Osmar volta a acreditar numa grande aliança. Sem o PT, é óbvio | Fábio Campana

Osmar volta a acreditar numa grande aliança. Sem o PT, é óbvio

Osmar_dias

O senador Osmar Dias esteve em Cascavel e deu entrevista para a rádio Capital. Disse que não há nada definido e que ainda espera que se restaure a grande aliança que envolveria o PDT e o PSDB, mais o DEM, o PPS e o PP, que se acontecer vai isolar o PT.

Não será, em hipótese nenhuma, candidato contra o irmão Alvaro Dias. Quer ser candidato a governador e garante que em 2010 não concorre ao Senado. ouça o que ele disse para a rádio Capital de Cascavel:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.


16 comentários

  1. cwb
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 13:12 hs

    ELE TÁ SE ACHANDO, NÉ???
    VAI ACABAR QUE NEM O MANINHO DA PERUCA, CHUPANDO O DEDO!

  2. Dagmar Servia Radical
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 13:23 hs

    Não se trata de saber quem é o melhor, o senador ou o prefeito de Curitiba.
    O que está em jogo na minha opinião, é defenestrar a galera pró-requeijão em todos os níveis, e também pelo fato de que o vice-prefeito não inspira muita confiança, principalmente depois de 2006 quando se mostrou um tremendo traira.
    Uma aliança destes partidos, inviabilizaria as chances do PT e do PMDB nas eleições do Estado.
    Acho que por mérito Osmar Dias merece a vez, e o Beto deve ficar na Prefeitura aguardando sua vez, pois ainda é muito moço, e pode ganhar mais experiência para substituir o senador.

  3. Agenor
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 13:50 hs

    É ISSO AI OSMAR…CONTE COMIGO!!! TU ÉS SEM DUVIDA ALGUMA O MAIS PREPARADO PARA SER GOVERNADOR…

  4. MUTUKA
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 13:51 hs

    Barba Dias sem o PT irá morrer na praia.
    Nem Governador e nem Senador será.
    Tudo cortina de fumaça.
    A coligação está fechada, e aguardem, até Bob Req estará nela.
    Lógico que após dia 20.02.2010, que é a data limite para o Pessutão chegar a 25%.
    Como isso nunca acontecerá, Bob irá com a centro-esquerda.

  5. HAVENGAR
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 13:58 hs

    O Osmar tem que parar com esse dilema Shakespereano,de ser ou não ser.”Ser candidato do lula ou não ser..ser candidato do Serra ou não ser…ser candidato contra o irmão ou não ser..ser candidato a governador ou não ser..é muito ser ou não ser.O engraçado que ele e o irmão estão tratando a administração publica do Parana como coisa de familia.Ja imaginou se o Requião inventa de lançar um irmão ao governo do estado.Os Dias contra os Melos.Serviria para ser tema de algum seriado.Ainda bem que o Beto é candidato.

  6. CLOVIS PENA -
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 14:02 hs

    Candidatura provisória. Tenho afirmado isto.
    O povo espera de cada líder uma posição calcada em grandes objetivos para a composição das melhores chapas para a próxima eleição. E felizmente esta vontade está sendo colocada por Osmar Dias. Novo governo, depurado se não de todos os vícios, pelo menos dos maiores que prejudicam a gestão pública no Paraná. Esperamos.
    Parabéns, Osmar Dias.

  7. Wilson
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 14:04 hs

    Será que ele acordou?

    Caso a resposta seja afirmativa será reeleito senador!

  8. Alerta
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 14:33 hs

    Falta de ideologia dá nisso, uma hora o PT é o melhor, na outra o PSDB, afinal esse Osmar quer ser governador por acreditar em um Paraná melhor ou é candidato só para mamar. Quem não tem uma linha durante a pré-campanha, imagine se esta no governo?
    Osmar, para de bobeira e vai para casa. Você só tera sucesso na campanha se for candidato a senador. Na majoritária você não aguenta a pressão na hora da TV. Obs: você sabe que o melhor para o Paraná é você não ser governador. Ainda mais mal acompanhado.

  9. Cidadão do Bem!!!
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 15:02 hs

    Na real acredito que no final o candidato a governador vai ser o Alvaro Dias, com o Osmar concorrendo ao senado de novo!

  10. Robanelli
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 15:09 hs

    Esse cara tem problema. Não consegue se decidir. Vive de ilusão. O Beto está adorando e ocupando o espaço. Parabéns Beto Richa. Você sabe ser candidato, mas ele não.

