Requião convida pessoalmente para encontro do dia 21 | Fábio Campana

Requião convida pessoalmente para encontro do dia 21

images

Requião liga pessoalmente para lideranças nacionais do PMDB e as convida para o encontro em Curitiba no próximo dia 21 de novembro.

Falou com Iris Resende, José Fogaça, Eliseu Padilha e Pedro Simon, que defendem candidatura própria. Também convidou defensores do apoio a José Serra, do PSDB: Orestes Quércia e Jarbas Vasconcelos.

E para que não haja reclamações, convidou os defensores da aliança com o PT, entre eles Michel Temer e José Sarney.

“Dia 21, o PMDB do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, estão convocando na nossa sede, uma reunião para a qual estamos convocando do ponto de vista informal militantes do velho MDB de guerra do país inteiro”.

A proposta, segundo Requião, é discutir uma plataforma de governo, que será levada a convenção nacional. “Na convenção nacional, estamos abertos sim, ou para lançar um candidato próprio ou para fazer uma composição em cima de arranjos conseqüentes na política nacional”, disse Requião.

“Negar os avanços do Governo Lula é estupidez, porque eles foram extraordinários, principalmente no aumento do poder aquisitivo das classes C, D e E e na inclusão de brasileiros que saíram da pobreza absoluta ao mercado de trabalho e no mercado de consumo”.

AVANÇAR – Para Requião é preciso avançar mais, principalmente na construção da nação. “Não podemos pretender ser uma China, como diz o Mangabeira, com menos habitantes e nos qualificarmos nos tratados internacionais com o aviltamento do trabalho e com a venda de minerais e commodities agrícolas. O combate a inflação foi vencido e agora temos que avançar”.

“Brasil para os brasileiros. Brasil colonial não. O PMDB, pelo seu estatuto é o partido das classes populares, das classes desligadas do grande capital. É o partido do povo, do funcionalismo público, das minorias e das pessoas que sem esta ligação com o capital financeiro internacional constrói um projeto de nação.

“Gostaria muito que o programa nacional do PMDB repetisse algumas coisas que fizemos aqui no Paraná, a luta pela valorização do estado e das empresas públicas e isto tudo tem um resultado bastante interessante”.

“Estamos num bom caminho. Estamos no caminho certo e vamos partir para uma discussão profunda, sem ufanismo, com racionalidade. Mas o pessoal do arroto em Brasília que se converta. Arroto não é diretriz para o velho MDB de guerra do Paraná”.


7 comentários

  1. paulo
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 12:55 hs

    A PF deveria ficar de tocaia, prender tanto bandido de uma só vez, seria a glória! Só a operação mãos-limpas se compararia!!! Seria quase como um novo 7 de setembro!

  2. BISTEKA
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 13:14 hs

    O INSANO SE ACHANDO QUE TEM CAFÉ NO BULE!
    Lá no Congresso Nacional por onde passou, sua representatividade não passa de uma pecha e do apelido que lá ganhou… MARIA LOUCA!
    Não tenham dúvidas… Sarney e Michel Temer, devem estar tremendo de medo de REIQUIÃO!!!

  3. ofaxineiro
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 14:54 hs

    Imaginem a que nível chegou o PMDB do Brasil, Requião é fiel de balança na decisão de apoiar Serra ou Dilma…….E agora Requião fica com Quércia ou Sarney…..Só uma situação é verdade, esta é a “esquerda” que Requião defende…..

  4. PAULO SERGIO MOREIRA
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 15:01 hs

    Jô Soares escreveu em Veja que Brizola x ACM mais o Quércia x Requião não poderiam sentar juntos. Seria um ato falho do cerimonial deixar essas duplas lado a lado. Brizola e ACM não estão mais entre nós. E agora, João Arruda ?
    **************************************************************************
    A revista Veja voltará a ser amiga do Requião devido a aproximação dele com o Quércia. A Veja agora é Quércia.
    **************************************************************************
    Deu em Veja, edição 1.361 de 12/12/94: FHC disse a Quércia: “Seu SAFADO, MENTIROSO, SUJO, TRAIDOR, IRRESPONSÁVEL, CÍNICO, FARSANTE…”

  5. ronaldo
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 16:09 hs

    O Bolivarísta do Bigorrilho também conhecido como o protótipo do atraso vai reunir-se em uma sala com às porcarias da República Brasileira ; que oportunidade essa !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Rio Negro
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 17:46 hs

    O velho,mesmo com o pé quebrado,dá de 10 a zero nessa turma.Senador mais uma vez.

  7. Miro
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 – 10:41 hs

    Putz! Para o governador Mello e Silva estar ligando pessoalmente para o resto do PMDB, é sinal de que ninguem está interessado em participar.
    Vai ser ridicula esse encontro do partido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*