Governo faz esforço para justificar tvs laranjas | Fábio Campana

Governo faz esforço para justificar tvs laranjas

tv-laranja

É visível o esforço do governo Requião ao tentar, mais uma vez, justificar a compra de televisores para as salas de aula da rede estadual de ensino feita através de pregão eletrônico e que beneficiou a empresa Cequitel, por coincidência a que mais doou dinheiro para a campanha eleitoral de Requião.

Há pouco, na escolinha, a secretária Yvelise Arcoverde dedicou cinco minutos de seu tempo de exposição para defender a compra que foi ordenada por Maurício Requião, irmão do governador e então secretário de Educação. Enrolou-se nas palavras. Não conseguiu apresentar um único argumento convincente.

A compra de 22 mil aparelhos, através de um leilão eletrônico realizado no apagar das luzes de 2006, por preço muito acima do encontrado por unidade nas lojas da cidade, conforme provou o deputado Valdir Rossoni, até agora nada justificou o investimento, muito menos o sobrepreço, garante a oposição.

Este é o assunto mais delicado para Requião em seu fim-de-feira, daí o esforço de mídia e de propaganda oficial para tornar as tvs laranjas adquiridas por ordem de Maurício Requião, irmão do governador e então secretário de Educação, aceitas pelo público.

Todas as pesquisas de opinião apontam o assunto como principal escândalo da administração de Requião.


15 comentários

  1. Beto
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 9:59 hs

    Requião…

    …o pai dos pobres irmãos.

  2. Silvano Andrade
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 11:02 hs

    As tvs laranjas são boas, surgiram como uma alternativa para o Professor na elaboração de suas aulas, mas o governo errou em não ter exigido por parte da empresa CCE a instalação de softwares para conversões…para converter os videos tem que se recorrer a programas na web, só que estes programas na maioria das vezes são lentos e portadores de vírus e badulaques que travam pendrives, cartões de memória, etc…
    A intenção da compra por parte dos televisores amarelos no meu ver foi a melhor possível, espero que não tenha havido superfaturamento ou outras viroses típicas de políticos na licitacão das mesmas.
    Outro fator negativo é o desconhecimento dos professores em informática, cursos são oferecidos aos docentes mas são cursos fracos e na contramão dos dias letivos, o ideal é que esses cursos fossem realizados no período de férias e não no período de aulas.
    Para finalizar quero deixar claro que aprovo o mandato do Mauricio à frente da SEED, ele não deveria ter saído para se aventurar no TCU, depois que ele saiu houveram alguns retrocessos que desmotivaram e dividiram a classe dos Educadores.

  3. Passando Tempo
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 11:39 hs

    O assunto é tão perto do escândalo que antes do grande mutirão dos poderes públicos compadrinhados no sentido da nomeação do nepote requiônico à vaga vitalícia no Tribunal de Contas, esta corte de ressalvas, apreciou a toque de caixa uma espúria e serôdia “consulta” sobre a “formal” legitimidade da compra de tais tv laranjas, para pretensamente aplainar e retirar possíveis entulhos administrativos na estrada do nepote ao assenhoramento da vaga. Dizem – até hoje – que o Parquet estadual estaria analisando a legalidade do procedimento administrativo de tal compra … dizem, mas nada como o tempo para resolver tais assuntos espinhosos … afinal para que servem os mais régios salários pagos pelo povo, a inúmeras prerrogativas para atuar e os calhamaços de leis e normas senão para passar mujito bem esses tempos bicudos … logo logo essa tchurma requiônica já estará em outras plagas … Uuhfa …

  4. valdeci raimundo
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 12:03 hs

    Uso a TV com frequência e acho muito bom, ajuda muito nas aulas, esses deputados têm que sair de seus gabinetes e ir nas escolas ver outras situações e parar de ficar achando pêlo em ovo, ou criando fato para aparecer na imprensa, ainda mais agora em época eleitoral.
    A educação está com problemas muito mais sérios.

  5. marcio
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 12:08 hs

    E por sinal de pessima qualidade…a maioria já apresenta defeitos e é mais um encargo para as escolas que tem que arcar com as despesas de conserto…

  6. pepe deodato
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 13:09 hs

    TV laranja tem utilidade sim !
    Quando falta professor, os diretores de escolas, liberam a laranja, para brincarem de Videoke.
    A gurisada agradece a falta de professores e a laranjada.

  7. João
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 13:28 hs

    Pergunta para os professores e não para deputados sobre a utilização das TVs Pendrive. Pra mim elas são ótimas..

  8. LEÃO DO CANGUIRI
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 13:32 hs

    Só uma pergunta aos defensores deste crime financeiro aos cofres públicos do estado. Estás televisões estão servindo para que?
    Não servem para nada, nem é utilizada para os professores em sala de aula. Há não ser quando querem matar tempo e não dar aula, fora isso não servem para nada.
    Quem sabe em um outro governo em que o mandatário seja sério. O negócio funcione com deferia funcionarl. Pois neste governo só serviu para ajudar o amigo apadrinhado da empresa que serviu este aparelhos ao estado. Diga-se de uma licitação duvidosa pelo visto, já exposto na reportagem.

