Lula diz que corruptos têm cara de anjo | Fábio Campana

Lula diz que corruptos têm cara de anjo

No Dia Mundial de Combate à Corrupção, o presidente Lula fez discurso em que disse que é difícil combater esse tipo de crime. Segundo ele, os corruptos têm cara de anjo.


23 comentários

  1. CURTA E FINA
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 18:11 hs

    HAHAHHAHAHAHAHHAHA

    E VIVA O BRASIL, O PAÍS DOS ANJOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 18:44 hs

    Será que ele,a Dilma,o Collor de Mello e Silva, o Duce e sua família,tem asinhas e nós não sabemos,grande sabedoria….
    FFFFFFFOOOOOOOORRRRRRRRRAAAAAAAAAA cambada de sem vergonhas, faltam para o Duce 110 dias para o adeus,até nunca mais, vai levar-lhe uma fubecada nas eleições,você e sua família…..

  3. Olho vivo
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:26 hs

    Bem disse o Presidente.
    Conheço alguns!
    Na vedade eles têm a cara de urubus disfarçados.

  4. ZÉ CUTUCA
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:37 hs

    Mais sei lá o lula não tem cara de anjo e é corrupto, já viram a noticias sobre os familiares do mço como se deram bem nestes últimos anos. kkkkk

  5. Analista
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:40 hs

    Não só tem cara de anjo como dizem que não sabem de nada … E tem mais, corrupto não é só aquele que rouba dinheiro, também é aquele que se aproveita do poder em benefício próprio … E ainda mais, para o corrupto, corruptos são os outros …

  6. josé
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 20:18 hs

    Sem dúvida e são lula está rodeado deles: zé dirceu, genoío, delúbio, rondeau, lulinha, sato…o que tem de “anjo”…

  7. Beto
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 20:21 hs

    Por Reinaldo Azevedo

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

    LULA ESTÁ CERTO: ÀS VEZES, O CORRUPTO FINGE SER ANJO
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 | 18:45

    Como é mesmo uma das frases de “Máximas de Um País Mínimo” (sábado está chegando…)? “Se Lula não existisse, jamais seria inventado”. Hoje, caros, é o Dia Internacional de Combate à Corrupção. É por isso que ontem, na véspera, Dilma Rousseff foi àquela festa do PT em homenagem aos mensaleiros do partido… Não nego: um dos meus prazeres cotidianos é demonstrar o fundo falso da moral petista; é evidenciar que a sua tolerância com a bandalheira é superior à de qualquer outro grupo político, embora seus representantes posem de vestais da ética e dos bons costumes.

    Vejam que grande moralista, por exemplo, é Lula. Ele envia nesta quarta ao Congresso um projeto que torna a corrupção “crime hediondo”. Ohhh!!! Que grande combatente da ética é este senhor! Antes que detalhe a sua proposta, duas perguntinhas:

    1 – Que punição receberia, segundo o seu projeto, o filho do presidente da República que recebesse, em sua empresa, a injeção de R$ 10 milhões, feita por uma concessionária de serviço público, de que o BNDES é sócio?
    RESPOSTA – Nenhuma! Porque isso não seria considerado um crime.

    2 – Que punição receberia, segundo o seu projeto, o presidente que patrocinasse a mudança de uma lei apenas para atender a uma empresa que fizera um negócio considerado ilegal?
    RESPOSTA – Nenhuma! Porque isso não seria considerado um crime.

    Não falo por enigmas. No primeiro caso, refiro-me ao dinheiro que a Telemar pôs na Gamecorp, de Lulinha; no segundo, refiro-me ao Lulão mesmo, que mudou a lei da telefonia para legalizar a compra da Brasil Telecom pela Oi (ex-Telemar…).

    Isso é corrupção? Eu diria que se trata, quando menos, de corrupção de valores morais e éticos, não é mesmo? Dá para fazer mais perguntas. Que punição receberiam as empresas que financiassem um filme hagiográfico, de óbvio apelo eleitoral, especialmente quando boa parte delas depende da boa vontade do estado? A resposta: nenhuma de novo! Porque isso, nestas terras, é tido como coisa normal.

