Requião abre conferência de comunicação | Fábio Campana

Requião abre conferência de comunicação

Requião004-230x153

Requião abre nesta sexta-feira (6) a I Conferência Estadual de Comunicação, no Canal da Música, em Curitiba. A fase estadual é preparatória da Conferência Nacional de Comunicação, convocada pelo presidente Lula para Brasília, em dezembro.

Vai defender três pontos: 1) que R$ 1 bi do total gasto pelo governo federal e empresas públicas em publicidade seja destinado às TVs e rádios públicas (educativas). 2) um grande programa de inclusão digital através de banda larga. 3) revisão das concessões públicas dos meios de comunicação.

Não vai esquecer de falar sobre os escândalos envolvendo agências de propaganda no governo Lerner, especialmente os casos do Banestado e dos Jogos da Natureza, que levou-o a anular a licitação da ápoca.

Inscrições pelo site www.confecomparana.pr.gov.br.


6 comentários

  1. Guilherme
    quinta-feira, 5 de novembro de 2009 – 10:43 hs

    4) utilização da TV Educativa para promoção pessoal.
    5) César Benjamin Ganha e assina como diretor da RTVE e nunca aparece por lá.(veja no site do governo)
    6) Cachês e cargos em comissão dados aleatoriamente.

    Será que vai ter pergunta livre? ai eu vou perguntar ao vivo para toda américa latina.

  2. ofaxineiro
    quinta-feira, 5 de novembro de 2009 – 10:58 hs

    Faça igual na Argentina que é proibido propagando pública em rádio, televisão e jornais……..

  3. Geraldo
    quinta-feira, 5 de novembro de 2009 – 11:30 hs

    Que barbaridade. Conferência Estadual de Comunicação??? Esse despotazinho falido do Canguiri só se comunica através da “sua ” TV Educativa, há anos não dá uma entrevista coletiva e vai falar o que numa Conferência dessas???

  4. Zé do Povo
    quinta-feira, 5 de novembro de 2009 – 11:35 hs

    Embora seja um defensor da TV Pública, ao mesmo tempo em que sou contra os R$ 1,432 bilhão com publicidade anteriormente gastos pelo governo Lerner, tambèm questiono a forma pessoal com que está sendo usada a Educativa, pois as piadinhas excludentes do Requião não deveriam serem televisionadas com o uso do dinheiro público.

    A FUNÇÃO DA EDUCATIVA TEM DE SER EDUCAR E NÃO O QUE É ATUALMENTE FEITO COM ELA, QUE HOJE NÃO PASSA DE UM PALANQUE PARA O GOVERNADOR, QUE DELE FAZ MAL USO AO DESTILAR OS SEUS VENENOS E PRECONCEITOS!

  5. Rafael
    quinta-feira, 5 de novembro de 2009 – 14:45 hs

    TODOS os políticos fazem autopromoção. Mais ainda quando tem dinheiro público na jogada. Agora, se o Requião gasta menos fazendo isso com a Educativa acho que vale a pena. Rouba mas faz, ou em terra de cego quem tem um olho é rei.

  6. Guilherme
    sexta-feira, 6 de novembro de 2009 – 15:24 hs

    Profunda a análise acima. Deve ser de um assessor de competencia exclusiva, comissionado pelo rei.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*