Protesto do MST fecha rodovia que liga Mato Grosso do Sul ao Paraná | Fábio Campana

Protesto do MST fecha rodovia que liga Mato Grosso do Sul ao Paraná

mst
Agência Estado

Um grupo de 150 sem-terra acampados na Fazenda Santo Antônio, em Itaquiraí, Mato Grosso do Sul, fecharam hoje a rodovia estadual MS-487, que liga o Estado ao Paraná. Eles protestaram contra a morosidade na estruturação da fazenda comprada pelo Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), para transformá-la em assentamento.
A manifestação começou às 6 horas e terminou às 13 horas, causando congestionamento de quase 10 quilômetros nos dois sentidos da pista. Segundo os manifestantes ligados ao MST e Federação dos Trabalhadores na Agricultura, faltam moradias e estradas no local.

O Incra informa que a abertura das vias internas do assentamento foi repassada para a Prefeitura Municipal de Itaquiraí, num total de 250 quilômetros de estradas, ao preço R$ 4 milhões.

Desse total o município já recebeu a primeira parcela de R$ 698 mil. Também foram liberados mais R$ 5,2 milhões para outras obras de estrutura e hoje mais R$ 4,6 milhões, para divisão de lotes e habitações. A prefeitura de Itaquiraí informou que devido as constantes chuvas na região, está havendo atraso na obra.


21 comentários

  1. parnanguara
    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 – 22:52 hs

    cambada de vagabundos eles querem estradas etc para ai venderem os lotes e partirem para próxima invasão

  2. Xisburgue
    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 – 23:14 hs

    Taí um bom alvo para exercícios de balística militares.

  3. ABDALLA
    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 – 23:23 hs

    Observem na foto, homens e mulheres bem nutridos e bem vestidos. Só faltam as crianças que usam como escudo.

    A maioria desses “trabalhadores rurais”, são laranjas, reservando lugar para outros interessados em receber terras e, em seguida, vende-las pela melhor oferta. Quem afirma é o próprio INCRA que, cerca de 90% dos assentados compraram os “direitos”. Picaretagem pura.

    Alegam que faltam moradias e estradas. Essas caras são uns folgados. Não plantam nada além de mandioca, arroz e feijão para uso familiar. Ficam esperando ajuda do Lula, através de bolsas. Enquanto isso, de papo pro ar, tomando suas biritas, fazendo filhos, vão levando a vida de parasitas.

  4. Moisés
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 0:23 hs

    É movimento social ou anarquista?

  5. BREAK
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 7:07 hs

    È o movimento de vagabundos apoiados pelo PT. Dilma e candidata do PT a Presidencia ela que segura o dinheiro da obra do metro mas concorda com a liberação de verbas para manter vagabundos invasores do MST.

  6. Carlinhos
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 7:32 hs

    Aí em Paranaguá também tem uma cambada de vagabundo que invade mangue, faz casas para alugar. Que conseguem as carteirinhas de estivador ou arrumador, e manda outro trabalhar no seu lugar.

  7. LÉO
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 8:18 hs

    ATENÇÃO, AVISEM O LULA, QUE ISSO SIM É NAZISMO, ESTES SIM SÃO OS HITLER BRASILEIROS………..

  8. Anônimo
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 9:13 hs

    Vejam bem se o primeiro da foto,com aquela calça, tem jeito de agricultor….duvido que saiba diferenciar um pé de feijão de um de soja……tem que dar é com a borracha no lombo desses vagabundos…..

  9. LÉO
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 9:28 hs

    ISSO É BRASIL – ESSE É O VERDADEIRO PT – ESSE É O LULA!

