Cidade de Zeca Dirceu recebe, em proporção, dobro da verba de SP | Fábio Campana

Cidade de Zeca Dirceu recebe, em proporção, dobro da verba de SP

zecadirceu_5

De Eduardo Militão,
do Congresso em Foco

Pode? Município de 20 mil habitantes administrado por filho do ex-ministro José Dirceu, Zeca Dirceu, recebeu, proporcionalmente, mais recursos federais do que capital paulista desde 2008. Média que também supera a do Rio e de cidades do mesmo porte no Paraná.

O município paranaense de 20 mil habitantes administrado pelo filho do ex-ministro José Dirceu (PT) recebeu, proporcionalmente, o dobro de verbas da União do que a maior cidade do país nos últimos dois anos. Mais também do que outras importantes capitais do país, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, e do que municípios vizinhos do mesmo porte.

A cidade de Cruzeiro do Oeste, dirigida pelo prefeito José Carlos Becker de Oliveira e Silva, o Zeca Dirceu (PT), recebeu R$ 11,1 milhões da União entre 2008 e outubro deste ano. A conta exclui as transferências constitucionais obrigatórias, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o Fundo da Educação Básica (Fundeb).

Desde o início do ano passado, o governo federal destinou R$ 552,85 por habitante no município do prefeito Zeca Dirceu. Nesse mesmo período, os repasses federais para cada um dos quase 11 milhões de habitantes de São Paulo ficaram em R$ 244,92. A média de Cruzeiro do Oeste também supera a registrada no Rio, que é de R$ 353,83, a de Brasília, R$ 537,85, e a de Belo Horizonte, R$ 524,69. Os dados fazem parte de levantamento feito pelo Congresso em Foco no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi).

Denúncia do MPF

Há quatro anos o Ministério Público Federal acusa José Dirceu, Zeca Dirceu e Waldomiro Diniz de usarem a estrutura do Palácio do Planalto para beneficiar prefeituras do noroeste do Paraná e patrocinarem um projeto político.

Dirceu diz que a denúncia é frágil, pois não foi aceita pela Justiça. Zeca nega a interferência do pai e afirma que conta com bons profissionais que aumentam a eficiência administrativa da cidade. Procurada pelo Congresso em Foco, a Presidência da República afirma que não há qualquer favorecimento a Cruzeiro do Oeste nas transferências de dinheiro da União para o município.

Vizinho pródigo

Proporcionalmente, Cruzeiro do Oeste também obtém mais verbas que a capital do Paraná. Curitiba, dirigida pelo oposicionista Beto Richa (PSDB), só recebeu R$ 484,79 por habitante no mesmo período. Entre as seis maiores cidades do estado, o município comandado por Zeca Dirceu só perde em desempenho de verbas recebidas para Maringá e Londrina, também dirigidas por prefeitos da base aliada do governo Lula.

Localizada no noroeste do Paraná, Cruzeiro do Oeste bate todos os municípios de sua região com população semelhante. Altônia, a 100 quilômetros de distância da cidade de Zeca Dirceu, também tem cerca de 20 mil habitantes, mas obteve apenas R$ 2,6 milhões da União do ano passado para cá. Quase um quarto do valor obtido pela cidade de Zeca Dirceu.

Loanda, a 120 quilômetros, conseguiu R$ 1,4 milhão para beneficiar os 19 mil moradores da localidade. Ubiratã ficou com R$ 983 mil para repartir entre os 21 mil habitantes do município situado a 150 quilômetros de Cruzeiro do Oeste.

Asfalto e calçamento

Entre as principais verbas recebidas pela cidade comandada por Zeca estão R$ 3,5 milhões que o Ministério das Cidades destinou no ano passado para obras de urbanização, como asfalto e calçamento. Outros R$ 26 mil foram para planos de habitação de interesse social, como casas populares.

