Lula comemora as Olimpíadas, Obama leva o Nobel, candidatos em campanha | Fábio Campana

Lula comemora as Olimpíadas, Obama leva o Nobel, candidatos em campanha

A semana do UOL

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 2009 uma semana depois de Chicago perder para o Rio de Janeiro o direito de sediar as Olimpíadas de 2016.

O presidente Lula segue comemorando a vitória. A restituição do Imposto de Renda será paga com atraso pela Receita Federal.

O MST acaba com parte de uma plantação de laranjas em fazenda do interior de São Paulo. 2010: pré-candidatos em ação. Confira nesta charge política multimídia um resumo do noticiário da semana. Comente!


2 comentários

  1. Andre
    segunda-feira, 12 de outubro de 2009 – 13:23 hs

    Faltou você noticiar que Bernardo Ribas Carli, irmão do ex-deputado Carli Filho foi filiado ao PSDB para alegria do Beto Richa.

  2. segunda-feira, 12 de outubro de 2009 – 15:25 hs

    Nobel infame

    O Nobel da Paz para Barack Obama é uma brincadeira de mau gosto. Nada muito destoante dos condecorados anteriores, com a diferença de que o estadunidense nem precisou fingir que trabalhava para “fortalecer a diplomacia internacional e cooperação entre os povos” – primeiro porque não teve tempo e segundo porque não quis.
    Ele é responsável pela sobrevivência de um campo de concentração e duas guerras injustificáveis, espalhou bases militares na América Latina e silencia perante um golpe de Estado a poucas horas de Miami.
    Mas o comitê sueco quis enfraquecer o reacionarismo obtuso dos adversários do presidente. Aproveitou o grande marco histórico de sua vitória para lhe estender um salvo-conduto ainda mais duradouro e temerário que o já concedido pela provinciana imprensa mundial.

    Dylan-Lá

    Bob Dylan, descubro estupefato, concorre quase todo ano ao prêmio de literatura. Sua nova indicação, com apoios importantes, anuncia que a homenagem pode voltar a considerar apenas a importância da obra, não contingências político-biográficas. É só o velho bardo resistir mais alguns anos; o churrasco está marcado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*