  9. Novas laranjas
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 13:35 hs

    Sou professor e concordo em tudo o que o Silvano Andrade disse. E ainda complemento.

    Talvez o Silvano não saiba é que ao invés de desenvolverem programas de computador que permitam o uso mais interativo das tvs, a Sra Ivelize quer comprar mais tvs, ela mesmo disse isto na escolinha de hoje. Os boatos é que seriam mais dez mil tvs, outros falam de cinco mil tvs. Voces acham que pagarão os mesmo 800,00 por cada uma? Claro que não! Outros estados inflacionaram o preço destas tvs. Sorte nossa é que hoje já temos várias outras empresas que oferecem o produto, não só a CCE.

    Seria de muito bom senso que a secretária resolvesse primeiro este problema de falta de programas para depois pensar em novas tvs. Com certeza, resolveria o problema de muitos professores que não suportam mais ficar fazendo slides pra exibir nas tvs. Sem falar nos problemas de saúde que o “IPE ” não cobre devido a esforços repetitivos de terem que fazer slides.

    Se por acaso ela levar adiante esta ideia de mais tvs, quem ficará mais uma vez com o pepino é o Sr Romanelli, que terá um 2010 atribulado para defender estas novas laranjas na AL. Vai ser o primeiro de muitos que pedirão substituição da zagueira que só faz gol contra.

    Sou professor de uma das melhores escolas estaduais aqui de Ctba, inclusive foi citada pela secretária hoje na escolinha, reafirmo que o que temos em nosso colégio ainda é do tempo do Maurício, que fez uma gestão brailhante.

  10. LEAD
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 14:58 hs

    Tecnologia ultrapassada!

  11. Antonio W
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 15:10 hs

    Vindo de Mauricio Requião, um desqualificado em qualquer área, exceto em “viagens”, nenhum projeto pode ser apreciado. Por sinal foi esse idiota um dos primeiros a figurar nos atos secretos do senado, no tempo em que o irmão, rei do neposimo, foi senador.

  12. souza naves
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 17:00 hs

    as cores da tv, seria um ensaio para futuros tucanos!!! bico laranja..olha.

  13. BISTEKA
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 21:10 hs

    Preço acima do mercado?
    Segundo informações já veiculadas pela mídia, segundo relatório do Deputado Rossoni, cada aparelho teve um custo superior ao de mercado em r$ 300,00, que, multiplicando-se pelo numero de televisores adquiridos, tivemos um montante de R$ 6.600.000,00 (seis milhões e seiscentos mil reais) a mais pela compra do equipamento.
    Cabe agora a pergunta:
    Será que a doação da Sequipel para a campnha de Reiquião foi de r$ 6.600.000,00 ???
    Então não foi a Cequipel quem doaou, fomos nós mesmos tolos paranaenses que elegemos o SER…O REIQUIÃO… O DESPOTA… O NEPOTISTA DE PLANTÃO…O MAIOR DESGOVERNADOR DA AMERICA LATINA!

  14. BISTEKA
    terça-feira, 13 de outubro de 2009 – 21:13 hs

    Preço acima do mercado?
    Segundo informações já veiculadas pela mídia, segundo relatório do Deputado Rossoni, cada aparelho teve um custo superior ao de mercado em r$ 300,00, que, multiplicando-se pelo numero de televisores adquiridos, tivemos um montante de R$ 6.600.000,00 (seis milhões e seiscentos mil reais) a mais pela compra do equipamento.
    Cabe agora a pergunta:
    Será que a doação da Sequipel para a campnha de Reiquião foi de r$ 6.600.000,00 ???
    Então não foi a Cequipel quem doaou, fomos nós mesmos tolos paranaenses que elegemos o SER…O REIQUIÃO… O DESPOTA… O NEPOTISTA DE PLANTÃO…O MAIOR DESGOVERNADOR DA AMERICA LATINA!

    EM TEMPO:
    oNDE ESTÁS tRIBUNAL DE cONTAS DO pARANÁ QUE NADA DIZ, NADA FALAS, NADA ESCREVES, r$ 6 MILHÕES ESTÁ TAMBEM NA APROVAÇÃO DE CONTAS COM “”RESSALVAS””?
    E O JUDICIARIO???
    A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO???
    Tenho a impressão que somente DEUS haverá de nos livrar desse SER .

  15. maria decoradora
    quarta-feira, 14 de outubro de 2009 – 7:44 hs

    Bom este decorador do Requiáo. Tudo combina. Tudo laranja…..a
    E laranjas sáo inexplicáveis…Por falar nisso, onde anda os irmáos metralhas???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*