Advogada assassinada com cinco tiros no bairro Boa Vista | Fábio Campana

Advogada assassinada com cinco tiros no bairro Boa Vista

Uma advogada foi executada com 5 tiros na cabeça, por volta das 8h40 desta quarta-feira (24), no bairro Boa Vista, em Curitiba. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Katia Regina Leite Ferraz, de 45 anos, foi assassinada quando saía de casa, na Rua dos Dominicanos.

Segundo a PM, dois homens armados chegaram em uma moto vermelha e fizeram 5 disparos de arma de fogo contra a cabeça da advogada. Ela estava dentro do carro, um Kia Sportage.

A advogada, de acordo com a PM, trabalhava na área criminal. Após a execução, os bandidos fugiram na moto. Até as 12 horas desta quarta ninguém havia sido preso. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios, que vai investigar o crime.


32 comentários

  1. Vanessa Volpi
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 15:24 hs

    A advocacia paranaense perde uma grande e competente profissional, que atuava com vigor causas envolvendo litígios familiares. Por sua dedicação aos clientes e em busca da justiça, teve este fim trágico. Estou pessoalmente abalada, pois ainda ontem na Vara de Família trocávamos experiências profissional e de vida. Esteja com Deus Drª Kátia.

  2. Professor Kico CEBRAPAZ-PR
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 16:23 hs

    Kátia Leite trabalhava com mulheres uasndo a Lei Maria da Penha, a justiça deve dar resposta a este crime bárbaro.

  3. Enio Barbosa
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 16:25 hs

    Ta ai para quem gosta de defender vagabundo, esses são os karas que depois o pessoal da AOB vai ao presidio falar que estão vivendo em condições sub humanas, são todos uns coitadinhos, mais vamos lá continuarmos defendendo eles. Há será que os direitos humanos e a AOB vão ver como ficou a familia dela ou vão fazer como sempre so ver o lado do marginal!!!!!!

  4. Norma Camargo
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 16:55 hs

    Estou apoplética com a situação da violência, acho que vou mudar para o Costão do Santinho com as minhas amigas e vender meus badulaques fajutos por lá!

  5. Pamela
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 17:19 hs

    Enio, gostaria de saber o que é “AOB”.
    Obrigada.

  6. Anônimo
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 17:24 hs

    A dra. Kátia Regina Leite (oab 14.388) e a dra Kátia Regina Leite Ferraz (não a localizei na oab) são a mesma pessoa (nome de casado x nome de solteira)?

  7. Diogo Duke
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 17:36 hs

    E o Pessuti ainda vai manter o DELAZARI. VERGONHA

  8. Diogo Duke
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 17:40 hs

    O povo nao aguenta mais a violencia

  9. maria de lourdes
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 18:02 hs

    o que mais assusta é a facilidade com que contratam assassinos de aluguel!
    Katia morreu exercendo sua profissão com coragem e dignidade.O mandante do crime tem que apodrecer cadeia .

  10. JOSIANE FRUET BETTINI LUPION
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 18:42 hs

    Katia querida, você que nunca esmoreceu ante as adversidades da vida, não poderia ter partido de forma tão trágica! Batalhadora incansável das causas humanas, mesmo diante das “peças” que a vida lhe pregou, sempre manteve o sorriso estampado em seu rosto. Minha amiga querida, descanse em PAZ.

  11. MARCÃO
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 19:12 hs

    DESTA VEZ FIQUEI PERPLEXO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    GENTE ISSO TEM QUE ACABAR!!!!!!!

    POIS É, KD A TAL DA SEGURANÇA P/ O NOSSO POVO, KD A TAL DA TRANPARENCIA……
    ACHO QUE ESSES PSEUDOS LIDERES POLÍTICOS TINHAM Q LAVAR A BOCA ANTES FALAR BOBAGENS EM CAMPANHA….
    É PAGAR BEM A POLÍCIA,MELHOR TREINAMENTO E PONTO!!
    SÓ DEUS NOS SALVA…..

  12. Mutuka
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 19:51 hs

    Fiquei sabendo que ela também era funcionária da Paraná Previdência.
    Será que agora irão investigar?

  13. fabio
    quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 – 23:14 hs

    ENIO, QUANTA IGNORÂNCIA!

