Algaci Tulio provoca a ira dos muçulmanos | Fábio Campana

Algaci Tulio provoca a ira dos muçulmanos

algaci_tulio

O vereador Algaci Tulio protestou contra a visita do presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, ao Brasil. Foi o que bastou para provocar a ira de boa parte da colônia muçulmana em Curitiba, que sentiu-se ofendida com os ataques de Túlio ao líder do Irã e também líder de sua religião.

Entidades brasileiras e árabes preparam o troco. Programaram manifestação na Rua XV de Novembro em repúdio ao vereador Algaci Túlio. E parecem dispostas a pegar pesado. Preparam jornais e adesivos de ataque ao vereador onde destacam o envolvimento de Tulio com pendengas no banestado.

O ofício enviado pela Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná ao vereador Algaci Túlio você pode ler clicando no Leia Mais:

Este é o ofício enviado ao vereador Algacy Tulio:

Em nome de Deus, o Clementíssimo, o Misericordiosíssimo

Excelentíssimo Sr. Vereador Algaci Túlio

Vimos por meio deste lamentar vossa decisão de propor em plenário um
voto de repúdio pela visita do Sr. Presidente da República Islâmica do
Irã, Mahmud Ahmadinejad. Em primeiro lugar, por enteder que nossa
cidade apresenta problemas que necessitam muito mais da atenção dos
Srs. vereadores do que a visita, a nosso país, do presidente legitima
e democraticamente eleito de uma nação amiga. Em segundo lugar, por
enteder que vossa proposição atende a interesses que não são o do
Brasil, nosso país, mas de Israel, este sim um país opressor, que
ataca civis inocentes na Palestina usando armamento proibido nas
convenções internacionaism, inclusive instalações da ONU, e cujo
presidente, Shimon Peres, está em visita ao Brasil.
Lembramos V. Sria. que a República Islâmica do Irã não oprime nenhuma
minoria em seu território. Pelo contrário, a nação persa é dona de
rica diversidade cultural – além dos persas propriamente ditos, seu
território é ocupado por azeris, pashtuns, turcomenos, tajiques,
árabes, judeus, além de iraquianos e afegãos que procuraram refúgio
ali devido a perseguições sofridas em seus países de origem. Há em
Teerã até mesmo deputados judeus na Majlis, o Parlamento Iraniano; a
República Islâmica do Irã não possui nenhuma tropa acantonada em
território estrangeiro, ocupando terras de outrem, como Israel o faz –
aliás, é o único país do mundo a anexar território ocupado
militarmente, na atualidade; e ao contrário do que diz o triste press
release escrito por sua mal informada assessora de imprensa, Mariliza
Bonesso, que escreve que “as mulheres são totalmente discriminadas” no
Irã, a Repúbica Islâmica é uma das poucas democracias do Oriente Médio
e possui mulheres não apenas no Parlamento, deputadas eleitas pelo
voto direto da população, como inclusive ministras de estado.
A proposição de voto de repúdio à visita do presidente Mahmud
Ahmadinejad ao Brasil é um exemplo não apenas de injustificada
indelicadeza com o legítimo representante de uma nação amiga do
Brasil, mas, uma vez aprovada, demonstraria a subserviência do
parlamento municipal curitibano a interesses de nações outras que não
a nossa. Lembramos que o Brasil sempre se pautou pelo respeito à
diversidade cultural e sempre recebeu de braços abertos os
dignatários de países com quem mantém relação amistosa nos campos
econômico, político e cultural.
Pedimos a V. Sria. para que reveja sua posição.

Att.

Omar Nasser Filho

Assessor de Imprensa – Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná

Rua Kellers, 473 – Alto São Francisco – Curitiba – Paraná


11 comentários

  1. Américo
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 2:51 hs

    Desde quando a comunidade árabe fez algum vereador ou deputado? Só xiam. Infelizmente nada representam mais pro nosso estado. (antes que queiram jogar uma bomba, sou filho de libanês muçulmano)

  2. Ana
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 4:08 hs

    Ao amigo “Jose ctrl c – ctrl v”

    http://archive.amnesty.org/air2008/prt/regions/americas/brazil.html

    Grupos de extermínio
    Prisões – tortura e outros maus-tratos
    Violência contra a mulher
    Disputas por terra
    Impunidade

    Se eu fosse você não deixava nenhum brasileiro entrar na sua casa.