    Era uma vez, uma formiga que trabalhava duro, de sol a sol construindo sua toca, acumulando comida e agua para o inverno que se aproximava. O Gafanhoto pensou: QUE IDIOTA!!! E passou o inverno inteiro cantando e dançando, tirando o maior sarro da formiga…..
    Ao chegar o inverno, o gafanhoto tremento de frio, armou uma barraca de lona na entrada da toca da formiga e convocou toda imprensa para uma entrevista e exigiu explcações!!!!
    As emissoras vieram em peso…..Globo,Sbr,Band,RCB e outros.
    Tiraram muitas fotos, JORNAIS, colheram varios depoimentos do Gafanhoto que na ocasião tremia de frio e fome…..
    As imagens dramaticas na televisão, e a voz fraca transmitida pela GLOBO, apresentavam um Gafanhoto em um estado deploravel, sentado em um banquinho debaixo de uma barraca de plastico preto….E mais tarde mostraram a formiga em sua toca confortavel, dando uma entrevista exclusiva para REDE GLOBO…com aquela voz ávida e forte, próxima a uma mesa cheia de guloseimas.

    O safado do Datena apresentou um quadro de quinze minutos mostrando o Gafanhoto maltrapilio!!!!
    O povo brasileiro fica chocado com o contraste!
    Equipes de rádio e tv chegam de todas as partes do mundo…..
    Interrompem suas programações locais para mostrar ao mundo como anda a cidadania dos Gafanhotos brasileiros.
    A noticia recebe o apoio imediato da ONU e do PT, com ressalvas que os recursos dados passem pelo programa fome zero do governo LULA……E, cojita uma emenda constitucional, que aumente os impostos para as formigas e ainda obriga as comunidades a promoverem a integração social dos Gafanhotos.
    A Formiga é multada por não entregar suas folhas ao Ministério das Folhas, como a multa é muito alta, a Formiga pede falência….
    A Câmara Federal instala uma CPI para investigar a falência fraudulenta de várias Formigas
    As Formigas também são processadas por desvio e lavagem de folhas.
    Sendo assim o Gafanhoto resolve invadir a toca da Formiga. E lá acampa!!! Içando sua Bandeira Vermelha.
    A Formiga pede ajuda á Polícia que alega não ter efetivo para atender esse tipo de ocorrência e que também recebeu ordem para evitar confronto com OS SEM TOCA….
    O Ministério da reforma agrária desapropria a toca da formiga, pois ele não cumpriu sua função social, e, a entrega ao Gafanhoto!
    O Ministro da Justiça analisa o processo, e afirma que o Gafanhoto foi perseguido no passsado por praticar roubos, sequestros e greve(crimes políticos)… e consegue sua inclusão no grupo dos perseguidos políticos com indenização federal e pensão vitalícia!!!!
    Agora…..depois das eleições, começa novamente o verão, as Formigas trabalham e os gafanhotos cantam e dançam!!!!!ISSO É BRASIL! brazil com z………z de ZONA!!!!!

  10. Moisés
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 9:31 hs

    Essa é a turma do Dr Rosinha, da tal da Ligia dos radicais do PT, andam mais bem vestidos e se alimentam melhor do q muitos trabalhadores q lutam o dia todo. Da onde vem o dinheiro prá esses baderneiros?
    Em uma democracia não se pode admitir movimentos anarquistas Dr Rosinha e sua turma, o Sr ajuda a jogar a Constituição Federal no lixo.

  11. Pé Vermelho
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 9:36 hs

    Seis comentários vesgos. Os ai de riba. Urbanos, desconhecem que a reforma agrária nunca seria implantada dentro dos parâmetros legais, forçando portanto, a movimentação em torno de uma entidade de representação. As ações do movimento mostram deturpações, mazelas comuns em toda e qualquer atividade, ou venham querer dizer vocês, além de vesgos, míopes, que sois puros, decentes e honrados em seus afazerres, em suas condutas. O assunto é muito complexo. Inatingível à mentalidade inelástica de vocês. Atenham-se à leituras como Caras, Contigo, Ti-Ti-Ti e às páginas policiais dos jornais ou continuem acompanhando as receitas da Ana Maria Braga.

  12. Xisburge
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 9:49 hs

    Esses não são o hitler e sim a SS. hitler é o patrão deles.

