Alvaro lamenta diferença de reações ante mensalão do DEM e o do PT | Fábio Campana

Alvaro lamenta diferença de reações ante mensalão do DEM e o do PT

alvaro-dias4

Ao lembrar o transcurso, nesta quarta-feira (9), do Dia Internacional de Combate à Corrupção, o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) expressou seu apoio às manifestações de organizações da sociedade civil e de estudantes em Brasília pedindo o afastamento do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda.

Alvaro Dias lamentou, no entanto, que o “espírito público” demonstrado atualmente pelas entidades populares em Brasília, ao defenderem o impeachment de Arruda, não tenha se verificado durante o caso do “mensalão” do PT, em 2005, quando declaração do publicitário Duda Mendonça atingiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na época, Duda Mendonça confessou ter recebido recursos em paraíso fiscal como pagamento pela campanha de Lula.


31 comentários

  1. Agora Sabemos
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:17 hs

    O senador esta equivocado o mensalão não é do PT, iniciou no governo do PSDB e pelo PSDB e seus aliados e continuou no governo do PT, já o do DEM deve ter gente do PSDB envolvida.
    E no governo do PSDB no RS?
    Este Senador é um cara de pau mesmo, vir defender o DEM e continuar criticando o PT.
    Fora Álvaro.

  2. Olho vivo
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:21 hs

    Alvaro, se tens os dedos sujos, não venha querer esfregá-los nas costas do Presidente.
    Isso é feio e cheira mal!

  3. Renata
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:25 hs

    Pois é, mas depois do impeachment do Collor, mais um em tão pouco tempo de democracia a colocaria em risco e mal vista perante os demais países democráticos.

    A favor da democracia aturamos o anta!!! E aos poucos vamos aprendendo…

    O lance do Arruda é todo orquestrado, as manifestações aí estão bem longe daqui.

  4. CWB
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 19:41 hs

    O SENADOR EM QUESTÃO PRECE QUERER COBRIR O SOL C/ A PENIRA E DESVIAR A ATENÇÃ PARA O ESCÂNDALO DO VICE NA CHAPA DO SEU PARTIDO!
    QUEM ORGANIZOU E DEU UMA ESTRUTURA PROFISSIONAL AO VELHO ESQUEMA DE PROPINAS, FOI EXATAMENTE O SEU PARTIDO ATUAL, O PSDB.
    E AO SE ALIAREM AO QUE HÁ E MAIS REACIONÁRIO NA POLÍTICA PARTIDÁRIA BRASILEIRA, MOSTRAM DE MANEIRA DEFINIIVA E INQUESTIONÁVEL, SUA VERDADEIRA FACE: A DE UM PMDB COM CHANTILI.
    UMA LEGENDA DE CHANTAGENS E BARGANHA, SEM PENSAR COM QUEM!

  5. josé
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 20:15 hs

    O crime é o mesmo, não importa que o inventou, ou seja o pt é tão culpado quanto o psdb no caso azeredo e o dem no caso arruda.

    A diferença é simples, estes mesmos que hoje aparecem pedindo a saída do arruda não tiveram a coragem de propor o mesmo no caso do pt..

    Sem hipocrisia, mas todos, sem exceção, deveriam ser banidos da vida política, azeredo, arruda, zé dirceu, genoíno, joão paulo cunha, enfim todos que se envolveram em crimes tipo mensalão, caixa dois, etc devem pagar pelo que fizeram!!!

  6. Lilica
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 20:25 hs

    O senador Alvaro Dias perdeu uma excelente oportunidade de ficar quieto. O Azeredo, condenado pelo envolvimento no mensalão, é do partido dele e ele se faz de esquecido.

  7. José Possas
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 20:30 hs

    Parabens, Alvaro! o PT só se indigna quando não são deles os ladrões. se Dilma ganhar vão roubar o que Lula ainda não roubou. Fora petralhas.

  8. Mosca na Sopa
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:24 hs

    Será que o Senador lamenta também a semelhança entre seu Governo e o de Arruda em lidar com manifestações ?!
    Quantas outras semelhanças existem e são lamentáveis!?

  9. PABUFE
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:25 hs

    ALVARO. NÃO LAMENTE NÃO.