Em 2008 e 2009, o Ministério do Turismo enviou R$ 568 mil para projetos de infra-estrutura turística. Ações para melhorar o saneamento básico receberam R$ 1 milhão do Ministério da Saúde do ano passado para cá. O programa Saúde da Família em Cruzeiro do Oeste foi agraciado com R$ 1,1 milhão desde 2008.


38 comentários

  1. Carla
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 15:34 hs

    Ë Dr Rosinha o seu PT é sério…kkk

  2. KINGSTON
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 15:36 hs

    A NOTICIA MERECE UMA ANÁLISE, POIS, PELAS VERBAS RECEBIDAS O MUNICIPIO NÃO PODERIA E NÃO TER UMA RUA SEM REDE DE ESGOTO, AS ESTRADAS RURAIS DEVEM SER TODAS ASFALTADAS, A REDE PUBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DEVE SER DE PRIMEIRA, O FUNCIONALISMO DEVE GANHAR O DOBRO DE QUALQUER OUTRA PREFEITURA, O PARQUE DE MÁQUINAS MUNICIPAL DEVE SER TODINHO NOVO, OU SEJA, TUDO DEVE SER IMPECÁVEL, OU ENTÃO TERÃO QUE DEMONSTRAR ONDE SE APLICARAM AS VERBAS………AI TEM……..

  3. Adolfo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 15:41 hs

    Ótimo prefeito. Vamos elege-lo Governador.

  4. Pablo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 15:42 hs

    E ainda dizem que não roubam nada, chega desses PT bandidos, que estão por toda parte acabando com o Brasil, aqui no Paraná temos q acabar com isso, cortar o mal pela raiz chegar de PT

  5. Pequeno Sábio.
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 15:42 hs

    mole mole ser prefeito assim.

  6. O DINHEIRO SUMIU
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 16:16 hs

    …e Silva, será que é da parentada do Requião rsrsrs

  7. Ari Eduardo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 16:19 hs

    Aristoteles Ateniense (07/10/2009 – 11h40)

    A notícia é flagrantemente marcada pela parcialidade. A título de comparação, as cidades de Maringá e Londrina, ambas do Paraná, receberão valores per capita superiores aos de Cruzeiro do Oeste. Maringá, aliás, tem valor por capita quse três vezes superiores aos de São Paulo e Rio de Janeiro, e nem por isso são citadas como sinônimos de suposto benefício indevido. É preciso notar que, logicamene, é mais fácil desenvolver projetos de infraestrutura para pequenos municípios do que para metrópoles gigantescas, cujos problemas têm a mesma proporção.

  8. paulo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 16:44 hs

    Cabe ao TCU, averiguar se todos esses recursos, estão beneficiando de fato os moradores da cidade.
    Ao que consta a cidade não mudou muito sua característica, a não ser pelo marketing, pessoal do prefeito.
    Se bem aplicadas parabéns, caso contrário, processo por improbidade.

  9. Rio Negro
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 16:47 hs

    Deve ser uma cidade de primeiro mundo.

  10. Menezes
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 16:56 hs

    O prefeito é fio do homi rapa…..kkkkkkkkk

  11. paulo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:06 hs

    ENQUANTO ISSO, EM CURITIBA, DINHEIRO É DEVOLVIDO… AQUI DEVE ESTAR SOBRANDO MAIS DO QUE LÁ, NÉ BETÃO?

  12. JOTALHAO
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:10 hs

    Mesmo numa cidade de 20 mil habitantes eles não perdem as verbas do Pronasci… EEE CURITIBA!

  13. Azedão
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:18 hs

    Será que os cidadãos e cidadãs cruzeirenses do oeste estariam interessados numa prestação de contas minuciosa da aplicação efetiva de toda essa dinheirama a disposição do seu Município ? É um privilégio regional que deveria ser verificado centavo por centavo.

