Um dia de selvageria | Fábio Campana

Um dia de selvageria

A violência que explodiu depois do jogo em que o Coritiba foi rebaixado como manifestação de inconformismo dos torcedores é injustificável. As cenas dispensam legendas, depredação de patrimônio público, agressão a outros torcedores e a policiais não devolvem o Coritiba a primeira divisão. Ao contrário, só agrava a situação do clube que pode sofrer punição severa e inclusive ter seu estádio interditado no ano que vem. A incompetência da diretoria do Coritiba (que não é muito maior que a da atual diretoria do Atlético) deve ser punida nas próximas eleições do clube.

091206outros_jogos_f_017


17 comentários

  1. Dagmar Servia
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 12:32 hs

    Sr.Alberto, acho que o senhor não entendeu o que eu quis dizer.
    Quando falo em torcedores, falo naqueles que tem paixão pelo futebol, não esses que provocaram a desordem.

    Culpo sim a Secretaria de Segurança, porque não é a primeira vez e não será a última que isso ocorre. No país em que vivemos, o poder público só coloca o cadeado depois da porta arrombada.

    Todo jogo há conflitos sejam nas imediações dos estádios, seja longe deles. A secretaria de segurança já deveria estar prevenida quanto a isso, mas finge que não é com ela.

    O sr. colocou todos no mesmo saco, e foi isso que não concordei. Espetáculo sim, se não tivesso ocorrido o que ocorreu, pois na sua grande maioria os torcedores, eu disse torcedores e não bandidos, saíram tristes do estádio não só com o descenso mas com os fatos lamentáveis provocados por esses bandidos que não fazem isso apenas em jogos de futebol não, mas tudo é motivo para depredação e bagunça.

    Me desculpe se não entendi o seu raciocínio.

  2. salete cesconeto de arruda
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 12:40 hs

    Dizem que penso muito adiante. Por isso alguns pensam que sou polêmica. Mas de polêmica não tenho nada. Apenas analiso os fatos socraticamente. E isso nos faz ver muitos lados da mesma questão. Essa da violência por exemplo. A algo de MUITO RUIM NA POLÍTICA PARANAENSE. E isso passa para as pessoas – no INCONSCIENTE – de que estamos numa cidade e estados ACÉFALOS!
    Estado e cidade SEM COMANDO – se transformam em TERRA SEM LEI. Glauber, Darcy e tantos outros diriam cientificamente o que tento dizer:
    QUANDO OS GATOS SAEM DE CASA….
    Pois é. A cidade se transforma numa grande ratoeira. O estado idem. E salve-se quem puder. Os radares não tiveram nada com ESSA TRAGÉDIA DE HOJE. Mas a SENSAÇÃO DE IMPUNIDADE – SIM! E essa IMPUNIDADE NO TRÂNSITO começou com filhos de AUTORIDADES. Emblemático! Autoridades – DIZEM TODOS – estaduais e municipais.
    Não estamos numa terra sem leis?
    Ou seria sem AUTORIDADE?
    Lembro do tempo das campanhas políticas – lá no sudoeste do estado – ONDE VALIA TUDO. Pois agora – com essa coisa de DISPUTA INTERNA – DESESPERADA POR UMA VAGA A CANDIDATO E ACORDOS – NADA BRANCOS OU NEGROS – APENAS ACORDOS SUJOS – para enganar o eleitor – nos remetem àqueles tempos passados.
    Guerra nos estádios, acidentes violentos – praticados por quem deveria dar exemplo… É SÓ O COMEÇO!
    Sinto que uma guerra pode explodir a qualquer momento.
    EM PLENO CENTRO CÍVICO que de CÍVICO não está tendo nada nos últimos tempos.
    Observe que nessa TRAGÉDIA mulheres são poucas. Há muita energia MACHISTA SEXISTA – DE DISPUTA – GUERRA…. no ar. Talvez Lula esteja certo ao ter lançado uma mulher para presidente. Ainda que tendo que SER MAIS FORTE do que muitos MACHOS que se ACHAM. Pois para segurar o leme desse barco é preciso ser STELA – ESTRELA – já que vivemos tempos de guerra.
    OU SERIA TEMPO DE LOUCURA?
    Mas onde estariam os manicômios?
    Sei.
    NO CENTRO NADA CÍVICO!!!
    Será que é lá que irá começar a NOVA BATALHA – VELHA?!
    Qual batalha – Salete – você de estar se perguntando…
    A BATALHA PELO PODRES PODERES A QUALQUER PREÇO!!!