  11. JOCINEI
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 15:44 hs

    É ISSO OSMAR. A QUADRILHA QUE SE INSTALOU NA PREFEITURA APOSTAVA NO ROMPIMENTO DOS DOIS IRMÃOS QUE SÃO OS MAIORES ELEITORES DO PARANA. VOCÊ E O ALVARO. SE ENGANARAM REDONDAMENTE. AGORA AS COISAS ESTÃO FICANDO MAIS CLARAS PARA A POPULAÇÃO. O PARANA NÃO MERECE SER DESTRUIDO PELA CAMARILHA DA PREFEITURA. É MUITO DIFICIL PARA TODOS NÓS SUSTENTAR ESSE “BANDO” QUE SUPERFATURA CONTRATOS, MONTAM UM ESQUEMA DE ARRECADAÇÃO DE MULTAS DE TRÂNSITO, FAVORECEM AMIGOS EM ÓBRAS, LICITAÇÕES E ADITIVOS CONTRATUAS. GASTAM DESBRAGAMENTE EM VIAGENS NABABESCAS E IMAGINAM QUE TODOS SOMOS UNS TROUXAS. ISSO NÃO PÓDE DAR CERTO.

  12. Julio
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 17:45 hs

    isso tudo é um circo…….

  13. Pé Vermelho
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 18:12 hs

    Como integrante do Chutômetro Futebol Clube, leiam o meu mestrado em palpitologia: Se Ciro crescer nas pesquisas, Beto não sai candidato prá não oportunizar ao Ducci a armação de palanque pra ele. PSDB nacional quer Álvaro candidato, dai Osmar sai de novo a senador e Álvaro dá uma força prá outra vaga ir pro Requião. Gelado o PT, esse vai com toda a sua força, ai que meda, pro lado de dona Gleisy senadora prá acertar palanque pro candidato nacional do PT que, prestem atenção, não será Dilma. PT faz um senador, sei lá quem e Osmar se reelege. Decididamente pelo que ouço nos grotões os aplausos pro Gov. estão minguando e minguado vai ficar mais ainda quando ele entregar a caneta pro Vice que vai como candidato do PMDB, mesmo remotas as chances pra incrementar palanque pro PT nacional. Então, Pires Trindade, o Benedito, se encarrega de fazer a turma (ou turba) entender que Requião precisou sair candidato a federal prá aumentar a bancada na Câmara, um me engana que eu gosto, viu/? Ganha Aécio a presidência e leva Beto prum Ministério prá lhe pavimentar a estrada pro Governo depois da gestão do Álvaro que vai se limitar a um único mandato. Escrevam o que disse e anotem a data de hoje. Eita eu!

  14. SYLVIO SEBASTIANI
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 18:17 hs

    Em primeiro lugar um forte abraços ao Senador Osmar Dias, por afirmar que não concorrerá qualquer cargo como adversário de seu irmão Álvaro. A familia Dias que eu conheço bem e sou amigo, não poderia ser diferente, que a afirmação do Senador Osmar. Bem, agora sobre a disputado ao Governo do Estado. Hoje são três políticos que praticamente tem condições de ser o próximo Governador, Beto Richa, Osmar e Álvaro Dias. Com a declarações deste dois irmãos, as coisas se complicam para uma análise perfeita. O Prefeito Beto Richa, precisa, creio, do apoio de um ou mesmo dos dois Senadores. Assim, de outro lado, sendo Osmar Dias candidato, Álvaro não será, mas também não deve ir contra o irmão. Sendo Álvaro candidato , Beto Richa não será, pois estão no mesmo Partido, e Osmar Dias afirmou que não será candidato contra seu irmão. Mas o resultado será ainda mais tarde, na realidade, possivelmente até 3 de abril do próximo ano.

  15. Bob F
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 – 20:34 hs

    Quem crítica o Osmar Dias sem fundamento, como alguns acima, é porque sabe que o prefeito de Curitiba tem medo de enfrentar o Osmar com o Lula no palanque.

    Mutuka: O entrave, no que vc disse, é o PT liberar a Gleisi pra ser vice do Osmar, se isso ocorrer, o final é bem isso que vc escreveu.

  16. FILET MIGNON
    terça-feira, 17 de novembro de 2009 – 13:28 hs

    Faço minhas as palavras de Dagmar Servia Radical….
    Bom senso e ética nunca fará mal à ninguém!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*