapião.

    Ave Serra!

  9. segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 15:02 hs

    Sai dai tio Butox. Quem é vc para falar do PT e do Lula.

  10. BARÃO
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 15:23 hs

    A ditadura comuno-chavista jamais sentará praça sobre o solo desta gloriosa nação.

    Se Serra perder, significa que a eleição foi fraudada. O golpebrando militar está acertado. Nossos ministros e secretários já estão escolhidos.

    Já estamos decidindo nossas primeiras ações:

    1. A “salada russa” passará a ser denominada “salada da liberdade”.

    2. “Montanhas russas” deverão ser chamadas “montanhas americanas”.

    3. A cor vermelha, de comprimento de onda maior que 650 nm e menor que 700 nm, estará proibida em todo o território nacional.

    4. A pesca, comercialização e consumo de lulas estará proscrita.

    5. Aquele que utilizar as expressões “aumento salarial” ou “reforma agrária” deverá permanecer 30 dias no DOPS para doutrinação.

    6. Todos os comentários postados em blogs e outros meios de comunicação cibernética deverão passar pelo crivo de Josias de Sousa e Reinaldo Azevedo.

    7. Adereços como jacarés, cavalos e outros utilizados em camisetas e camisa pólo estarão proibidos. Somente tucanos serão permitidos.

    8. A palavra gari deverá ser substituída por “aquele na escala mais baixa do trabalho”.

    9. Os nomes de José Serra e Fernado Henrique Cardoso deverão ser precedidos dos epítetos “O Eterno Presidente” e “O Farol do Mundo Livre”, respectivamente.

    10. Tudo o mais está proibido. Qualquer movimento, ação ou emissão de frases deverá contar com a prévia aprovação do Professor Hariovaldo Almeida Prado ou do General Albernaz Ulstra Cornutto Soturno.

    Boa noite aos homens bons. Para relaxar, massagens com martelinhos chineses que o Neumane aplica nos meus pés.

  11. BARÃO
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 15:26 hs

    Campana, permita-me tecer alguns parcos comentários, e fazer algumas modestas sugestões ao que vós escreveis.

    Sabemos pelo IBOPE que nosso Incomensurável, Inigualável, Intangível Líder D. José Chirico I – O Serra -, aquele que “escreve certo por águas tortas”, ganhará estas eleições somente tuitando. Nem precisará sair de seu sacro lar para que a plebe (maioria neste país, infelizmente) se convença de que o mesmo é Aquele que tirará nossa amada pátria do estado de obscurantismo atual, fruto de anos e anos de um governo que, sem o direito divino, se apossou do Planalto Central.

    Logo, se as urnas não derem uma vitória de ao menos 90% dos votos para D. José Chirico I – O Serra -, caberá a nós, Homens Bons deste país, deliberar para que o golpebrando seja dado. A IV Frota, bem como Instituições como o Opus Dei, TFP, e bons veículos de comunicação apoiarão tal intento.

    Quero sugerir que podemos levar ao poder, provisoriamente, um triunvirato composto por Uribe, Piñera e Micheletti. Este farão um governo de transição, no qual colocarão ordem na choldra. Não cabe, caro General, a um Ser Humano Tão Perfeito quando D. José Chirico I ficar se preocupando com estas questões mundanas. Nosso triunvirato, de tão magnânimo que é, fará de bom grado este serviço sujo.

    Sugiro, também, que coloquemos um Poder Moderador, no qual será responsável D. Fernando Henrique Cardoso – O Procriador. Esta é uma forma do povo brasileiro agradecer por tudo o que “O Procriador” já fez pelo povo brasileiro.

    Ave Serra!

  12. moises
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 15:39 hs

    Os TUCANOS deveriam se preocupar primeiro com a Governadora Yeda do RS, com o Vice Governador Pavan de SC, com seus parceiros DEMOS do Distrito Federal……

  13. segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 18:37 hs

    O PT deveria se preocupar com os MENSALEIROS : zédirceu, Delúbio , são tantos..OU pelos menos com os 40 indiciados, já limpava um pouco o meio político. Depois….poderiam palpitar ou tentar se comparar com os partidoS.

  14. O fenomeno.
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 19:51 hs

    O BARÃO está imperdível, hoje. ah.ah.ah

  15. ridiculo
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 – 23:59 hs

    Alvaro Dias é um ridiculo. Começando pelo cabelo. Veja se isso é cor de cabelo de homem.
    Ele vive tão preocupado com o Lula, pqe não ve o que está acontecendo do RS, em SP onde Zé Alagão não fez nada, só sabe cobrar e o paulista está no meio do esgoto.
    Não vê tb o que acontece com o vice governador de SC ou com Cassio Cunha.
    Sou petista sim! mas vou torcer p/ o Beto, independente de quem seja o candidato que o PT apoiar.
    A vitoria do Beto, será a maior derrota desse ridiculo.