  3. Silvano Andrade
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 9:31 hs

    José

    Sou descendente de Portugueses e Árabes…sei muito bem o que significa o Islã e o que significa o estado de israel…

    Já li o alcorão, já li o protocolo dos sabios de sião, ja li holocausto alemão ou holocausto judeu, já li a bíblia…já li de tudo…e não se deixei impressionar por nada, pelo contrario, usei o meu senso extremamente crítico para tirar as minhas conclusões e filtrar as verdades e as mentiras. Me especializei em primeira e segunda guerra mundial…não sou alienado como a maioria da População Brasileira…muitos que postam neste blog se autointitulam esclarecidos…mas se deixam levar por mentiras da mídia, engodos de Políticos jovens e bonitos…ou de hienas rosnantes como este algaci.

    Também estudei em escolas públicas…Minha Mãe era Diarista e extremamente religiosa… respeito todas as raças e credos…mas vai chegar um tempo onde não haverá mais espaço para mentiras, engodos e enganos…

    Desculpe pelas ofensas de ontem.

  4. Franchesco Mezenga
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 11:10 hs

    TODOS SABEM QUE RELIGIÃO NÃO SE DISCUTE..

    MAS FRANCAMENTE, A SOCIEDADE MUÇULMANA DEVERIA

    FICAR CALADINHA.

    JÁ ESTÁ MAIS QUE EXPLICADO TODOS OS

    HORRORES QUE ACONTECEM NO IRÃ.

    ELES DEVERIAM SE PREOCUPAR MAIS

    COM A (IN)FELICIDADE DE SEUS FAMILIARES.

    SE NAQUELE PAÍS ENFORCAM OS HOMOSSEXUAIS,

    ELES DEVERIAM SABER QUE, MESMO SUA

    RELIGIÃO NÃO ACEITANDO, EXISTEM MUITOS

    GAYS EM SUAS FAMÍLIAS.

    MAS, ELES TEM QUE FICAR

    ESCONDENDO O QUE SENTEM, CUIDANDO

    PARA QUE A FAMÍLIA NÃO DESCUBRA.

    E QUANDO NÃO AGUENTAM A PRESSÃO,

    ACABAM SE MATANDO.

    SEI PORQUE TENHO AMIGOS MUÇULMANOS

    QUE SÃO GAYS…

    E JÁ TIVE AMIGO QUE SE MATOU.

    TA NA HORA DE DEIXAR DE SE PREOCUPAR COM

    A VIDA ALHEIA E COMEÇAR A VER

    QUE TUDO O QUE É EXAGERO, É PREJUDICIAL.

    ALGUMAS RELIGIÕES EVOLUEM, OUTRAS

    PARAM NO TEMPO .. ATÉ MESMO, REGRIDEM.

    ACORDEM E VEJAM O QUE ESTÃO FAZENDO

    COM SUAS FAMÍLIAS.

    PODE TER CERTEZA QUE SE ACONTECER ALGUMA

    COISA COM SEUS FILHOS E FILHAS….

    NÃO FOI POR VONTADE DE SEU DEUS…

    PAREM DE REZAR UM POUCO E ACORDEM PRA VIDA.

  5. Luiz Carlos
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 11:21 hs

    Esses caras que tem tanta raiva dos judeus deviam proibir os filhos de tomar a vacina Sabin contra poliomielite. É coisa inventada por judeu, só pode fazer mal para o corpo de suas crianças, né?

  6. Eduardo
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 11:33 hs

    Que povo mais burro.
    Não admira terem eleito o Lulla e ainda o admirar.
    Esse Algaci é um oportunista como todos esses politicos.
    Mas ele não criticou árabe nenhum. Os iranianos não são arabes.
    Não criticou os iranianos. Muitos deles estão morrendo pelas mãos assassinas deste amadinejab.
    Não criticou a religiao islamica.
    E como politico ele tem o dever de levantar sua voz contra o que ele considera errado. O fato de ser vereador não invalida isso. Essa visão é que faz o Parana ser sempre deixado pra tras nas questoes nacionais. Enquanto Rio, Sao Paulo, Minas e o nordeste se unem, nos ficamos contra alguem daqui que levanta a voz por questoes nacionais.
    Disso tudo, só uma coisa relacionada ao povo arabe. O proprio Algacy que descende deste povo.

