Justiça libera radares | Fábio Campana

Justiça libera radares

A Justiça liberou o funcionamento dos radares em Curitiba, que estão desligados por decisão da própria Justiça.

Agora, foi dado um efeito suspensivo sobre a decisão judicial anterior, permitindo que os radares continuem funcionando até o trânsito em julgado da questão sobre o contrato com a Consilux.

A Urbs não se pronunciou sobre o assunto porque não foi oficializada da nova decisão judicial.


16 comentários

  1. vasconcelos
    quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 – 17:33 hs

    Uma necessidade face aos apressados. A pena deveria ser maior
    em caso de reincidência. Quem tem pressa deveria sair 5 minutos antes.
    Gostaria que a disciplina eletrônica alcançasse as estradas.

  2. Urbs 10 x MP 0
    quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 – 17:40 hs

    Acho que o melhor é o MP pegar o banquinho e sair de fininho….kkkkkkkkk

  3. salete cesconeto de arruda
    quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 – 20:43 hs

    Cuidado:
    Lá vem deputado!

  4. ildo baldo
    quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 – 21:17 hs

    vai continuar a robalheira a licitaçâo já foi uma falsa licitaçâo

  5. turma
    quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 – 22:33 hs

    E continua a tchurma faturando com os radares… é juiz, deputado, prefeito… tudo filhinho das oligarquias paranaense faturando em cima da população. Foda-se se tem falcatrua

  6. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 6:35 hs

    Chora PTzada, chora Carlos MOraes, não adianta chorar, tem é que respeitar o limite de velocidade.

  7. fred
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 7:25 hs

    opa, pelo jeito o exército de piriquitos deve sair das ruas finalmente, tava ‘bunito’ de ver , três a cada 100 metros (por quadra!!). olha o pardal na avenida aí gente, chega pra lá!!!! tum dum dum tum!!

  8. Fiscal do Povo...
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 10:16 hs

    Bem, se é que a prefeitura apenas quer “educar” o povo no trânsito e não receber o valor das multas… porque que no lugar das lombadas eletrônicas e radares não são colocadas apenas lombadas físicas, pois o motorista será obrigado a segurar o automóvel, evitando assim o excesso de velocidade e perigo no trânsito e o melhor acabando com a indústria da multa curitibana.

  9. Marcondes Oliveira
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 10:23 hs

    só uma pergunta,porque esses radares não são de propriedade da Urbs,evitaria os buracos nos asfaltos e não mudaria de empresas a cada 4 anos,vereadores façam um projeto de lei para passar os radares para a URBS.

  10. O ARAPONGA
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 11:45 hs

    DO QUE VALE LIBERAR OS RADARES, QUANDO TEM ACIDENTE ONDE TEM FILHO DE POLITICO INFLUENTE MANDAM APAGAR, MESMO QUE A VELOCIDADE SEJA 190 KM. QUEM NÃO TEM PADRINHO VAI PRA CADEIA, COMO DIZIA O FAL. ALBORGTE. INFELISMENTE ESSA É A REALIDADE DO PARANA VAMOS ESCAPAR DOS POLITICOS ANTIGOS DE POSTO, E CAIREMOS NAS MÃOS DOS NOVOS QUE JA VEM VICIADO.

  11. Olhos Abertos
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 12:24 hs

    O que dá para falar… voltou a funcionar sem formalizar as documentações.

  12. Marcos Calonga
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 13:23 hs

    Justiça? O que é justiça? Quem é a justiça? Pra quem é feita a justiça?

  13. Uai sô......
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 13:52 hs

    Sempre as mesmas empresas ganham as licitações, tais como, perkons, consilux, dataprom, bordoux, empo,

  14. Magno
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 13:58 hs

    Tem que liberar o quanto antes… senão como o filinho de papai. Betinho vai fazer campanha? Eles teem que voltar a roubar a população pra devolver pro emprumadinho!!!! mas me respondam, pra que radar, se o transito não flui? talvez de madrugada melhore! Existe relato no mundo de alguma cidade ecológica, que não oferta condições ao transito de bicicletas? Mas somos referencia!!! temos uma linha verde ser arvores, ou conta-se o gramado? alguem ai ja tentou andar de bicicleta por esse elefante branco? ingenua burrise!!! e ainda é visto como o melhor do Brasil… só mesmo com a ajuda do dinheiro investido nos carniceiros da mídia… né pelego?

  15. Leite quente
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 16:50 hs

    Extinção à URBS!!!!!!!!! chega de cabide de emprego!!!!

  16. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 – 20:50 hs

    Esse Fiscal do Povo é tolo mesmo, então o bom é ter lombadas, aquelas que quebram amortecedores e estragam os carros.
    Basta andar dentro do limite de velocidade que não existirá a tal “indústria da Multa”.
    Eu nunca fui multado. aprovo, com louvor as Lombadas Eletrônicas, o brasileiro deve aprender a respeitar a Lei e ponto.
    Quando visitamos países desenvolvidos, Estados Unidos, por exemplo, estranhamos o fato de que os motoristas respeitam os limites de velocidade, sabem qual é o motivo? CADEIA, experimente dirigir bêbado, experimente desacatar um policial, experimente “furar” um bloqueio, é bala na certa, atiram primeiro e perguntam depois. Aqui, ai do policial se atirar em um motorista que furou a barreira, vai preso, responde inquerito, etc.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*