  14. José Russomanno
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:18 hs

    Cruzeiro do Oeste é Cruzeiro, não Real, ou será que vai mudar para
    REAL DO OESTE.
    Essa cidade encolheu a tempos passados, quando foi emancipada politicamente Umuarama, que proporcionou oportunidades e houve migração das cidades lindeiras, inclusive Cruzeiro(Real), para lá.
    Tomara que o dinheiro repassado esteja sendo bem aproveitado pelo Zéquinha, que não é a bala, mas é Zéca.

  15. para constar
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:19 hs

    enquanto isso..funcionarios da TV Educativa esperam pelo salario que nao vem…o barco esta afundando. O governo ja nao esta mais repassando o dinheiro que nao tem.

  16. marcondes
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:33 hs

    cade o TC e o TCU tomou doril.

  17. Diogo
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 17:53 hs

    Há alguma problema nisso ?

  18. SYLVIO SEBASTIANI
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 18:28 hs

    O PT pensa que o dinheiro público é dele. É dinheiro do povo brasileiro, dos contribuintes que pagam seus impostos, não é de nenhum partido politíco. Pegam o dinheiro público, somem com ele, colocam nas cuecas dos petistas.E os hospitais estão sem remédio, sem cirurgia, sem atendimento por falta de médicos e eles por ser do PT pegam o dinheiro para “suas obras”.

  19. BISTEKA
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 18:49 hs

    E aí, muita gente pergunta porque aqui no Parana, mais propriamente em Londrina, o SHEIDA mudoiu de partido. O Jacob Bittar de Campinas, porque mudou de partido? A Luiza Herondina, porque será que mudou de partido???
    Pelo ataque aos cofres públicos com sede e fome!
    E o Zé DIRCEU não foi preso e ainda manda neste PT, incoerente com a sua história, com sua ideologia na formação do partido, tornou-se um DRAGÃO DOS COFRES PUBLICOS BRASILEIROS!

  20. PT, KKKKKK
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 18:50 hs

    Imagina se o pai zé dirço, sobreviveu ao regime militar, é moleza se esbaldar em dinhairo público agora a coisa/sistema esta toda a seu favor, é o Brasil está pagando bem o família do zé dirço mesmo, quando ele sair do governo espero que não precise buscar aposetadoria, porque senão deixa alguma Lei de proposito só para beneficia-lo..

  21. Pé Vemelho
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 19:50 hs

    E vai se eleger qualquer coisa…Abram as apostas…

  22. Cajucy
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 21:07 hs

    Maravilha! Nada como ter padrinho, parente, parentela nos postos chaves da República. Resta saber, agora, se o dinheiro vem sendo aplicado com os rigores da lei. A população do município tem que ficar de olho, bem como o Ministério Público. Quando a mamata é demais…

  23. Chico 1
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 21:15 hs

    Tem PT, tem trambicagem, com certeza!!!!

  24. mauricio
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 21:29 hs

    Com certeza os funcionários da prefeitura são os mais bem pagos da região.
    E as outras cidades do mesmo porte, porque não recebem a mesma verba??

  25. PABUFE
    quarta-feira, 7 de outubro de 2009 – 22:09 hs

    DOUTOR ULISSES.

    Será que o Zé Dirceu conhece a cidade de Doutor Ulisses ?

    Esta cidade de baixo IDH precisa que o Zé Dirceu dê uma passada por lá, e deixe seu filho por uns instantes.

    Brasil, Brasil Brasil, para onde vais ?

  26. LEÃO DO CANGUIRI
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 7:57 hs

    Isso é LAVAGEM DE DINHEIRO PÚBLICO. Deve ser uma maravilha viver em Cruzeiro do Oeste. Lá tem todas as ruas asfaltadas, com calçadas, arborizadas e rede de esgoto e pluvial. As estradas rurais todas impecáveis, pontes rurais todas de alto padrão, habitações para a população de baixa renda, de bom padrão.

    Cara vindo de quem está vindo. O MPF está correto em solicitar explicações oa governo do PT.

    JOSÉ DIRCEU E FAMÍLIA É UMA VERGONHA PARA O POVO PARANAENSE.