  14. Méri Carreiro
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 1:04 hs

    Estamos de mãos amarradas. A população entregou as armas, que estão nas mãos dos marginais e de policiais corruptos. Não temos polícia, não temos segurança. Pessoas boas e honestas morrem brutalmente todos os dias. Nossas leis privilegiam marginais, que se “divertem” com o nosso sofrimento.Esses demônios em forma de gente deitam, rolam e zombam das mesmas autoridades de “patrocinam” seus crimes. Como diz na Bíblia, o diabo veio para roubar, matar, destruir… Pra quem acredita na existência de Deus, vamos orar e pedir que haja integridade na vida de policiais, delegados, políticos, juízes para que cesse esse tormento e tantos outros sabidos em nossa Curitiba.

  15. Luciano
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 1:57 hs

    Nossa morre tanta gente nas periferias todo dia que apenas quando é uma pessoa da sociedade que os Playboys querem justiça, vamos olhar mais para o povo em geral galera.
    Meus pesames a família da Advogada e a todas as famílias que perderam enti querido nesse dia!

  16. Valéria
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 7:36 hs

    Você está totalmente por fora, Enio. Ela defendia mulheres que não recebiam pensão. E estava com um mandato de prisão em mãos por falta de pagamento – este é o maior suspeito um empresário bam bam bam da city!

  17. LUCIA
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 14:49 hs

    respondendo a Pamela

    OAB- Ordem dos Advogados do Brasil !!!

    Uma advogada bemm diferente humilde gentil e carismatica
    quando vinha fazer as guias nas salas da OAB era muito simpatica diferente de outros advogados que se acham os donos do mundo..
    Esperemos que a JUSTIÇA seja feita,

  18. Carla Silva
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 17:14 hs

    Que Deus abençôe esta família, e que a justiça possa ser feita em nome desta grande profissional. Sou estudante de Direito e desejo lutar tanto quanto ela pelo direito das mulheres.
    Agora, é de se questionar a história do tal bam bam bam, não? Até por que, se for realmente verdade, é praticamente certeza que ele nunca será descoberto. Uma pena.

  19. Betão
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 17:35 hs

    Luciano, quanta ignorância como diria o Fabio logo acima. Primeiro,é Ente e Não “enti”. Segundo, todos os crimes são investigados com parcimônia pela polícia paranaense, seja no Batel ou seja no Fazendinha, e tenho certeza que são julgados pelas autoridades da mesma forma. Claro que alguns crimes chamam mais atenção do que outros pelas circunstâncias em que ocorrem. a mídia faz sua parte nesse sentido. e se os “playboys” querem justiça, o povo também quer, não culpe os outros pelos seus problemas e faça sua parte. se ficar fumando craque na favela ou no bairro bom, vai acabar mal do mesmo jeito. pense nisso. gente boa e gente ruim tem em toda casta social. nada pessoal. só minha opinião.

  20. Michelle
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 21:28 hs

    Dra. Katia…uma pessoal admirável, guerreira q abraçava causas c unhas e dentes…sempre determinada e competentíssima! N temia a nada…muito corajosa,amava a profissão…e todos q a conheciam a amavam…ou odiavam…dependendo do lado q tivesse.Eu,particularmente,admirava muito essa mulher de garra!!! Perdemos uma advogada maravilhosa infelizmente!Q justiça seja feita e q Deus de muita força a seus filhinhos e familiares p suportarem tamanha dor!Descanse em paz querida dra.Katia. Obrigada por tudo q fez por mim…obrigada mesmo!

  21. Luiz
    sábado, 27 de fevereiro de 2010 – 14:48 hs

    Isso é só o começo.Coisas muito piores vamos ver acontecer, pois os politicos nao se importam, eles tem seguranças particulares.

  22. Rosana
    sábado, 27 de fevereiro de 2010 – 15:29 hs

    Kátia,
    Amiga e advogada, integra, competente e incorruptível. Venceu várias adversidades da vida. Criou três filhos maravilhosos. Amava a família e sua profissão. Deixa na minha vida um rombo que jamais será preenchido, pois era uma pessoa de personalidade única. Quem a conheceu sabe, não existia nem existirá amiga e advogada igual. Onde você estiver Kátia, meu obrigada pela sua amizade sincera, por tudo que me ensinou, me cuidou, me defendeu…
    Com amor
    Sua Amiga
    Rosana