    O MENSALALÃO DO DEM FOI BATON NA CUECA, COM FILMES INCONTESTÁVEIS, IMAGEM IRRETORQUÍVEIS, CLARAS VERDADEIRAS.

    O MENSALÃO DO PT/PTB/PMDB/PP/PL ETC. FOI NA SURDINA, ESCONDIDO E SE NÃO FOSSE O ADVOGADO JOEL DOS SANTOS FILHO, DE CURITIBA, QUE MORAVA EM BRASÍLIA, E QUE DETONOU O PT A COMEÇAR PELO CASO DO CORREIO, NINGUÉM SABERIA DESTE MENSALÃO DO PT, MAIS SOFISTICADO, COM A TECNOLOGIA DO MARCOS VALÉRIO, QUE INICIOU COM TEU COLEGA DO PSDB, O AZEREDO.

    EMBORA O LULA NÃO CONCORDE , “UM IMAGEM FALA POR MIL PALAVRAS “. E FALOU FORTE. ACABOU PARA O DEM.

    HOJE O CONGRESSO NACIONAL, ESTÁ NA BERLINDA, POUCOS SE SLAVAM EM BRASÍLIA. O POVO ESTÁ DE SACO CHEIO, ALVARO. NÃO DEFENDA ESTES VAGABUNDOS AI DO SENADO E CAMARA FEDERAL.

  10. Laertes
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:36 hs

    Em 2001, associou-se a ACM para fraudar o painel do Senado, no caso da votação secreta que cassou o mandato do senador Luís Estêvão.

    Apanhado, negou. Da tribuna, fez patético discurso.

    Ninguém acreditou. Em lance de puro cálculo político, voltou à tribuna, chorou, reconheceu sua participação na fraude. Pediu desculpas.

    E tratou de renunciar rapidinho, para não ser cassado.

    Saiu do PSDB, ingressou no PFL e desapareceu. E aí começou tudo de novo.

    Em 2002 foi eleito deputado federal. Em 2006 rompeu com Joaquim Roriz, de quem era cria, e elegeu-se governador do Distrito Federal, no DEM (o PFL depois da plástica).

    De Roriz herdou não apenas o governo, mas as práticas.

    O mensalão do DEM (ou DEMsalão, como já está sendo chamado) teria começado ainda no governo Roriz, de quem o denunciante, Durval Barbosa foi secretário.

    As denúncias atingem tudo e todos. Do governador e o vice, a deputados distritais, secretários e, parece, gente do Judiciário.

    Claro que o governador deu declarações negando tudo. Mas o estrago já foi feito.

    Na reunião com a cúpula do DEM, Arruda ameaçou contar para todo mundo que o DEMsalão do Planalto Central foi utilizado também para ajudar outros diretórios do partido.

    Com isso, o DEM rachou. De um lado, pressionaram pelo desligamento de Arruda os senadores José Agripino (RN) e Demóstenes Torres (GO), além do deputado Ronaldo Caiado (GO), líder do partido na Câmara.

    Mas o senador Adelmir Santana (DF), suplente do vice-governador Paulo Octávio (também envolvido no escândalo), o deputado ACM Neto (BA) e, pasmem, até o próprio presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia, querem proteger o governador Arruda.

    E os tucanos, como estão se comportando no episódio?

    Afinal, o projeto estratégico da aliança PSDB-DEM era transformar Brasília num imenso canteiro de obras, fazer da capital uma cidade-modelo, aumentar ainda mais a enorme popularidade do governador Arruda e consolidar a aliança.

    Serra para presidente e Arruda para vice.

    E agora?

    Até agora, os tucanos estão em silêncio.

    E o governador José Serra, não tem nada a dizer?

    E assim, um escândalo local se transforma em escândalo nacional.

    A coisa promete.

  11. V.Lemainski-Cascavel
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 21:44 hs

    Para que haja mobilização é preciso que alguém financie. E desta vez é fácil identificar os financiadores do movimento. A UNE recebeu milhões do governo Lulla e nem precisará prestar contas. Sindicatos e ONGs recebem milhões e não precisam mais prestar contas. … A Petrobrás pode roubar à vontade, que nem CPI pode investigar mais…Etc,…. Ou alguém não sabia disso?

