Osmar promete integração da Região Metropolitana | Fábio Campana

Osmar promete integração da Região Metropolitana

DSC_0120

Osmar Dias mobilizou lideranças dos 26 municípios da Região Metropolitana de Curitiba na sétima edição do Projeto Paraná, neste sábado, em São José dos Pinhais.

No evento, de debate de ideias e propostas para o plano de governo a ser apresentado pelo PDT no ano que vem, Osmar assumiu o compromisso da integração da Grande Curitiba e incluiu solicitações de São José dos Pinhais e região entre as prioridades do Projeto Paraná.

“Os municípios da Região Metropolitana necessitam reduzir a sua dependência da Capital. Para isso, é necessária a integração de fato nas áreas do transporte, saúde, segurança e da definição de políticas descentralizadas em áreas como a do tratamento de resíduos sólidos, que hoje são concentradas em Curitiba”, afirmou Osmar.
mail.google.com

Osmar assumiu o compromisso com o prefeito de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues (foto ao lado), do PTB, em defender uma das prioridades da região que é a da construção de um terminal rodoviário que atenda a Curitiba e aos municípios vizinhos, localizado num ponto estratégico fora da capital. “Precisamos da construção de uma rodoviária com caráter metropolitano e temos o local ideal, em terreno de propriedade da prefeitura, no entrocamento das BRs 376 com a 116″ disse Ivan.

O terminal metropolitano atenderá aos moradores de São José, Colombo, Araucária e dos demais vizinhos que hoje têm que ir ao centro de Curitiba quando precisam viajar ao interior do Paraná ou a outros estados. É uma obra importante que irá melhorar, inclusive, o trânsito de Curitiba”, observou Ivan Rodrigues. Outro ponto de destaque, sugerido pelo prefeito petebista e que será estudado no Projeto Paraná, é o da criação de centros de especialidades de saúde de forma descentralizada nos municípios da Grande Curitiba. “As alternativas ao transporte, à saúde, e à gestão de resíduos sólidos apresentadas pelo prefeito Ivan mostram que o Projeto Paraná segue no bom caminho ao agregar sugestões ouvindo os anseios dos cidadãos a partir da realidade das diferentes regiões do Estado”, frisou Osmar.

A melhoria da segurança pública, tema recorrente nos encontros anteriores do Projeto Paraná, foi também abordada como prioridade pelo senador que defendeu o aumento do contingente policial, a reativação dos módulos e a integração de ações a partir de uma rede de proteção social, com a participação de representantes de toda a sociedade organizada. “Do início do ano até agora, o número de assassinatos cresceu em 17,5% na Região Metropolitana de Curitiba. Há cinco anos haviam quase cinco mil policiais atendendo à região metropolitana, hoje este número é de 2.850, o que é inviável. A preservação da vida com o investimento na melhoria da segurança pública é um desafio que tem que ser cumprido. É tarefa que exige prevenção, com o suporte da educação em tempo integral, e a melhoria do aparato policial com mais efetivo, equipamentos e tecnologia”, observou o líder pedetista.

Osmar Dias destacou também a necessidade da soma e da captação de recursos federais e estaduais para a realocação de famílias que hoje vivem em áreas alagadas na região. “Há recursos do PAC disponíveis e também o Projeto Minha Casa Minha Vida, do governo federal, para garantir habitação. Defendo uma ação integrada para a preservação da água, dos fundos de vale e dos mananciais paranaenses com o suporte da Sanepar, que é uma empresa pública que tem que continuar a pertencer ao povo paranaense prestando serviços à comunidade”, disse o senador.
São José dos Pinhais, cidade sede da sétima edição dos debates do Projeto Paraná tem cerca de 300 mil habitantes, e responde pela terceira maior arrecadação de ICMS do Paraná. É também o terceiro pólo automobilístico do Brasil e conta com o oitavo maior terminal aeroviário do País.
Fiel da balança

O prefeito de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues, afirmou que o encontro suprapartidário liderado por Osmar Dias é o caminho para transformar a realidade da Região Metropolitana de Curitiba em que os municípios são dependentes da Capital. “Osmar Dias consegue reunir de forma objetiva e clara as reivindicações da população. Tenho a certeza de que a próxima eleição será definida na Região Metropolitana de Curitiba. Os quase 3 milhões de habitantes da nossa região serão os fiéis da balança e definirão o próximo governador”, avaliou o prefeito.

