Crítica a viagens é preconceito contra mulher, diz Dilma | Fábio Campana

Crítica a viagens é preconceito contra mulher, diz Dilma

DilmaAMar

A ministra-chefe da Casa Civil rebateu hoje as acusações de que estaria antecipando a campanha eleitoral de 2010. Dilma Rousseff, que participa da maratona de viagens e inaugurações ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, comparou-se a uma dona de casa para devolver as críticas.

— “É preconceito contra a mulher. Eu posso ir para a cozinha, cozinhar os projetos. Agora, na hora de servir, não posso nem ver?”.

Questionada pelos jornalistas, a ministra destacou que coordena vários projetos do governo e que não vê sentido na tese de que não deveria rodar o País para as inaugurações. “Eu não caí do céu e apareci na Casa Civil. Estou lá desde julho de 2005”, continuou.


20 comentários

  1. Tiago
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 0:03 hs

    Tem que escolher Dilmona, ou é arroz de festa e muda pro Cerimonial- Ministério do Turismo, ou é da seriedade e fica como Ministro da Casa Civil. O que não dá é dar uma de maria festeira deslumbrada na Casa Civil!
    Raciocina mulher, cabeça não serve só de suporte de cabelo…!!!

  2. Capiau do Parque Industrial
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 0:12 hs

    Em qualquer outro lugar do mundo o mavericão vermelho, de escapamento todo aberto, que gosta de roncar nos finais de semana e que tira o sono dos que desejam descansar, já estaria no patio da delegacia e o seu motorista preso. Como é aqui no Parque Industrial, no Capão Raso, em Curitiba, no Paraná, ficaremos esperando que um Poste possa fazer um bom serviço para a comunidade.

  3. jaferrer
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 0:34 hs

    É campanha antecipada sim. Em outros tempos o PT estaria esbravejando e gritando fora FHC por muito menos do que isto. Nada como ocupar o poder! Se antes para os outros não podia, era uso imoral e ilegal da máquina pública, hoje é apenas vistoria e inauguração de projetos. A hipocrisia dessa gente, realmente, não tem limites.

  4. Gilson
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 2:03 hs

    temos que trabalhar para que essa terrorista, que faz parte do projeto de hugo chavez, nao tenha a menor chance em 2010.

  5. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 7:31 hs

    A ministra Dilma atende sempre ao que o marqueteiro determina. Tentar fazer parecer uma perseguição às mulheres a queixa justa das oposição de que o governo está fazendo palanque elitoral das visitas da ministra, é mais uma das mentiras que tentar passar aos eleitores. Não vai colar.

  6. Pé-Vermelho
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 8:47 hs

    Afff… agora tudo o q se critica em relação a mulher, é discriminação? Então pra sermos politicamente correto, não podemos mais critidar a Dilminha (ou seria Dilmona rs rs). Só por deus, este machismo de nossa ministra.
    E se está desde 2005, pq antes ela não viajava? Pare… assuma suas atitudes e deixe de arrumar desculpas esfarrapadas. Ker viajar, acompanhar obras (que não saem do papel, no seu PAM – Plano de Aceleração de Marketing), tudo bem, mas não use de subterfúgios.

  7. Guarapuavano
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 8:57 hs

    Tudo bem Ministra, viajar faz bem para qualquer pessoa, desde que não seja com Dinheiro Público, também gosto de viajar, mas nas férias!!!

  8. CAÇADOR DE PETISTAS, vermelho
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 8:57 hs

    GUERRILHEIRA DILMA – SEMPRE DE VERMELHO SANGUE, SINAIS VITAIS DO COMUNISMO DE LULLA DA SILVA, FIDEL, CHAVES E MORALES.

    A CANDIDATA DA MENTIRA, UMA CANDIDATDA FORA DO LUGAR E UM MENTIROSO COSTUMAZ.

    Já é possível conhecer com cores nítidas as tintas com que o petismo virá pintado para a guerra nas eleições do ano que vem. A candidata à sucessão de Lula enrosca-se em seguidas mentiras; o candidato lulista ao governo de Goiás não poderia estar em lugar mais errado em hora mais inapropriada; e um petista especialista em dossiês tenta, mirando-se em si mesmo, transformar todos em mentirosos. É o vale-tudo de Lula e do PT para perpetuar-se no poder.

    O depoimento de Lina Vieira à CCJ do Senado ilustra a desfaçatez do governismo nos movimentos que antecedem o processo eleitoral. A declaração de Lina de que esteve com Dilma Rousseff e foi pressionada por ela para encerrar as investigações nas empresas do filho de José Sarney foi integralmente mantida pela ex-secretária da Receita na sessão de ontem.

    Mas, ante esta inequívoca realidade, os ventríloquos do oficialismo correm a disseminar versões manipuladas. Para eles, o que a ministra queria, na verdade, era “acelerar a apuração dos fatos”. Há quem vá mais longe e sustente, agora, que Dilma pretendia mesmo é que a investigação da Receita chegasse logo a bom termo para… atingir Fernando Sarney e, com isso, implodir a candidatura do pai dele à presidência do Senado. Quanta criatividade!

    Observe-se como a versão oficial mudou num par de dias. Até semana passada valia a negativa peremptória de Dilma de que se avistara em particular com Lina no 4º andar do Planalto. Mas a minúcia da versão apresentada reiteradamente pela ex-secretária da Receita foi empurrando o discurso da ministra cada vez mais para o descrédito.

    Constatado isso, a versão do governo mudou: agora não se discute mais que houve o encontro (e está claro que ele existiu!), mas que dele não saiu ordem alguma para arquivar investigações incômodas aos interesses políticos do Planalto. Conclusão incontornável: Dilma, mais uma vez, mentiu, assim como fizera no caso do currículo e no dos dossiês sobre gastos da Presidência da República.

