O ano começa na segunda-feira | Fábio Campana

O ano começa na segunda-feira

Depois das festas de fim de ano emendadas em um curto período de férias, o governo volta à ativa na segunda-feira. E, ao que tudo indica, será ainda pela manhã o reencontro entre Lula e sua candidata Dilma Rousseff. Os dois devem estar presentes na reunião da Coordenação Política, que deve começar por volta das 10h.


8 comentários

  1. cidadao trabalhador
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 11:25 hs

    ELA ESTÁ MOSTRANDO O QUANTO ELA VAI ENFIAR NO DO ..POVO N ESSE ANO, JÁ O LULA ACHA QUE DEVE ENFIAR TUDO

    O VAGABUNDO VIAJANTE, E A QUERRILHEIRA ASSASSINA.

  2. Valmor Lemainski - Cascavel
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 11:52 hs

    Está tão bom assim sem a demagogia governamental… Mas tudo que é bom acaba, também….
    Vai cumprar uns aviõezinhos do Sarkozy por 10 bi, viajar, viajar, viajar, assinar mais uns documentos sem ler…. Eta nóis!!!….

  3. EM GUARAPUAVA, SUMIU GERAL
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 13:27 hs

    Precisam avisar ao prefeito, vice-prefeito e secretários da Prefeitura de Guarapuava, comandada pelo Coroné Fernando R. Carli, que a temporada de “pança pro ar” já terminou.
    A Prefeitura inteira está em férias (e o pior, é que o restante da cidade nem sentiu a diferença).
    Para se ter uma ideia do descalabro, o site da Prefeitura (que, por natureza, já é um “desastre”) teve como última atualização uma notícia antes do Ano Novo.
    A notícia era um chamado à população, para que comparecesse ao “show de fogos e artíficios” no Parque do Lago, um espetáculo, segundo a Assessoria de Imprensa, que ia tornar a noite guarapuavana “mais iluminada e mais bonita”.
    Como se sabe, o “espetáculo” foi um autêntico mico: os fogos não funcionaram, deixando os espectadores a, literalmente, ver estrelas.
    Ninguém da Prefeitura se pronunciou oficialmente a respeito de mais este escândalo, já que foi contratada uma empresa para fazer o evento.
    O contrato, pelo que se sabe, passou pelas mãos do secretário de Finanças, Leocádio Pupo.

  4. Ita
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 17:18 hs

    2010 ano de elegermos a Dilma Presidente, Pesuti Governador.

  5. TORNEIRO MEC. PELO SENAI
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 17:41 hs

    óia a fundura que ela vai por no nosso nesse ano…. e em 2011 vai por o resto.

    o cachaceiro está eufórico, orgasmo etilico, com seu filme, onde o merda barreto colocou ele como o deus brasileiro, quando na verdade é o demonio e o fdp do brasil

  6. Dagmar Servia
    sábado, 9 de janeiro de 2010 – 19:08 hs

    Ita que pariu, vai ter mal gosto assim longe

  7. sábado, 9 de janeiro de 2010 – 22:15 hs

    Ellle no Guarujá e ella num SPA , eeheh vidão!
    Mas não fazem falta nenhuma, poderiam ficar por lá mesmo.
    Enquanto isso o povo morrendo aos montes por aquí e nenhuma declaraçãozinha do marolinha , mas se fosse em Cuba ou Venezuela elle já teria se pronunciado, pois é,mas morto não dá voto né ?

  8. ERNESTO
    segunda-feira, 11 de janeiro de 2010 – 12:00 hs

    O BLOG DE ADRIANA VANDONI ESTÁ CENSURADO POR ORDEM JUDICIAL!

    Mulher de coragem que fala o que deve está sendo punida pelo governo Lula!

    Veja abaixo o texto que foi censurado pelo governo Lula.

