"Preconceito dá câncer", diz Minc em Parada Gay | Fábio Campana

“Preconceito dá câncer”, diz Minc em Parada Gay

minc

De Carolina Lauriano, do Globo.com

Roberto Requião relacionou câncer de mama em homens a ‘passeatas gay’. Público lota a Praia de Copacabana.

A chuva não dá trégua na cidade do Rio, mas o público parece não se importar: uma multidão lota a orla de Copacabana, Zona Sul do Rio, na 14ª Parada do Orgulho Gay, que acontece neste domingo (1º). Na abertura do desfile, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, deixou um recado para o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), que disse em um programa de televisão que o câncer de mama em homens “deve ser consequência de passeatas gay”:

— “Preconceito dá câncer, faz mal à saúde e pode matar. O que cura o preconceito e a doença é a solidariedade”, disse Minc.

Minc também retomou a polêmica com o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, durante seu discurso na Parada Gay. “Outro governador ficou chateado comigo porque eu queria defender o Pantanal e disse que ia me violentar. É uma cabeça troglodita de quem pensa como se estivesse na época da Inquisição”, atacou.

Em setembro, Puccinelli chamou o ministro de “veado e fumador de maconha”. À época, Minc não deixou por menos e disse que o governador devia “cuidar do homessexualismo que existe dentro dele”.

Depois dos ataques contra Minc, o governo de Mato Grosso do Sul emitiu uma nota em que Puccinelli pedia desculpas pelas declarações. Na nota, o governo de Mato Grosso do Sul lamentou a “conotação ofensiva atribuída às declarações” e disse que “quaisquer desdobramentos alheios devem ser entendidos como inapropriados e, se gerarem ofensa ao ministro Carlos Minc, o governador André Puccinelli ratifica suas desculpas”.

Cabral: “Lamento que haja político atrasado dessa maneira”

O governador Sérgio Cabral, acompanhado da primeira-dama, Adriana Ancelmo, também comentou o fato: “Eu lamento, não há nada mais nojento do que o preconceito. Lamento que haja político atrasado dessa maneira”.

Cabral afirmou ainda que o preconceito não deve ser mais tolerado no país: “O Rio será sempre a vanguarda dos direitos civis no Brasil”.

O travesti Jane Di Castro cantou o hino nacional, enquanto todas as autoridades davam as mãos e faziam o coro. Em seguida, o hino oficial da Parada, “O bom é beijar”, foi cantado e todo o público foi convidado a se beijar na mesma hora, depois de uma contagem regressiva. Estavam presentes também a atriz Letícia Spiller e a cantora Teresa Cristina.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, não participou da abertura do desfile, mas falou com a imprensa antes do evento começar. Ele se comprometeu a criar a Coordenadoria GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais) e ainda apoiar de forma sistemática todas as bandeiras do grupo.

Paes também lançou o desafio de fazer, em 2010, a Parada Gay do Rio maior do que a de São Paulo. Ele entregou a chave da cidade para Cláudio Nascimento, organizador do evento e superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos.


15 comentários

  1. Mick Box
    domingo, 1 de novembro de 2009 – 20:47 hs

    Vamos fazer a parada do orgulho dos “Cidadãos Heróis, para suportar tanta bobagem. Eta falta do que fazer…

  2. Mick Box
    domingo, 1 de novembro de 2009 – 20:52 hs

    Enquanto isso…
    as balas perdidas, os maus políticos, a falta de planejamento estrutural, o inchaço e a incompetência da máquina pública, o rombo na previdência, o sucateamento da polícia e forças armadas estão aí e não causam orgulho em ninguem. Vamos trabalhar moçada.

  3. CURTA, FINA E SISTEMÁTICA
    domingo, 1 de novembro de 2009 – 21:46 hs

    O MINC DEVERIA FUMAR UM DA PAZ E DEIXAR QUIETO CERTAS COISAS…..

    SOLIDARIEDADE NÓS VAMOS VER NAS ELEIÇÕES……VAI TER TANTA AJUDA DE CUSTO HAHAHAHAHAHAHHAHA

    PÃO E CIRCO PARA O POVO!