Na opinião de Ivan Rodrigues, a integração metropolitana de fato é fator importante em contrapartida ao monopólio e à concentração de recursos e de serviços hoje em Curitiba. “Não se trata de uma guerra contra a capital, mas da qualidade de vida de quem vive na região metropolitana. Tenho a convicção de que Osmar Dias é sensível aos apelos dos cidadãos metropolitanos e irá trabalhar para que o sonho de todos nós se realize”, completou o prefeito de São José dos Pinhais.
O presidente do PSC do Paraná, deputado federal Ratinho Junior, destacou a liderança de Osmar Dias em torno da união de representantes de várias siglas partidárias para o debate sobre o futuro do Paraná. “Não há pessoa no Paraná quem consiga agregar tantos líderes partidários por um objetivo comum como o Osmar Dias. A população quer compromisso, não admite traição e o PSC tem o compromisso com Osmar Dias”, frisou.
O deputado federal Angelo Vanhoni (PT) elogiou o trabalho de Osmar Dias na definição de um Plano de Governo em torno do Projeto Paraná. “O caminho é ouvir a população. Osmar Dias tem plenas condições de vencer as próximas eleições e promover o desenvolvimento do Paraná. O que estará em jogo em 2010 não é apenas uma eleição, mas o destino do povo paranaense e as políticas que determinam o papel do Estado”, observou o deputado petista.

O deputado federal Luiz Carlos Setim (DEM) disse que considera Osmar Dias o mais preparado para ser o próximo governador do Estado. “Osmar Dias tem experiência política comprovada no Brasil e é o mais capacitado para ser o governador do Paraná”.

O presidente do PP do Paraná, deputado federal Ricardo Barros, afirmou que está trabalhando de forma determinada nos debates do projeto Paraná.
O presidente do DEM no Paraná, deputado federal Abelardo Lupion, ressaltou que a presença no encontro ao lado de Osmar Dias de partidos como o PT e o DEM, que na esfera nacional estão em lados opostos, dá a dimensão da importância de se ter o Paraná como prioridade. “Antes das siglas partidárias estão as pessoas. Vanhoni e eu podemos ter diferenças ideológicas mas somos iguais no amor que temos pelo Paraná”, frisou Lupion.
O presidente do PDT paranaense, deputado Augustinho Zucchi, afirmou que a o partido está firme na caminhada para a construção de um estado melhor. “A aliança maior se dará em torno do melhor projeto para o Paraná. Vamos seguir o que acreditamos”, disse. O vice-prefeito de São José dos Pinhais e presidente do partido no município, Jairo Melo, destacou que nas eleições ao governo de 2006, Osmar Dias venceu em São José dos Pinhais pela diferença de 9 mil votos. “Vestimos a nossa camisa e vencemos”, afirmou.
Ao encerrar o encontro em São José dos Pinhais, Osmar Dias destacou a contribuição da cidade ao Projeto Paraná e os compromissos assumidos. “Vi pessoas falando com o coração nesta reunião. Quando há trabalho, há a certeza de que o é sonho vira realidade. Não sou candidato às eleições do ano que vem por vaidade. Defendo um projeto, a oportunidade para as crianças, jovens e a toda a população do Paraná e não uma aliança eleitoral para ganhar eleição. Respeito o sonho de cada cidadão paranaense e acredito no potencial do nosso Estado”, afirmou Osmar.

No encontro estiveram presentes ainda o deputado federal, Wilson Picler (PDT), os deputados estaduais pedetistas Luiz Carlos Martins e Neivo Beraldin e os vereadores curitibanos do partido Roberto Hinça, Tito Zeglin e Jairo Marcelino. O próximo evento do Projeto Paraná será em 17 de outubro, em Araucária.