    Ano de 2010, FORA COM LULLA, DILMA, JOSÉ DIRCEU, GENUÍNO, COLLOR E OUTRAS FIGUIRINHAS DO SUBMUNDO POLÍTICO BRASILEIRO.

    E olha a coincidência. Cidades administradas por partidos da oposição, estão bem abaixo da MEGALÓPOLIS CRUZEIRO DO OESTE em verba federal.

    Tem que botar na cadeia está cambada de ladrão.

    FORA PT.

  27. Marcelo Mirosmar
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 8:22 hs

    Que matéria mais cretina. Londrina e Maringá receberam, proporcionalmente, bem mais. Outra, o cara colocou Cruzeiro do Oeste no mapa. Na falta do que falar, os manés da oposição ficam fazendo este tipo de registro.

  28. Reinoldo Hey
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 9:25 hs

    CIDADES????

    Deveríamos evitar que distritos com menos de 20 mil pessoas se transformassem em municípios, que só servem para manobras eleitoreiras e não se auto sustentam.
    Funciona assim: eu dou um cartório para fulano, que se compromete a” arrumar ” x votos para deputado que, por sua vez, apoia determinado prefeito, que busca voto para determinado governador …É por isso que há gente se perpetuando no poder.
    Imagine você o município de Curitiba emancipando , por exemplo, os bairros do Pinheirinho, do Portão, do Cabral, do Sítio Cercado , do Tatuquara, da Cidade Industrial … todos com mais de 40 mil habitantes.
    Quantos prefeitos a mais, quantos vereadores a mais, quantos assessores a mais, quantos vagabundos a mais!
    É um tal de Cruzeiro doOeste, Cruzeiro do Sul, Cruzeiro do Norte, Nova Cruzeiro, Cruzeirinho e o escambau.
    Eu não aguento mais mandar dinheiro para município que não se sustenta!
    Chega! Basta! Xô!

    Que essa cambada que vai entrar na assembleia tenha a coragem de reverter isso e devolver alguns municipiozinhos de dois mil habitantes, de cinco mil habitantes etc a seus antigos municípios.
    Com essa economia, seria possível desenvolver o interior paranaense e evitar que as pessoas do inteior tenham que largar seus locaisd de origem e sejam obrigados a vir a Curitiba, engrossar o cinturão de miséria, de desemprego, de pobreza, de violência.
    São pessoas excelentes, que só querem permanecer em seus municípios, com escolas, creches, faculdades, hospitais, financiamentos justos para a lavoura, estrutura para agro-industrialização, incentivo ao cooperativismo etc.
    Está feito o desabafo. Quem gostou, gostou. Quem não gostou, releia até gostar!

  29. encostacerca
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 10:28 hs

    Bando de urubus agorentos. Ficam falando sem conhecimento de causa. Vao dar uma passadinha em Cruzeiro do Oeste e vejam com seus proprios olhos, se e que conheceram Cruzeiro antes do Prefeito Zeca fazer da antiga cidade fantasma uma verdadeira cidade. Aproveitem e façam uma pesquisa com a populaçao nas ruas. Voces voltarao querendo eleger o Zeca governador do parana. Vao ver, e um desafio que faço

  30. Mutuka
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 10:46 hs

    Fábio
    Infelizmente há diversos comentários sem conhecimento de causa. Inclusive de nosso Mestre Sylvio Sebastiani.
    Dinheiro existe aos Montes.
    O que falta são Bons projetos dos municípios solicitando verbas. Até por falta de conhecimento.
    Isso, esse Guri Zeca aprendeu bem com seu Pai.
    Apresentem projetos e emendas consistentes que o recurso aparece.
    Eis a verdade!