    Que pena receberiam dirigentes de fundos de pensão que se articulassem com partidos políticos para interferir no destino de empresas privadas? Ou o que fazer com dirigentes sindicais, sustentados por um imposto, que põem a máquina que dirigem a serviço de um partido político? Nenhuma, certamente, porque isso não seria considerado corrupção.

    Oportunista
    O “projeto de Lula” é puro oportunismo eleitoreiro. Por que não teve essa idéia logo depois do mensalão do PT ou do dossiê dos aloprados? A fala do presidente, diga-se, trai a sua intenção, ou a revela, de maneira acachapante:
    “Essa lei, espero que o Congresso discuta e aprove. Ela envolve todas as instâncias de poder no Brasil, pode ser que não resolva, mas, se o Congresso aprovar, pode ser que a gente comece a passar para sociedade a idéia de que não tem impunidade. Hoje, as pessoas vêem que o cara que rouba um pãozinho vai preso e quem rouba um milhão não vai preso. Essa consciência está muito forte nas pessoas. Não é a única saída, mas é mais um degrau na escalada de combate à safadeza com o dinheiro público no país”.

    É isto: ele está interessado em “passar a idéia”… Entendi. Que o faça na boca da urna, logo depois de um escândalo que atinge um partido de oposição, é só um detalhe. Que a lei não tenha alcance para coibir a grande corrupção, bem, é outro detalhe.

    Segundo o Portal G1, “o projeto prevê o aumento da pena mínima para casos de corrupção ativa e passiva, peculato e concussão (quando o corrupto pede vantagens para cumprir sua função) de dois para quatro anos para todos os servidores públicos de todas as esferas de poder, federais, estaduais e municipais. No caso de altas autoridades com poder decisório e ocupantes de cargos eletivos, o projeto eleva a pena mínima para oito anos, o crime se torna hediondo, portanto inafiançável, e abre possibilidade para prisão temporária de até 60 dias.”

    A comédia involuntária do poder é sempre a parte mais saborosa para o analista. No dia em que Lula falou contra a corrupção, em que anunciou o projeto que a transforma em crime hediondo em que refletiu sobre o tema com aquele ar santo e superior a que estamos habituados, afirmou:

    “A corrupção é difícil de descobrir; às vezes, o corrupto tem cara de anjo, é aquele que mais fala contra a corrupção, o que mais acusa, porque ele acha que não vai ser pego. Às vezes a arapuca pega o passarinho”.

    Exceção feita à metáfora do passarinho, que saiu torta (afinal, o que faria sentido é ele dizer que, às vezes, a arapuca pega quem a armou, já que o passarinho, coitado!, como regra, é pego injustamente), concordo com Lula.

    Às vezes, o corrupto finge mesmo ser um anjo.

  8. TERRORISTA CANDIDATA PRESIDENT
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:21 hs

    ESSE É UM “BONECO DE VENTRILOQUO” DOS PTS!

  9. OSSOBUCO
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:22 hs

    Os próximos 10 (dez) filmes sobre Serra:

    01. Serra Jones no Templo do Alagão..

    02. Querida, encolhi SP!

    03. O mensaleiro de Brasília-SP-MG

    04. Governador neurótico, candidato insosso.

    05. O prefeito que não quis governar.

    06. Como criamos o mensalão.

    07. O homem que achava que sabia demais

    08. Como vender o Brazil em 10 dias.

    09. A queda.

    10. Se o Arruda falasse…

  10. Austragésilo
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:23 hs

    É assim também que ele – Lula – vê os anjos mensaleiros do PT?

  11. OSSOBUCO
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:26 hs

    Reinaldo Azevedo é uma piada, não tem credibilidade, é pago por quantidade de ofensas ao Lula, não tem envergadura moral, trabalha na Veja, é representante do PIG, é jornalista marrom, ocupa mentes desprovidas de críticas, é papagaio de pirata, tá ajudando a vender o Brazil, deve tar na lista do panetone, não disse uma palavra sobre a conexão Arruda-Serra-Kassab, …

  12. Laertes
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:28 hs

    O que o Serra vai fazer em 2011 quando Dilma levar o Planalto e Ciro Gomes o Bandeirantes?