15 comentários

  1. BISTEKA
    sábado, 3 de outubro de 2009 – 19:45 hs

    Se levarmos em consideração que 70% das riquezas do Paraná estão ligadas à agricultura…
    Se levarmos em consideração a experiência feliz de OSMAR DIAS à frente da Secretaria de Estado da Agricultura do Paraná…
    Se levarmos em consideração a larga experiência legislativa de OSMAR DIAS como Senador, sem qualquer dúvida, é o candidato mais preparado para governar este Estado, ainda mais porque, é um político moderno e adequado às exigências que o desenvolvimento sustentável sobre os governantes.
    OSMAR DIAS está preparado totalmente para o cargo!
    Bola pra frente OSMAR… O resto é o resto e que corram atrás!

  2. sábado, 3 de outubro de 2009 – 19:50 hs

    Já tinham me falado que esse prefeito de SJP é meio maluco, mas as coisas se comprovam. Entendo que SJP precisa sim de uma rodoviaria, mas ai não é necessário o governo estadual fazer nada, visto que a arrecadação municipal é bem robusta. Agora Rodoviaria metropolitana na 376 com a 116????fica longe de tudo e só serve pra eventuais saidas por litoral. O ideal é uma rodoviaria próxima ao centro e também a 376, não inventem locais isolados e distantes…quanto a dependência da capital, isso sempre ocorrerá, não é possivel ver CTBA sem SJP e nem o contrário pois são uma única cidade, inclusive os problemas…Então não percam tempo com idéias que já nascem mortas e nem inventem casos impossíveis. aliás o senador Osmar Dias, não sei porque, está tentando plantar a discordia no estado. Teve uma noticia que o cara falou que CTBA concentrava 70% do investimento do estado e isso precisava mudare outros blá,blá,blá, agora vem em SJP propor idéias malucas, pra azar dele ningúém o escuta, basta ver o grande numero de pessoas do encontro -60-. Então que o senador se preocupe com a unidade do estado, pois daqui a pouco vamos chamá-lo de “cavaleiro do apocalipse” , tal a quantia de desgraça que propõe…

  3. Ivan Rodriguez ?
    sábado, 3 de outubro de 2009 – 20:49 hs

    Se o Osmar grudar no Ivan, vai perder em São José. Prefeito de um mandato só, ele tá indo ladeira abaixo.

  4. silverio
    sábado, 3 de outubro de 2009 – 21:22 hs

    BOM,MUITO BOM

  5. sensato
    sábado, 3 de outubro de 2009 – 22:34 hs

    AI O BISTEKA, O JEITO É VC IR PRA FRIGIDEIRA MESMO. NEM SÓ DA AGRICULTURA SE DÁ O DESENVOLVIMENTO, QUESTOES COMO EDUCAÇÃO, INDUSTRIA E COMERCIO DEVEM TER TRANSVERSALIDADE NO ASPECTO DA DESENVOLTURA ECONOMICA.
    COMENTARIO INOPORTUNO E SEM VISAO ESSE O SEU.

  6. carlos toledo
    sábado, 3 de outubro de 2009 – 23:07 hs

    Sou parananse não acredito em impótesse alguma que o povo do Parana ira deixar de escrever um novo marco na história do Parana , elegendo um homem publico da mais alta capacidade e compentencia ja provado.
    O senador Osmar Dias tem reafirmado em todos os encontros que presenciei suas colocações cada vez mais com lucides e clareza que pouco se ve em outros Pré candidatos, para n´so do PDT ter um candidato que sem sombra de duvida esta preparado ao mais alto nivel é uma honra em prol do trabalhismo, Sei que Senador não gosta de vaidade mas poderiamos enfatizar que se ele quizesse estaria preparadissimo até mesmo para Presidencia da republica, com a bença do senhor o primeiro passo é colocar o Parana nos trilhos do desenvolvimento, qual alias ele ja vem trabalahando para isto com muito amor e o povo não tem duvida disto, muitas pessoas de outros estados do Brasil nos dizem que gostaria de ter alguem ao nivel de Osmar Dias na politica de seus estados, os anjos abriram cada vez mais o caminho Senador, va em frente com muita paz e luz no coração .

