Lula negociará com centrais reajuste para os aposentados | Fábio Campana

Lula negociará com centrais reajuste para os aposentados

De Cristiane Jungblut e Gerson Camarotti, de O Globo:

Depois do desgaste experimentado com a tática de impedir a votação, na Câmara , do projeto que previa a extensão do reajuste dado ao salário mínimo a todas as faixas de benefícios do INSS, o governo corre contra o tempo para fechar um acordo antes de quarta-feira, quando as principais centrais do país estarão em Brasília para a 6ª Marcha da Classe Trabalhadora.

O presidente Lula deverá negociar pessoalmente com as centrais, para evitar que o assunto fique em pauta no ano eleitoral de 2010.

Nesta sexta-feira, três ministros e líderes governistas se reuniram para encontrar uma saída política, já que um acordo fechado em agosto – prevendo um reajuste de 6% em 2010 para aqueles que ganham benefícios acima do salário mínimo – nunca foi oficializado.

A ideia é formalizar a proposta na próxima semana, como O GLOBO antecipou na terça-feira. Mesmo as centrais sindicais que apoiaram o acordo cobram o aval direto de Lula e já pressionam por novos avanços.


5 comentários

  1. V.Lemainski-Cascavel
    sábado, 7 de novembro de 2009 – 15:34 hs

    Quando FHC em seu artigo provou o país estar vivendo numa república sindical, muitos se ofenderam.Quando o Lulla, ao invés de dialogar com os representantes de povo, procura lideranças sindicais, o óbvio se manifesta. E isso é um perigo para a democracia.
    Deve-se o enfraquecimento dos partidos a muitos políticos que, na defesa de interesses particulares, não investem no fortalecimento das instituições.
    Democracia com partidos fracos corre o risco de extinção.

  2. ayrton luiz balsemão
    sábado, 7 de novembro de 2009 – 15:43 hs

    Se esta luta porventura for vitoriosa, daqui a uns 40 ou 50 anos a história será contada mais ou menos assim: “…depois de muitos anos de dolorosa exploração dos aposentados brasileiros, finalmente se fez justiça, recolocando as perdas sofridas ao longo dos anos…” E aquela desculpa de que a reposição das perdas “quebraria a Previdência” cairia por terra, já que se sabe de sobejo que o sistema é auto-sustentável. Um dia a União vai parar de desviar o dinheiro da Previdência para outros setores… mas aí a maioria dos aposentados de hoje já estará morta. Inclusive eu!

  3. Jango
    sábado, 7 de novembro de 2009 – 23:40 hs

    E os aposentados e pensionistas do serviço público federal ? Para estes, que deram os melhores anos de suas vidas ao serviço público – Lula negocia a fila – a fila da morte – que vai abatendo-os e assim livrando a folha de pagamento federal. São mais de 15 anos com defasagens nos reajustes ou reposições remuneratórias de proventos e pensões. Não seria trágico se não fosse criminoso.

  4. Astrinha
    domingo, 8 de novembro de 2009 – 10:57 hs

    Não dá pra entender muito bem pq só este aumento vai fragilizar as contas da União.Os demais aumentos recentetemente dados não??? Na hora de comtemplar os vovôs e as vovós nada???

  5. lulinha
    domingo, 8 de novembro de 2009 – 11:21 hs

    parabens ao presidente lula. enquanto os tucanos não gostam dos trabalhadores como o serra, o lula ouve o povo. por isso que a popularidade dele é alta… ja a do FHC é melhor esquecer…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*