  23. PAULO
    sábado, 27 de fevereiro de 2010 – 18:30 hs

    ESTOU ACHANDO QUE ESTE CRIME É UMA ARMAÇÃO POLÍTICA CONTRA O CORONEL DO CANGUIRI!! AFINAL, NÓS TEMOS O MELHOR SECRETÁRIO DE SEGURANÇA DO BRASIL E O PARANÁ É O ESTADO MAIS SEGURO DO MUNDO, QUIÇÁ DO PLANETA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    DÁ-LHE, ANÃO DE CORONEL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  24. terça-feira, 2 de março de 2010 – 13:39 hs

    Em nome da União Brasileira de Mulheres – Seção Paraná, repudiamos mais este crime, uma ação covarde contra uma defensora dos direitos das mulheres e dos direitos humanos.
    Nos somaremos à luta no sentido de que os criminosos sejam responsabilizados e respondam por esta ação criminosa.
    O Movimento Feminista e de Mulheres está de luto!

    Elza Maria Campos
    União Brasileira de Mulheres – Seção Paraná

  25. guilherme
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 1:04 hs

    olha nao tenho muito a falar a dor q faz e a fata que ela me faz minha irma q eu amo muito fui criado por ela desde pequeno,
    katiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    vccccccccccccccccccccccccccccccccccccccccc
    fazzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    faltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    te amoooooooooooooooooooooooooo

    seu irmao caçula guilherme

    por favor seja feita justiça!!!!!!!!!!!

  26. Kammylla Regina Leite
    terça-feira, 9 de março de 2010 – 15:31 hs

    Não vim falar da Dra. Katia e sim da minha irmã / Mãe Katia….
    como disse meu irmão acima Ela faz muita falta, e a dor que esse cretino nos deixou jamais se acabará.

    Perdemos uma GRANDE MULHER, a melhor amiga, a melhor irmã, que foi sempre minha mãe.

    É dificil fugir a tanta dor, pois a semelhança dela está estampada em meu rosto, e a cada dia ao me olhar no espelho choro de dor por ter perdido uma parte de mim.

    Que não seja esquecido está tragédia, que o responsável pela dor que eu e minha familia estamos passando, seja punido.

    Creio em Deus, e sei que os dias desses responsáveis aqui na Terra serão de trevas.

    Sei que eles vão pagar por cada dor, cada lágrima derramada pela perda da Katia e isso com certeza pelas mãos DIVINA, pois esta não falhará.

  27. anõnimo
    sexta-feira, 23 de abril de 2010 – 16:24 hs

    QUEM MATOU A DRA. KATIA REGINA LEITE???

  28. anõnimo
    segunda-feira, 26 de abril de 2010 – 17:13 hs

    QUEM MATOUA DRA. KATIA REGINA LEITE??

  29. eliane
    quinta-feira, 17 de junho de 2010 – 11:52 hs

    cada vez que tenho noticia do meu pais fico mt triste com a violencia brutal ,tudo isso so vai acabar quando esistir pena de morte , para quem pratica esses tipo de crime.

  30. Leonidas Magaldi
    quarta-feira, 21 de julho de 2010 – 22:13 hs

    Que país é esse?

  31. ju
    sábado, 16 de março de 2013 – 0:02 hs

    Afinal, quem era o empresario suspeito? Eu encontrei poucas xs a Katia no mercadorama! Muito simpatica ela! Sempre contava uma assim- O negocio éo seguinte, o preço da vaca é 120….

    Fico triste q este crime esteja impune, ainda mais por ser ela uma pessoa que defendia os direitos das mulhers.

  32. Lailson
    terça-feira, 23 de agosto de 2016 – 2:32 hs

    Valéria, sou irmão do acusado que pegou 25 anos de prisão em um julgamento totalmente injusto, inconstitucional e sem prova nenhuma, preciso de mais informações, por favor faça contato pq a policia só queria um boi de piranha e conseguiu. lailsoncorrei@hotmail.com
    Com 50 anos descobri que tipo de lixo é a justiça do meu País e quero sumir daqui, isso não é lugar pra se viver, estou enojado desde o juri.

    Valéria quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 – 7:36 hs
    Você está totalmente por fora, Enio. Ela defendia mulheres que não recebiam pensão. E estava com um mandato de prisão em mãos por falta de pagamento – este é o maior suspeito um empresário bam bam bam da city!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*