Eleição direta para diretor em Almirante Tamandaré | Fábio Campana

Eleição direta para diretor em Almirante Tamandaré

Enquanto em Curitiba o movimento pela eleição direta do Colégio Estadual não avança, ao lado Almirante Tamandaré dá lição de democracia.

Em 2005 o Prefeito Vilson Goinski estabeleceu, através de Lei, eleições diretas para Diretores de Escolas e de Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI´S) em Almirante Tamandaré.

Este ano, dia 12 de dezembro, realizou-se a terceira eleição para os cargos escolares, desde a edição da lei. “É uma forma democrática de decisão.

Acreditamos que a comunidade escolar (pais, alunos, professores) seja a mais capacitada para decidir quem deverá dirigir a escola, já que estão nesse meio no dia-a-dia e conhecem os que estão aptos e dispostos a trabalhar pelos estabelecimentos de ensino de sua comunidade”, disse o Prefeito Goinski, que acompanhou pessoalmente a votação em diversos locais.

Almirante Tamandaré possui atualmente 43 estabelecimentos de ensino, na área urbana, nos quais realizou-se a eleição. Os diretores eleitos no dia 12, terão mandatos de 2 anos (2010-2011) e iniciarão seu trabalhos dia 1º. de janeiro de 2010.


5 comentários

  1. FILET MIGNON
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 20:51 hs

    Parabéns Prefeito!
    Convide REIQUIÃO para a posse dos Diretores eleitos… Quem sabe ele aprende alguma coisa sobre DEMOCRACIA!

  2. Eu
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 22:18 hs

    É duro ver o governador mantendo na direção do Colégio Estadual uma pessoa incompetente como Madselva só porque lhe deve favores políticos.

    Essa mulher merece acabar num manicômio desprezada por todos.

  3. GUERREIRO, pela vida
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 – 22:46 hs

    é preciso exercer a democracia, A T da lição da vontade dos moradores…..

  4. Rubens Tavares
    terça-feira, 15 de dezembro de 2009 – 0:35 hs

    Parabéns ao Municipio de Almirante Tamandaré e seu prefeito que não estão indo contra a mão como no caso do Estado em relação ao maior colégio estadual do Paraná, que a diretora é indicada pelo governador, isto faz lembrar de um passado que não queremos nem lembrar quanto mais recordar, quando governadores foram indicados não representando a vontade da população e sim de quem estava naquele momento no poder. Se a direção geral tivesse um minimo de compromisso com a democracia estaria defendendo as eleições e não se apegando ao poder e tratando os que pensam de forma diferente como inimigos a serem exterminados. Governador siga o exemplo do prefeito de Almirante Tamandaré , propondo uma consulta a comunidade do CEP para que escolham de maneira direta o seu representante maior, pode ser através de uma consulta e elaboração de uma listra triplice. Deixe essa contribuição no final de seu governo, não só para a comunidade do CEP, mas sobretudo para a democracia.

  5. Thianny
    terça-feira, 15 de dezembro de 2009 – 7:53 hs

    É verdade , ontem foi a formatura do 3º ano do CEP no Centro de convenções, restrita a menos de 180 alunos. Antes da madselva a formatura do CEP reunia até 1000 alunos em duas noites, aberta aos amigos, outros alunos que podiam assistir no Circulo a este momento que é tão importante na vida dos estudantes. AH!! Nem Madselva nem seu staf do mal compareceram na formatura, sorte dos poucos alunos que puderam ter um momento final de tranquilidade sem a energia pesada daquela senhora….. o vice diretor Luiz Claudio foi aplaudido e ovacionado. Isto prova que o problema do CEP é a madselva… acorda Requião!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*