    Tanto mentiu que agora seus porta-vozes correm a vocalizar a tese preferida do PT que o exercício do poder revelou: somos todos iguais, na alegria e na tristeza. Neste caso específico, significa dizer que somos todos mentirosos. Aloizio Mercadante, senador da tropa de sustentação de Sarney, saiu em defesa da candidata de Lula para dizer que Dilma não era a única a mentir na história. Inventou ele que o governador José Serra também o teria feito.

    O senador paulista tem razão: Dilma não está sozinha. Mas por outras razões: é ele, Mercadante, quem também maquia currículos.

    Em debate na TV Gazeta em 2006 – quando, junto com seus aloprados fabricantes de dossiês, disputava a eleição ao governo de São Paulo – o senador petista disse, com todos os efes e erres, que era doutor pela Unicamp. Saiu da boca dele; não foi ninguém que editou. Este título, porém, Mercadante não conseguiu obter. O governador paulista ofereceu-lhe de presente algum dos seus – dois mestrados e um doutorado em Economia.

    O quadro de falta de limites de Lula e do PT na briga pelo poder completa-se com o lançamento da candidatura de Henrique Meirelles ao governo de Goiás, ocorrido na quinta-feira passada em Goiânia. O presidente da República não mediu palavras para pedir votos para o presidente do Banco Central, conforme vívido relato publicado na edição de hoje do Valor Econômico. Nunca antes na história se viu algo assim.

    A postura de Lula implode a desejável independência do BC, algo que, com Lula, nunca foi bem uma realidade: os juros foram à altura em que foram com seu beneplácito e estão onde estão porque, no mundo atual, não havia mais outro lugar onde estar. Pior que isso, a candidatura de Meirelles estende o clima de comício para mais uma esfera de poder. Com o PT, o Planalto Central é hoje um imenso palanque eleitoral. E quem começou tudo isso foi ninguém menos que o presidente

    Seu lugar é conduzindo fogão sua Guerrilheira incapaz.

    ACORDA BRASIL

    FORA GUERRILHEIRA DILMA, FORA DITADOR LULLA DA SILVA E DEMAIS PELEGOS DO PT E PMDB.

  9. bimbo
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 8:59 hs

    Já aprendeu a usar “aqueles” comparativos sem graça do Lula !

  10. Thiago Medeiros
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 10:01 hs

    Continue assim Dilma, tá cada vez mais fácil pro PSDB.

  11. segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 10:21 hs

    O povo não quer comida emPACada, faz mal à saúde e ao bolso.

  12. Cidadao
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 10:46 hs

    Hoje em dia tudo eh preconceito ( porque eh mulher, negro, pobre, religioso, etc).
    Nao existe mais certo e errado.
    Quando interessa as pessoas vem com este discurso de preconceito.
    Aonde iremos para com esses argumentos classistas.

  13. PABUFE
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 11:28 hs

    QUE PAPO MAIS FURADO ESSE DA DILMA .

    É DESCULPA ESDFARRAPADA ESSA DE DIZER QUE PERSEGUEM A =MULHER= DILMA.

    COM ESSA LINGUAGEM PIEGAS DE =PERSEGUIDA= , ELA SE DESMORALIZA.

    O QUE ELA TEM QUE FAZER É = CUMPRIR A LEI ELEITORAL QUE PROIBE ANTECIPAÇÃO DE CAMPNHA = E FICAR QUITINHA = NO SEU CANTO. SEM PRIVILÉGIOS.

    OU ELA ACHA QUE PO SER = MULHER = NÃO PRECISA CUMPRIR A LEI ?

    O QUE É ISSO TORCIDA BRASILEIRA.

    VIROU TUDO UMA BAGUNÇA GERAL ?

  14. Luis Gringo
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 12:02 hs

    Dilma, como diria Miguel de Cervantes “ladran Sancho señal que cavalgamos”.

  15. Reinoldo Hey
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 12:17 hs

    Nossa, desde 2005. De graça?
    Como seu coração é puro, Dilminha.
    Meu voto você não leva!

  16. Demaboba
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 12:41 hs

    Lá vem mais uma figura que acha que o Brasil começou quando ela entrou no governo ! Tipo: Brasil a.d. e d.d. (antes ou depois de Dilma). O que ela está aprendendo é ser demagoga, pois demaboba pelo poder já está manifesto …

  17. Incrédulo
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 18:08 hs

    HUHUM! Preconceito contra a mulher! Sei! Se for preconceito que seja, mas que é feio fazer campanha com o dinheiro público é! Vc ta paraecendo o alcaide mor de gorpinha dos porungais de são joão maria, na campanha pra deputado ele joga o rachão e o pedrisco pra eleger o filhinho mimado a deputado estadual (e depois ele dirige bêbado e mata dois) e na campanha pra prefeito ele espalha o pixe e se elege prefeito. O quê? O Ministério Público? Não, não vê, porque, deveria ver?

  18. cejota
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 18:19 hs

    alem de tudo é pretenciosa esta guerrilheira

  19. pepe deodato
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 18:39 hs

    QUANTAS VIAGENS O ZÉ DIRCEU FEZ COM O LULA, quando ele era chefe da casa civil. Se alguem sabe me conte.

  20. André Sobania
    segunda-feira, 26 de outubro de 2009 – 19:25 hs

    EITA MULHER HORROROSA HEIN,FORA DILMA
    CHEGA DE PETRALHAS NO GOVERNO

    ATT

    ANDRÉ SOBANIA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*