Lupi diz que candidatura de Osmar é prioridade do PDT | Fábio Campana

Lupi diz que candidatura de Osmar é prioridade do PDT

politica 438

O Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, afirmou hoje (14), em Ponta Grossa, durante a solenidade de municipalização da Agência do Trabalhador, que a candidatura do senador Osmar Dias ao governo do Paraná “é irreversível, prioridade absoluta do PDT Nacional e que Osmar é o virtual governador do Estado”.

“Por causa de pessoas como Osmar Dias, o PDT não tem mácula”, completou.

Para Lupi, Osmar Dias foi o lutador pela descentralização das agências de Ponta Grossa e Maringá por meio da municipalização, que vai garantir recursos de R$ 200 mil para cursos de qualificação profissional, quatro vezes mais recursos que os atualmente repassados pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Lupi também comentou os esforços do deputado Luiz Carlos Setim (DEM) para viabilizar a municipalização que aumentará o atendimento aos trabalhadores nas questões de treinamento, qualificação profissional, oferta de vagas e pagamento de seguro-desemprego.

Para o senador Osmar Dias, “a agência é a casa do trabalhador, das pessoas que constroem o Paraná”. “A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa é referência nacional, pois opera muito acima dos níveis mínimos exigidos pelo governo para selecionar e colocar os trabalhadores no mercado de trabalho. Fiz questão de mostrar ao Ministro Lupi essa eficiência e ele não poderia fazer outra coisa senão municipalizar a agência, garantindo mais recursos para que os trabalhadores de Ponta Grossa possam ser beneficiados com qualificação e uma boa oferta de vagas de trabalho”, comemorou.

Ao ser questionado sobre o fato de o prefeito de Ponta Grossa, Pedro Wosgrau Filho, ser do PSDB, Osmar disse que os trabalhadores de Ponta Grossa não têm nada com isso e que ele e o Ministro Lupi sempre agiram desta maneira. “A política séria está acima das questões partidárias. Trabalho assim sempre. Dinheiro público não tem carimbo partidário”, afirmou.

Segundo o prefeito Pedro Wosgrau Filho “o apoio do senador Osmar Dias não aconteceu só nesse momento, mas sempre”. Wosgrau se lembrou do empenho de Osmar na aprovação da operação de crédito junto ao BID no valor de US$ 7,5 milhões para o financiamento parcial do Programa de Melhoramento da Infra-Estrutura Urbana do município.

O deputado Federal Luiz Carlos Setim destacou Osmar Dias como grande parceiro dos interesses do Paraná. “Osmar demonstra vontade para resolver os problemas do Estado. Graças a ele o processo de municipalização da Agência do Trabalhador foi à frente”, afirmou.

PROJOVEM – Osmar e Setim anunciaram que ambos vão propor emendas garantindo recursos para que a Agência tenha sede própria. Osmar Dias anunciou também que já pediu ao Ministro Lupi que Ponta Grossa receba no ano que vem o Projovem, programa do Ministério do Trabalho que leva formação profissional aos alunos das escolas públicas.

Antes do evento em Ponta Grossa, Lupi e Osmar lançaram o Projovem em Maringá. Lá o Projovem tem a meta de capacitar 2 mil jovens entre 18 e 29 anos para o mercado de trabalho. Somente para o setor de confecções (um dos que mais oferece vagas na região), serão capacitados 500 jovens.

CRISE – Osmar Dias aproveitou a cerimônia para destacar o trabalho de Carlos Lupi no Ministério do Trabalho “No auge da crise, o Lupi previu que o Brasil geraria 1 milhão de empregos e caiu em descrédito junto à oposição e parte da imprensa. Pois até o mês novembro, o Brasil gerou 1,2 milhão de empregos, um recorde”, comparou, lembrando que o governo Lula gerou 12 milhões de empregos com carteira assinada. “Sete milhões com Lupi à frente do Ministério”, frisou.


5 comentários

  1. Osmar 100pt
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 17:34 hs

    Em outras palavras é o que está estampado no boletim da Rede PDT desta segunda-feira, Osmar governador é o que interessa, o resto não tem pressa. A respeito do prazo que o PT divulgou até abril para o senador decidir sobre aliança está dada a resposta: “No PDT comenta-se que o PT tem prazo maior (vai até a data limite das convenções partidárias, 30/06/2010) para assegurar o apoio da chamada base aliada do governo Lula à candidatura do Osmar Dias. Do contrário, caso o PT não consiga unificar os aliados, o PDT paranaense poderá celebrar aliança alternativa (inclusive com outras siglas da base aliada) que possa cooperar com maior eficiência para a concretização dos objetivos do Projeto Paraná”.

  2. Alexandre Ramos
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 20:29 hs

    Realmente, por causa de pessoas como o Osmar, o PDT não tem mácula. Em contrapartida, por causa de pessoas como o Paulinho da Força e o próprio Lupi, o PDT tem mácula sim.

  3. segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 21:01 hs

    Sonhar não paga impostos..agora Osmar “virtual” governador, ai já é delirio, pode internar que tá fora de si…

  4. rubens
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 21:29 hs

    e esse osmar …heim..
    segundo o pmdb 8,7 pontos na frente do beto no paraná.
    segundo o psdb só 4.
    Haja telemarketing..

  5. Gilnora
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 23:48 hs

    É por esse trabalho e seriedade que o interior vota Osmar Dias governador!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*