Amaral quer investigar aplicações da Fundação Copel | Fábio Campana

Amaral quer investigar aplicações da Fundação Copel

durval-amaral

O deputado estadual Durval Amaral (DEM-PR) comentou na tarde de hoje a informação de que o governador Requião determinou a exoneração do presidente da Fundação Copel, durante a a escolinha.

A Fundação Copel faz parte da composição acionária do Terminal de Ponta do Félix, com 20%. “Não se sabe a motivação, apenas se imagina o que poderia motivar a Fundação Copel a investir num negócio que deu prejuízo”, disse Amaral.

“O cidadão do Paraná tem o direito de saber o que aconteceu na Fundação Copel, se o dinheiro foi bem aplicado ou não foi”, afirmou. Durval lembrou que o presidente da Fundação Copel, Edilson Bertoldo, está convocado para prestar esclarecimentos na Assembleia Legislativa sobre o assunto.

Durval Amaral disse ainda que o assunto pode gerar uma Comissão Especial de Investigação (CEI) no Legislativo. Segundo a Copel informou no final desta tarde, ainda não saiu oficialmente a exoneração do presidente da Fundação, que cabe à diretoria.

No dia 26 de outubro, o deputado Durval Amaral subiu à tribuna para comentar a situação do terminal de Ponta do Félix e do povo de Antonina. O parlamentar cobrou providências por parte do governo do Estado. Segundo o deputado, a população de Antonina espera que o porto volte a funcionar plenamente. Afundando em dívidas, o terminal de Ponta do Félix está praticamente inativo e vem comprometendo a economia da cidade, que gira em torno do porto. Atualmente são cerca de mil trabalhadores portuários desempregados, destacou o deputado.


10 comentários

  1. parnanguara
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 18:46 hs

    REALMENTE NAO FAZ OQ O DUDU QUER CAI MESMO ….E AGORA A CPI COMO FICA

  2. João
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 18:49 hs

    A Fundação Copel, como as demais, administra os recursos aplicados durante 35 anos por cada um dos seus participantes. Hoje existe a Secretaria de Previdencia Complementar, órgão do Governo Federal que estabelece normas muito rígidas para as aplicações dos fundos previdenciários. Ver políticos, especialmente o Requião querer interferir numa entidade cujos recursos pertencem aos seus aplicadores causa arrepios. É preciso cortar o mal pela raiz e impedir a cobiça dos políticos mal intencionados. Esperamos que alguns dos nossos Deputados, com alguma lucidez, impeçam essa ingerência.

  3. EDUARDO TEIXEIRA
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 19:58 hs

    Parabéns Deputado Durval Amaral, admiro muito seu trabalho, ano que vem, estaremos juntos novamente, e com toda a certeza, o Sr. será eleito mais uma vez.

  4. Kátia Dulce
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 20:08 hs

    Sou empregada da Copel, e o dinheiro da Fundação Copel é um patrimônio construído pelos empregados, dos empregados e hoje virou a galinha dos ovos de ouro de politicos malandros como o INSANO REQUIÃO que sabe de cada movimentação da Copel e da Fundação só que quando não tem como esconder finge que não sabia de nada e pune alguns (Diretoria) para sair de coitadinho e de honesto perante a mídia, claro que sua Diretoria é tão malandra quanto ele ,é uma verdadeira “quadrilha” instalada nas dependências de órgãos estatais que um dia foi séria.
    Vale a pena lembrar seu Requião que junto da Presidência de uma Fundação Copel está principalmente um Diretor Administrativo -Celso Andretta e um Diretor Financeiro Carlos Eduardo Felsky, que juntamente com o Edilson assinaram toda a negociata e LEVARAM TAMBÉM, sua honestidade e ingenuidade é flexível?
    Ou limpa tudo ou FICA QUIETO

  5. Clementino
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 20:17 hs

    É triste que assuntos dos copelianois sejam usados pelo governador para politicagem. Quero ver ele fazer votos aqui na COPEL…

  6. BISTEKA
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 21:15 hs

    UMA CPI JÁ!!!
    E O INSANO INSISTE EM QUE SEU IRMÃO VÁ PARA O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO…
    Pode-se explicar por alto a causa do prejuízo no Terminal Portuário Ponta do Félix, em Antonina…
    A APPA minou as atividades do Terminal… Proibiu carga seca… Navio com dificuldades de aportarem o cais por falta de dragagem…
    Então, se hou prejuízo, que os causou foi o próprio Governo do Estado, mas, entendo estes prejuízos foram meticulosamente pensados com um único intúito, SUCATEAR O PONTA DO FÉLIX até não terem mais como respirar, daí, arrumar uma forma de seus apaniguados “ASSOCIATIVAMENTE”, COMPRAREM O pORTO, TANTO QUE, CLARO, A PEDIDO DO insano, FOI VETADA A VENDA DO tERMINAL À UMA EMPRESA cANADENSE, ISTO, COM A PARTICIPAÇÃO DA copel QUE COIBIU AS NEGOCIAÇÕES E É CLARO, MEDIANTE EXIGÊNCIA DE reiquião e caterva!!!

  7. Carlinhos
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 – 23:26 hs

    Alguém ai já foi no Terminal da Ponta do Felix?
    Já entrou lá?
    Sabem quais produtos eles trabalham?
    Ou só ouviram o cacarejar da galinha.

  8. MUTUKA
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 – 8:31 hs

    Concordo com a Investigação!
    Deve ser publicado ao Povo e aos Copeliano qto eles perderam de grana por Má gestão em aplicações financeiras em Bancos Privados de 3ª linha.

  9. Julio
    quarta-feira, 11 de novembro de 2009 – 10:48 hs

    dURVAL aMARAL, NÃO FEZ PARTE DO GRUPO QUE QUERIA SE LIVRAR DA COPEL…

  10. evan
    quinta-feira, 24 de dezembro de 2009 – 9:51 hs

    e o pimentel, tem culpa ou nao?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*