  7. sábado, 3 de outubro de 2009 – 23:30 hs

    Eu sempre digo uma coisa, se o meu vizinho esta bem, melhor para todos,,,,,então á região metropolitana tem que ser respeitada sim,,, pois é dela que sai á maioria das pessoas para trabalhar em curitiba,,,,,temos que ter a mesma segurança igual á de todos, ,,,saneamento básico, educação, e empregos….pois de nada adianta ter um primo rico ao lado,,,,,,,,,,,se ele não alcançar uma mão para quem precisa………..eu vi um filme chama-se 2020…..em que após uma guerra e uma epidemia,,,,,poucos aristocratas sobraram,,,,e tinham que viver se escondendo de medo do povo,,,,,,,para não dividir nem um pé de alface,,,,,isso não é vida . é egoismo condenavel.

  8. Professor Jaquim
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 1:37 hs

    Caro BISTEKA :Sonhar com Osmar no governo não paga imposto, aliás por falar em imposto, ele poderia prestar um serviço a nação, posicionando-se contra a nova cpmf..mas interesses políticos o impedem de prestar este serviço…

  9. Pato Branco
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 12:47 hs

    O Senador Osmar está no auge de sua maturidade politica, está articulando sua candidatura com o povo e as lideranças que são costumeiramente deixadas de lado pelos candidatos. Não há duvida de que é o candidato ideal, pois goza de um enorme prestigio no governo federal, inclusive é bom falar que o Lula fará o sucessor e sairemos ganhando com o Osmar. No estado o Osmar é respeitado em todo Paraná inclusive em todos os partidos politicos (menos o Requião). Politico sério, maduro, experiente, inteligente e com certeza um excelente administrador, que é tudo que precisamos para colocar o estado nos eixos….com politico com visão própria sem interferencia do Lerner

  10. Linconl
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 15:44 hs

    Esse Osmar não sei nem como ele chegou até a Senador. Sempre nas costas do irmão e agora vira as costas prá quem ele deve tudo na Política. Imaginem esse truculento no Governo.
    Vai cuidar de gado no Tocantins teu Estado que você investiu $$$$$.

  11. Nilmar Fernando
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 15:46 hs

    Osmar Dias perdeu o ônibus do palácio Iguaçu em 2006…

    agora não tem….

    O Paraná vai de Beto !!!

  12. BISTEKA
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 15:49 hs

    Oôoo… Caro SENSATO…
    “”QUESTOES COMO EDUCAÇÃO, INDUSTRIA E COMERCIO DEVEM TER TRANSVERSALIDADE NO ASPECTO DA DESENVOLTURA ECONOMICA””
    Bonito seu texto, porem me responda:
    O Que significa “DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL”, senão uma completa atenção a GENDA 21, a Educação, ao IDH, ao Meio Ambiente, ao Urbanismo… e assim por diante.
    Tenho a impressão que vossa ótica está mesmo é VESGA!

  13. jeca
    domingo, 4 de outubro de 2009 – 17:35 hs

    O Osmar, para nao ficar sem mandato, deve tentar o Senado, caso contrario, sera meu colega na agricultura, dai vera o que e bom para bronquite

  14. domingo, 4 de outubro de 2009 – 22:23 hs

    Sandro

    O que seria do nosso PARANÁ se não fosse a Agricultura? O nosso Estado é uma terra de agricultores e que desta terra, são produzidos os alimentos consumidos por mais 12 Milhões de Paranaenses, PORTANTO RESPEITE OS AGRICULTORES, ELES MERECEM!

  15. ACORDA RMC
    segunda-feira, 5 de outubro de 2009 – 12:02 hs

    Prometer algo que já está sendo feito é fácil…

    “é necessária a integração de fato nas áreas do transporte, saúde, segurança e da definição de políticas descentralizadas em áreas como a do tratamento de resíduos sólidos”

    O Prefeito Beto Richa já faz a integração nessa áreas que o Senador mencionou e mais: Abastecimento (armazém da família); Qualificação (programa bom negócio e outros)…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*