  3. distraidos venceremos
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 12:50 hs

    Fabio estou ficando repetitivo porém vc há de convir comigo que Curitiba virou a capital-do-pé-de-chinelo…porque realmente há simetria entre o comportamento da população e dos politicos no brasil fui claro vamos tentar denovo A C O R D E enquanto é tempo jejejejeje :°X

  4. CACHAÇA.
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 13:04 hs

    Infelizmente os verdadeiros torcedores vão pagar o pato, pelos irresponsáveis da império. Esta torcida organizada de maginais, que mais parece o comando vermelho da capital paranaense, deveriam era está na cadeia. desde o presidente até o faxineiro. não tem perdão para este timeco. é terceira divisão e ponto final.

  5. Atleticana
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 13:17 hs

    E acho que após essa palhaçada do Coxa, deveria ser proíbido no mínimo 1 ano que os torcedores entrassem no estádio pra ver o jogo. Que cada animal fique em sua casa assistindo e quebre a sua televisão, rasgue o sofá vá até a sua garagem e ataque pedra no seu carro. Nada de sair destruindo os onibus, terminais e até mesmo o estádio.

  6. maristela
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 13:36 hs

    estes sao os culpados….Com a palavra, os principais responsáveis pelo pior momento do Coritiba em 100 anos de história:

    Presidente: Jair Cirino dos Santos
    Vice-Presidente: Marcos Hauer
    Secretário: Eduardo Jaime Martins
    Diretor Administrativo Financeiro: Francisco Araújo
    Diretor de Futebol: Homero Halila Pereira
    Diretor de Relações Institucionais: Ricardo Gomyde
    Diretor de Patrimônio: Nadir Elache
    Diretor das Categorias de Base: João Gualberto de Sá Scheffer
    Diretor Membro do Conselho de Administração: Jurandir Marcondes Ribas Filho.

  7. Emerson
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 14:16 hs

    Marginais!!!

    Mas o vandalismo não tem torcida específica.

    No domingo 29, torcidas atleticanas apavoravam os arredores da praça Oswaldo Cruz e Shopping Curitiba. Andavam e corriam, em centenas, no meio da rua Visconde de Guarapuava, parando o trânsito, assustando famílias, fazendo arrastões e brigando entre si.

    Se fazem isto é pela certeza da impunidade. Polícia tem que ser rigorosa, descer o porrete neste pessoal. É a linguagem que conhecem. Barbarizam por barbarizar. São covardes que, sozinhos, não são nada, e quando se reúnem se acreditam Super-Homens.

    PS: Não torço para time nenhum.

  8. Olho Vivo
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 14:34 hs

    O futebol deveria ser proibido, se colocarmos numa balança entre as desgraças e corupções no futebol e na alegria que ele proporciona chegaremos a conclusão que o mesmo não vale apena.

  9. Lucas
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 15:36 hs

    já tem idiota dizendo que no tempo do lerner “o PR tinha três times na primeira divisão”. tem idiota pra tudo mesmo!

  10. Fábio Mayer
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 17:43 hs

    Em 2004, os torcedores do Atlético depredaram o estádio Joaquim Américo depois do clube perder o paranaense para o Coritiba. Não há diferença nenhuma entre os marginais que torcem pelo Coritiba, dos marginais que torcem para o Atlético ou outro time qualquer.