  12. Laertes
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:04 hs

    Bem que o Álvaro poderia investigar essas relações perigosas!

    Empresas do mensalão do DEM levaram 100 milhões de SP

    Kassab pagou R$ 106,9 mi a empresas do escândalo

    Acusadas de alimentar ‘mensalão do DEM’ no DF, Uni Repro e Call Tecnologia são contratadas da prefeitura

    Ricardo Brandt e Diego Zanchetta

    O Estado de S. Paulo

    Duas empresas do escândalo do “mensalão do DEM” – a Uni Repro Serviços Tecnológicos Ltda. e a Call Tecnologia – receberam da Prefeitura de São Paulo desde 2006, quando o prefeito Gilberto Kassab (DEM) assumiu o cargo, R$ 106,9 milhões por serviços prestados.

    As companhias são suspeitas de ter alimentado o suposto esquema de propina no governo José Roberto Arruda (DEM), investigado pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora.

    Tanto a Uni Repro como a Call Tecnologia seriam supostamente usadas por integrantes do PPS – que fez parte do governo do Distrito Federal e integra a gestão Kassab – para levantar fundos para o esquema.

    Na capital paulista, o contrato com a Uni Repro é anterior à nomeação de Kassab como prefeito. A empresa foi escolhida pela Secretaria de Saúde por meio de pregão presencial e depois recontratada diretamente pela maioria das secretarias, subprefeituras e outros órgãos governamentais.

    Ela concentra a maior parte dos serviços de fotocópia do governo. Levantamento feito no NovoSeo, o sistema de execução orçamentário do município, mostra que de 2006 até novembro foram pagos R$ 48,1 milhões para a empresa.

    A Call Tecnologia, de José Celso Gontijo, que aparece nas gravações entregando dinheiro para o suposto esquema, foi contratada em 2006 pelas secretarias de Gestão e Finanças. De fevereiro daquele ano até novembro, recebeu R$ 58,8 milhões.

    Os contratos foram para instalação e manutenção do sistema de 156 da prefeitura – central telefônica que recebe ligações gratuitamente do cidadão para serviços da administração – e do Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), que dispara ligações para contribuintes devedores de tributos buscando a negociação da dívida.

    A Call Tecnologia chegou a ser investigada pela CPI do IPTU, na Câmara Municipal de São Paulo. O relator da comissão, Antonio Donato (PT), afirma que, além ouvir um representante da empresa, dois parlamentares da CPI fizeram diligências na sede da empresa por suspeitas de fraude.

    A prefeitura, por meio de sua assessoria, informou que os contratos foram feitos por pregão e, no caso da Call Tecnologia, desde 2007 o valor pago não é reajustado. As empresas não retornaram as ligações.

    ESTADOS
    Minas e de São Paulo, Estados administrados pelo PSDB, também assinaram contratos com uma das empresas citadas no escândalo. A InfoEducacional tem contratos de R$ 6,7 milhões, em Minas (2008), e R$ 12,8 milhões, em São Paulo (2004, 2005 e 2006). As secretarias de Educação disseram não haver problema com os contratos.

  13. nelson
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:06 hs

    O mensalão tucano/mineiro também foi lamentável. Não foi senador ?

  14. OSSOBUCO
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:12 hs

    Como diria o Álvaro: “É preciso investigar porque SP pagou todo esse dinheiro às empresas envolvidas em operações suspeitas?
    è lamentável uma coisa dessas!”

  15. josé
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:21 hs

    laertes, a call tecnologia também tem entre seus clientes a Caixa e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome…será que tem mensalão lá também?

  16. Agora Sabemos
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 22:30 hs

    A Petrobras não foi investigada porque o PSDB não quis, talves por perceber que teria muita coisa para ser investigado do periodo que o PSDB estava no governo, ou por não ter prova alguma.
    O que o PSDB fez no RS?

  17. Emerson
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 23:00 hs

    Tudo picaretagem.

    A diferença é que quando se trata de oposição, a PF pega pesado. Quando é petista ou aliado, olhos são cegos e ouvidos surdos. Se pegos com a boca na botija, tudo corre leeeeeeeeeeeeeeento…

    A lei e a eficácia das polícias e Justiça deveriam ser apartidárias.