    1. Vai terminar o curso de engenharia para aprender a construir pontes
    2. Vai fazer um curso de economia e estagiar com o próximo presidente do Banco Mundial, o Lula
    3. Vai virar editorialista do jornalzinho de bairro do Otavinho
    4. Vai ser diretor de futebol do Palmeiras
    5. Vai fazer um curso de administração para, sim, ser um gestor competente
    6. Vai fugir com o Arruda

  13. PABUFE
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:30 hs

    O QUE QUE O LULA VAI FAZE COM OS ANJOS DELE ?

    OS ANJOS DO JOSÉ DIRCEU, JOSE GENOINO, GUCHIQUEM, VALERIODOTO, DELUBIO SOARES, DO BORBA, DO JANANE, E OUTROS ANJOS SEM ASA QUE NÃO VOAM, POIS ESTÃO PESADOS DEMAIS NO BOLSO E NAS CABEÇAS DELES.

    O LULA QUE PONHA UM MOTOR NO TRAZEIROS DELES E ELES ENTÃO VÃO VOAR PESDADOS, CARREGADO NO BOLSO E NA CONSCIENCIA. SÓ ASSIM PRA ESSES ANJOS DO LULA VOAREM

  14. RELAÇÕES PERIGOSAS DF-SP
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:18 hs

    Empresas do mensalão do DEM levaram 100 milhões de SP

    Kassab pagou R$ 106,9 mi a empresas do escândalo

    Acusadas de alimentar ‘mensalão do DEM’ no DF, Uni Repro e Call Tecnologia são contratadas da prefeitura

    Ricardo Brandt e Diego Zanchetta

    O Estado de S. Paulo

    Duas empresas do escândalo do “mensalão do DEM” – a Uni Repro Serviços Tecnológicos Ltda. e a Call Tecnologia – receberam da Prefeitura de São Paulo desde 2006, quando o prefeito Gilberto Kassab (DEM) assumiu o cargo, R$ 106,9 milhões por serviços prestados.

    As companhias são suspeitas de ter alimentado o suposto esquema de propina no governo José Roberto Arruda (DEM), investigado pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora.

    Tanto a Uni Repro como a Call Tecnologia seriam supostamente usadas por integrantes do PPS – que fez parte do governo do Distrito Federal e integra a gestão Kassab – para levantar fundos para o esquema.

    Na capital paulista, o contrato com a Uni Repro é anterior à nomeação de Kassab como prefeito. A empresa foi escolhida pela Secretaria de Saúde por meio de pregão presencial e depois recontratada diretamente pela maioria das secretarias, subprefeituras e outros órgãos governamentais.

    Ela concentra a maior parte dos serviços de fotocópia do governo. Levantamento feito no NovoSeo, o sistema de execução orçamentário do município, mostra que de 2006 até novembro foram pagos R$ 48,1 milhões para a empresa.

    A Call Tecnologia, de José Celso Gontijo, que aparece nas gravações entregando dinheiro para o suposto esquema, foi contratada em 2006 pelas secretarias de Gestão e Finanças. De fevereiro daquele ano até novembro, recebeu R$ 58,8 milhões.

    Os contratos foram para instalação e manutenção do sistema de 156 da prefeitura – central telefônica que recebe ligações gratuitamente do cidadão para serviços da administração – e do Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), que dispara ligações para contribuintes devedores de tributos buscando a negociação da dívida.

    A Call Tecnologia chegou a ser investigada pela CPI do IPTU, na Câmara Municipal de São Paulo. O relator da comissão, Antonio Donato (PT), afirma que, além ouvir um representante da empresa, dois parlamentares da CPI fizeram diligências na sede da empresa por suspeitas de fraude.

    A prefeitura, por meio de sua assessoria, informou que os contratos foram feitos por pregão e, no caso da Call Tecnologia, desde 2007 o valor pago não é reajustado. As empresas não retornaram as ligações.

    ESTADOS
    Minas e de São Paulo, Estados administrados pelo PSDB, também assinaram contratos com uma das empresas citadas no escândalo. A InfoEducacional tem contratos de R$ 6,7 milhões, em Minas (2008), e R$ 12,8 milhões, em São Paulo (2004, 2005 e 2006). As secretarias de Educação disseram não haver problema com os contratos.