    O que é triste é que pessoas morrendo, aparecem esses mesmos marginais e fazem comentários aqui, como o Coxão, o Atleticano, a Carla e a Atleticana aí em cima, que acreditam piamente que entre os seus não há marginais, o que não é verdade, bastando ler jornais para constatar. É gente dessa laia que incita a violência…

  11. Policial
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 18:13 hs

    Todos aqueles aparatos que vcs veem em outros Estados, aqui o Governador proibiu não tem bomba de efeito moral, não gás de nenhuma forma, minimo de munição anti-motim, na verdade a Polícia Militar esta totalmente sem condições de fazer frente a qualquer ato de marginais seja rebelião ou tumulto como este, os poucos heróis escalados com certeza amanhecem de serviço estão esgotados, para suprir a falta de recurso humano na PM, enquanto isto o o Ditador do Paraná inaugura campo de criminosos usando a aeronave da Polícia até quando vamos aguentar isto e, ainda sai pesquisa com ele para o senado na frente onde estão morando estes que apoião o ditador só podem estar mamando na teta do governo ou são analfabetos. Ainda para acabar aparece o Secretário descaradamente dizendo que havia 700 policiais escalados, se o efetivo total de curitiba e menor que o da guarda municipal.

  12. Luciano
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 19:14 hs

    Com toda a certeza não foi culpa da policia militar. O número de policiais era suficiente, cerca de 50, para garantir a segurança do juíz e bandeirinhas. Quem tem que garantir a segurança em um evento particular, dentro de um espaço particular e onde se cobra a entrada, é o promotor do evento(ver direitos do consumidor). Eu me indignaria muito se a polícia militar estivesse em maior quantidade neste estádio, pois quanto mais polícia no estádio, menos na rua atendendo chamados mais urgentes.. Pago meus impostos para a polícia estar nas ruas e não para cuidar de vândalos de seu próprio patrimônio. Que se punam a diretoria do coritiba, a torcida organizada e os que aparecem nas fotografias e vídeos que foram feitos, mas se punam não só com a suspensão de jogos ou rebaixamento (ainda dá), mas também com multas pesadas e ressarcimento pelos bens públicos depredados, e ainda pelos custos gerados para o estado e município, que teve que deslocar carros, pessoal, elicóptero, vagas em hospitais (internamento, remédios, médicos, enfermeiros e atendentes). Como eu disse, eu pago os meus impostos, sou pessoa de bem, não quero que este dinheiro seja gasto consertando ou cuidando ou medicando esses vândalos.

  13. salete cesconeto de arruda
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 21:15 hs

    Só para saber:
    Onde estavam o prefeito e o governador no momento?!

  14. GOVERNADOR CULPADO
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 21:41 hs

    Sr Requião, porque vc não assume que proibiu a utilização de cães nos estádios, os quais pela mera presença inibiriam a ação dos vândalos que visavam invadir o campo? Porque vc não se pronuncia e assumi que tb proibiu a utilização de cavalos para conter a turba externa nos estádios? Porque vc, seu comedor de mamonas, não assumi que sucateou a PM, que não existe armamento e munição não letal, que nem fardamento existe e que os salários são miseráveis? E este anão de insegurança pública, vai a público mentir dizendo que tinha 700 PMs no local! Canalhas, safados, corruptos e usurpadores dos cofres públicos, sumam do nosso Estado, pois teremos muito trabalho para recuperar esta herança maldita…

  15. guarapuavana2
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 – 21:52 hs

    Aí povinho curitibano, Isso sim, é ser povinho… fazer o que fizeram? acho que nem em 1000 anos o guarapuavano faria uma festa tão linda pra cidade, pra o clube do coração.
    Se somo “indios”, como muitos curitibocas chamam, pelo menos não fazemos esse tipo de baderna, “por amor”…
    Estão precisando de civilização.
    Que Deus tenha misericordia da educação dos moradores da capital do meu Paraná.

  16. décio
    terça-feira, 8 de dezembro de 2009 – 0:42 hs

    guarapuavana, você tem toda a razão em relação à educação de estrebaria dos curitibanos. mas, só uma pergunta: TEM FUTEBOL AÍ???

  17. Pedrowiski
    terça-feira, 8 de dezembro de 2009 – 1:05 hs

    Para Salete Cesconeto de Arruda:

    Tomando cachaça com o teu presidente decerto!!!!
    Vá fumar maconha com seus amigos filósofos de boteco.
    O futebol tem coisas que nem Freud explica. O futebol extrapola planejamentos e autoridades!!! Vá fazer piquete na frente da sua fábrica…lá no Bar do Zé!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*