  16. terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 – 0:36 hs

    Senhor, tende piedade de nós
    Pelo Marcos Valério e o Banco Rural
    Pela casa de praia do Sérgio Cabral
    Pelo dia em que Lula usará o plural
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo nosso Delúbio e Valdomiro Diniz
    Pelo “nunca antes nesse país”
    Pelo povo brasileiro que acabou pedindo bis
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela Cicarelli na praia namorando sem vergonha
    Pela Dilma Rousseff sempre tão risonha
    Pelo Gabeira que jurou que não fuma mais maconha
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo casal Garotinho e sua cria
    Pelos pijamas de seda do “nosso guia”
    Pela desculpa de que “o presidente não sabia”
    Senhor, tende piedade de nós!
    Pela jogada milionária do Lulinha com a Telemar
    Pelo espírito pacato e conciliador do Itamar
    Pelo dia em que finalmente Dona Marisa vai falar
    Senhor, tende piedade de nós!
    Pela “queima do arquivo” Celso Daniel
    Pela compra do dossiê no quarto de hotel
    Pelos “hermanos compañeros” Evo, Chaves e Fidel
    Senhor, tende piedade de nós!
    Pelas opiniões do prefeito César Maia
    Pela turma de Ribeirão que caía na gandaia
    Pela primeira dama catando conchinha na praia
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo escândalo na compra de ambulâncias da Planam
    Pelos aplausos “roubados” do Kofi Annan
    Pelo lindo amor do “sapo barbudo” por sua “rã”
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela greve de fome que engordou o Garotinho
    Pela Denise Frossard de colar e terninho
    Pelas aulas de subtração do professor Luizinho
    Senhor, tende piedade de nós!
    Pela volta triunfal do “caçador de marajás”
    Pelo Duda Mendonça e os paraísos fiscais
    Pelo Galvão Bueno que ninguém agüenta mais
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela eterna farra dos nossos banqueiros
    Pela quebra do sigilo do pobre caseiro
    Pelo Jader Barbalho que virou “conselheiro”
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela máfia dos “vampiros” e “sanguessugas”
    Pelas malas de dinheiro do Suassuna
    Pelo Lula na praia com sua sunga
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelos “meninos aloprados” envolvidos na lambança
    Pelo plenário do Congresso que virou pista de dança
    Pelo compadre Okamotto que empresta sem cobrança
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela família Maluf e suas contas secretas
    Pelo dólar na cueca e pela máfia da Loteca
    Pela mãe do presidente que nasceu analfabeta
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela eterna desculpa da “herança maldita”
    Pelo “chefe” abusar da birita
    Pelo novo penteado da companheira Benedita
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pela refinaria brasileira que hoje é boliviana
    Pelo “compañero” Evo Morales que nos deu uma banana
    Pela mulher do presidente que virou italiana
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo MST e pela volta da Sudene
    Pelo filho do prefeito e pelo neto do ACM
    Pelo político brasileiro que coloca a mão na “m”
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo Ali Babá e sua quadrilha
    Pelo Gushiken e sua cartilha
    Pelo Zé Sarney e sua filha
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelas balas perdidas na Linha Amarela
    Pela conta bancária do bispo Crivella
    Pela cafetina de Brasília e sua clientela
    Senhor, tende piedade de nós!

    Pelo crescimento do PIB igual do Haití
    Pelo Doutor Enéas e pela senhorita Suely
    Pela décima plástica da Marta Suplicy
    Senhor, tende piedade de nós!

    Para que possamos ter muita paciência
    Para que o povo perca a inocência
    E proteste contra essa indecência
    Senhor, dai-nos a paz!

    (Valmirjk@yahoo.com.br)


    “Lembre que a vida foi feita para ser vivida”

  17. BARÃO
    terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 – 9:55 hs

    O CMAPP – Centro Munchausen de Análises e Pesquisas Políticas – informa:

    CARIOCAS APOIAM SERRA!

    Foram escolhidos pelo nosso já tradicional sorteio os povoados de “Carioca”, no estado de Minas Gerais e “Carioca” no estado do Pará.

    O povoado mineiro de “Carioca” encontra-se situado próximo à cidade de Pará de Minas.

    O povoado paraense de “Carioca” encontra-se situado próximo à cidade de Itaituba.

    É impressionante a paixão dos cariocas mineiros e paraenses pela candidatura de Dom José Serra.

    Informações fidedignas dão conta de um grande entusiasmo serrista na chamada região serrana do Rio de Janeiro, compreendendo localidades como: Petrópolis, Itaipava, Teresópolis, Nova Friburgo, Sana, etc.

    Políticos serristas de credibilidade a toda prova atestam um clima de euforia com a candidatura Serra nas localidades fluminenses de: Raiz da Serra, Serra d’Água, Serra da Cruz, Serra da Cana Fina, São João da Serra, São Pedro da Serra e Alto da Serra.

    Em resumo, cariocas e fluminenses estão igualmente apaixonados pelo nosso candidato José Serra. Alvíssaras!

  18. BARÃO
    terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 – 10:01 hs

    Caríssimo Confrade COMANDANTE (o bom).

    Como discordar do conhecimento professado em sua missiva eletrônica? Não ousarei fazê-lo. Apenas gostaria de deixar minha tese para que, quando estiveres em sua Quinta, possas refletir.

    Por que não podemos fazer de D. José Chirico Serra – o probo, o ilibado, o iscreto, o boníssimo com o populacho, entre outros tantos adjetivos que o mesmo merece e faz jus – um Presidente Perpétuo do Brasil?

    Já discorri, em outros locais dessa confraria cibernética, sob a necessidade de converter D. José Chirico em D. José Chirico I – o Serra. Porém, fui advertido pela sapiente Tia Carmela que se encontra em curso um clamor pelo processo de beatificação em vida do mesmo, e que o monarca brasileiro deve ser D. Fernando Henrique Cardoso – o Reprodutor.

    Desta maneira mataríamos três javalis com apenas um tiro de carabina (porque caçar coelhos é coisa da plebe): teríamos um beato, quiçá um santo na terra, um Presidente Perpétuo e um monarca.

    Já analisaste o quão profícua foi a passagem de François Duvalier, e de seu filho Jean-Claude Duvalier pelo governo do Haiti?

    Já paraste para pensar que o ocorrido naquele país deve-se a heresia de se ter retirado Jean-Claude Duvalier do poder?

    A ira divina abateu-se sobre aquela república, pois contrariaram a ordem divina: se até no céu há apenas um que manda, porque ser diferente na terra?

    Peço que não leveis as palavras acima a mal. Sei que só queremos o bem de nossa amada Pátria.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*