  15. OSSOBUCO
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:22 hs

    Com base na Operação Castelo de Areia da PF, a Procuradoria da República em São Paulo pediu novas investigações sobre senadores, deputados federais, secretários municipais, vereadores e membros de tribunais de contas.

    Em relação às obras da linha 4 do metrô de São Paulo e do Rodoanel Mário Covas -do governador de São Paulo José Serra, comandado pelo PSDB- há suspeitas de pagamentos da Camargo Corrêa até para membros do Ministério Público e da Polícia Civil do Estado de São Paulo.–Nós sempre dissemos aqui que não acreditamos no MP paulista–

    As autoridades são suspeitas de cometer delitos de corrupção ativa e passiva, crimes financeiros, atos de improbidade administrativa e ilícitos de natureza eleitoral.

    Os requerimentos de novas investigações foram encaminhados ontem pela procuradora Karen Louise Kahn à Procuradoria-Geral da República, ao Ministério Público do Distrito Federal, às chefias das Procuradorias de São Paulo e Rio de Janeiro e à Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo.

    As Irregularidades recaem sobre 14 obras executadas pela construtora Camargo Corrêa. A Procuradoria pediu que diretores da empreiteira sejam investigados até mesmo pelo suposto crime de lavagem de dinheiro por meio da aquisição de obras de arte.

    As apurações da PF sobre a linha 4 do metrô e do Rodoanel indicam pagamentos da Camargo Corrêa para autoridades desde 2006. Um repasse em especial chamou a atenção da Procuradoria. Aparentemente realizado em favor de um membro do Ministério Público estadual em fevereiro de 2008, um dos pagamentos teria ligação com o desabamento ocorrido na construção da estação Pinheiros da linha 4, em janeiro de 2007. No acidente sete pessoas morreram soterradas.

    Em relação ao Rodoanel, há indícios de repasses a autoridades realizados de dezembro de 2007 a fevereiro de 2009, período que coincidiria com a execução das medições de número 4 a 17 nas obras.

    As investigações apontam indícios de irregularidades na execução da ponte Jurubatuba, com a suspeita de envolvimento de um secretário municipal de Infraestrutura Urbana e um secretário do DEM. Outra apuração indica ilícitos em obras em Paraisópolis (zona sul de SP) dos quais teria participado um secretário da Habitação -não foram informados nomes nem períodos em que as fraudes teriam ocorrido.

    O outro alvo de investigação na capital será a liberação de uma obra de interesse da Camargo Corrêa pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo). A suspeita é que vereadores paulistanos tenham recebido propina em abril de 2008 para facilitar a aquisição pela empreiteira de um terreno da empresa Itautec.

  16. Renata
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 1:04 hs

    Beto,

    o “Máximas de Um País Mínimo” já chegou aqui, comprei o meu ontem na FNAC e A-DO-REI

    Acho o Reinaldo o máximo!!!

  17. BARNEYBÉ
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 9:41 hs

    ANJO ACREDITO QUE NÃO , E SIM CARA DE POLITICO BRASILEIRO.
    O PRESIDENTE UM DIA FALOU SÃO 300 PICARETAS NO PLANALTO ACREDITO QUE ESTE NUMERO MAIS QUE AUMENTOU 1.000 X 1.000 E ESTA ALÉM DO PLANALTO.

  18. Paranista
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 9:59 hs

    Alguns com cara de anjo barbudo!

    Como mente na maior “cara dura”!

  19. Henry
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 10:29 hs

    SÓ Q ELE DE ANJO Ñ TEM NADA. TEM CARA É DE BÊBADAÇO…

  20. Jaiminho o Carteiro
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 10:42 hs

    ele é um anjo bem feio…

  21. FRANCISCO QUADROS
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 12:54 hs

    INCLUSIVE O PRÓPRIO E TODO O SEU GOVERNO. LULA CAPIAU DA SILVA E SUA TURMA PROMOVEU A MAIOR ONDA DE CORRUPÇÃO DESSE PAÍS DESDE A CRIAÇÃO DO MUNDO.
    PRATICARAM A CORRUPÇÃO DESLAVADA E FIZERAM DE CONTA QUE NÃO ERA NADA.
    DAÍ VEIO O TRISTE EXEMPLO. JÁ QUE O GOVERNO FEDERAL É CORRUPTO, PORQUE OS DEMAIS NÃO SEREM….

