Osmar não admite que aliança entre PT e PDT esteja selada | Fábio Campana

Osmar não admite que aliança entre PT e PDT esteja selada

osmar-e-dilma122

Abraão Benício, no Bem Paraná

Apesar das recentes aparições públicas ao lado da ministra Dilma Roussef em Curitiba e Londrina, o senador Osmar Dias ainda reluta em admitir que a aliança entre PDT e PT esteja definida. A concretização da união chegou a ser anunciada na noite da última terça-feira, após jantar da bancada pedetista em Brasília com a ministra. Uma ala do PDT defende inclusive que o ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT) seja o vice na chapa de Dilma.

A fala do ministro Lupi é de um presidente de partido licenciado. O que ele falou é apenas a opinião dele, que precisa ser aprovada pela Executiva. A tendência é essa, o PT e o PDT fecharem uma aliança nacional. Tudo isso depende de outras conversas e da decisão do partido que ainda não foi tomada oficialmente. O que houve foi uma conversa num jantar, que não muda nada nas conversas que estão ocorrendo em outros segmentos do partido”, afirmou Dias em entrevista a rádio Banda B.


Um comentário

  1. Sudoeste
    sexta-feira, 9 de outubro de 2009 – 13:17 hs

    Hii. o Osmar vai ficar no limbo até perder de novo!!!! Muita insegurança para quem quer ser Governador.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*