  13. Alberto
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 10:00 hs

    Isso reflete a ignorância e a burrice do então presidente Lula, que dá dinheiro para essa tropa de vagabundos, deveria criar-se um grupo de extermínio e acabar com a farra desses imundos, canceríginos do Brasil, é muito fácil invadir e destruir propriedade alheia, quero um dia poder ter uma fazenda e que esses merdas venham invadir, o negócio será mais embaixo.

  14. lisandro Vieira
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 10:13 hs

    A todos os comentarios acima

    Vocês deveriam estudar um pouco dahistória do nosso país, para ter um posicionamento menos elitizado. Pois somente 02 % da população brasileira detém 48 % da terras destinadas a agricultura e os ‘outros restantes’ 52% da terras ficam com 98 % da população. Isso é bom só para os latifundiários bandidos de nosso país.

    Obs. Vcs que comentaram acima não tem coragem de postar seus verdadeiros nomes e assumirem seus posicionamentos xenófabos, elitistas e preconceituosos.

  15. ...
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 10:23 hs

    O Brasil é mesmo um país, de merda:

    http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4091403-EI306,00-Corte+interamericana+condena+Brasil+por+morte+de+sem+terra.html

  16. Vargas
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 10:38 hs

    Já passei muitas vezes nesta rodovia, pois tinha um pequeno comércio em Eldorado. Passei mais de dez vezes por estas manifestações. Os integrantes do MST (sei lá se são mesmo) não bloqueavam para protestar, mas para cobrar “pedágio” de quem precisava passar. Se vc não pagasse a extorsão e tentasse passar era pedra e pau em cima do carro. Acho que arrecadavam uma bela grana…pra gastar sabe-se lá com que.

    Sobre o que o Sr. Abdalla falou, acrescento que há mais de 15 anos não há mais agricultores nesses acampamentos. Entre os de antigamente, dos anos 70 e 80, ainda havia alguns ex-bóias frias que perderam o trabalho com a invasão da soja e a mecanização. Mas hoje, os que lá estão aposto o que quiserem que só viram um cabo de enxada pela televisão.

  17. Zé Ninguém
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 11:00 hs

    Olha ajudar a quem precisa e da índole de todo brasileiro, mas o que se produziu com um movimento que era para ser legitimo aos trabalhadores do campo este se tornou uma quadrilha a mando de uma esquerda de no mínimo mal intencionada , não ligo de pagar meus impostos o que me revolta e o mal gerenciamento e o apadrinhamento desse governo , que muitas vezes comparado ao Ali Babá e seus quarenta ladrões digas se de passagem se fossem só quarenta ladrões teria jeito mas com alguns ministros vários deputados ,vereadores, prefeito, governadores e senadores sem falar nos funcionários públicos que em muitas vezes prestam um dês-serviço a nação.
    Perguntar não ofende quem custeia todo esse uniforme desse pessoal ? Camiseta, chinelo, óculos de sol,chapéu, e sem falar na logística de transporte e estadia como alimentação remédio, ( Engove, camisinha,anticoncepcional e vários outros remédios). Qual é a desse pessoal , estão achando que somos tolos ou idiotas ?

  18. Pé Vermelho
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 12:10 hs

    Passaram por cima do meu postado, os acomodados, os conformados. Criminalizam os participantes do emeessetê, não são monges, reconheço, mas os exploradores da terra, não generalizando também, estão longe de honrarem a categoria de agricultor. Senão, vejamos: Nos cartórios, registros de escrituras de terras que servem como aval para financiamentos que às propriedades não são destinados migrando para a ostentação da moradia, do turismo, do automóvel importado. Lembrem-se também que grandes fortunas no campo foram conseguidas através do logro ao Proagro, o seguro agrícola. Bastava molhar a mão do fiscal do BB. E observemos que os commoditieres, os produtores de soja, por exemplo, vivem clamando por prorrogações das suas dívidas, mobilizando a bancada ruralista em Brasília, mas trocando de Hyllux a cada ano, arrematando cavalos, éguas, touros e vacas de griffes nos leilões regados a uísque…Coloque-se você, no lugar de um meeiro que não vislumbra a possibilidade de um filho seu ter acesso à escola superior, enquanto ajuda a carregar as malas do filho do patrão, para mais uma temporada em Aspen. Força, MST, até a vitória. É a volta do cipó no lombo de quem mandou dar!

