Reinhold Stephanes ironiza PMDB de Curitiba | Fábio Campana

Reinhold Stephanes ironiza PMDB de Curitiba

reinhold stephanes
Roger Pereira no Paraná Online
Foto de Renato Araújo/ABr

Mesmo estando no Paraná, onde participou, ontem, da inauguração de um novo sistema do frigorífico do deputado Luiz Carlos Setim (DEM) o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes (PMDB) não deverá participar da convenção municipal do PMDB de Curitiba, hoje, às 11h, no diretório estadual da legenda.

Stephanes disse que sequer sabia da convenção e que não foi convidado por ninguém do partido, apesar de o presidente municipal da legenda, Doático Santos, ter anunciado, até, que o nome de Stephanes constaria na chapa para o diretório, ao contrário de seu filho, o deputado Stephanes Júnior, único parlamentar com base em Curitiba que não foi convidado para formar a chapa.

“Eu nem sabia que existia partido em Curitiba”, ironizou o ministro quando questionado sobre sua participação na convenção. Em seguida, ele mostrou-se magoado com a cúpula municipal do partido. “Não vou participar porque não fui convidado. Podem alegar que sou membro automático, membro nato, mas eu nem sabia, não fui convocado e, pela minha posição de ser a pessoa mais graduada do partido, eles deveriam ao menos ter ligado para mim”, disse. Sobre a afirmação de Doático de que o ministro até faria parte da chapa, Stephanes disse que “para mim, ele não falou”.

O ministro também comentou o acordo nacional entre PT e PMDB, que praticamente garantiu a seu partido a indicação do candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pela ministra Dilma Rousseff (PT) na sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
“Se nos estamos no governo, participamos do governo, é natural que haja aliança, afinal somos também responsáveis pelos acertos e erros do governo, temos sete ministros. Já era hora de sinalizar, pelo menos. E foi o que ocorreu, apenas uma sinalização”, disse o ministro, que não quis opinar sobre a CPI do MST.

Convenções hoje

O PMDB realiza, hoje, convenções municipais nos principais municípios do Estado. Em Curitiba, o apelo é a presença do governador Roberto Requião e do vice Orlando Pessuti e toda a discussão será em torno da viabilização das candidaturas de Pessuti e Requião, respectivamente, ao governo do Estado e ao Senado.

“A candidatura de Orlando Pessuti em 2010 não é só uma necessidade. É um imperativo absoluto para dar continuidade ao governo que está no caminho certo. Que as forças políticas progressistas do Brasil decidam o que querem fazer no país porque no Paraná, o PMDB já marcou o seu caminho”, diz texto do governador Requião convocando a militância para a convenção.

Pessuti classificou as convenções municipais como momento fundamental para a consolidação de sua candidatura e deixou clara sua posição sobre a política de alianças.

“Estamos participando já de sete eleições no Paraná e vencemos cinco com chapa-puro-sangue peemedebista”, disse. A chapa para comandar o partido em Curitiba terá Doático Santos, a ser reconduzido à presidência, com o chefe de gabinete de Requião, Carlos Moreira, como vice-presidente.


11 comentários

  1. centro cínico
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 12:06 hs

    Uma legenda municipal presidida por perdedores, Doático e Moreira, tem o quê a acrescentar a não ser se tornar objeto de manipulação do governador Requião, o falido. E devem se cuidar, pois ignoram Stephanes Senior e atacam Stephanes Junior, e se o Senior resolver sua posição sobre MST e grandes latifundíos tem chances de ser vice da Dilma.

  2. ofaxineiro
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 12:13 hs

    O ministro tem razão com a votação mediocre que o Moreira fez como candidato a prefeito do PMDB o partido não existe em Curitiba…..

  3. BISTEKA
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 15:40 hs

    Preocupana não Stephanes I e StephanesII…
    Participar dessa CATERVA, ninguém merece!!!
    DEIXE O ESPAÇO PARA O TIME DE lambe-botas de reiquião…

  4. Pé Vermelho
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 16:14 hs

    BP, o escriba, está revendo o manual das normas técnicas para a montagem do livro Como acabar com um partido político, escrito por RR, o fariseu

  5. noroeste do parana
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 17:01 hs

    PESSUTI, abre o olho o REQUIAO vai te fritar novamente. Aqui no NOROESTE cada visita do BETO RICHA as pesquisas apontam como o proximo GOVERNADOR DO PARANA .

  6. noroeste do parana
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 17:05 hs

    O DEPUTADO FERNANDO SCANAVACA DE UMUARAMA esta com a barba de molho ele é do PDT , o OSMAR DIAS lhe prometeu uma SECRETARIA DE ESTADO , mas pelo jeito vai ficar para daqui 08 ANOs pois o BETO RICHA IRÁ FAZER DOIS MANDATOS COMO GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANA

  7. MARIALVA
    sábado, 24 de outubro de 2009 – 17:36 hs

    esse laranja!
    já que não sabe o que se passa no PMDB pq nãO sai do partido???

  8. sábado, 24 de outubro de 2009 – 22:43 hs

    Chances para o Pessutti só como vice do Beto, isso se quiser
    alguma coisa, porque senão vai ficar desempregado. O Beto já
    esta eleito e ninguém mais segura.

  9. helio
    domingo, 25 de outubro de 2009 – 2:37 hs

    aqui em matinhos vamos de BETO RICHA..

    FORA OSMAR DIAS,, E DAMORA QUE E CONHECIDO COM NAZISTAO DE CAIOBA………

    DA-LHE BETO NESSA MAFIA ….

  10. domingo, 25 de outubro de 2009 – 22:48 hs

    Boa essa informação Hélio, aqui por Guarapuava e região também só se fala em Beto isso se traduz em esperança. O povo quer ser tratado com respeito e com dignidade. Fora Requião, fora Pessutão…

  11. COLOMBO COM O C Q C
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 8:52 hs

    SÓ PARA DEIXAR TODOS COM A PULGA ATRÁZ DA ORELHA FORAM VISTAS ALGUNS HOMENS DO CQC ONTEM EM CURITIBA SERÁ QUE O REQUIÃO JÁ SABE DISTO POIS É SABIDO DE TODOS QUE AINDA RESTANTAM VÁRIOS ONIBUS A SEREM ENTREGUES E A DONA YVELISE PELO JEITOVAI FICAR SEM A SUA ENCHARPE.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*