  31. Saci
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 11:54 hs

    Eu sou natural de Cruzeiro do Oeste. Morei lá até os 10 anos de idade. Hoje tenho 33. Em 1994 passei por lá para relembrar os tempos de infancia. A cidade continuava do mesmo jeito!
    Houve a eleição do Zeca Dirceu. Lembro que o Zeca fora colega de escola da minha irmã, cerca de 2 anos mais nova que eu e era um moleque comum como qualquer outro.
    Fui a Cruzeiro do Oeste novamente no ano passado antes do período eleitoral e pude constatar que a cidade era outra. Ruas bem asfaltadas e limpas, praças bem cuidadas, coleta de lixo bem feita. Conversando com as pessoas na rua, todos diziam que a cidade fora revolucionada, com bons postos de saúde e escolas, mais empregos. Na última edição do Prêmio Paraná Sorridente, Cruzeiro do Oeste ficou em primeiro lugar pelo seu bom desenvolvimento na política pública de saúde bucal. O Zeca foi reeleito e continua ao que parece a desnevolver um bom mandato.
    Aí alguns críticos podem dizer: “ah, mas com essa grana aí é fácilser prefeito”. Concordo. Ma stambém é fácil com essa grana, dar apenas uma maquiada na cidade e embolsar o resto e não parece ser esse o caso.
    Depois de criança, nunca mais vi ou falei com o Zeca, não tenho motivos para defendê-lo ou agredí-lo. Mas pude constatar as mudanças realizadas pela administração dele em Cruzeiro do Oeste (ao colega de comentários Reynoldo Reis, Cruzeiro do Oeste tem mais de 50 anos e sempre se sustentou. Foi considerada o novo Eldourado na década de 70. A cidade encolheu justamente por visões distorcidas dos governantes).
    Se Cruzeiro do Oeste recebeu bastante grana e soube aproveitar ótimo, bom para sua população. Agora acusar o prefeito de ter feito mutretas sem nem conhecer a cidade, sua história é um pouco demais. Que o TCE e o TCU verifiquem se houve irregularidades e SE elas ocorreram, que haja a devida punição.

  32. analista
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 12:16 hs

    e o nosso prefeito perde verbas do pronasci e do projovem

  33. Reinoldo Hey
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 16:54 hs

    AO SACI

    De fato eu desconheço a real situação específica de Cruzeiro do Oeste e a parabenizo pelo progresso e pela história.
    Eu deveria ter dito: Pinheirinho do Oeste, Xaxim do Sul, Sítio Cercado do Norte etc. Equivoquei-me.
    O que eu de fato pretendia era criticar a criação de novos municípios, que foi marca registrada de um determinado político
    (que já se foi, graças a Deus , mas deixou seguidores) .
    Quanto ao Fundo de Participação dos Municípios, a situação é preocupante.
    Fazenda Rio Grande, por exemplo, tem salários de fome na Educação. Faltam médicos especializados. As ruas centrais são logradouros de tatus ( uma delas guarda parte do amortecedor do meu golzinho velho).População: perto de 100 mil habitantes, 90% oriunda do interior do estado.Rapaz, uma pobreza de dar dó!
    E o Lula ainda consegue trazer uma Copa do Mundo e as Olimpíadas para o Brasil.
    Saci, você consegue entender isso?
    Um abraço.

  34. Lalo
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 17:15 hs

    Que prefeito? Playfreito!!!

  35. Eduardo
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 21:33 hs

    Dai um cara bom para substituir o ciclo das familias, Richa, Dias e Requiao, pelo menos sabe lutar por onde governa, talvez assim nosso estado recebesse grandes obras e investimentos

  36. Vanio
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 21:34 hs

    AIAIAI… QUE GATO, SE NINGUEM QUISER EU QUERO… KKKK

  37. VaniA
    quinta-feira, 8 de outubro de 2009 – 21:35 hs

    KKKKK

  38. João Braga
    sexta-feira, 19 de novembro de 2010 – 16:44 hs

    O que é que tem de mais nisso?
    Deveriam, sim, se preocupar se o dinheiro foi, ou não, bem aplicado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*