  19. ABDALLA
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 17:49 hs

    Pé Vermelho,
    Barra do Jacaré vai bem, obrigado?
    Norte Pioneiro teve poucas invasões do MST. Esses “trabalhadores rurais” preferem terra roxa, mais produtiva.
    Por isso você pode ficar mais tranquilo.

  20. terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 21:29 hs

    Sem terras: organizados por alguns, bancados pelo povo brasileiro, apadrinhados pelo presidente da republica, protegidos por politicos “santinhos” tipo assim o Dr Rozinha..esses caras podem tudo: invadiram uma hidroelétrica e não foram punidos ( caso de segurança nacional), destruiram plantações no interior de SP dias atrás, invadiram, queimaram e destruiram tudo numa fazenda no Pará, mostrado hoje na TV, receberam um helicoptero de uma emissora de TV a bala.. e ainda querem defender esses bandidos, coitadinhos, são tão inocentes..se a coisa seguir por esse caminho qe estamos vendo, voltaremos a ter problemas com sangue no país, pois o estado esta completamente ausente nesse tema….

  21. jose
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 – 18:17 hs

    lisandro, realmente é um País de m… graças a notícias como estas:

    PM é atacada a tiros por sem-terra no Pará
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 | 4:55

    Na Folha:
    A Justiça do Pará decretou ontem a prisão de seis sem-terra suspeitos de invadir e depredar, na semana passada, a fazenda Espírito Santo, em Xinguara (PA). A Justiça não especificou a que movimento eles pertencem. Ontem a Secretaria de Segurança Pública informou que 58 policiais foram atacados a tiros quando tentavam cumprir os mandados de prisão. A polícia revidou, mas os agressores, que estavam ocultos na mata, fugiram. O ataque ocorreu em uma fazenda da Agropecuária Santa Bárbara em Xinguara.
    #

    Justiça manda prender 6 do MST por invasão
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 | 4:57

    Por José Maria Tomazela, no Estadão:
    O Tribunal de Justiça do Pará decretou ontem a prisão preventiva de seis integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) acusados do ataque ao retiro Ceita Corê, da Fazenda Espírito Santo, anteontem, em Xinguara. A propriedade, do grupo Santa Bárbara, ligado ao banqueiro Daniel Dantas, foi invadida por 70 militantes que, com o uso de armas de fogo, expulsaram os funcionários e saquearam as casas.

    Com a decisão, passam a ser procurados Edimilson dos Santos Gomes, conhecido como Boca Cheia, Baltazar Luis de Souza, Jorseley Alves da Silva, Lourival Santos Ferreira, Moisés Lima Silva e Antônio Luiz de Souza. De acordo com o despacho, Gomes, que é coordenador do acampamento Alto Bonito, era o líder do grupo invasor e portava na ocasião do fato uma arma. O TJ considerou haver indícios de serem os acusados os autores dos crimes ocorridos na fazenda.

    O despacho faz referência aos “diversos conflitos que vêm ocorrendo na mesma, sendo necessária a intervenção do Poder Judiciário como forma de evitar que os vestígios dos crimes perpetrados sejam eliminados, bem como pacificar os ânimos no local”.

    O grupo é acusado de ter destruído seis casas de empregados da fazenda. A ação ocorreu apesar da presença da tropa de choque da Polícia Militar na região, informou a agropecuária Santa Bárbara.

    Na semana passada, o MST já havia destruído casas e benfeitorias da Fazenda Maria Bonita, também da Santa Bárbara, em Eldorado dos Carajás. A depredação levou a Justiça a decretar a prisão preventiva do coordenador estadual do movimento, Charles Trocate, que está foragido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*