  18. josé
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 23:18 hs

    Digo e repito: o pt é um partidinho igualzinho aos outros, tem corrupção, mensalão, caixa dois etc e tal..

    Me mostrem um petista que tenha sido punido pelo partido por envolvimento em falcatruas, comecem pelo flamarion portela de roraima, joão henrique de macapá e vão seguindo, passando por ze genoíno e os empréstimos, palloci e a quebra do sigilo do caseiro, as “contas de tv a cabo” do joão paulo…tá bom, nada disso aconteceu…hummm..então vamos lá, de novo, cadê o doutorado da dilma? Ah, esta não vale ela não é pt, é pdt enrustida…mas tem o doutorado do mercadante (ops, esqueci do dossie dos aloprados), aquele o irrevogável…

    Me poupem: não nenhum partido com moral para criticar ninguém, todos são imprestáveis!!!

    Vamos dar o troco: não votar em nenhum partido que tenha poltícos envolvidos em falcatruas, propina, caixa 2, mensalão, etc e tal é um bom começo!!!

    Se não sobrar nenhum, votamos em branco…

  19. quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 23:26 hs

    A culpa é de FHC que por dó de Lula não deixou rolar o impeachment do molusco ,quando do mensalão nacional, agora temos que aguentar esse bando com a caneta e o nosso dinheiro nas mãos , ditando e fazendo o que bem entendem.

  20. Menezes
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 23:41 hs

    Ao ler o primeiro comentário,podemos analizar a tamanha ignorancia do sujeito que escreveu dizendo que o Senador Alvaro Dias, defende o Governador Arruda. O sujeito demonstra que não leu a matéria para comentar sobre o assunto.
    O Senador Alvaro Dias, declarou total apoio as manifestações que pedem o afastamento do Governador do Distrito Federal, José Roberto de Arruda.

  21. Carlos Aleixo
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 0:14 hs

    Qual o interesse do Alvaro Dias defender o Arruda? Seria para manter firme a aliança DEMOTUCANA?

  22. Jeferson
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 0:25 hs

    O do primeiro comentário é de uma ignorância só!

  23. Ricardo Cassel
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 8:26 hs

    É preciso acresentar uma situação nova: quando o mensalão era do PT a “imprensa” chamou de valerioduto agora é mensalão do DEM? devido a que esta diferença de tratamento será que é por causa da propaganda institucional extremamente enraizada na imprensa nacional?

  24. quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 8:53 hs

    Precisamos acordar.
    Praticamente todo o dinheiro utilizado em campanhas políticas no Brasil, não é “dinheiro bom” mesmo os doados e registrados. Colocam um dinheiro na política com uma mão e tiram dez com a outra.
    Esse é o problema, temos que mudar esse sistema de financiamento, que faz as campanhas e enriquece políticos.
    É por isso que não há firmesa do Congresso contra a sonegação(caixa 2), corrupção, exploração de prestígio, etc…
    Hoje as campanha já são financiadas com dinheiro público, só que através das “maracutaias e de caixa 2”, então porque não adotar o financiamento público, afastando o poder econômico do sistema?

  25. E O MENSALÃO DO PT?
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 9:07 hs

    O novbre Senador Alvaro Dias tem toda à razão.

    Qual a diferença entre o mensalão do DEMcom o mensalão do PTde 2005?

    RESPOSTA:
    O mensalão do PT/MST é muito maior porém o Ditador moralista e comunista Lulla da Silva como sempre escopnde a sujeira pradebaixo do tapete.

    PERGUNTO:
    Visivel aparticipação de estudantes vestidos de vermelho na manifestação (baderna), em Brasilia pedindo a cabeça dos mensaleiros do DEM.

    Porque é que estes baderneiros não acamparam o Palácio quando do mensalão do PT?

    Este governo Comunista é sujo.
    Os estudantes de hoje não tem ideais claros pois, são visivelmente enganados por este Ditador maluco que tem as mais perigosas amizades, Chaves, Zelaya, Morales, Fidel eoutros comunistas..

    Estamos rumando para um Sitema Comunista perigoso, e detestado por todos os paises desenvolvido em em desenvolvimento.

