Embaixatriz do Brasil levou a irmã de Fidel até a CIA | Fábio Campana

Embaixatriz do Brasil levou a irmã de Fidel até a CIA

Josias de Souza na Folha Online

Uma embaixatriz brasileira serviu de ponte entre Juanita Castro, a irmã traidora de Fidel Castro, e a CIA, agência de Inteligência dos EUA.

Chamava-se Virgínia. Era mulher do embaixador Vasco Leitão da Cunha, que chefiou a embaixada brasileira em Havana entre 1956 e 1961.

Sediada em Miami, a TV de língua espanhola Univisión exibe, em pedaços, uma entrevista concedida por Juanita Castro.

Na primeira parte, levada ao ar na noite de domingo (25), a irmã de Fidel revelara que fora colaboradora da CIA.

No segundo naco da entrevista, veiculado na noite desta segunda (26), Juanita revela os detalhes de sua aproximação com a agência de espionagem.

Pressionando aqui, você chega ao vídeo. Tem seis minutos e cinco segundos. Juanita contou como se aproximou do casal Leitão da Cunha.

Disse que, sob Vasco Leitão, a embaixada brasileira servira de abrigo para opositores do ditador Fulgêncio Batista. Ela própria refugiara-se no prédio por três meses.

Depois do triunfo da revolução cubana, que entronizou Fidel no poder em 1959, Vasco e Virgínia ofereceram uma recepção para o comandante na embaixada. Tornaram-se simpatizantes do regime.

Aos poucos, foram se desencantando. E passaram a apoiar Juanita, que também se decepcionara com os rumos da revolução.

No dizer de Juanita, os Leitão da Cunha “salvaram vidas”, ajudaram a retirar dissidentes da ilha. O casal deixou Havana em 1961.

Antes, Virgínia, a mulher do embaixador, tocou o telefone para Juanita. Chamou-o para jantar. Durante o repasto, sondou-a sobre a disposição de avistar-se com um agente da CIA. Juanita assentiu.

O primeiro contato direto da irmã de Fidel com um representante da agência de espionagem dos EUA ocorreu, segundo ela, em 21 de junho de 1961, no México.

Deu-se nas pegadas da Invasão da Baía dos Porcos, o embate de abril de 1961, em que Fidel prevaleceu sobre a ação urdida pelos EUA para derrubá-lo.

Juanita, hoje com 76 anos, residente em Miami, deu o nome do espião que diz ter encontrado no México: Tony Sforza.

Atuava em Cuba sob falsa identidade: Frank Stevens. Fazia-se passar por jogador de cassino. A partir desse contato, a irmã de Fidel passou a colaborar com a CIA.

Ganhou um codinome: “Agente Donna”. Disse que jamais recebeu um tostão. Afirma que nunca lhe pediram para tramar contra a vida do irmão.

Levou dinheiro para espiões da agência. Repassou informações. Por exemplo: a instalação de foguetes soviéticos na ilha e as visitas de missões russas.

A CIA lhe deu um rádio. Servia para o envio de mensagens cifradas. Ela ofereceu refúgio a dissidentes do regime em sua casa.

Contou que, ao receber uma visita de Fidel, havia um desafeto do regime escondido no quarto. Em 1964, Juanita bandeou-se para o México.

Mais tarde, exilou-se em Miami. As revelações expostas na entrevista à Univisión contam de um livro lançado nesta segunda (26).

Chama-se “Fidel e Raúl, meus irmãos: A história secreta”. Editou-a a casa de livros Santillana.

No pedaço em que envolve a diplomacia brasileira, a história de Juanita não pode ser checada com os protagonistas. Vasco Leitão da Cunha e sua mulher, Virgínia, já morreram.

Em novembro de 1961, depois de seu retorno de Cuba, Vasco foi nomeado embaixador do Brasil em Moscou. Assumiu o posto em 1962.

Voltou ao Brasil em janeiro de 1964. Três meses depois, no alvorecer do golpe militar, tornou-se ministro das Relações Exteriores.

Na sua gestão, que se prolongou até janeiro de 1966, Vasco anunciou o rompimento das relações diplomáticas do Brasil com a ilha de Fidel.


2 comentários

  1. Jose Carlos
    terça-feira, 27 de outubro de 2009 – 11:24 hs

    É uma pena que entre os revolucionários latrino-americanos, de Cuba em especial, não houvesse o costume dos homens-bomba modernos, pois esta senhora, dada sua proximidade com o carniceiro de serra maestra, poderia ter explodido junto com ele, poupando o mundo de muitos problemas…

  2. Incrédulo
    terça-feira, 27 de outubro de 2009 – 21:52 hs

    Levou e? BEM QUE FEZ!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*