  4. caudio
    domingo, 1 de novembro de 2009 – 22:30 hs

    -SAI DO ARMARIO REQUIÃO-
    FAIXA EM CADA COMICIO DA CAMPANHA DE SENADOR DO PMDB EM 2010

  5. BISTEKA
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 10:11 hs

    Olá CAUDIO… Organiza a confecção das faixas que eu patrocino no mínimo duas…
    E as estarei empunhado defronte aos palanques em 2010…

  6. BISTEKA
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 10:12 hs

    Em tempo:
    Farei isto, visto que os dirigentes das organizações gays no Paraná, enfiaram o rabo no vão das pernas e estão aguardando as doações do governo através do Nizan Pereira… Coiutado do Nizan!

  7. Silvano Andrade
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 11:17 hs

    Campana

    acabei de voltar do “lixoral” do Parana…isto mesmo LIXORAL…Matinhos esta uma vergonha, é lixo na praia, nas ruas, nas restingas…e o pior, a minha Mulher torceu o pé numa daquelas calçadas de petit pavê do centro daquela biroska…aquele buraco tem não prefeito, ou aquele mocorongo esta lá só pra bonito…no final do ano vou evitar as praias do Parana…é difícil achar um cesto de lixo naquela cidade…e só vi duas viaturas da Polícia no tempo que lá fiquei…
    Agora entendo porque os Argentinos preferem Santa Catarina.

    Este ministro do Meio Ambiente que vá trabalhar este Vagabundo, e pare de ficar dando moral para parada gay…

  8. Wilson
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 11:28 hs

    O QUE EXISTE DE MACHÃO QUE DE NOITE É MARIA E DE DIA É JOÃO!

  9. DANIELA DOS PNEUS
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 12:01 hs

    SAIAM DO ARMÁRIO “BAMBIS” DO PORTO DE PARANAGUÁ, POIS OS PORTUÁRIOS NÃO ESTÃO ACOSTUMADOS COM ESSAS “FRESCURAS” DE PAIXÃO RECOLHIDA; ENTENDERAM “BONECAS” PSICOPATAS!…

  10. Jeanne
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 12:55 hs

    O Requião está certo.Ainda bem que a maioria pensa com ele.Acontece que a diferença é que ele tem coragem de falar o que pensa e acha, ao passo que os demais, esses sim, ficam escondidos. Agora, esse Ministro, é um demente e está lá representando a classes desses desocupados. Quando ele fala que preconceito dá câncer, esquece que , desrespeitar quem é contra essa gente tbém é preconceito…

  11. BISTEKA
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 13:47 hs

    Pra Jeanne…
    Demente?
    Quem???
    O MINK também toma gardenal?
    Come Mamona?
    Nomeia seus irmãos para cargos no Governo?
    Já acabou com algum Porto?
    Bah tchê… Eu não sabia!
    Então É DEMENTE MESMO!

  12. Ed
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 14:55 hs

    Não gosto do Requião! Mas pelo menos ele foi “macho”. tem coragem e não voltou atrás!

  13. Jaiminho, o Carteiro
    segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 17:17 hs

    eu nao gosto da maria louca…

    mas muita gente que pensa como ele esta sendo HIPÓCRITA ….

  14. segunda-feira, 2 de novembro de 2009 – 20:51 hs

    Faltou o Duce na parada gay,pois, ele não afirmou diante das câmeras que é presidente de honra dos seus pares rosas? Faltou ele de sapatilha para beijar na boca o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, “como disse o Arnaldo Jabor,com aqueles olhos verdes….”
    Não poderia faltar esta não é Bob que não sei se é o esponja ou o Gardenal.
    Lembrem-se em 2010 não vamos eleger a nada o fanfarrão e a família das Araucárias,Duce e Dilma FFFFFFFFFFFFFFORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  15. Olhos Abertos
    terça-feira, 3 de novembro de 2009 – 12:26 hs

    Vamos fazer o dia da Parada Cerebral… isso já ta virando piada… tudo que ganha espaço vira piada… Ainda bem que o Coelhinho da Páscoa bota ovo de chocolate…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*