    Publicado por Adriana Vandoni em 10 novembro, 2009, às 13h31

    ***************************************************

    Já tivemos presidentes para todos os gostos, ditatorial, democrático, neo-liberal e até presidente bossa nova.
    Mas nunca tivemos um vendedor de ilusão como o atual.
    Também nunca tivemos uma propaganda à moda de Goebbels no Brasil como agora.
    O lema de Goebbels era uma mentira repetida várias vezes, se tornará uma verdade.
    O povo, no sentido coletivo, vive em um jardim de infância permanente.
    Vejamos alguns dados vendidos pelo ilusionista.
    O governo atual diz que pagou a divida externa, mas hoje, ela está em 230 bilhões de dólares.
    Você sabia ou não quer saber?
    A pergunta é: pagou?
    Quitou?
    Saldou?
    Não.
    Mas uma mentira repetida várias vezes torna-se verdade.
    Pagamos sim, ao FMI, 5 bilhões de dólares, o que portanto mostra apenas quão distante estamos do que é pregado para o povo.
    Nossa dívida interna saltou de 650 bilhões de reais em 2003, para 1 trilhão e 600 bilhões de reais hoje, e a nossa arrecadação em 2003 ano da posse do ilusionista que foi de 340 bilhões, em 2008 foi de 1 trilhão e 24 bilhões de reais.
    Este ano a arrecadação caiu 1% e, olhem bem, as despesas aumentaram 16, 5%.
    Mas esses dados são empurrados para debaixo do tapete.
    Enquanto isso os petralhas estão todos de bem com a vida, pois somente com nomeação já foram 108 mil, isso sem contar as 60 mil nomeações para cargos de comissão.
    É o aparelhamento do Estado.
    Enquanto isso os gastos com infra-esturutra só subiram apenas 1%, já as despesas com os companheiros subiram para mais de 70%.
    Como um país pode crescer sem em infra-estrutura, sendo essa inclusive a parte que caberia ao governo?
    O PT vai muito bem, os companheiros estão todos muito bem situados, todos, portanto, estão fora da marolinha, mas nos outros estamos sentindo o peso do Estado petista ineficiente, predador e autoritário.
    Nas áreas cruciais em que se esperaria a mão forte e intervencionista do governo, ou seja, na saúde, educação e segurança o que temos são desastres e mais desastres, mortandades.
    O governo Lula que fala tanto em cotas raciais para a educação, basta dizer que entre as 100 melhores universidades do mundo, o Brasil passa longe.
    Já os Estados Unidos (eta capitalismo) possuem 20 universidades que estão entre as 100 melhores.
    O Brasil não aparece com nenhuma.
    São números.
    O governo Lula também desfralda a bandeira da reforma agrária.
    O governo anterior fez mais pela reforma agrária que o PT, mas claro, esses números não interessam.
    Na verdade não deveriam interessar mesmo.
    Basta dizer que reforma agrária é mais falácia do que coisa concreta em beneficio da sociedade.
    Se querem saber, em todos os países onde houve reforma agrária, logo em seguida se tornaram países importadores de alimento.
    A ex-URSS, Cuba e China são exemplos claros do que estou afirmando.
    Mas continuamos com o discurso de reforma agrária.
    A URSS quando Stalin coletivizou a terra, passou a ser importadora de alimento e consequentemente a ser um dos responsáveis pelo aumento do preço do alimento no mundo.
    Entendam.
    Cuba antes da comunização com Fidel, produzia 12 milhões de toneladas de açúcar do mundo, hoje não produz nem 2 milhões.
    A Venezuela tão admirada por Lula produzia 4 mil quilos de feijão por hectare, depois da reforma agrária praticada pelo coronel Hugo Chaves só produz 500 kg por hectare.
    Mas os socialistas não sabem nem querem saber dessas questões, o trabalho que dá para produzir, para gerar alimentos, isso porque eles tem a sociedade para lhes pagar o salário, as contas e as mordomias, além de dinheiro do contribuinte para colocar comida na sua mesa.
    Mas eles não sabem nem querem saber sobre o que é produzir, cultivar, plantar alimentos.
    Pois bem, os companheiros acreditam nos milagres da reforma agrária.
    Dizem que estão mudando o país.
    É para gargalhar.
    Agora incrível, e hoje está mais do que comprovado, que com a diminuição dos impostos nos setores de eletrodoméstico fez o comércio e indústria neste setor produzir e vender mais.
    O aquecimento na venda de carros também surtiu efeito com a redução de impostos.
    O que fica definitivamente comprovado que imposto nesse país é um empecilho ao progresso e ao desenvolvimento.
    Mas o discurso dos petistas é outro.

    Ou seja, uma mentira repetida várias vezes torna-se verdade.
    É o ilusionismo de Lula.

    COMO O BLOG FOI AMORDAÇADO JUDICIALMENTE PELO GOVERNO, VAMOS DIVULGÁ-LO!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*