Em SC, governador do PMDB declara opção por José Serra | Fábio Campana

Em SC, governador do PMDB declara opção por José Serra

LuizHenriqueWilsonDias

Do Josias de Souza, na Folha Online

O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), decidiu escancarar sua opção pelo colega José Serra (PSDB) na disputa presidencial de 2010.

Explicitou a preferência, nesta quarta (30), em dois ambientes –um privado e outro público. A portas fechadas, Luiz Henrique almoçou com a bancada de deputados estaduais do PSDB.

Repassou ao tucanato catarinense a sua previsão. Acha que Serra prevalecerá no Estado com mais de dois terços dos votos. Recordou que, em 2006, o tucano Geraldo Alckmin, com 56% dos votos, já havia superado Lula em Santa Catarina.

Em público, Luiz Henrique declarou apoio a Serra durante uma palestra do grão-tucano Fernando Henrique Cardoso, em Criciúma.

FHC falou para uma platéia de políticos e empresários. O tema de sua exposição foi embrulhado numa interrogação: “Para onde caminha o Brasil?”.

Ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB, FHC fez elogios e críticas a Lula. E explicou-se sobre a defesa que faz da descriminalização da maconha. Leia aqui.

Na véspera do repasto com o tucanato catarinense e da declaração de voto testemunhada por FHC, Luiz Henrique estivera em São Paulo.

Ele foi um dos políticos que Serra distinguiu com a entrega de uma comenda do Estado de São Paulo.

O pemedebê Luiz Henrique governa Santa Catarina em aliança com o PSDB e o DEM. A junção é apelidada no Estado de “tríplice aliança”.

O segundo de Luiz Henrique é o vice-governador Leonel Pavan, um ex-senador do PSDB.

A cumplicidade de ambos é tamanha que Luiz Henrique disse aos deputados tucanos que entregará o governo a Pavan em 1º de janeiro de 2010.

Candidato ao Senado, o governador deseja fazer a campanha fora do palácio. Já havia procedido assim em 2006, quando disputou e venceu a reeleição.

Luiz Henrique trabalha para fazer o sucessor, cujo nome ainda não foi definido. E tenta preservar a chamada tríplice aliança.

O governador gesticula na direção de Serra num instante em que o PMDB nacional pressiona Lula para formalizar a aliança do partido com o projeto Dilma-2010.

No âmbito estadual, o presidente catarinense do PMDB, Eduardo Moreira, abriu negociação com a senadora Ideli Salvatti (PT-SC).

Líder de Lula no Senado, Idelli vai a 2010 como candidata do PT ao governo catarinense. Arma o palanque de Dilma Rousseff no Estado.

No almoço com o tucanato, que durou duas horas e meia, Luiz Henrique deu de ombros para o flerte do dirigente de seu partido com Idelli.

O governador controla a grossa maioria do diretório estadual do PMDB. Não contempla nem mesmo a hipótese de um duplo palanque.

Disse aos comensais que, em Santa Catarina, o palanque da rinca PMDB-PSDB-PFL será de Serra –único e consistente, segundo disse.

Líder do PSDB na Assembléia Legislativa de Santa Catarina, o deputado Serafim Venzon definiu a conversa com Luiz Henrique numa palavra: “Extraordinária”.


6 comentários

  1. Chico Barrigudo
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 21:10 hs

    Estados como PR e SC são eleitores do PSDB. Adoram a fanfarronice, a galhofa, o arrotar caviar e viver na m…
    Por tradição não votam no PT, mesmo reconhecendo que o operário deu um banho de governança no farol de alexandria.

  2. quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 23:58 hs

    Natural, em 2006 o careca aí de cima foi com alquiminho.

    js

  3. Moisés
    sexta-feira, 2 de outubro de 2009 – 3:41 hs

    Os adptos dos tucanos que tanto criticam o PMDB vão dizer o que?
    O Serra esta juntando a corja -Quércia, Luiz Henrique….-´. Não duvidem se daqui a alguns meses o Requião não estiver junto.
    Vai ficar ¨bonito¨ de ver: No Rio Grande a Yeda Cruz Credo, em SC o Luiz Henrique, no PR o Requião em São Paulo o Quércia….

  4. LEÃO DO CANGUIRI
    sexta-feira, 2 de outubro de 2009 – 8:54 hs

    Ôôôô…Chico Barrigudo, para de escrever asneira. Banho de governança??? Só mesmo se o barbudo ficou transvestido de governanta no Palácio do Planalto.Pois fora isso é só vale tudo, e muita palhaça, corrupção e vexame.
    Em 2010 o vale tudo acaba.

  5. V.Lemainski-Cascavel
    sexta-feira, 2 de outubro de 2009 – 9:12 hs

    Chico:
    Você acha que a justiça melhorou em nosso país?
    Você acha que a segurança melhorou em nosso país?
    Você acha que a agricultura melhorou em nosso país?
    Você acha que o déficit residencial diminuiu em nosso país?
    Você acha que houve menos corrupção no governo Lulla?
    Você acha que os impostos diminuíram?
    Você acha que esse dinheiro doado a países pobres não poderia ser aplicado aqui?
    Você acha que é melhor guardar as reservas em dinheiro no exterior ao invés de investi-lo em obras?
    Etc…
    Etc…
    Etc…
    Houve algumas melhorias, por exemplo, no salário mínimo, mas são poucas para 8 anos de mandato.
    Eu faria uma reflexão a respeito antes de criticar uma oportunidade de mudanças, sob pena de ser taxado de ser mais uma vítima da propaganda governamental. Se desligar a televisão e o rádio o governo Lulla acaba!

  6. Rsn.46
    sexta-feira, 2 de outubro de 2009 – 16:49 hs

    Pena que a nobre Senadora Ideli Salvatti, não tenha tido tempo de fazer

    campanha,por ter optado de fazer cursos no exterior(Buenos Aires, Ma

    drid e Barcelona) acompanhada por um Assessor,O referido curso foi

    pago pelo Senado Federal. Quanto? Setenta mil reais.Não entendeu?

    Repito: setenta mil reais,pagos pelo Senado Federal!!!!.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*