  7. Claudia
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 14:11 hs

    VOCÊS ESTÃO MISTURANDO TUDO ! A RELIGIÃO MUSULMANA NADA TEM A VER COM A DEMAGÓGICA POLÍTICA DESTE HAHMADINEJAD E SEU PARTIDO “DITO ISLÂMICO” INFELIZMENTE. O IRÃ É UM MARAVILHOSO PAÍS, ASSIM COMO SEU POVO. SE AS ELEIÇÕES NÃO TIVESSEM SIDO TRUNCADAS ESTE HORRÍVEL HOMEM NÃO ESTARIA MAIS NO PODER. NINGUÉM QUER ATACAR O IRÃ. ENTÃO, PORQUE ELE PRECISA DE BOMBA ATÔMICA? PORQUE A KOREIA DO NORTE PRECISA DA BOMBA? PORQUE A VENEZUELA ESTÁ SE ARMANDO? OS LÍERES DESTES PAÍSES SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO. PERIGOSOS DITADORES DEMAGOGOS, PSICOPATAS
    QUE GASTAM O DINHEIRO DO POVO PARA A DESTRUIÇÃO DE SEUS VIZINHOS ENQUANTO O POVO PASSA DIFICULDADES E SÃO TORTURADOS ATÉ A MORTE SE SE MANIFESTAM CONTRA.
    NENHUM PAÍS NO MUNDO ACEITA A VISITA DO HAHMADINEJAD FORA A VENEZUELA JUNTO COM OS ACIMA CITADOS. PORQUE O BRASIL PRECISA DESTA VISITA? QUAL O VERDADEIRO MOTIVO ???

  8. jose
    sexta-feira, 13 de novembro de 2009 – 14:55 hs

    Silvano, somos parte de uma mesma sociedade, e ninguém, absolutamente ninguém é mais brasileiro que outro brasileiro, de forma que somos iguais, nas mazelas, nas alegrias e na responsabilidade…fico feliz por ter alguém com quem debater, com nível, fatos e argumentos e se houve alguma agressividade de minha parte peço desculpas.

    Ana, na minha casa estes “brasileiros” não entram, nunca entraram e jamais entrarão, assim como jamais darei guarida para terroristas, narcotraficantes e assassinos, como as FARC, os batistti da vida ou os bandidos do mst…

  9. Luis Gringo
    sábado, 14 de novembro de 2009 – 1:17 hs

    José, não esquece das milicias bancadas por agricultores, PM que atira em homens “armados” com paus, e os politicos (do pasado e do presente) que construiram um pais tão desigual,pois com igualdade e distribuição da grande riqueza do pais essas mazelas não ocorreiam.

  10. sábado, 14 de novembro de 2009 – 22:32 hs

    Essa turcarada não tem que ameaçar nenhum brasileiro, por mais que ele seja um cagalhão. Querem fazer baderna, protesto, algazarra, que vão fazer lá no país deles, Aqui não, violão. Ninguém tem medo deles não, será que esses xupa-cabras estão pensando, que podem fazer o que bem entendem no país dos outros? Nem título de eleitor eles têm, vão querer o quê!

  11. E AS DESCULPAS NÃO PUBLICAM??
    sábado, 21 de novembro de 2009 – 4:43 hs

    COMITÊ ÁRABE-BRASILEIRO DE SOLIDARIEDADE VISITA VEREADOR

    Após moção de repúdio à vinda do presidente da República islãmica no Irã, Mahmud Ahmadinejad, proposição apresentada na semana passada pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Curitiba, o vereador Algaci Tulio (PMDB) recebeu, na tarde desta quinta-feira (19), a visita do Comitê Árabe-Brasileiro de Solidariedade em seu gabinete, para apresentar as desculpas pelo erro de interpretação da moçã apresentada por uma Comissão da Câmara Municipal de Curitiba e lida pelo Vereador.

    Estiveram na Câmara o professor e diretor do Cebrapaz-PR Francisco Manoel de Assis França, o diretor do Instituto de Estudos Islâmicos do Paraná, Gamal Omairi, o diretor da Fepal, Ualid Rabat, e o jornalista e diretor da Sociedade Muçulmana do Paraná, Omar Nasser Filho. Todos deram inúmeras informações ao vereador a respeito da cultura islâmica e fizeram questão de reforçar que a ideia que nós ocidentais temos dela é formada e reforçada pela mídia. Além da conversa, o comitê entregou ao parlamentar o documento da recente manifestação de boas vindas a Ahmadnejahd, também promovida pelo comitê.

    Tulio sugeriu que o comitê fizesse um ofício para marcar uma reunião com a Comissão de Direitos Humanos da Casa “a fim de que os esclarecimentos ali prestados fossem retransmitidos aos demais integrantes desta comissão, uma vez que a proposição é de autoria da comissão”.

    O comitê presenteou o parlamentar com o livro “O conceito de amor no cristianismo e no islã”, de Mahnaz Heydarpoor e com a revista islâmica Evidências, cuja capa é a imagem da capa do Alcorão.

    As entidades representadas pelo comitê são Sociedade Beneficente Árabe do Paraná, o Movimento Marcha Verde do Paraná, o Instituto Brasileiro de Estudos Islâmicos do Paraná (Ibei-PR), o Centro Brasileiro de Solidariedade dos Povos na Luta Pela Paz (Cebrapaz-pr), o Jornal Água Verde, a Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná, o Jornal Mercosur, a Associação Cultural Sírio-Brasileira e a Federação Palestina (Fepal).

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*