Brimo | Fábio Campana

Brimo

Deu no Zé Beto

É dura a vida de candidato. Amanhã à noite, em Foz do Iguaçu, o prefeito Beto Richa (PSDB) será homenageado por um “brimo” em jantar de mil talheres no hotel Mabu. O organizador é o comerciante Armando Nasser, dono da “Sax”, de Cidade de Leste.


7 comentários

  1. PAULO
    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 17:46 hs

    O FILHO DO ZÉ TÁ COMO O DIABO GOSTA….
    FÉRIAS MUITO BEM REMUNERADAS PELO BRASIL A FORA!!!
    TB QUERO SER PREFEITO DE CURITIBA!!!!

  2. sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 18:00 hs

    BOM MEU PAI ( FALECIDO ) JÁ DIZIA NA ÉPOCA DO CORO SAI Á CORREIA,,,,,,,,,HÉ HÉ HÉ HÉ HÉ ………..

  3. Olho Vivo
    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 19:27 hs

    Qual o interese deste empresário?
    Beto viajando Richa, o que ele menos faz é administrar Curitiba.

  4. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 19:55 hs

    Paulo, para ser prefeito, basta escolher um partido e ganhar a eleição. KKK

    A festa é uma homenagem da colônia árabe ao prefeito, ele é neto de Libaneses.
    Nada de mais, apenas uma demonstração de carinho dos patrícios por dos seus.
    O interesse do empresário é reunir a colônia árabe de Foz e região e dizer ao Beto Richa que pode comtar com eles para a nova empreitada.
    O Brasil é mesmo um país interessante, outro dia foi a comunidade Judaica que fez homenagem ao Beto. Unir Judeus e Árabes, é mesmo um país diferente.

  5. Galera do kibe
    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 20:00 hs

    Brimo, Estado do Paraná não é lujinha, tá bençando que vai ficar nadando em massari.
    Não bode ver dinheiro em batrício?

  6. Beto
    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 – 21:20 hs

    Deu no Zé Beto

    2 Comentários para “Brimo”
    antonio Diz:

    4 dez 2009 – 17:33
    é esse o sócio do primeiro-irmão pepe???

    lucas Diz:

    4 dez 2009 – 18:06
    obrigado pela nota, o comentário do antonio é a notícia

  7. Moisés
    sábado, 5 de dezembro de 2009 – 8:15 hs

    O BRIMO Richa deve estar triste.
    O contrato com a CONSILUX foi suspenso pela Justiça.
    A Prefeitura pagava a BAGATELA de R$ 750.310,00 mensalmente.
    Nos 59 meses de administração do BRIMO a Empresa faturou a fábula de R$ 44.268.290,00 (quarenta e quatro milhões duzentos e sessenta e oito mil e duzentos e noventa reais).
    Detalhe: 110 radares.
    BRIMO é muito bonzinho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*