    DILMA e LULA da Silva, são a cara deste projeto Comunista e nem temtam disfarçar.

    DILMA, ex-guerilheira, não deixa de usar suas vestimentas vermelha, marca registrada dos comunistas.

    ACORDA BRASIL,
    ACORDEM ESTUDANTES.
    FORA PETISTAS, COMUNISTAS LOUCOS.

  26. quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 9:41 hs

    O PT PROSTITUIU O BRASIL . NESTE PAÍS IMORAL QUEM

    TEM POPULARIDADE, PODE FAZER TODO O TIPO DE

    FALCATRUA .

  27. Paranista
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 9:48 hs

    Com certeza a cueca petista é muito mais fedida do que a meia marca Arruda!

  28. GROBO
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 11:02 hs

    Vianna: Globo recebeu ordem para pegar leve com Arruda?

    Muita gente já percebeu que o “Correio Brasiliense”, principal jornal de Brasilia, tem poupado José Roberto Arruda no escândalo do panetone

    No caso do jornal, a razão seria (digamos) publicitária.

    Mas não para por aí.

    Ontem, um dos senadores mais bem informados do Congresso (ele transita bem entre governistas, mas é de um partido que tem boas relações com a oposição) garantiu, numa conversa em “off” com jornalistas: “a Globo vai tirar o pé do escândalo, o Serra chamou a direção de jornalismo e ‘pediu’ (ênfase irônica) para baixar a bola, e não bater tanto no Arruda”.

    Mas, por que, senador? O Serra acha que a exposição do escândalo em rede nacional “está atrapalhando” a costura da aliança entre PSDB e DEM, pra 2010. “Isso respinga na minha candidatura”, teria dito o governador de São Paulo.

    (Muita gente acha que Serra, de início, não achou tão ruim o escândalo. Seria mais fácil negociar com um DEM enfraquecido. O Serra acha que, do jeito que está, o DEM virá por gravidade. Mas, se a crise se arrastar e o noticiário continuar mostrando as cenas, o PSDB também perde. Lula e o PT passam a ser vistos como fiadores do combate à corrupção.

    Lula hoje já aproveitou a deixa: mandou para o Congresso um projeto de lei que transforma corrupção em crime hediondo.)

    A conversa com o senador foi ontem. Hoje, quarta-feira, na hora do almoço, o pau quebrou em Brasília. Arruda mandou a polícia pra cima dos manifestantes da CUT e de partidos de esquerda.

    A Record ficou meia hora com as imagens da pancadaria, ao vivo. Na Globo, uma reportagem sobre um robô, no Japão.

    É isso: “pedido” do Serra, não se discute. Cumpre-se!

    Vamos ver como fica o noticiário nos próximos dias.

  29. Sugestão de Filmes do PSDB
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 11:07 hs

    1. Como criar um mensalão!
    2. Como vender o Brazil em 10 dias!
    3. Querida, encolhi SP!
    4. Arruda, agarre-me se puderes!
    5. Alagão 2009!

  30. CLOVIS PENA -
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 11:49 hs

    Certo o senador Álvaro Dias. Mas, convenhamos, o que se percebe é o aparecimento de podridão em todos os cantos.

  31. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 – 16:43 hs

    O OVO da serpente esteve desde sempre no NINHO e só o Senador
    não viu. Talvez por isso não tenha visto a diferença entre as reações entre o MENSALÃO DO PSDB E DO DEM.
    O PT – tadinhos!
    Bobinhos diante da SERPENTE que continua chocando seus OVOS no NINHO – disfarçada de boazinha – com sua cabeça em Minas e o rabo em São Paulo – debaixo do anel do Serra. É o que dizem! Eu não sou raposa velha. Apenas repito o que escuto o POVO POBRE DIZENDO.
    POVO QUE VOTA CONSCIENTE!
    Mas por não agradar aos que se sentem SUPERIORES são sempre chamados de voto de cabresto disso ou daquilo. Acontece que Álvaro como radialista deveria ter percebido que os meios de comunicação são muitos. E O POVO DEIXOU DE SER O BOBO DA CORTE – faz tempo!
    Talvez o Beto seja melhor – mesmo!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*