  22. A MAIOR ONDA
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 14:38 hs

    A MAIOR ONDA DE CORRUPÇÃO FOI A DO PSBD E A PRIVATARIA GERAL E IRRESTRITA QUE FHC PROMOVEU!
    QUALQUER OUTRA COISA ALÉM DISSO É CAFÉ COM LEITE!

  23. BETO LINHO
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 22:40 hs

    A cara da Veja, para todos os leitores que freqüentam o portal da revista, é o Blog de Reinaldo Azevedo.

    Assista à campanha institucional da revista. Repare nas imagens, mostrando os problemas nacionais, a miséria, as criancinhas, a violência. E confira, na prática, “qual o país” que Veja quer ser.

    Uma revista é o que ela publica, não o que a publicidade imagina.

    Azevedo foi um jornalista apagado até os 40 anos de idade. Depois, entrou para a revista “Primeira Leitura”, que cerrou as portas quando foi denunciado o esquema de patrocínios políticos que a mantinha.

    Foi, então, contratado por Mario Sabino para se tornar o blogueiro da Veja, incumbido dos ataques aos adversários e da bajulação aos aliados e à empresa. Pratica ambos com notável desenvoltura.

    Dedica a Sabino temor reverencial. Quando não recebe ordens diretas da direção, procura se antecipar ao que considera ser a opinião da revista.

    Às vezes erra e entra em pânico.

    Quando Barack Obama despontou nas pesquisas, escreveu comentário preconceituoso contra ele. No final de semana a edição da revista elogiava o candidato. Sua reação foi um e-mail temeroso a Sabino, perguntando das conseqüências do escorregão.

    Acalmou-se quando recebeu o “nihil obstat”. Passou recibo no Blog, divulgando o e-mail súplice e a absolvição generosa.

    Tenta reproduzir o ideal “yuppie” do grupo, como apregoar que sempre foi bem sucedido (até os 40 anos era jornalista apagado; até dois anos atrás, jornalista desempregado), gostar de uísque escocês e separar parte de suas cinco horas de sono para “fazer amor”. Aprecia quando comentários supostamente assinados por leitores (grande parte dos comentários é de “anônimos”, que tanto podem ser leitores quanto o próprio blogueiro) realçam sua inteligência e charme.

    Gosta de ser chamado de “meu Rei” e “tio Rei” pelos leitores. Esbanja preconceito contra negros, mulheres, abusa de um linguajar chulo, não tem limites para caluniar ou difamar críticos da revista.

    Seu blog participa do circuito de blogs que fazem eco às “denúncias” lançadas pelo lobby de Daniel Dantas.

    É reconhecidamente pessoa desequilibrada, com pendores homofóbicos. Tem obsessão por insinuações sexuais contra adversários e é especialmente agressivo com mulheres. Consegue saltar, sem nenhum filtro, da agressão mais escatológica contra os “inimigos” à bajulação mais rasteira às chefias.

    Em qualquer publicação, independentemente do porte, seu desequilíbrio seria contido dentro de limites editoriais. Na Veja de Eurípedes-Sabino não só tem autorização para fazer o que quiser -até sugerir “boquetes” ao presidente – como é estimulado a isso.

    Graças à falta de discernimento de Eurípedes e Sabino e à pouca importância que ambos – mais a Abril – dedicam ao trabalho de preservação da imagem da revista, Azevedo representa uma espécie de caricatura, a parte mais grotesca do processo de degradação editorial da revista. É um esgoto sem filtro. Todo o seu desequilíbrio é despejado diariamente no Blog e sua atuação festejada por Sabino.

    Hoje em dia, junto ao universo crescente dos freqüentadores da Internet, a imagem de Veja tornou-se irremediavelmente ligada à de Azevedo, o “tio Rei”. É o exemplo mais acabado do processo de deterioração moral e editorial que tomou conta da revista.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*